Raciocínio Lógico – Alfabetizado



Baixar 283.55 Kb.
Página8/8
Encontro24.10.2017
Tamanho283.55 Kb.
1   2   3   4   5   6   7   8

SUGESTÃO DE ESTUDO:





  • WILMORE, Jack H.; David l, COSTILL. Fisiologia do Esporte e do Exercício – 2 ª edição – Editora Manole.

  • SCOTT, Powers K.; HOWLEY, Edward T.; Fisiologia do Exercício – Teoria e Aplicação ao Condicionamento e ao Desempenho – 3 ª edição – Editora Manole.

  • HAFEN, Brent Q.; KARREN, Keith J.; FRANDESEN, Kathryn J.. Primeiros Socorros para Estudante – 7ª edição – Manole.

  • FLEGEL, Melinda J.; Primeiros Socorros no Esporte – edição atualizada, 2002 – Manole.

  • GALLAHUE, David L.; OZMUN, John C.. Compreendendo o Desenvolvimento Motor – Phorte Editora.

  • Coletivo de Autores, Metodologia do Ensino da Educação Física – Coleção Magistério - 2º grau – Cortez Editora.

  • SCHMIDTY, Richard A.; WRISBERG, Craig A.. Aprendizagem e Performance Motora – 2ª edição -Arimed Editora.

  • FERNANDES, José L.. Coleção Atletismo – Editora E.P.U.

  • Parâmetros Curriculares Nacionais – Educação Física – volume 7 – 1996.

  • GRECO, Pablo Juan; BENDA, Rodolfo Novellino. Iniciação Esportiva Universal: Da aprendizagem motora ao treinamento técnico – Belo Horizonte – Editora UFMG 1998.

  • OTUZI, Fábio.; Jogos Cooperativos: o Jogo e o Esporte como um Exercício de Convivência – 2 ª edição – Editora Projeto Cooperação, 2001.

  • American College of Sports Medicine – Manual de Pesquisa das Diretrizes do ACSM para os Testes de Esforço e sua Prescrição – 6 ª Edição – Editora Guanabara Koogan, 2003.

  • Organização de Competições, Torneios e Campeonatos – 21 ª edição – Rio de Janeiro- Sprint, 2003.



Cargo:

    • Professor de Educação Física (Saúde)

01. Noções de Primeiros Socorros.

02. Capacidade anaeróbica, aeróbica, força e resistência.

03. Princípios básicos do treinamento esportivo.

04. Mudanças Fisiológicas resultantes da prática de atividades físicas.

06. Avaliação Física: medidas biométricas, pressão arterial, frequência cardíaca em repouso, frequência cardíaca durante a atividade, IMC, % de gordura, relação cintura quadril (risco coronariano);

07. Recreação, ludicidade e lazer.

08. Aprendizagem Motora: Conceitos e aplicações na prática de Atividades Físicas e Esportes.

09. Jogos e brincadeiras;

10. Capacidades motoras, coordenativas e mistas.



SUGESTÃO DE ESTUDO:





  • WILMORE, Jack H.; David l, COSTILL. Fisiologia do Esporte e do Exercício – 2 ª edição – Editora Manole.

  • SCOTT, Powers K.; HOWLEY, Edward T.; Fisiologia do Exercício – Teoria e Aplicação ao Condicionamento e ao Desempenho – 3 ª edição – Editora Manole.

  • HAFEN, Brent Q.; KARREN, Keith J.; FRANDESEN, Kathryn J.. Primeiros Socorros para Estudante – 7ª edição – Manole.

  • FLEGEL, Melinda J.; Primeiros Socorros no Esporte – edição atualizada, 2002 – Manole.

  • GALLAHUE, David L.; OZMUN, John C.. Compreendendo - o Desenvolvimento Motor – Phorte Editora.

  • SCHMIDTY, Richard A.; WRISBERG, Craig A.. Aprendizagem e Performance Motora – 2ª edição -Arimed Editora.

  • OTUZI, Fábio.; Jogos Cooperativos: o Jogo e o Esporte como um Exercício de Convivência – 2 ª edição – Editora Projeto Cooperação, 2001.

  • American College of Sports Medicine – Manual de Pesquisa das Diretrizes do ACSM para os Testes de Esforço e sua Prescrição – 6 ª Edição – Editora Guanabara Koogan, 2003.

  • Organização de Competições, Torneios e Campeonatos – 21 ª edição – Rio de Janeiro- Sprint, 2003.

