Universidade estadual de campinas



Baixar 3.62 Mb.
Página7/80
Encontro24.10.2017
Tamanho3.62 Mb.
1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   ...   80

Comitê Assessor da Pró-Reitoria de Pesquisa nomeado em 26 de julho de 2005 pela Portaria Interna PRP Nº 07/2005, constituído por 40 (quarenta) membros efetivos, representantes das Áreas de Artes, Biológicas, Exatas, Humanas, Saúde e Tecnológicas, responsável pela seleção dos melhores trabalhos apresentados no XIII Congresso Interno de Iniciação Científica da UNICAMP.


  • ARTES




Assessor(a) – Prof.(a) Dr.(a)

Unidade

Departamento

ADRIANA GIAROLA KAYAMA

Instituto de Artes

DEPARTAMENTO DE MÚSICA

Sara Pereira Lopes

COORDENADORA DA ÁREA

Instituto de Artes

DEPARTAMENTO DE ARTES CêNICAS




  • BIOLÓGICAS




Assessor(a) – Prof.(a) Dr.(a)

Unidade

Departamento

ALBA REGINA MONTEIRO SOUZA BRITO

Instituto de Biologia

DEPARTAMENTO DE FISIOLOGIA E BIOFÍSICA

JOSÉ ROBERTO TRIGO

Instituto de Biologia

DEPARTAMENTO DE ZOOLOGIA

Maria Alice da Cruz HÖfling

COORDENADORA DA ÁREA

Instituto de Biologia

DEPARTAMENTO DE HISTOLOGIA E EMBRIOLOGIA

PAULO MAZZAFERA

Instituto de Biologia

DEPARTAMENTO DE FISIOLOGIA VEGETAL

LOURENÇO SBRAGIA NETO

Faculdade de Ciências Médicas

DEPARTAMENTO DE CIRURGIA




  • EXATAS




Assessor(a) – Prof.(a) Dr.(a)

Unidade

Departamento

ANTONIO CARLOS VITTE

Instituto de Geociências

DEPARTAMENTO DE GEOGRAFIA

Ricardo Dahab

Instituto de Computação

DEPARTAMENTO DE TEORIA DA COMPUTAçãO

FERNANDO IIKAWA

Instituto de Física “Gleb Wataghin”

DEPARTAMENTO DE FíSICA DA MATéRIA CONDENSADA

MARCUS ALOIZIO MARTINEZ DE AGUIAR

Instituto de Física “Gleb Wataghin”

DEPARTAMENTO DE FÍSICA DO ESTADO SÓLIDO E CIÊNCIA DOS MATERIAIS

MÔNICA ALONSO COSTA

Instituto de Física “Gleb Wataghin”

DEPARTAMENTO DE FÍSICA APLICADA

JAYME VAZ JUNIOR

Instituto de Matemática, Estatística e Computação Científica

DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA APLICADA

PLAMEN EMILOV KOCHLOUKOV

Instituto de Matemática, Estatística e Computação Científica

DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA

Marco-AurÉlio De Paoli

Instituto de Química

DEPARTAMENTO DE QUÍMICA INORGÂNICA

MARCO AURÉLIO ZEZZI ARRUDA

Instituto de Química

DEPARTAMENTO DE QUÍMICA ANALÍTICA

Nelson Henrique Morgon

cOORDENADOR DA áREA

Instituto de Química

DEPARTAMENTO DE FÍSICO-QUÍMICA

WATSON LOH

Instituto de Química

DEPARTAMENTO DE FÍSICO-QUÍMICA




  • HUMANAS




Assessor(a) – Prof.(a) Dr.(a)

Unidade

Departamento

EUGENIA TRONCOSO LEONE

COORDENADORA DA ÁREA

Instituto de Economia

DEPARTAMENTO DE TEORIA ECONÔMICA

LUCI BANKS LEITE

Faculdade de Educação

DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA EDUCACIONAL

ELZA TAEKO DOI

Instituto de Estudos da Linguagem

DEPARTAMENTO DE LINGUíSTICA APLICADA

JOSÉ ALVES DE FREITAS NEVES

Instituto de Filosofia e Ciências Humanas

DEPARTAMENTO DE HISTÓRIA




  • SAÚDE




Assessor(a) – Prof.(a) Dr.(a)

