Área de Odontologia Social



Baixar 416.18 Kb.
Página2/6
Encontro24.10.2017
Tamanho416.18 Kb.
1   2   3   4   5   6

Bioética

História da Bioética; Fundamentação filosófica da Bioética; Princípios da Bioética; Estado da Bioética no Brasil; Projeto genoma e clonagem; Terapia gênica e genética preditiva; Aborto; Eutanásia e distanásia; Transplantes e doações de órgãos; uso em ensino e pesquisa; AIDS e pacientes especiais; Distribuição de recursos e bens de saúde pública.


ALVES, E.G.R; RAMOS, D.L.P. Profissionais de saúde: vivendo e convivendo com HIV/AIDS. São Paulo: Santos. 2002. BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Assistência à Saúde. Programa nacional de Doenças Sexualmente Transmissíveis/AIDS. Hepatite, AIDS e herpes na prática Odontológica. Brasília: MS, 1994, 56p. BERLINGUER, G.; GARRAFA, V. O mercado humano. Brasília: UnB, 1996. 212p. ESPINOSA, J. Questões de Bioética. São Paulo: Quadrante, 1998. 124p. GARRAFA, V. A dimensão da ética em saúde pública. São Paulo: FSP, 1995. MARTIN, L.; BALDESSIN, A. Conviver com a AIDS - subsídios para o doente, sua família e grupos de apoio. SP: Santuário, 1990. 85p. PESSINI, L.; BARCHIFONTAINE, C.P. Problemas atuais de bioética. São Paulo: Loyola, 1997. 4ª ed. RAMOS, D.L.P.; MARUYAMA, N.T. Aspectos éticos do atendimento odontológico de pacientes HIV-positivos. In: Silva, M. (Coord.) Compêndio de Odontologia Legal. Rio de Janeiro: MEDSI, 1997. RAMOS, D.L.P; TRINDADE, O.M. Ética na pesquisa odontológica com seres humanos. In: SILVA, M. (Coord.) Compêndio de Odontologia Legal. Rio de Janeiro: MEDSI, 1997. SGRECCIA, E. Manual de Bioética: fundamentos e ética biomédica. São Paulo: Loyola, 1996.v.1.686p. VIEIRA, S.; HOSSNE, W.S. Pesquisa médica: a ética e a metodologia. São Paulo: Pioneira, 1998.

Área de Prótese e Biomateriais

Biomateriais

  1. 1. Estrutura e propriedades gerais dos materiais: estrutura da matéria; propriedades físicas (mecânicas, ópticas, térmicas); propriedades químicas; biocompatibilidade. 2. Material para prevenção: noções de cariologia e bioquímica oral; material para controle mecânico (fio e escova dental) e químico (flúor, pasta dental e enxaguatórios) da placa dental; evidenciadores de placa. 3. Material para proteção do complexo dentina-polpa: agentes agressores do complexo dentina-polpa; mecanismos fisiológicos de defesa (esclerose dentinária, dentina reacional); teoria hidrodinâmica da dor; base, forramento e restauração provisória (conceitos e requisitos); hidróxido de cálcio (conceito, tipos, propriedades, indicações e manipulação); óxido de zinco e eugenol (conceito, tipos, propriedades, indicações e manipulação); fosfato de zinco (conceito, tipos, propriedades, indicações e manipulação); ionômero de vidro (conceito, tipos, propriedades, indicações e manipulação) 4. Amálgama: conceito; indicações; classificação (em função da composição e forma de partícula); propriedades; variáveis de manipulação; avaliação clínica; toxicidade do mercúrio. 5. Adesivos dentários: princípios de adesão; histórico; adesão em esmalte (condicionamento ácido, características do adesivo, cuidados de manipulação); adesão em dentina (conceito de camada híbrida, tipos de sistema adesivo, cuidados de manipulação); selantes (conceito, tipos, propriedades, indicações e manipulação). 6. Compósitos dentários: generalidades sobre polímeros; compósitos restauradores (conceito, tipos, propriedades, indicações e manipulação); sistemas de ativação (conceito, ativação física e química, aparelhos fotopolimerizadores). 7. Materiais híbridos: conceito; ionômero de vidro modificado por resina (conceito, tipos, propriedades, indicações e manipulação); compômero (conceito, tipos, propriedades, indicações e manipulação). 8. Material para clareamento: etiologia das alterações de cor do dente; mecanismo de ação dos agentes clareadores; tipos de tratamento clareador; efeitos adversos.