Cargo:

    • Professor de Informática

01. Programação



  • Variáveis, Constantes e Tipos Definidos pelo Usuário

  • Estruturas de Controle de Fluxo

  • Estruturas de Repetição

  • Conjuntos Homogêneos/Heterogêneos de dados

  • Estruturas avançadas: lista, fila, pilha

  • Recursividade

  • Linguagem Pascal, C++

02. Banco de Dados

  • Conceitos de um SGBD

  • Modelos de Dados

  • Definição e Manipulação de Dados

  • Projeto e Gerenciamento

03. Redes e Comunicação de Dados

  • Conceitos básicos

  • Meios de Transmissão

  • Equipamentos

  • Serviços Públicos

  • Tipos e Topologias de redes

  • Internet

04. Sistema Operacional e Aplicativos
  • MS-Windows

  • Área de Trabalho

  • Windows Explorer

  • Configuração

  • MS-Word

  • Arquivos

  • Recursos Básicos

  • Formatação da Fonte

  • Formatação de Parágrafo

  • Recursos Avançados

  • Colunas

  • Tabelas

  • Estilos

  • Impressão

  • MS-Excel

  • Arquivos

  • Recursos Básicos

  • Formatação de Células

  • Auto-Preenchimento

  • Auto-Conclusão

  • Recursos Avançados

  • Fórmulas e Funções

  • Gráficos

  • Impressão


SUGESTÃO DE ESTUDO:


    • A critério do candidato, observando-se os conteúdos programáticos.

Cargo:

    • Psicólogo

01. Ética Profissional: campo de atuação, atribuição e responsabilidades do psicólogo.

02. História da Psicologia: principais correntes, influências, contribuições e teóricos.

03. Psicologia do desenvolvimento: desenvolvimento físico, emocional, cognitivo e social nas fases pré-natal, infância e adolescência. Psicomotricidade. Psicologia genética.

04. Teorias da personalidade: principais correntes teóricas e técnicas. Psicodiagnóstico. 05. Aconselhamento e orientação.

06. Psicopatologia: transtornos da consciência, emoção, comportamento motor, pensamento, fala, percepção, memória e inteligência.

07. Psicologia do excepcional: retardo mental, superdotação, transtornos do comportamento, deficiência auditiva, deficiência visual, deficiências múltiplas.

08. Testes psicológicos: classificação, testes de personalidade, inteligência, aptidão, interesses, psicomotricidade. Aplicação.

09. Psicologia escolar: principais teóricos e suas contribuições. Escola e educação. Psicopedagogia.

10. Teorias da Administração: Teorias e escolas da Administração, Estrutura Organizacional, Tendências atuais na gestão empresarial.

11. Análise da organização: Poder, Cultura organizacional, Comunicação.

12. Psicologia organizacional: Teorias psicológicas aplicadas à organização, O indivíduo nas organizações, Motivação, Liderança.

13. Psicologia Social: Teorias e técnicas grupais, Funcionamento e fases do grupo, Papéis, Comunicação, Conflito.

14. Administração de Recursos Humanos: Políticas e objetivos, Responsabilidades.

15. Recrutamento e seleção de pessoal: Processo, Técnicas de seleção, Entrevista.

16. Descrição e análise de cargos: Desenhos de cargos, Métodos e Fases.

17. Avaliação de desempenho: Métodos.

18. Administração de salários: Avaliação e classificação de cargos, Pesquisa salarial, Políticas salarial, Planos de benefícios.

19. Treinamento e desenvolvimento de RH: Treinamento e desenvolvimento de pessoal, Desenvolvimento organizacional.

20. Higiene e Segurança do trabalho: PCMSO, PPRA.



21. Auditoria de RH

SUGESTÃO DE ESTUDOS:





  • ADRADOS, Isabel. Teoria e prática do teste de Rorscharch. Petrópolis: Vozes, 5ed.1978.

  • ANASTASI, Anne. Testes psicológicos. São Paulo: Epu.1975.

  • COLL, César, PALÁCIOS, Jesus e MARCHESI, Álvaro. Desenvolvimento psicológico e educação: Psicologia Evolutiva. Porto Alegre: Artes Médicas.1995.

  • HALL, C.S. e LINDZEY, G. Teorias da personalidade. São Paulo: Epu.

  • HILGARD, Ernest e ATKINSON, Richard. Introdução à psicologia. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 1976.

  • KAPLAN, Harold. Compêndio de Psiquiatria. Porto Alegre: Artes Médicas, 7ed. 1997.

  • KIRK, Samuel e GALLAGHER, Jamesy. Educação da criança excepcional. São Paulo: Martins Fontes, 1996.

  • LAPLANCHE,J. e PONTALIS. Vocábulo de Psicanálise. São Paulo: Martins Fontes, 1996.

  • MARTINS, Dinah S. Campos. O teste do desenho – como instrumento de diagnóstico de personalidade. Petrópolis: Vozes, 17ed. 1997.

  • MEUR, A. e STAES L. Psicomotricidade – educação e reeducação. São Paulo: Manole.

  • NOVAES, Maria H. Psicologia Escolar. Petrópolis: Vozes.1978.