Unidade

Departamento

ISCIA TERESINHA LOPES CENDES

Faculdade de Ciências Médicas

DEPARTAMENTO DE GENéTICA MÉDICA

LICIO AUGUSTO VELLOSO

cOORDENADOR DA áREA

Faculdade de Ciências Médicas

DEPARTAMENTO DE CLÍNICA MÉDICA

LUIZ CARLOS ZEFERINO

Faculdade de Ciências Médicas

DEPARTAMENTO DE TOCOGINECOLOGIA

maria de fatima sonati

Faculdade de Ciências Médicas

DEPARTAMENTO DE PATOLOGIA CLÍNICA

MARA PATRÍCIA T. CHACON-MIKAHIL

Faculdade de Educação Física

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS DO ESPORTE

marcio ajudarte lopes

Faculdade de Odontologia de Piracicaba

departamento de diagnóstico oral

EVERARDO MAGALHÃES CARNEIRO

Instituto de Biologia

DEPARTAMENTO DE FISIOLOGIA E BIOFÍSICA




  • TECNOLÓGICAS




Assessor(a) – Prof.(a) Dr.(a)

Unidade

Departamento

EDSON EIJI MATSURA

Faculdade de Engenharia Agrícola

CONSELHO INTEGRADO DE PLANEJAMENTO E GESTÃO

Paulo Sérgio GRAZIANO Magalhães

Faculdade de Engenharia Agrícola

CONSELHO INTEGRADO DE INFRA-ESTRUTURA

DORIS CATHARINE C. K. KOWALTOWSKI

Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo

DEPARTAMENTO DE ARQUITETURA E CONSTRUÇÃO

Leandro Palermo Júnior

Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo

DEPARTAMENTO DE ESTRUTURAS

MARCELO ALEXANDRE PRADO

Faculdade de Engenharia de Alimentos

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA DE ALIMENTOS

ADRIANA ZERLOTTI MERCADANTE

Faculdade de Engenharia de Alimentos

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS DE ALIMENTOS

Reginaldo Palazzo Júnior

Faculdade de Engenharia Elétrica e de Computação

DEPARTAMENTO DE TELEMáTICA

Celso Kazuyuki Morooka

Faculdade de Engenharia Mecânica

DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA DO PETRóLEO

Renato Pavanello

cOORDENADOR DA áREA

Faculdade de Engenharia Mecânica

DEPARTAMENTO DE MECâNICA COMPUTACIONAL

MARIA REGINA WOLF MACIEL

Faculdade de Engenharia Química

DEPARTAMENTO DE PROCESSOS QUÍMICOS

THEO GUENTER KIECKBUSCH

Faculdade de Engenharia Química

DEPARTAMENTO DE TERMOFLUIDODINÂMICA

Conteúdo


ARTES v

BIOLÓGICAS vi

EXATAS vii

HUMANAS ix

TECNOLÓGICAS x

PROJETOS DA ÁREA DE ARTES 1

Faculdade de Educação 2

A DESCOBERTA DA LINGUAGEM DO CORPO – ESTUDO SOBRE AS POSSIBILIDADES DE APLICAÇÃO PRÁTICA DO MÉTODO G.D.S. EM DANÇA 2

A ESCUTA DO SILÊNCIO - A IMPORTÂNCIA DA MÁSCARA NEUTRA NA PREPARAÇÃO DO ATOR 2

DANÇATERAPIA: UMA ALTERNATIVA DE MÉTODO EDUCACIONAL FACILITADOR PARA A INSERÇÃO DOS PORTADORES DE NECESSIDADES ESPECIAIS NA SOCIEDADE 2