  2. 1. Generalidades sobre as restaurações indiretas: visão geral dos processos restauradores indiretos.2. Material para moldagem: Godivas (composição, tipos, indicações, propriedades térmicas, alterações dimensionais, consistência e resistência); Pastas de óxido de zinco e eugenol (composição, tipos, indicações, manipulação e seu controle, propriedades gerais); Hidrocolódes (tipos, composição, manipulação, indicações, mecanismo de geleificação, alterações dimensionais e morfológicas, propriedades gerais, reprodução de detalhes); Elastômeros - Mercaptanas, Silicones, Poliéteres - (composição, manipulação, polimerização, alterações dimensionais e morfológicas, elasticidade, reprodução de detalhes, indicações).3. Material para modelos e troquéis: Gessos (obtenção, tipos, indicações, manipulação, propriedades mecânicas, reação de presa, alterações dimensionais, consistência); Resina epóxica (composição, manipulação e indicações); Tróqueis metalizados (método da galvanoplastia); Revestimento para troquéis (composição, manipulação e indicações).4. Polímeros: Generalidades; sistemas da ativação; Material para base de dentadura - Resina Acrílica (tipos de ativação, composição, indicações, polimerização, propriedades mecânicas, porosidade, indicações); Materiais resilientes para base de dentadura.5. Fundições: Generalidades; Material para padrão (composição, propriedades, manipulação); Revestimento (generalidades, composição, tipos, indicações e propriedades); Processo de fundição baseado na expansão térmica do revestimento (fundamentos); Processo de fundição baseado na expansão higroscrópica do revestimento (fundamentos); Estudo crítico das técnicas de fundição e suas falhas.6. Ligas metálicas: Metais nobres (composição, classificação, propriedades, indicações e propriedades biológicas); Ligas de metais básicos como NiCr, NiCrBe, CuAl, CuAlZn, AgSn (indicações, características de fundição, propriedades mecânicas e biológicas); Ligas para ortodontia (fios, bandas, bráquetes, tratamento térmico); Ligas de Cromo-Cobalto (composição, propriedades, alterações dimensionais, revestimentos utilizados); Titânio (metal e ligas para implantes, indicações, composição, propriedades mecânicas e biológicas).7. Soldagem: Generalidades; conceitos e finalidades; tipos de soldagens; soldas (composição e propriedades); propriedades das uniões soldadas.8. Material para acabamento e polimento: conceitos; composição; características principais; indicações e modo de utilização.9. Cerâmicas: tipos; composição; manipulação; propriedades mecânicas; indicações.10. Resinas compostas para técnica indireta: tipos; composição; manipulação; propriedades mecânicas; indicações.11. Material para cimentação: Fosfato de zinco (composição, manipulação, indicações); Ionômero de vidro (composição, manipulação, indicações); Cimentos resinosos (composição, manipulação, indicações).






1. ANUSAVICE KJ. Materiais Dentários de Phillips. 10 ed. Trad. de Edson Jorge Lima Moreira. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1998. 421p. 2. CRAIG RG; O'BRIEN WJ; POWERS JM. Dental Materials - Properties & Manipulation. 6 ed. St. Louis: Mosby, 1996. 294p. 3. LEINFELDER KF; LEMONS JE. Clínica restauradora - materiais e técnicas. Trad. de Júlio Jorge D'Albuquerque Lóssio. São Paulo: Santos, 1989. 380p. 4. MACCHI RL. Materiales Dentales - fundamentos para su estudio. Buenos Aires: Panamericana, 1980. 120p 5. VAN NOORT R. Dental Materials. London: Mosby, 1994. 236p. 6. FERRACANE JL. Materials in Dentistry - principles and applications. Philadelphia: Lippincott,1995. 354p. 7. SANTOS JFF. Restaurações de amálgama. São Paulo: Santos, 1990. 95p.


