Universidade estadual de campinas


Faculdade de Engenharia Elétrica e de Computação



Baixar 3.62 Mb.
Página36/80
Encontro24.10.2017
Tamanho3.62 Mb.
1   ...   32   33   34   35   36   37   38   39   ...   80

Faculdade de Engenharia Elétrica e de Computação

E274

MODELAMENTO MATEMÁTICO DINÂMICO DE TRANSFORMADORES ELÉTRICOS TRIFÁSICOS CONSIDERANDO A SATURAÇÃO MAGNÉTICA


Érico Umezu (Bolsista PIBIC/CNPq) e Prof. Dr. Ernesto Ruppert Filho (Orientador), Faculdade de Engenharia Elétrica e de Computação - FEEC, UNICAMP
Por razões econômicas os transformadores elétricos são construídos com dimensões tais que a saturação magnética do material ferromagnético que constitui o seu núcleo, quando este opera próximo das condições nominais, sempre ocorre. A ocorrência da saturação magnética tira o caráter linear que se poderia dar ao modelo matemático dinâmico do transformador. Neste trabalho construiu-se um modelo matemático dinâmico para um transformador trifásico, incluindo o efeito de saturação magnética, para utilizar em estudos de dinâmica de sistemas de energia elétrica. Os resultados de diversas simulações usando esse modelo são apresentados. Existem também no mercado diversos softwares profissionais (ATP, EMTP, PSCAD, MATLAB - SimPowerSystems e outros) que apresentam modelos dinâmicos de transformadores. Neste trabalho apresenta-se resultados de estudos dinâmicos usando o aplicativo SimPowerSystems do Matlab/Simulink.

Transformadores - Saturação magnética - Simulação



Faculdade de Engenharia Mecânica

E275

A VARANDA COMO ELEMENTO DE CONFORTO EM AMBIENTES INTERNOS


Danielle Skubs (Bolsista PIBIC/CNPq) e Prof. Dr. Caio Glauco Sanchez (Orientador), Faculdade de Engenharia Mecânica - FEM, UNICAMP
Através de um estudo anterior (SKUBS e KOWALTOWSKI, 2003), conduzido para investigar detalhes das varandas em casas autoconstruídas na região de Campinas-SP, foi possível constatar que a população reconhece a importância da varanda como elemento de sombreamento. As varandas estão presentes, mas de forma aleatória sem uma real preocupação com o conforto térmico dos ambientes internos da casa. Tal estudo mostrou que mais investigações precisam ser conduzidas, especialmente com medições técnicas em casas no clima urbano de Campinas. Através de cálculos de carga térmica e ensaios com um protótipo o presente trabalho se propôs a confirmar a importância da varanda como elemento de conforto térmico no ambiente interno da casa, verificando suas reais vantagens e podendo assim informar a população de baixa renda a melhor forma de incluir a varanda no projeto da residência, para que esta represente uma extensão confortável e barata de seu espaço funcional. O método de cálculo utilizado, assim como as tabelas necessárias para seu desenvolvimento, estão descritos no manual de conforto térmico de Frota e Schiffer, 2001. Os ensaios foram realizados em um protótipo em escala real, através de medições de parâmetros como as temperaturas interna e externa e a radiação solar global.

Varanda - Habitação de interesse social - Conforto térmico

E276

MEDIDAS DE NANOPOROSIDADE EM PREFORMAS DE SÍLICA PARA FIBRAS ÓPTICAS POR TÉCNICAS DE ABSORÇÃO DE RAIOS-X


Danilo Leite Dalmon (Bolsista CNPq/RHAE) e Prof. Dr. Carlos Kenichi Suzuki (Orientador), Faculdade de Engenharia Mecânica - FEM, UNICAMP
A aplicação da técnica de Absorção de Raios-X (ARX) possibilita a determinação da nanoporosidade relativa em preformas nanoestruturadas de sílica através de medidas de densidade. As preformas são fabricadas pelo método VAD (“Vapor-phase Axial Deposition”) e são formadas de nanopartículas e nanoporos, cuja distribuição varia ao longo da direção radial de acordo com os parâmetros de sua deposição. Preformas submetidas a diferentes parâmetros de deposição e tratamentos térmicos a diferentes temperaturas foram analisadas por ARX ao longo de sua posição radial com radiação MoK = 0,707Å em passos de 1mm. Parâmetros de deposição com variação na posição do maçarico, em especial, resultaram em perfis de densidade bastante distintos. Temperaturas de tratamento térmico abaixo de 1200°C, apresentaram perfis com valores de 0,3 a 0,4 g/cm3 na região central, decaindo para 0,2 a 0,3 g/cm3 na região mais externa, e obtendo-se perfis homogêneos com valores próximos a 0,5 e 0,9 g/cm3 para temperaturas de 1270°C e 1290°C, respectivamente. A medida precisa e não destrutiva da densidade possibilitou correlacionar os parâmetros de deposição e tratamento térmico com a distribuição dos nanoporos na preforma, um importante avanço no desenvolvimento de fibras ópticas especiais.