Instituto de Artes 3

A HARMONIA DE GAROTO EM SUA OBRA PARA VIOLÃO 3

A CRIAÇÃO COREOGRÁFICA CONTEMPORÂNEA DE DANÇA E A MÚSICA: O DIÁLOGO ENTRE AS DUAS ARTES 3

CONFECÇÃO DE DVD-ROM DIDÁTICO DE INSTRUMENTAÇÃO E ORQUESTRAÇÃO 3

A TERRA CRUA NA ARQUITETURA: TÉCNICAS E PRÁTICA JUNTO AO MOVIMENTO DOS TRABALHADORES RURAIS SEM TERRA 4

A DANÇA NO UNIVERSO SENSÍVEL DA CRIANÇA: DANÇA CRIATIVA APLICADA A CRIANÇAS EM SITUAÇÃO DE RISCO. 4

A DANÇA CLÁSSICA FEMININA DE OKINAWA 4

UMA LEITURA ESTÉTICA E COREOGRÁFICA DA DANÇA DO MARACATU DE BAQUE VIRADO 4

O JORNAL COMO FERRAMENTA PEDAGÓGICA 5

WAVESHAPING APLICADO A SONS DE GUITARRA 5

SISTEMAS DINÂMICOS NÃO-LINEARES APLICADOS AO DESIGN SONORO 5

REVISÃO DE LITERATURA SOBRE O ESTUDO DA HARMÔNICA DIATÔNICA: AS TÉCNICAS DE BENDS E OVERBENDS 6

O SAMBA DE JORGE BEN: ENTRE ROQUES, BOSSAS E MARACATUS 6

a educação somática e o bailarino contemporâneo – um diálogo possível 6

DESENHAR, REFLETIR, ESCREVER 6

CONSERVAÇÃO A VÁCUO DE OBRAS DE ARTE EM PAPEL 7

MULHERES DO SÉCULO XX: A VISÃO DE TRÊS ARTISTAS BRASILEIROS 7

A CRÍTICA DE ARTE NORTE-AMERICANA, A ACTION PAINTING E O EXPRESSIONISMO ABSTRATO: JACKSON POLLOCK DE 1947 A 1951 7

RESTAURO DA PAISAGEM NO BRASIL: PARQUE DA CIDADE ROBERTO BURLE MARX 8

RESTAURO DA PAISAGEM NO BRASIL: PRAÇA LUIS DE CAMÕES E JARDINS DA RESIDÊNCIA PROJETADA POR RAMOS DE AZEVEDO EM CAMPINAS 8

RESTAURO DA PAISAGEM NO BRASIL: O JARDIM DA CASA MODERNISTA 8

O DISCURSO URBANO CONTEMPORÂNEO E O DESENHO DA PAISAGEM (UM ESTUDO DO PROJETO POTSDAMER PLATZ / BERLIM) 9

Processo colaborativo: Dramaturgia e mobilidade sígnica 9

ARQUITETURA DO CORPO: ANÁLISE DOS CONCEITOS CORPORAIS EM “BARTENIEFF FUNDAMENTALS’” 9

UMA REALIDADE BRASILEIRA: O CANTO CORAL COMO MEIO DE MUSICALIZAÇÃO EM GRUPO 10

MOÇAMBIQUE “SÃO BENEDITO” DE LORENA (SP) E O PROCESSO DA CRIAÇÃO DE PERSONAGEM: A EXPERIÊNCIA DE TRANSPOSIÇÃO POÉTICA DA PESQUISA DE CAMPO PARA A CENA TEATRAL 10

A ARTE MÁGICA NA CENA TEATRAL 10

O PRINCÍPIO BÁSICO DA VOZ EM MOVIMENTO 10

Entre o Campo e o Campus – A Criação Cênica como síntese de experiências 11

Instituto de Estudos da Linguagem 11

ESTUDO DAS SEMIOSES CO-OCORRENTES NO TRABALHO DE EXPRESSÃO TEATRAL COM AFÁSICOS 11



Instituto de Matemática, Estatística e Computação Científica 12

EXPERIENCIA DE UM DANÇARINO-EXECUTANTE EM COREOTOPOLOGIA 12



PROJETOS DA ÁREA DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS 13

CBMEG - Centro de Biologia Molecular e Engenharia Genética 14

DETECÇÃO E CARACTERIZAÇÃO DA DUPLICAÇÃO DO GENE TRNAILE NA REGIÃO CONTROLE DO DNAMT DE MOSCAS CAUSADORAS DE MIÍASES (DIPTERA: CALLIPHORIDAE) 14

CARACTERIZAÇÃO DO ITS2 DO rDNA EM MOSCAS CAUSADORAS DE MIÍASES (DIPTERA: CALLIPHORIDAE) 14

AMPLIFICAÇÂO HETERÓLOGA EM COCHLIOMYIA MACELLARIA UTILIZANDO PRIMERS DESENVOLVIDOS PARA C. HOMINIVORAX (DIPTERA: CALLIPHORIDAE) 14