Prótese




Prótese Total I e II

Total I : Teórica: Considerações Gerais sobre Prótese Total. Aspectos Anatômicos - Fisiológico aplicados à Prótese .Estudo da área basal - Zonas de Pendleton. Músculos que influem na estabilidade da prótese. Delimitação da área basal.Meios de Retenção: Fatores físicos, fisiológicos, psíquicos, mecânicos e cirúrgicos. Requisitos físicos e funcionais.Movimentos mandibulares: Trajetória condilar; Atividades funcionais da mandíbula; Teorias sobre os movimentos mandibulares e leis de articulação.Relações maxilomandibulares e conceito da oclusão; D. V.; Curva de compensação; Relação Central; Oclusão.Moldagens: Registros anatômicos; objetivos da moldagem; materiais de moldagem; moldeiras; modelos.Articuladores: Usos, limitações, precisão e sensibilidade, classificação; Articulação na atualidade. Arcos faciais.Montagem dos modelos no articulador.Dentes artificiais: características ideais dos dentes artificiais. Montagem dos dentes, ajustes de oclusão de articulação.Escultura da prótese e caracterização. Estética em prótese total.Processamento das próteses totais: inclusão, condensação da resina, polimerização, acabamento e polimento. Prática: Delimitação da área basal dos modelos desdentados totais superior e inferior;Confecção da moldeira individual superior e inferior;Base de prova superior e inferior;Planos de orientação superior e inferior;Curva de compensação obtida pela técnica de Paterson;Montagem dos modelos no articulador com arco facial. Ajuste do articulador;Duplicação das bases de prova e dos planos de cera;Montagem dos dentes articiais. Ajuste oclusal;Enceramento da prótese superior e inferior;Escultura da prótese superior e inferior;Inclusão na mufla; remoção da cera; inserção da resina. PolimerizaçãoDesinclusão; Acabamento; Polimento.



