Universidade do estado do amazonas uea



Baixar 46.02 Kb.
Encontro09.08.2019
Tamanho46.02 Kb.



UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS - UEA

PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA - PROPESP

ESCOLA SUPERIOR DE CIÊNCIAS DA SAÚDE - ESA

CURSO DE MESTRADO EM BIOTECNOLOGIA E RECURSOS NATURAIS – MBT


Aluno: Rebecca Tavares e Silva

Projeto: Efeitos da Autoproteólise e de Fatores Físico-Químicos nas Atividades Biológicas e Antigenicidade das Toxinas do Veneno da Serpente Amazônica Bothrops Atrox (Linnaeus, 1758) “Jararaca”.



RESUMO

Na Amazônia Brasileira a serpente peçonhenta Bothrops atrox (Viperidae) é responsável por 90% dos acidentes ofídicos. Seu veneno possui atividades anticoagulante, proteolítica e hemorrágica (local e sistêmica). A proteólise e fatores físico-químicos (mudanças de pH, temperatura, composição do solvente) e o tempo de ação do agente, podem afetar a estrutura tridimensional/estado conformacional nativo de uma proteína, o que poderia levar ao surgimento de proteínas e peptídeos com atividades biológicas e antigenicidade diferentes da proteína de origem. Na literatura revisada não foram encontradas informações a cerca destas influências sobre as atividades biológicas e antigenicidade das toxinas do veneno de B. atrox. Devido a isso, o presente trabalho prestou a avaliar as atividades biológicas e a antigenicidade das toxinas do veneno após autoproteólise a 37ºC por até uma semana, em diferentes soluções tampão (PBS - 100 mM, pH 7,2 e COLAGENASE - Tris 50 mM, pH 7,5). Os resultados demonstraram que os perfis moleculares, as atividades biológicas e a antigenicidade das toxinas do veneno de B. atrox autoproteolisado segundo o tempo de incubação foram intensamente influenciados pelos constituintes das soluções tampão utilizadas no processo experimental. Brij 35, constituinte do tampão COLAGENASE, protegeu principalmente da degradação proteolítica e congelamento-descongelamento, as metaloproteinases da classe P-I (23 kDa) e P-III (50 kDa) do veneno, preservando a estrutura/função biológica delas, influenciando dessa forma na elevada atividade hemorrágica, toxicidade e letalidade do veneno. O veneno de B. atrox autoproteolisado em tampão PBS obteve decréscimo quantitativo do total de toxinas conforme verificado no perfil molecular, e a rápida degradação das metaloproteinases hemorrágicas da classe P-III, durante o tempo de incubação a 37°C, causa grande decréscimo das atividades hemorrágica, proteolítica, edematogênica e letal. O soro hiperimune experimental obtido usando como antígeno a amostra do veneno de B. atrox autoproteolisado por uma semana a 37°C em tampão PBS apresenta satisfatória eficácia neutralizante das atividades hemorrágica, proteolítica e letal contra o veneno in natura de B. atrox, e também baixa toxicidade no processo de imunização de animais de laboratório. Os resultados sugerem a purificação de peptídeos/proteínas atóxicas do veneno de B. atrox proteolisado a 37°C por suas próprias proteases por uma semana em tampão PBS (100 mM), pH 7,2 avaliando sua atividade antigênica gerando subsídios para produção de vacina/soro antibotrópico específico contra o veneno da serpente amazônica B. atrox.


Palavras-chave: Bothrops atrox, autoproteólise, fatores físico-químicos, toxicidade, soro hiperimune experimental, vacina antibotrópica.
Orientador: Prof. Dr. Jorge Luis López-Lozano

Universidade do Estado do Amazonas - UEA - www.uea.edu.br - Mestrado em Biotecnologia – MBT

Avenida Carvalho Leal, 1777, Cachoeirinha – Manaus - Amazonas



CEP: 69065-170 - Tel. (92) 3214.9700 mbt@uea.edu.br




Compartilhe com seus amigos:


©aneste.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
universidade federal
terapia intensiva
Excelentíssimo senhor
minas gerais
união acórdãos
Universidade estadual
prefeitura municipal
pregão presencial
reunião ordinária
educaçÃo universidade
público federal
outras providências
ensino superior
ensino fundamental
federal rural
Palavras chave
Colégio pedro
ministério público
senhor doutor
Dispõe sobre
Serviço público
Ministério público
língua portuguesa
Relatório técnico
conselho nacional
técnico científico
Concurso público
educaçÃo física
pregão eletrônico
consentimento informado
recursos humanos
ensino médio
concurso público
Curriculum vitae
Atividade física
sujeito passivo
ciências biológicas
científico período
Sociedade brasileira
desenvolvimento rural
catarina centro
física adaptada
Conselho nacional
espírito santo
direitos humanos
Memorial descritivo
conselho municipal
campina grande