CLONAGEM E EXPRESSÃO DE EPÓXIDO HIDROLASE DE ASPERGILLUS NIGER 15

CLONAGEM E EXPRESSÃO DE EPÓXIDO HIDROLASE DE ASPERGILLUS NIGER 15

MODELAGEM POR HOMOLOGIA DA ENZIMA CMP QUINASE DE ACIDITHIOBACILLUS FERROOXIDANS 15

ESTUDO MOLECULAR DOS GENES FMR1 E DIAPH2 EM PACIENTES BRASILEIRAS COM MENOPAUSA PRECOCE SECUNDÁRIA IDIOPÁTICA 16

ANÁLISE DO GENE DMRT1 EM FAMÍLIA COM 3 INDIVÍDUOS DE CARIÓTIPO 46,XY PORTADORES DE DISGENESIA GONADAL 16

Faculdade de Ciências Médicas 16

CARACTERÍSTICAS BIOLÓGICAS E PSICOSSOCIAIS DE GESTANTES ADOLESCENTES E NÃO ADOLESCENTES RESIDENTES NA REGIÃO SUDOESTE DE CAMPINAS, SP 16

Caracterização do apoio social às mães de recém-nascidos de baixo peso nascidos e residentes no município de Campinas, SP 17

Investigação sobre as atitudes dos pais de crianças surdas quanto à realização de exames moleculares para diagnóstico da surdez de origem genética 17

AVALIAÇÃO DA SUSCETIBILIDADE DE CEPAS DE DERMATÓFITOS FRENTE A ANTIFÚNGICOS DE USO TÓPICO 18

APOPTOSE INDUZIDA POR ESTRESSE OXIDATIVO EM CÉLULAS DE TUMOR DE WALKER 256 18

CLONAGEM E EXPRESSÃO DO GENE DA PROTEÍNA DESACOPLADORA 5 DE ARABIDOPSIS THALIANA E CARACTERIZAÇÃO DA PROTEÍNA RECOMBINANTE 18

AMAMENTAÇÃO MATERNA: O IDEALIZADO 19

Efeito dos Antinflamatórios não Hormonais sobre a Atividade do Sistema NADPH Oxidase em Células THP-1 Diferenciadas com IFN-g e TNF-a 19

Análise clínica dos pacientes com suspeita de imunodeficiência fagocitária 19

ESTUDO GENÉTICO-EPIDEMIOLÓGICO DA HEMOGLOBINA S EM UMA POPULAÇÃO PAULISTA (CAMPINAS, SP) 20

ALTERAÇÕES NA MICROCIRCULAÇÃO DEVIDO AO INFILTRADO INFLAMATÓRIO EM PACIENTES CHAGÁSICOS CRÔNICOS 20

PESQUISA DO REFLUXO GASTROESOFÁGICO NO PERÍODO NEONATAL, ATRAVÉS DO ESTUDO COMPARATIVO ENTRE O EXAME RADIOLÓGICO CONTRASTADO DO ESÔFAGO, ESTÔMAGO E DUODENO E MONITORIZAÇÃO PROLONGADA DO PH ESOFÁGICO DISTAL 20

AVALIAÇÃO DA CIRURGIA DE ALONGAMENTO URETRALNO TRATAMENTO DE CRIANÇAS COM INCONTINÊNCIA URINÁRIA POR INSUFICIÊNCIA ESFINCTERIANA 21

AUTO-AMPLIAÇÃO VESICAL VIDEOLAPAROSCÓPICA 21

ANÁLISE DE MUTAÇÕES PREVALENTES NOS GENES FANCA E FANCC DE AF 21

TERAPIA DE REPOSIÇÃO HORMONAL E FATOR V DE LEIDEN E AUMENTO NO RISCO DE TROMBOSE 22

ESTUDO EXPERIMENTAL DE HIDROXIAPATITA EM FALHAS ÓSSEAS PRODUZIDAS EM CALVÁRIAS DE RATOS 22

DESENHO ANIMADO PARA CRIANÇAS COM DEFICIÊNCIA VISUAL 22

DESENHO ANIMADO PARA CRIANÇAS COM DEFICIÊNCIA VISUAL 23

UTILIZAÇÃO DA DOSAGEM SÉRICA DE CISTATINA-C NA AVALIAÇÃO DA TAXA DE FILTRAÇÃO GLOMERULAR EM PACIENTES COM INSUFICIÊNCIA RENAL CRÔNICA 23