  • NOVOA, A. As organizações escolares em análise. Lisboa: Publicação Dom Quixote, 2ed. 1995.

  • RAPPAPORT, C. Teorias do desenvolvimento. São Paulo: Epu. 1981.

  • SCHULTZ, Duane. História da psicologia moderna. São Paulo: Cultrix, 5ed. 1998.

  • WADSWORTH, B.J. Inteligência e afetividade da criança na teoria de Jean Piaget. São Paulo: Pioneira. 1992.

  • Código de Ética Profissional dos Psicólogos 2000 – CFP.

  • AGUIAR, Maria Aparecida Ferreira. Psicologia aplicada à administração: uma introdução à psicologia organizacional. São Paulo: Atlas.1991.

  • BUENO, J.H. Manual do selecionador de pessoal. Rio de Janeiro: LCT. 1985.

  • CHANLAT, Jean-François. O indivíduo na organização. São Paulo: Atlas. 1996.

  • CHIAVENATO, Idalberto. Introdução à teoria geral da administração. 3 ed. São Paulo: McGraw Hill do Brasil. 1983.

  • CHIAVENATO, Idalberto. Recursos humanos – edição compacta. 5 ed. São Paulo: Atlas. 1998.

  • FLEURY, MT et al. Cultura e poder nas organizações. São Paulo: Atlas. 1996.

  • LAS CASAS, Alexandre Luzzi. Novos rumos da administração. Petrópolis: Vozes. 1999.

  • MINICUCCI, Agostinho. Dinâmicas de grupo: teorias e sistemas. 4 ed. São Paulo: Atlas. 1997.

  • MINTZBERG, Henry. Criando organizações eficazes: estruturas em cinco configurações. São Paulo: Atlas. 1995.

  • PAGÉS, M. et al. O poder das organizações. São Paulo: Atlas. 1987.

  • PAGÉS, M. A vida afetiva dos grupos: esboços de uma teoria da relação humana. Petrópolis: Vozes. 1982.

  • THOMPSON, James. Dinâmica organizacional: fundamentos sociológicos da teoria administrativa. São Paulo: McGraw Hill do Brasil. 1976.

  • VERGARA, Sylvia Constant. Gestão de pessoas. São Paulo: Atlas. 1999.


Cargo:

    • Secretário Escolar

01 – LDBEN - Lei de Diretrizes Básicas da Educação Nacional nº 9.394/96

02 – RESOLUÇÃO CEB Nº 1/ 1999 - Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil

03 – RESOLUÇÃO CEE-MG N° 443, de 29 de maio de 2001. Dispõe sobre a Educação Infantil no Sistema Estadual de Ensino de Minas Gerais e dá outras providências.

04 – RESOLUÇÃO CEB/CNE 02/98 – Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Fundamental

05 – RESOLUÇÃO Nº 1, DE 31 DE JANEIRO DE 2006 - Altera a alínea “b” do inciso IV do artigo3º da Resolução CNE/CEB nº 2/98, que instituiu as Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Fundamental.

06 – RESOLUÇÃO CEB nº 3, de 26 de junho de 1998 - Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Médio

07 – LEI Nº 10.639, DE 9 DE JANEIRO DE 2003. Altera a Lei no 9.394, de 20 de dezembro de 1996, Que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, para incluir no currículo oficial da Rede de Ensino a obrigatoriedade da temática "História e Cultura Afro-Brasileira", e dá outras providências.

08 – RESOLUÇÃO Nº 1, DE 17 DE JUNHO DE 2004. Institui Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação das Relações Étnico- Raciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-Brasileira e Africana.

09 – PARECER Nº 2/2007 – Parecer quanto à abrangência das Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação das Relações Étnico-Raciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-Brasileira e Africana

10 – PARECER CNE/CEB Nº: 38/2006 - Inclusão obrigatória das disciplinas de Filosofia e Sociologia no currículo Médio.

11 – RESOLUÇÃO Nº 4, DE 16 DE AGOSTO DE 2006. Altera o artigo 10 da Resolução CNE/CEB nº 3/98, que institui as Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Médio.

12 – LEI Nº 11.161, DE 05 DE AGOSTO DE 2005 – Dispõe Sobre o Ensino da Língua Espanhola

13 – RESOLUÇÃO CNE/CEB Nº 2, DE 11 DE SETEMBRO DE 2001.(*) Institui Diretrizes Nacionais para a Educação Especial na Educação Básica.

14 – RESOLUÇÃO CEE-MG Nº 451, de 27 de maio de 2003. Fixa normas para a Educação Especial no Sistema Estadual de Ensino.

15 – RESOLUÇÃO CNE/CEB Nº 1, DE 5 DE JULHO DE 2000 – Estabelece as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação e Jovens e Adultos.

16 – Aluna Gestante

16.1 – LEI Nº 6.202, de 17 de abril de 1975.