Total II: 1.Exame de boca em desdentados totais bimaxilares. Educação do pacientes. Diagnóstico: tipos psicológicos de pacientes, avaliação sistêmica, fatores locais. Preenchimento da ficha clínica. 2.Moldagem anatômica: Conceito, objetivos, técnica de moldagem, acidentes que podem ocorrer. 3. Moldeira individual: delimitação da área basal, confecção da moldeira, ajuste clínico da moldeira no paciente. 4. Moldagem funcional: Conceito, seleção do material de moldagem, técnicas de moldagem, testes de retenção e de estabilidade. 5.Registros maxilo mandibulares verticais: Obtenção da D. V. O., importância da dimensão vertical correta. Plano de orientação. Individualização da curva de compensação do paciente. 6.Registros maxilo mandibulares horizontais: Relação central, oclusão central e excentrica, relações laterais, Registro mecânico extra-oral. Montagem dos modelos no articulador com arco facial. 7.Seleção dos dentes artificiais, montagem, caracterização, ajuste oclusal, oclusão balanceada; montagem cruzada; montagem vestibularizada. 8.Prova da prótese em cera: prova da oclusão, estética, fonética e reconstituição fisionômica. 9.Instalação da prótese provas funcionais, ajuste em oclusão e articulação. Recomendações ao paciente controle posterior. 10.Condicionamento dos tecidos. 11.Reembasamento: indicação do reembasamento total e parcial, técnicas. Problemas associados ao uso das próteses: incompatibilidade, insatisfação estética, problemas mastigatórias, deterioração dos tecidos de suporte. 12.Prótese Total Unimaxilar: Moldagens anatômica e funcional; registros maxilomandibulares verticais; Seleção e montagem dos dentes; Prova. Processamento. Instalação. Controle posterior. 13.Remontagem no articulador. 14.Prótese Total Imediata: Conceito, indicação e contra-indicação. Técnica de confecção. Instalação. Controle posterior. 15.Prótese Total sobre implantes. Prática: 1.Exame do paciente. Ficha clínica. 2.Seleção da moldeira de estoque. Moldagem anatômica superior e inferior. 3.Confecção do modelo de estudo, delimitação de área basal, confecção da moldeira inidvidual. 4.Ajuste da moldeira na boca. Moldagem funcional superior e inferior. 5.Confecção dos modelos de trabalho. Confecção das bases de prova. 6.Tomada da D. V. O. - Confecção dos planos de orientação; individualização da curva de compensação. 7.Obtenção das relações maxilomandibulares horizontais pela técnica extraoral. Linhas de referência. Montagem dos modelos no articulador com arco facial, Ajuste do articulador. 8.Seleção e montagem dos dentes. Ajuste oclusal; Enceramento e escultura. 9.Prova da Prótese em cera: oclusão, estética, fonética, aprovação do paciente. 10.Processamento das próteses. 11.Instalação das próteses. Ajustes. Controle posterior. 12.Prótese Total unimaxilar: Moldagem anatômica e funcional. Moldagem do arco anatagônico. Confecção do plano de cera. Registros maxilomandibulares verticais e horizontais. Linhas de referência. Montagem do articulador. Seleção e montagem dos dentes. Ajuste oclusal. Escultura. Prova no paciente. Processamento. Instalação e ajuste. Controle posterior .
1.BASKER, R. M.; DAVENPORT, J. C. Prosthetic Treatment of the Edentulous Patient, 4a. ed. Blackwell Munksgaard, 2002. 2. BREWER. A. A.; MARROW, R. W. Overdentures, Mosby, 1975 3. CORRÊA, G. A. Prótese Total Híbrida, Livraria Santos, 1996. 4. FONSECA, R. J.; DAVIS, W. H. Reconstructive Preporsthetic Oral and Maxillofacial Surgery, Saunders, 1986. 5. GRANT, Alan A.; Heath, J. R. ; MCCORD, J. F. Complete prosthodontics : problems, diagnosis and management London : Wolfe, 1994 6. HICKEY, J. C; ZARB, G. A.; BOLENDER, C. L. Boucher's Prosthodontc Treatment for Edentulous Patients, 9 ed. Mosby, 1985. 7. LANG, B. R.; KELSEY, C. C. Internacional Prosthodontic 8. LEVIN, B. Impressions for Complete Dentures, Quintessence, 1984 9.RAHN, A. O. HEARTWELL, C. M. Textbook of Complete Denture, 5a. ed. Lea and Febiger, 1993. 10. SHARRY, J. H. Complete Denture Prosthodontic, 3a. ed., McGrawHill, 1974. 11. TAMAKI, T. Dentaduras Completas, 4a. ed. Rev. E ampl. São Paulo, Sarvier, 1983. 12. TAMAKI, T; TAMAKI, S. T. Prática de Laboratório - Dentaduras Completas, São Paulo - Sarvier, 1980. 13. TAMAKI, T. A. T. M. - Noções de Interesse Protético. 2a. ed. São Paulo - Sarvier, 1981. 14. SANTOS, Jr. J. Oclusão: Princípios e Conceitos. 5a ed. São Paulo - Ed. Santos, 1998. 15. ANUSAVICE, K. J. Materiais Dentários de Phillips. 10 ed. Trad. de Edson Jorge Lima Moreira. Rio de Janeiro - Guanabara Koogan, 1998. 16. WINKLER, S. Essentials of Complete Denture Prosthodontics, 2a. ed., PSG Publishing, 1988.
Prótese Fixa I e II