O IMPACTO DA EXPERENCIA ESTRESSANTE DE APRENDIZAGEM EM ALUNOS NA GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM 23

CONSUMO DE BEBIDAS ALCOÓLICAS ENTRE GRADUANDOS DE ENFERMAGEM 24

A REALIZAÇÃO DE ATIVIDADES TERAPÊUTICAS COMO UM MEIO DE CONTRIBUIR PARA O TRATAMENTO DE PACIENTES COM TRANSTORNO MENTAL SEVERO E PERSISTENTE EM SERVIÇOS RESIDENCIAIS TERAPÊUTICOS PERTENCENTES AO CENTRO DE ATENÇÃO PSICOSSOCIAL – CAPS – ESTAÇÃO 24

AS CONTRIBUIÇÕES DAS ATIVIDADES PRÁTICAS NA TRANSFORMAÇÃO DA VISÃO DE DOENTE MENTAL, ELABORADA POR ALUNOS CONCLUIENTES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM 24

SENTIMENTO DE INVASÃO DO ESPAÇO TERRITORIAL E PESSOAL DO PACIENTE HOSPITALIZADO 25

PREVALÊNCIA DAS LESÕES PRÉ-NEOPLÁSICAS DE COLO UTERINO EM MULHERES INFECTADAS PELO HIV ATENDIDAS NO CAISM/UNICAMP DE 1994 A 2005 25

PARTICIPAÇÃO COMUNITÁRIA E TRABALHO VOLUNTÁRIO: A VISÃO DOS ACOMPANHANTES DE UMA ENFERMARIA DE PEDIATRIA 25

ANÁLISE DA QUALIDADE DE VIDA DOS PACIENTES SUBMETIDOS À CIRURGIA DE FOBI-CAPELLA ATRAVÉS DA APLICAÇÃO DO QUESTIONÁRIO BAROS 26

DOENÇA DE CHAGAS E TRANSPLANTE RENAL 26

AVALIAÇÃO CLÍNICA E LABORATORIAL HEPÁTICA EM INDIVÍDUOS COM INSUFICIÊNCIA CARDÍACA CONGESTIVA 26

VOLUMETRIA HIPOCAMPAL EM PACIENTES COM LUPUS ERITEMATOSO SISTÊMICO 27

ANÁLISE VOLUMÉTRICA DA PROGRESSÃO DA ATROFIA DO CORPO CALOSO E VOLUME CEREBRAL EM PACIENTES COM LÚPUS ERITEMATOSO SISTÊMICO 27

ESTUDO DA ORIGEM DE INDIVÍDUOS AFETADOS POR HIPERPLASIA ADRENAL CONGÊNITA EM FAMÍLIAS ACOMPANHADAS NO HC – UNICAMP 27

HIPERPLASIA CONGÊNITA DAS ADRENAIS: ESTUDO DA FREQÜÊNCIA DE INDIVÍDUOS AFETADOS EM FAMÍLIAS ACOMPANHADAS NO HC – UNICAMP 28

SILDENAFIL NORMALIZA O DÉBITO CARDÍACO NO MODELO DE MIOCARDIOPATIA POR INIBIÇÃO DA SÍNTESE DE NO EM RATOS 28

Efeitos cardiovasculares do bloqueio de canais de cáLcio em modelo de infarto do miocárdio por inibição da síntese de NO 28

PERFIL DOS FONOAUDIÓLOGOS QUE ATUAM NA ÁREA DE SAÚDE DO TRABALHADOR 29

FATORES QUE INFLUEM NA RESPOSTA CITOGENÉTICA COM O USO DO IMATINIB EM PACIENTES COM LEUCEMIA MIELÓIDE CRÔNICA 29

DISTÚRBIOS DO DESENVOLVIMENTO CORTICAL: TRIAGEM DE MUTAÇÕES EM GRUPO DE PACIENTES 29

FREQÜÊNCIA DE MUTAÇÕES NO GENE EFHC1 EM PACIENTES COM EPILEPSIA MIOCLÔNICA JUVENIL 30

A CONSTRUÇÃO COLETIVA DA ESCRITA POR ALUNOS SURDOS: O PAPEL DO PROFESSOR COMO MEDIADOR 30

EFEITO DA ADMINISTRAÇÃO DE INSULINA INTRACEREBROVENTRICULAR SOBRE A SECREÇÃO DESSE HORMÔNIO ESTIMULADO POR GLICOSE 30

Participação da nefrina na nefropatia de um modelo que combina hipertensão arterial e diabetes mellitus 31

