Revolução Industrial



Baixar 152.4 Kb.
Encontro11.10.2019
Tamanho152.4 Kb.

Revolução Industrial


Convencionou-se chamar de Revolução Industrial o período histórico durante o qual a Inglaterra se transformou, de sociedade feudal-mercantil, de economia preponderantemente agrária, em uma sociedade de tipo novo para o século 18, ou seja, numa economia industrial, caracterizada pela produção em grande escala, mediante a utilização crescente de máquinas.
Apesar de a Inglaterra ter entrado tardiamente na era dos descobrimentos - e, portanto, na competição com Portugal e Espanha pela divisão das terras descobertas -, ela foi a nação europeia que mais rapidamente adaptou suas estruturas internas às novas condições competitivas que se instauraram no mundo.
Outro fato que contribui à reestruturação da Inglaterra foi a reforma protestante, o que levou à diminuição da influência da nobreza, à liquidação do poder do clero e ao sequestro e à redistribuição das terras e dos bens da Igreja.
Numa fase seguinte, durante a Revolução Inglesa, a burguesia nascente consegue debilitar também o poder do rei, criando assim uma nova classe dirigente, voltada ao comércio e à busca de enriquecimento.
Lentamente, a Inglaterra se especializa em não só tirar proveito das colônias alheias, mas em comerciar com elas, transportando inclusive escravos. Para se ter uma idéia desse comércio, entre 1700 e 1750, as indústrias inglesas voltadas para o consumo interno (alimentos e lã, por exemplo) aumentaram sua produção em 7%; ao passo que as indústrias destinadas à exportação (tecidos de algodão) aumentaram a produção em 75%.
A rápida industrialização inglesa também foi favorecida pelos "cercamentos": as terras que, durante o feudalismo, haviam sido de uso dos camponeses e moradores das vilas, começaram a ser apropriadas por aquela nova classe dirigente. Nessas propriedades, a agricultura era mais eficiente e a pecuária mais produtiva. Ao mesmo tempo, os camponeses emigravam para as cidades, criando uma massa em busca de emprego.
As principais etapas da Revolução Industrial
# A expansão do comércio externo - e seus lucros fabulosos - ampliam o volume de capital e estimulam a expansão das manufaturas.
# Em 1733, um tecelão, John Kay, inventa uma lançadeira volante, pequeno aperfeiçoamento do tear manual. Cria-se, assim, um desequilíbrio tecnológico, pois as rocas de fiar passam a não ter capacidade de produção suficiente para suprir com fios os teares mais rápidos.
# Inventam-se novas máquinas de fiar. Uma delas, criada por Richard Arkwright, por volta de 1764, era movida não mais manualmente, mas por força hidráulica.
# A produtividade maior das novas máquinas de fiar e tecer causa um novo problema: começa a faltar algodão, pois este não podia ser descaroçado com suficiente rapidez.
# James Watt aperfeiçoa a máquina a vapor (usada na minas de carvão para bombear água), criando um sistema de transmissão que imprime movimentos a outros mecanismos.
# Eli Whitney, em 1793, inventa o cotton gin, que descaroçava algodão três vezes mais rapidamente que um trabalhador.
# As plantações de algodão são expandidas.
# Surgem as grandes manufaturas, mecanizadas. O ritmo do trabalho se acelera.
# Crescente tensão social, fruto da urbanização desordenada, dos baixos salários e do aumento do número de desempregados.
# O Estado regulamenta as horas de trabalho e amplia as formas de prestar assistência aos trabalhadores.
# Adapta-se a máquina a vapor às carruagens. Surgem as primeiras locomotivas, ainda rudimentares.
# George Stephenson aperfeiçoa a locomotiva a vapor, consegue uma concessão governamental para construir e operar uma linha e, em 1825, inaugura a primeira estrada de ferro do mundo. Vinte anos depois, a Inglaterra estava cruzada em todas as direções por ferrovias.
# Em 1808, o primeiro navio a vapor, de madeira, cruza o Atlântico. Em 1837, vapores já iam regularmente à Índia. Em 1838 foi construído o primeiro navio de ferro, o Great Britain.
# Aumenta a produção siderúrgica e metalúrgica na Inglaterra. Em 1856, Bessemer descobre, ao purificar o ferro, a maneira de fabricar aço.
# A Inglaterra se transforma na oficina mecânica do mundo.
Fonte: UOL

Compartilhe com seus amigos:


©aneste.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
universidade federal
terapia intensiva
Excelentíssimo senhor
minas gerais
união acórdãos
Universidade estadual
prefeitura municipal
pregão presencial
reunião ordinária
educaçÃo universidade
público federal
outras providências
ensino superior
ensino fundamental
federal rural
Palavras chave
Colégio pedro
ministério público
senhor doutor
Dispõe sobre
Serviço público
Ministério público
língua portuguesa
Relatório técnico
conselho nacional
técnico científico
Concurso público
educaçÃo física
pregão eletrônico
consentimento informado
recursos humanos
ensino médio
concurso público
Curriculum vitae
Atividade física
sujeito passivo
ciências biológicas
científico período
Sociedade brasileira
desenvolvimento rural
catarina centro
física adaptada
Conselho nacional
espírito santo
direitos humanos
Memorial descritivo
conselho municipal
campina grande