Fixa I: Parte Teórica 1. Princípios de Oclusão 2. Introdução ao estudo da prótese parcial fixa: Histórico. Conceitos. Elementos constituintes 3. Classificação e tipos de próteses parciais fixas. 4. Princípios biológicos e mecânicos aplicáveis aos preparos dentários com finalidade protética. 5. Preparos dentários tipo MOD. Classificação, indicações e técnicas 6.Preparos dentários para coroas parciais tipo 4/5 e 7/8. Indicações e técnicas. 7. Preparos dentários para coroas totais. Classificação. Indicações e técnicas. 8. Preparo remanescente dentário para retentor intraradicular. Indicações, tipos e técnicas. 9. Moldagens unitárias em prótese parcial fixa. Classificação, materiais e técnicas. Moldagem de transferência e obtenção do modelo de trabalho. 10. Moldagens múltiplas em prótese parcial fixa. Classificação, materiais e técnicas. Obtenção do modelo de trabalho. 11. Próteses temporárias. Técnicas diretas e indiretas. 12. Pônticos: tipos e indicações. 13. Ceroplastia: Técnica progressiva e regressiva. 14. Inclusão, fundição e usinagem. Tipos e técnicas. 15. Revestimentos estéticos. Tipos, indicações e técnicas. 16. Prótese adesiva: preparo dentário, moldagem, técnica de construção e fixação. 17. Fundamentos de Prótese sobre Implantes. Parte prática: 1. Princípios de oclusão. 2. Preparos dentários com finalidade protética em macromodelos de gesso e em manequim de plástico com dentes em tamanho natural. 2.1 Preparos dentários para retentores parciais: MOD 4/5 e 7/8. 2.2. Preparos dentários para retentores totais: Coroas totais metálicas, coroas metalo-plásticas e coroas metalo-cerâmicas. 2.3 Preparos dentários para coroas totais e parciais cerâmicas. 2.4.Preparo de remanescente dentário para retentor intraradicular em dentes naturais extraídos. 3. Moldagem de preparos dentários com finalidade protética. 3.1. Moldagem unitária, obtenção dos troqueis, confecção das coroas guias, moldagem de transferência e obtenção do modelo de trabalho. 3.2. Moldagem múltipla e obtenção do modelo de trabalho com troquéis seccionados 4.Construção de uma prótese parcial fixa com modelos preparados. 4.1 Montagem em articulador. 4.2 Ceroplastia dos retentores e pônticos. 4.3. Inclusão e fundição. 4.4. Usinagem e soldagem. 4.5. Polimento. 4.6. Demonstração de aplicação de porcelana e faceta estética plástica. 5.Prótese adesiva: preparo em manequim plástico e resinoplastia da infraestrutura. 6. Prótese sobre implantes: Demonstração dos componentes básicos sobre manequins

Fixa II: Parte Teórica. 1) Exame do Paciente: clínico, radiográfico, modelos de estudo. Montagem dos modelos em articulador semi-ajustável e regulagem do articulador. Técnica de confecção de desprogramador neuro-muscular; 2) Análise oclusal funcional. 3) Objetivos e requisitos de uma Prótese Parcial Fixa; 4) Diagnóstico e plano de tratamento. Fatores que regulam as indicações e as contra-indicações das próteses parciais fixas. Estudo e seleção dos retentores; 5) Problemas endodônticos, cirúrgicos, periodontais e ortodônticos relacionados com a prótese parcial fixa; 6) Tipos de próteses parciais fixas. Estruturas e materiais; 7) Prova dos retentores da prótese parcial fixa; 8) Estética em prótese parcial fixa; 9) Cimentação temporária e definitiva; 10) Higienização e controle da prótese parcial fixa; 11) Próteses implanto-suportadas. Princípios básicos e componentes. Seminários:Diagnóstico e planejamento do tratamento protético; Seqüência clínica laboratorial da confecção de uma prótese parcial fixa; Problemas relacionados com a ATM; Placas interoclusais; PARTE CLÍNICA 1. Exame do paciente: clínico, radiográfico, modelos de estudo. Confecção de um desprogramador neuro-muscular. Montagem dos modelos em articulador semi-ajustável; 2. Análise oclusal funcional; 3. Diagnóstico e plano de tratamento; 4. Procedimentos clínicos básicos para adequação do meio oral; 5. Preparos dentários preliminares no modelo de estudo. Ceroplastia e diagnóstico; 6. Preparos dentários e próteses temporárias. Orientações sobre higiene; 7. Moldagem dos preparos dentários e confecção do modelo de trabalho; 8. Ceroplastia da prótese parcial fixa; 9. Prova dos retentores. União para soldagem; 10. Prova de soldagem. Remontagem. Seleção de cor; 11. Prova do revestimento estético; 12. Prova final da Prótese parcial fixa. Cimentação temporária. Orientações sobre a higienização; 13. Cimentação definitiva; 14. Controle e manutenção da prótese parcial fixa; 15. Confecção de Próteses Fixas sobre implantes.