CONDUTAS DE TÉCNICOS DE ENFERMAGEM RELACIONADAS À ADMINISTRAÇÃO DE CEFALOSPORINAS POR VIA INTRAVENOSA EM UM HOSPITAL UNIVERSITÁRIO 31

CONDUTAS RELACIONADAS À ADMINISTRAÇÃO DE PSICOTRÓPICOS POR VIA INTRAVENOSA 31

INFLUÊNCIA DO PERFIL GENOTÍPICO DE GSTP1, GSTM1 E GSTT1 NA SUSCEPTIBILIDADE AO CÂNCER DE PRÓSTATA E NA RESPOSTA TERAPÊUTICA DE PACIENTES ONCOLÓGICOS 32

CORRELAÇÃO DOS VALORES DE TSH NA TRIAGEM NEONATAL COM AS DIFERENTES ETIOLOGIAS DE HIPOTIREOIDISMO CONGÊNITO. 32

LÚPUS ERITEMATOSO SISTÊMICO NO IDOSO: CARACTERIZAÇÃO CLÍNICO-LABORATORIAL 32

LÚPUS ERITEMATOSO SISTÊMICO (LES): INFLUÊNCIA DO TABAGISMO E DO SEDENTARISMO NA ATIVIDADE DA DOENÇA E NO ÍNDICE DE DANO PERMANENTE 33

GARANTIA DO ACESSO À REABILITAÇÃO VISUAL: DESAFIOS NOS PERCURSOS 33

ANÁLISE DA EXPRESSÃO DE RECEPTORES PARA VEGF NO PULMÃO DE FETOS DE RATAS SPREAGUE-DAWLEY SUBMETIDOS À TRAQUEO-OCLUSÃO ASSOCIADA À CORTICOTERAPIA ANTENATAL 33

PNEUMÓCITOS II EM RATOS NA TRAQUEO-OCLUSÃO E NA CORTICOTERAPIA IN UTERO 34

O DESENHO NA TERAPIA FONOAUDIOLÓGICA COM CRIANÇAS 34

APLICAÇÃO DE PRANCHAS DE COMUNICAÇÃO SUPLEMENTAR E ALTERNATIVA NO LEITO HOSPITALAR PEDIÁTRICO 34

CONTROLE DO DIABETES MELLITUS ENTRE USUÁRIOS DE UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE DO MUNICÍPIO DE CAMPINAS – SP 35

A CONTRIBUIÇÃO DE RECURSOS COMPUTADORIZADOS PARA AVALIAÇÃO E TERAPIA FONOAUDIOLOGICA DE FALA EM INDIVÍDUOS SURDOS 35

A CONTRIBUIÇÃO DE RECURSOS COMPUTADORIZADOS PARA AVALIAÇÃO E TERAPIA FONOAUDIOLOGICA DE FALA EM INDIVÍDUOS SURDOS 35

ACOMPANHAMENTO DO DESENVOLVIMENTO DA LINGUAGEM EM LACTENTES DE RISCO PARA SURDEZ 36

MONITORAMENTO DO DESENVOLVIMENTO DA LINGUAGEM EM CRIANÇAS DE UTI, COM INDICADORES DE RISCO PARA PERDA AUDITIVA 36

DETECÇÃO DA SURDEZ EM CRIANÇAS: A TRAJETÓRIA PERCORRIDA ENTRE A SUSPEITA, O DIAGNÓSTICO E O ATENDIMENTO 36

A INFORMÁTICA COMO RECURSO PARA O USO DO RESÍDUO VISUAL POR ESCOLARES COM BAIXA VISÃO 37

Qualidade do sono de portadores de neoplasia submetidos A quimioterapia 37

QUALIDADE DO SONO DE SUJEITOS NEFROPATAS ANTES E APÓS TRANSPLANTE RENAL 37

TRIAGEM AUDITIVA EM ESCOLARES DE 5 A 8 ANOS 38

AVALIAÇÃO AUDIOLÓGICA EM CRIANÇAS PORTADORAS DE FISSURA LABIOPALATINA 38

AVALIAÇÃO DO PROCESSAMENTO AUDITIVO EM CRIANÇAS COM FISSURA LABIOPALATINA 39

DIABETES E QUALIDADE DE VIDA: UTILIZAÇÃO DO “WHOQOL-BREF” EM UMA AMOSTRA DE CLIENTES DE UMA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE NO MUNICÍPIO DE CAMPINAS-SP 39

