Universidade federal fluminense escola de enfermagem aurora de afonso costa



Baixar 10.71 Kb.
Encontro06.02.2018
Tamanho10.71 Kb.

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE

ESCOLA DE ENFERMAGEM AURORA DE AFONSO COSTA

DEPARTAMENTO DE ENFERMAGEM MATERNO-INFANTIL E PSIQUIÁTRICA

DISCIPLINA ENFERMAGEM EM SAÚDE COLETIVA I

Profs.: Cristina Portela/ Marcia Gentil/ Jorge Luiz Lima

Monitora: Nathalia Bento Teixeira - 2012


Resumo de:
PROCESSO SAÚDE-DOENÇA
Antigamente, a saúde era definida como ausência de doença. Na idade antiga os cuidados eram realizados por meio do misticismo. Já, na Idade Média, por intervenção religiosa. Enquanto na Idade Moderna é voltada para cuidar do ambiente. Na Idade Contemporânea, medicina social, pensamentos de Hipócrates.

A saúde deve ser compreendida como componente da qualidade de vida, um bem e um direito social. Podemos definir processo saúde-doença como um conjunto de fatores que determinam o estado de saúde e doença de uma população, sendo influenciado por momentos históricos, culturais e pelo desenvolvimento científico. As questões sobre saúde e doença estarão sempre sofrendo mudanças.

Por muito tempo as questões de saúde estavam altamente relacionadas com o modelo biomédico. Este defendia que o universo inteiro, inclusive o homem, era uma máquina que funcionava como relógio. Considera a doença como uma avaria temporária ou permanente do funcionamento de um componente ou da relação entre componentes. Curar a doença equivale à reparação da máquina (corpo humano). Para isso, estudavam-se as partes componentes deste conjunto mecânico. Dessa forma, este modelo respondeu as grandes questões de saúde, na época.

Podemos entender saúde como prevenção de doenças, tratamento, qualidade de vida, mudanças de estilo de vida e promoção da saúde.

Louis Pasteur(sec. XX) criou a teoria unicausal, acreditando que a doença era causada apenas por um fator: o agente etiológico. Porém, mais tarde, foi criada a teoria multicausal, caracterizada por não excluir a presença do agente etiológico, mas também por considerar diversos outros fatores, como o estado mental do sujeito, nível de instrução, recursos financeiros, ambiente...

Começa-se então a relacionar saúde e qualidade de vida com os determinantes em saúde(estilo de vida, ambiente, fatores biogenéticos, acesso aos serviços de saúde, paz, habitação, segurança, alimentação, entre outros).

Podemos classificar estilo de vida como um conjunto de decisões individuais que afetam a vida do individuo e sobre as quais este tem algum controle, refletindo em atividades, atitudes, valores sociais e padrões comportamentais, dependendo também das condições econômicas e sociais, da educação, da idade, da cultura, entre outros.
HISTÓRIA NATURAL DA DOENÇA
É a relação entre o agente, o suscetível e o meio ambiente, sendo estes considerados a tríade ecológica da saúde. Afetam o processo global e seu desenvolvimento, desde os fatores que criam o estímulo patológico até a resposta do homem ao estímulo, levando alterações como invalidez, recuperação ou morte.

A história natural da doença tem seu desenvolvimento em dois períodos:



  1. Período Epidemiológico/ Pré-Patogênese – Envolve os condicionantes sociais e ambientais: fatores socioeconômicos, sociopolíticos, socioculturais, psicossociais, genéticos e multifatoriais. Composto de determinantes favoráveis para a instalação da doença. Representa a Atenção Primária (prevenção), que se divide em Promoção da Saúde e Proteção Específica (Imunização, saúde ocupacional, controle de vetores...).

  2. Período Patológico/ Patogênese – Modificações que se passam no organismo vivo. São as ações que os agentes patógenos exercem sobre o ser afetado: alterações bioquímicas, fisiológicas e histológicas. Representada por Prevenção secundária (sob ação do patógeno), composta por diagnóstico; tratamento; limitação da invalidez, e por Prevenção terciária(doença avançada), composta por convalescença e reabilitação.



Compartilhe com seus amigos:


©aneste.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
universidade federal
terapia intensiva
Excelentíssimo senhor
minas gerais
união acórdãos
Universidade estadual
prefeitura municipal
pregão presencial
reunião ordinária
educaçÃo universidade
público federal
outras providências
ensino superior
ensino fundamental
federal rural
Palavras chave
Colégio pedro
ministério público
senhor doutor
Dispõe sobre
Serviço público
Ministério público
língua portuguesa
Relatório técnico
conselho nacional
técnico científico
Concurso público
educaçÃo física
pregão eletrônico
consentimento informado
recursos humanos
ensino médio
concurso público
Curriculum vitae
Atividade física
sujeito passivo
ciências biológicas
científico período
Sociedade brasileira
desenvolvimento rural
catarina centro
física adaptada
Conselho nacional
espírito santo
direitos humanos
Memorial descritivo
conselho municipal
campina grande