1.Shillingburg, H.T.; Whitsett, L.D.; Jacobi. R.; B; Brackett, J. E. - Fundamentos da Prótese Fixa, 3ª ed. Quintessence. S. Paulo - 1998. 2. Dawson, P.E. Avaliação. Diagnóstico e tratamento dos problemas oclusais, 2a. edição Artes Médicas. São Paulo, 1993. 3. Saito, T. Preparos dentais funcionais, 1a. ed. Quintessence, 1989. 4. Implantes Dentários Contemporâneos, 2ª ed. autor: Carl. E. Misch Trad. Maria de Lourdes Giannini, 2ª ed. em inglês, 1ª ed. em português 2000 - Livraria Editora Santos - pg. 685
Prótese Removível I

1. A prótese removível: conceito, histórico, terminologia. Tipos. Indicação e contra-indicação. vantagens e desvantagens. As próteses removíveis e as próteses fixas. Causas dos fracassos. Classificação dos arcos parcialmente edentados: bases e tipos. Importância . 2. Delineador: conceito, tipos de aparelhos, técnica de seu emprego; plano de inserção, equador dentário e protético. 3. Princípios biomecânicos das próteses removíveis. Análise e qualificação dos suportes dentário, ósseo e fibromucoso. Prótese removível de extremidade livre: problemas e soluções. 4. Elementos constituintes da prótese removível. O apoio: tipos. características morfo-funcionais do descanso; localização. Retentores extracoronários: estudo especializado; princípios de funcionamento; indicações e limitações. Conexões maiores e menores: conceito; características morfo-funcionais, tipos principais e indicações. 5. Desenho: conceito; importância do desenho; desenho de estudo; desenho de execução; técnica de desenho. 6. Preparo da boca: considerações gerais. Importância do preparo. Plano de tratamento integrado e preparo biostático dos elementos de suportes. 7. Moldagem em prótese removível. Moldagem preliminar e funcional. Materiais de moldagem. Técnicas de moldagem. 8. Relação maxilo-mandibular no parcialmente edentado. Montagem e uso do articulador como meio de diagnóstico. Oclusão no parcialmente dentado. 9. Planejamento protético. Interação com disciplinas afins. Metodologia para o desenvolvimento da solução terapêutica. Estudo de casos.


1. Applegate. O.C. Elementos de Protesis de Dentaduras Parciales Removibles. Argentina, 1959. 328 p.. 2. De Fiori, S.R. Atlas de Prótese Parcial Removível. São Paulo. Panamed, 1986. 464 p.. 3. Desplats, E.M. La Protesis Parcial Removible en la prática diária. Editorial Labor, 1ª ed. 1987. 397 p. 4. Dykema, R.W. et al Ejercicio moderno de la Protesis Parcial Removible. 1ª ed. Buenos Aires, Mundi, 1970. 5. Gil, C. Prótese Parcial Removível de Extremidade Livre. Cadernos de Odontologia Vol I, SDO, Universidade de São Paulo, Faculdade de Odontologia, 1988. 53 p. 6. Gil, C. Preparo de Boca em Prótese Parcial Removível. Cadernos de Odontologia Vol. II, SDO, Universidade de São Paulo, Faculdade de Odontologia, 1989. 34 p. 7. Gil, C. Biomecânica em Prótese Parcial Removível Caderno VI, Ed. SDO, Monografia Universidade de São Paulo, Faculdade de Odontologia, 1997. 47 p. 8. Johnson, D.L.; Stratton, R.J. Fundamentos da Prótese Removível. Trad. Por Patricia Rezende. Rio de Janeiro: Quintessence, 1988. 501 p. 9. Miller, L. E. Protesis Removible. México: Interamericana, 1975. 10. Preiskel, H.W. Precision Attachments in Prosthodontics: the aplications of intracoronal and extracoronal attachments. Chicago: Quintessence, 1984. 11. Preiskel, H. W. Attaches de Precision en Odontologia. Buenos Aires: Mundi, 1977. 365 p. 12. Rebóssio, A.D. Protesis Parcial Removible. Buenos Aires: Mundi, 1955. 606 p. 13. Rezende A.B. Atlas de Prótese. Sistema de Encaixe. 1ª ed. Artes Médicas 2003. 14. Todescan, R.; Silva, E.E.B.; SILVA, O.J. Atlas de Prótese Parcial Removível. São Paulo: Santos, 1996. 345 p.. 15. Todescan, R.; Silva, E.E.B.; Silva, O.J. Manual de Aulas Práticas. São Paulo: Santos, 2000, 119 p. 16. Weinberg, L.A. Atlas of Removable Partial Denture Prosthodontics. Saint Louis: Mosby. 1969. 255 p. 17. Zanetti, A.L.; Laganá, D.C. Planejamento: Prótese Parcial Removível. São Paulo: Sarvier, 1996. 147 p..
Prótese Removível II