PERFIL SOCIODEMOGRÁFICO, ESTILO DE VIDA, TRABALHO E ASPECTOS DE SAÚDE DE TRABALHADORES DE UMA COOPERATIVA DE LIXO RECICLÁVEL 39

CONDIÇÕES DE TRABALHO E ESTILO DE VIDA DE TRABALHADORES DE UMA INDÚSTRIA METALÚRGICA DO INTERIOR DO ESTADO DE SÃO PAULO 40

ESTILO DE VIDA, SAÚDE E ASPECTOS DO TRABALHO DE DONAS-DE-CASA DE UMA CIDADE DO INTERIOR DO ESTADO DE SÃO PAULO. 40

TRABALHO, ESTILO DE VIDA E ASPECTOS DE SAÚDE ENTRE CAMINHONEIROS DE ROTA LONGA 40

AVALIAÇÃO DA DOR E COMPLICAÇÕES ANESTÉSICAS NO PERÍODO PÓS-ASPIRAÇÃO EM DOADORES DE MEDULA ÓSSEA 41

ACHADOS MAMOGRÁFICOS EM CÂNCER DE MAMA ASSOCIADO AOS POLIMORFISMOS DO SISTEMA DA GLUTATIONA S-TRANSFERASE MU 1 (GSTM1) E THETA 1 (GSTT1) 41

PREVALÊNCIA DO TABAGISMO NOS ADOLESCENTES DE CAMPINAS, SP. 41

MORTALIDADE POR ACIDENTES DE TRÂNSITO EM MUNICÍPIOS PAULISTAS 42

Modulação da sinalização insulínica e S-nitrosação de IR, IRS-1 e Akt pela Rosiglitazona na sepsis 42

EFEITOS DO AAS NA FOSFORILAÇÃO E S-NITROSAÇÃO DE IR/IRS-1/AKT EM TECIDOS DE ANIMAIS SÉPTICOS 42

RELAÇÃO ENTRE RESISTÊNCIA À INSULINA E TOLERÂNCIA A ENDOTOXEMIA OBSERVADA EM DUAS CEPAS DIFERENTES DE CAMUNDONGOS 43

SOBREVIDA AO JEJUM E RESISTÊNCIA À INSULINA EM DUAS CEPAS DE CAMUNDONGOS 43

AVALIAÇÃO DA AÇÃO CITOTÓXICA DO EXTRATO DE Physalis angulata SOBRE CÉLULAS NEOPLÁSICAS LEUCÊMICAS-MIELÓIDES 43

ABSENTEÍSMO: CAUSA RELATAS E SATISFAÇÃO NO TRABALHO 44

ESTUDO DO SONO EM ESTUDANTES UNIVERSITÁRIOS DE ENFERMAGEM 44

PROJETO DE IMPLANTAÇÃO DE CENTRO DE CONTROLE DE DOPAGEM NA FCM-UNICAMP 44

INIBIÇÃO DO CRESCIMENTO DO TUMOR DE WALKER 256 (TW) PELO AGARICUS BLAZEI MURILL (ABM) – ESTUDO EXPERIMENTAL EM RATOS 45

PREVALÊNCIA DE TRANSTORNOS DEPRESSIVOS NA ATENÇÃO PRIMÁRIA EM CAMPINAS-SP 45

PREVALÊNCIA DE TRANSTORNOS MENTAIS NA ATENÇÃO PRIMÁRIA EM CAMPINAS-SP 45

ESTUDO DA PREVALÊNCIA DE DERMATOSES NA POPULAÇÃO DE CAMPINAS – SP 45

ESTUDO ANATÔMICO DAS VALVAS CARDÍACAS, ENFOCANDO RELAÇÕES ENTRE ANÉIS FIBROSOS E VOLUME DE CÂMARA VENTRICULAR 46

Estudo da Expressão de gangliosídeo GM1 em ilhotas pancreáticas de camundongo NOD (Non-Obese Diabetic) diabéticos e não diabéticos. 46

