Seqüência diagnóstica



Baixar 47.55 Kb.
Encontro24.10.2017
Tamanho47.55 Kb.

Faculdade de Odontologia UERJ

Estomatologia I Exames das estruturas extra e intra-orais Prof.ª Mônica Israel e-mail: monicasisrael@yahoo.com.br


Exame das Estruturas

Cabeça:

  • Crânio

  • Face

  • ATM

Pescoço

Tecido de revestimento

Crânio

Couro cabeludo:

  • calvície masculina

  • alopécia areata

  • perda difusa (radio e quimioterapia)

  • displasia ectodérmica

Formato:

  • Bossa frontal

  • Fechamento prematuro de suturas (craniossinostose)

Face

Pele da face:

  • Manchas

  • Lesões actínicas

  • Cicatrizes

  • Nevos

Simetria

Olhos:

  • Distância interpupilar (10/11 cm)

  • Ausência de cílios ou sobrancelhas

  • Alterações das pálpebras: blefarocalásia, ptose

  • Alterações oftálmicas: simbléfaro, entrópio, triquíase, opacificação

Ouvido:

  • Carcinoma basocelular

  • Síndrome de Treacher - Collins

ATM

  • Palpação e inspeção

  • Abertura máxima interincisal:

  • Trajeto da abertura (desvios)

Pescoço

  • Inspeção e palpação

  • Aumento de volume:

  • linha média: tumores de tireóide, cisto do ducto tireoglosso, cisto dermóide

  • lateral à linha média: cisto branquial

Linfonodos

  • Auriculares

  • Submandibulares

  • Submentonianos

  • Cervicais

  • Pré – traqueal

  • Occiptais

Auriculares:

  • Anterior – pele da região temporal, parte lateral da testa, pálpebra e parótida

  • Posterior – ouvido e pele da orelha

  • Inferior – recebe a drenagem do auricular anterior e do posterior

Submandibulares:

  • Estão localizados no triângulo submandibular, entre os dois ventres do músculo digástrico e da borda inferior da mandíbula

  • Coletam a linfa dos dentes superiores e inferiores (com exceção dos incisivos inferiores), lábios (com exceção da parte mediana do lábio inferior), parte anterior da cavidade nasal, parte anterior do palato e língua.

  • Drenam para os linfonodos cervicais profundos

Submentonianos:

  • Estão localizados entre o queixo e o osso hióide.

  • Drenam a parte média do lábio inferior, a pele do mento, a ponta da língua, dentes incisivos inferiores e gengiva.

Occiptais:

  • Drenam o couro cabeludo.

Pré – traqueais:

  • Drenam pele anterior do pescoço e traquéia.

Cervicais profundos:

À frente ou recobertos pelo músculo esternocleidomastóide:

  • Mediais superiores

  • Mediais inferiores = supraclaviculares

Cervicais profundos:

Atrás do músculo esternocleidomastóide:

  • Laterais superiores

  • Laterais inferiores

Linfonodo

Inflamatório:

  • Mole

  • Móvel

  • Bem delimitado

  • Dolorido

Metastático:

  • Duro

  • Fixo

  • Cacho de uva

  • Indolor

Tecido de revestimento

  • nevos

  • lesões actínicas

  • carcinoma basocelular

  • doenças dermatológicas

Exame das Estruturas Orais

  • Lábios

  • Mucosa jugal

  • Língua

  • Soalho de boca

  • Gengivas

  • Osso alveolar

  • Mandíbula

  • Palato duro

  • Palato mole

  • Orofaringe

  • Glândulas salivares

  • Dentes

Exame das Estruturas Orais

  • Inspeção e palpação

  • Seqüência de exame

  • Fonte de iluminação

  • Espelho

  • Gaze

Lábios

  • Superior e inferior

  • Delimitação entre pele e vermelhão

  • Vermelhão e mucosa – linha de Kleine

  • Freios

  • Glândulas salivares menores

Comissura labial:

Lábio superior

  • Grânulos de Fordyce

  • Lábio duplo

Lábio inferior

  • Freios

  • Discretas saliências: glândulas salivares menores

Alterações:

  • mucocele;

  • fibroma traumático;

  • granuloma piogênico;

  • queilite actínica;

  • carcinoma de células escamosas.