Nanoporosidade - Absorção de raios-X - Fibras ópticas especiais

E277

PROJETO E IMPLEMENTAÇÃO DE PLATAFORMA EXPERIMENTAL PARA SUPERVISÃO E CONTROLE DE JUNTAS ROBÓTICAS


Daniel de Souza Medina (Bolsista PIBIC/CNPq) e Prof. Dr. João Maurício Rosário (Orientador), Faculdade de Engenharia Mecânica - FEM, UNICAMP
O modelo de um grau de liberdade de uma junta robótica é constituído, basicamente, de um motor elétrico de corrente contínua acoplado a um disco de inércia. Este conjunto pode ser dinamicamente acoplado a um outro disco para simular a variação inercial que uma junta real sofre ao longo de sua trajetória. Neste trabalho, foi utilizada uma bancada composta de um motor de corrente contínua, dois discos de inércia, encoders incrementais e uma embreagem eletromagnética acoplando os dois discos. Inicialmente, foi feita a modelagem matemática da dinâmica do sistema utilizando os softwares MATLAB-Simulink e 20-sim. Foi também, elaborado um software em linguagem DELPHI com o objetivo de efetuar o acionamento e monitoração dos elementos da plataforma via PC, possibilitando o controle do sentido de rotação do motor, acionamento da embreagem e realização de uma seqüência de atividades pré-programadas. Além disso, foi utilizado o software Max+plus II com o intuito de realizar o controle efetivo da plataforma, sendo assim possível a leitura dos encoders e, conseqüentemente, a verificação do sentido de rotação e da posição do eixo do motor. Com a realização deste trabalho, foram obtidos conceitos que podem ser utilizados em outras situações que envolvem controle e supervisão.

Controle - Supervisão - Juntas robóticas

E278

EXPERIMENTO VIRTUAL PARA INVESTIGAR O ESCOAMENTO E AS FORÇAS SOBRE UM AEROFÓLIO SIMÉTRICO DO JOUKOWSKY


Antony Neil Greenhalgh (Bolsista PIBIC/CNPq) e Prof. Kamal Abdel Radi Ismail (Orientador), Faculdade de Engenharia Mecânica - FEM, UNICAMP
Este trabalho pretende criar um modelo matemático através do programa Broland Delphi que simule o comportamento de um aerofólio escoando em um fluido. Isto irá facilitar ao aluno o entendimento dos comportamentos aerodinâmicos dos aerofólios. Foi escolhida uma modelação matemática, pois a construção de um simulador real requer um trabalho de construção de muita precisão e grande espaço físico para sua alocação. Tudo isso se torna muito caro enquanto que o modelo matemático é de fácil acesso e menor custo. Espera-se que o simulador seja de fácil manuseio e proporcione boa compreensão ao estudante sobre as noções básicas da aerodinâmica.

Aerofólio - Desenvolvimento de modelo - Escoamento






Compartilhe com seus amigos:
1   ...   32   33   34   35   36   37   38   39   ...   80


©aneste.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
universidade federal
terapia intensiva
Excelentíssimo senhor
minas gerais
união acórdãos
Universidade estadual
prefeitura municipal
pregão presencial
reunião ordinária
educaçÃo universidade
público federal
outras providências
ensino superior
ensino fundamental
federal rural
Palavras chave
Colégio pedro
ministério público
senhor doutor
Dispõe sobre
Serviço público
Ministério público
língua portuguesa
Relatório técnico
conselho nacional
técnico científico
Concurso público
educaçÃo física
pregão eletrônico
consentimento informado
recursos humanos
ensino médio
concurso público
Curriculum vitae
Atividade física
sujeito passivo
ciências biológicas
científico período
Sociedade brasileira
desenvolvimento rural
catarina centro
física adaptada
Conselho nacional
espírito santo
direitos humanos
Memorial descritivo
conselho municipal
campina grande