O DOSVOX ENQUANTO RECURSO TERAPÊUTICO NA ABORDAGEM DA TERAPIA OCUPACIONAL 47

CONTROLE DE FATORES DE RISCO PARA CORONARIOPATIA EM PACIENTES COM INFARTO DO MIOCARDIO: COMPARAÇÃO ENTRE AMBULATÓRIO CONVENCIONAL E MULTIDISCIPLINAR 47

MONITORIZAÇÃO DA INFECÇÃO ATIVA POR CITOMEGALOVÍRUS (CMV), HERPESVIRUS HUMANO 6 (HHV-6) E HESPERVIRUS HUMANO 7 (HHV-7) EM PACIENTES TRANSPLANTADOS HEPÁTICOS: CORRELAÇÃO CLÍNICO-LABORATORIAL 47

ANÁLISE DA EXPRESSÃO DAS ISOFORMAS DE APAF-1 EM MIELOMA MÚLTIPLO 48

MICROQUIMERISMO E O RISCO DE ALOIMUNIZAÇÃO A ANTÍGENOS DE HEMÁCIAS APÓS TRANSFUSÃO SANGUÍNEA 48

Análise da expressão do Gene Humano RC3, que Codifica TRÊs Proteínas Isoformas com Repetições de Anquirina 48

DEFICIÊNCIA DE GLICOSE-6-FOSFATO DESIDROGENASE (G6PD) NÃO É UM FATOR DE RISCO PARA INFARTO AGUDO DO MIOCÁRDIO 49

INCIDÊNCIA E EVOLUÇÃO DA HEMORRAGIA PERIVENTRICULAR-INTRAVENTRICULAR EM RECÉM-NASCIDOS PREMATUROS ABAIXO DE 1500 GRAMAS E OS FATORES DE RISCO MATERNOS, OBSTÉTRICOS, PERINATAIS E PÓS-NATAIS A ELA ASSOCIADOS 49

A RELAÇÃO ENTRE O VINCULO MÃE- FILHO E A INFLUENCIA DA RENDA FAMILIAR NA DESNUTRIÇÃO INFANTIL 49

ESTUDO SOBRE A FORMA DE DETECÇÃO DO CÂNCER DE MAMA EM PACIENTES RESIDENTES EM CAMPINAS, SP, ACOMPANHADAS NO CENTRO DE ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE DA MULHER (CAISM, UNICAMP) NO ANO DE 2002 50

O PAPEL DA FAMILIA OUVINTE NO APRENDIZADO DA CRIANÇA SURDA 50

ESTUDO RETROSPECTIVO DA PREVALÊNCIA DE FISSURAS LABIAIS E LÁBIO-PALATINAS NO SERVIÇO DE GENÉTICA CLÍNICA/ DEPTO DE GENÉTICA MÉDICA / FCM/ UNICAMP 51

ESCOLARIDADE E SURDEZ: PERFIL DE UM GRUPO DE USUÁRIOS SURDOS 51

SURDOS E SURDEZ NO CIRCUITO CINEMATOGRÁFICO 51





Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   ...   80


©aneste.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
universidade federal
terapia intensiva
Excelentíssimo senhor
minas gerais
união acórdãos
Universidade estadual
prefeitura municipal
pregão presencial
reunião ordinária
educaçÃo universidade
público federal
outras providências
ensino superior
ensino fundamental
federal rural
Palavras chave
Colégio pedro
ministério público
senhor doutor
Dispõe sobre
Serviço público
Ministério público
língua portuguesa
Relatório técnico
conselho nacional
técnico científico
Concurso público
educaçÃo física
pregão eletrônico
consentimento informado
recursos humanos
ensino médio
concurso público
Curriculum vitae
Atividade física
sujeito passivo
ciências biológicas
científico período
Sociedade brasileira
desenvolvimento rural
catarina centro
física adaptada
Conselho nacional
espírito santo
direitos humanos
Memorial descritivo
conselho municipal
campina grande