Mucosa jugal

  • Limite anterior: comissura labial

  • Limite superior e inferior: fundo de vestíbulo ou fórnix do vestíbulo

  • Limite posterior: rafe pterigomandibular

  • Do lado oposto ao segundo molar superior: papila parotídea - ducto da glândula parótida (Stenon)

Mucosa jugal

  • Linha alba

  • Grânulos de Fordyce

  • Leucoedema

  • Fibroma traumático

  • Morsicatio buccarum

  • Líquen plano reticular (estrias de Wickham)

Língua

Língua

Dorso:

  • Papilas filiformes: dominantes

  • Papilas fungiformes: na ponta – doce, lateralmente na ponta- salgado

  • Papilas circunvaladas - azedo

  • Forame cego: separação dos terços

Língua

Alterações de dorso:

  • língua saburrosa

  • língua pilosa

  • língua fissurada

  • língua geográfica

  • microglossia

  • macroglossia

  • tireóide lingual

  • glossite romboidal mediana

Língua

Bordas laterais:

  • Papila foliácea (= papila foliada, = tonsila lingual)

Alterações:

Língua

Peça ao paciente que coloque a ponta da língua no palato: ventre lingual, soalho bucal e carúnculas (submandibular).

Língua

Ventre:

  • Freio lingual

  • Franjas linguais

  • Vasos sangüíneos

Alterações do ventre:

  • anquiloglossia

  • varizes linguais

Soalho bucal

  • Coloração

  • Freio lingual

  • Carúnculas (submandibular)

Lesões:

  • eritroplasia;

  • carcinoma de células escamosas.

Gengiva

  • Cor rósea

  • Consistência firme

  • Gengiva livre

  • Papila interdentária

  • Ranhura gengival

  • Gengiva inserida: aspecto de casca de laranja

  • Junção muco – gengival

  • Mucosa alveolar: cor vermelho escura

Alterações gengivais:

  • Gengivite

  • Melanose fisiológica

  • Granuloma piogênico

  • Gengivite descamativa

  • Gengivoestomatite herpética primária

Osso alveolar

  • Reabsorção em regiões edêntulas

  • Perda óssea por doença periodontal

  • Exostoses

  • Doença óssea de Paget

Mandíbula/Maxila

  • Presença de lesões intra – ósseas

  • Tórus mandibular

Palato duro

  • Rafe

  • Rugosidades

  • Post – daming

  • Glândulas salivares (região posterior)

  • Papila incisiva

Alterações:

  • tórus palatino;

  • cisto do ducto nasopalatino;

  • hiperplasia fibrosa inflamatória por câmara de sucção;

  • candidíase associada à prótese.

Palato mole

  • limites;

  • coloração.

Orofaringe

  • limites

  • coloração

  • úvula

  • pilar tonsilar (palatino) anterior

  • pilar tonsilar (palatino) posterior

Coloque um espelho na região posterior de língua e peça para o paciente falar “ahh”, tornando possível o exame da parede posterior da orofaringe.

Glândulas Salivares

Glândulas salivares maiores:

  • Parótida (Stenon ou Stensen)

  • Submandibular (Wharton)

  • Sublingual (Bartholin)

Glândulas salivares menores (Rivinius)

Ordenha da Parótida:

  • Secar a papila com uma gaze com a boca bem aberta

  • Colocar os dedos externamente na face sobre a glândula parótida, localizada na região pré – auricular

  • Realizar pressão digital, comprimindo a glândula contra o masseter

  • Arrastar os dedos fechados anteriormente pela face

  • Observar a papila parotídea, avaliando o fluxo salivar através do ducto

Ordenha da Submandibular:

  • Secar as carúnculas com gaze

  • Colocar um ou dois dedos esticados sob o queixo na região inferior da mandíbula

  • Realizar uma pressão para cima

  • Observar a saída de saliva pelo ducto









Compartilhe com seus amigos:


©aneste.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
universidade federal
terapia intensiva
Excelentíssimo senhor
minas gerais
união acórdãos
Universidade estadual
prefeitura municipal
pregão presencial
reunião ordinária
educaçÃo universidade
público federal
outras providências
ensino superior
ensino fundamental
federal rural
Palavras chave
Colégio pedro
ministério público
senhor doutor
Dispõe sobre
Serviço público
Ministério público
língua portuguesa
Relatório técnico
conselho nacional
técnico científico
Concurso público
educaçÃo física
pregão eletrônico
consentimento informado
recursos humanos
ensino médio
concurso público
Curriculum vitae
Atividade física
sujeito passivo
ciências biológicas
científico período
Sociedade brasileira
desenvolvimento rural
catarina centro
física adaptada
Conselho nacional
espírito santo
direitos humanos
Memorial descritivo
conselho municipal
campina grande