1. Procedimentos de biosegurança. 2. Moldagem funcional . 3. Instalação da prótese removível. 4. Controle posterior.



 

1. Gil, C. Prótese Parcial Removível de Extremidade Livre. Cadernos de Odontologia Vol I, SDO, Universidade de São Paulo, Faculdade de Odontologia, 1988. 53 p. 2. Gil, C. Preparo de Boca em Prótese Parcial Removível. Cadernos de Odontologia Vol. II, SDO, Universidade de São Paulo, Faculdade de odontologia, 1989. 34 p. 3. Gil, C. Biomecânica em Prótese Parcial Removível. Caderno VI, Ed. SDO, Monografia, Universidade de São Paulo, Faculdade de Odontologia, 1997. 47 p. 4. Rezende A.B. Atlas de Prótese. Sistema de Encaixe. 1ª ed. Artes Médicas 2003. 5. Todescan, R.; Silva, E.E.B.; SILVA, O.J. Atlas de Prótese Parcial Removível. São Paulo: Santos, 1996. 345p. 6. Todescan, R.; Silva, E.E.B.; Silva, O.J. Manual de Aulas Práticas. São Paulo: Santos, 2000, 119 p. 7. Zanetti, A.L.; Laganá, D.C. Planejamento: Prótese Parcial Removível. São Paulo: Sarvier, 1996. 147 p.





Área de Dentística
Escultura Dental

1. Conceito, finalidade e relações da escultura dental. 2. Revisão anatômica dos dentes permanentes. 3. Desenho dental na técnica de escultura em dentes isolados. 4. Instrumental em escultura dental e ceras utilizadas. 5. Técnica de escultura em dentes isolados. 6. Anatomia das relações interproximais. 7. Oclusão em escultura. Posições e movimentos mandibulares. Contatos oclusais cêntricos 33e excêntricos. Articulador ajustável no enceramento de restaurações múltiplas. 8. Técnica de escultura em materiais plásticos. Parte Prática 1.Estudo prático dos dentes anteriores e posteriores. 2. Estudo dos modelos articulados. 3.Desenho das silhuetas dentais dos dentes: 21, 23, 24, 26, 36 e 37. 4.Escultura em macromodelo dos dentes: 21, 23, 24, 26, 36 e 37. 5.Escultura em tamanho natural dos dentes: 21, 23, 24, 26, 36 e 37. 6.Escultura em modelo articulado dos dentes: 21, 23, 24, 25, 26, 43, 45, 46 e 47. 7.Análise das relações oclusais e interproximais dos hemiarcos esculpidos em modelo articulado.




   

Ramfjord SP; Ash Jr MM. Occlusion. 2ed. Philadelphia: Saunders, 1971.
Santos Jr J; Fichman DM. Escultura dental na clínica e no laboratório. 4ed. São Paulo: Artes Médicas. 1982. 226p.
Della Serra; Ferreira FV. Anatomia dental. 3ed. São Paulo: Artes Médicas, 1981. 312p.
Picosse M. Anatomia dentária. 2ed. São Paulo: Sarvier, 1977.
Vieira GF et al. Escultura dental com auxílio do método geométrico (revisão anatômica). 3ed. São Paulo: Gnatus, 2002. 91p.
Vieira GF et al. Atlas de anatomia de dentes permanentes – coroa dental. 2ª impressão. São Paulo: Santos, 2007.




Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6


©aneste.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
universidade federal
terapia intensiva
Excelentíssimo senhor
minas gerais
união acórdãos
Universidade estadual
prefeitura municipal
pregão presencial
reunião ordinária
educaçÃo universidade
público federal
outras providências
ensino superior
ensino fundamental
federal rural
Palavras chave
Colégio pedro
ministério público
senhor doutor
Dispõe sobre
Serviço público
Ministério público
língua portuguesa
Relatório técnico
conselho nacional
técnico científico
Concurso público
educaçÃo física
pregão eletrônico
consentimento informado
recursos humanos
ensino médio
concurso público
Curriculum vitae
Atividade física
sujeito passivo
ciências biológicas
científico período
Sociedade brasileira
desenvolvimento rural
catarina centro
física adaptada
Conselho nacional
espírito santo
direitos humanos
Memorial descritivo
conselho municipal
campina grande