17 – Ausências por Condições de Saúde



17.1 – DECRETO-LEI Nº 1.044, de 21 de outubro de 1969.

18 – CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL DE 1988



CAPÍTULO III – DA EDUCAÇÃO, DA CULTURA E DO DESPORTO

Seção I – DA EDUCAÇÃO

19 – CONSTITUIÇÃO ESTADUAL DE MINAS GERAIS



Seção III – Da Educação

20 – PARECER Nº 1132/97 Conselho Estadual de Educação de Minas Gerais que DISPÕE SOBRE A EDUCAÇÃO BÁSICA, NOS TERMOS DA LEI 9.394/96.

21 – PARECER n.º 1158/98 – Conselho Estadual de Educação de Minas Gerais

Responde consulta da SEE/MG e da Federação de Estabelecimentos de Ensino de Minas Gerais, com as orientações ao sistema estadual de ensino para operacionalização do disposto no Parecer 1132/97.

22 – PARECER Nº 05/97 – Conselho Nacional de Educação/Câmara de Educação Básica

ASSUNTO: Proposta de Regulamentação da Lei 9.394/96


SUGESTÃO DE ESTUDO:


  • A critério do candidato, observando-se os conteúdos programáticos.

Cargo:

    • Supervisor Pedagógico

01. Formas de atuação do Supervisor na gestão do processo ensino-aprendizagem.

02. Abordagens pedagógicas: tradicional, comportamentalista, humanista, cognitivista, sócio-cultural.

03. Diferentes concepções do processo ensino-aprendizagem.

04. Avaliação da aprendizagem.

05. Políticas públicas.

06. Projeto político-pedagógico.

07. Pensadores em educação: Piaget, Gardner, Vygostsky, Paulo Freire, Freinet, Emília Ferreiro e Freud.

08. Educação Especial – Inclusão

09. Psicoogia da Educação

10. Alfabetização e letramento

11. Parâmetros Curriculares Nacionais.



12. LDBEN 9394/96.
SUGESTÃO DE ESTUDO:


  • BRASIL – MEC – Parâmetros Curriculares Nacionais – Ensino Fundamental.

  • Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional – LDB – nº 9394 de 20/12/96.

  • FERREIRO, Emília. Reflexões sobre Alfabetização. São Paulo: Cortez, 1992.

  • GADOTTI, Moacir. Perspectivas Atuais da Educação. Porto Alegre: Artmed.

  • HERNANDEZ, Fernando. Transgressão e Mudanças na Educação: os projetos de trabalho. Porto Alegre: Artmed, 1998.

  • MEC – SEE- Referencial Curricular Nacional para Educação Infantil. 1998.

  • MIZUKAMI, Maria das Graças N. Ensino: as abordagens do processo.

  • MORETTO, Vasco Pedro. Prova – Um momento privilegiado de estudo – não um acerto de contas. Rio de Janeiro: DP&A, 2002.

  • NOGUEIRA, Nildo Ribeiro. Pedagogia dos projetos: uma jornada interdisciplinar rumo ao desenvolvimento das múltiplas inteligências. São Paulo: Ércia, 2001.

  • PERRENOUD, Philippe. Dez Novas Competências para Ensinar. Porto Alegre: Artmed, 2000.

  • PERRENOUD, Philippe; THURLER, Mônica Gather. As competências para ensinar no século XXI: A formação dos professores e o desafio da avaliação. Porto Alegre: Artmed: 2002.

  • TEBEROSKY, Ana. Aprendendo a escrever: Perspectivas psicológicas e implicações educacionais. São Paulo: Ática.

  • VASCONCELLOS, Celso dos S. Coordenação do trabalho Pedagógico. Do projeto político-pedagógico ao cotidiano da sala de aula. São Paulo: Libertad, 2002.

  • ANDALÔ, Adriane. Alfabetização, letramento, produção de texto: em busca da palavra-mundo. FTD 2000.

  • SOARES, Magda. Letramento: um tema em três gêneros. Autêntica 2001.

  • MAZZOTA, Marcos J.S, Educação Especial no Brasil: História e Políticas Públicas. São Paulo: Cortez.

  • MARQUES, Luciana Pacheco. Professor de alunos com deficiência mental: concepções e prática pedagógica. Juiz de Fora: Editora UFJF.






Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6   7   8


©aneste.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
universidade federal
terapia intensiva
Excelentíssimo senhor
minas gerais
união acórdãos
Universidade estadual
prefeitura municipal
pregão presencial
reunião ordinária
educaçÃo universidade
público federal
outras providências
ensino superior
ensino fundamental
federal rural
Palavras chave
Colégio pedro
ministério público
senhor doutor
Dispõe sobre
Serviço público
Ministério público
língua portuguesa
Relatório técnico
conselho nacional
técnico científico
Concurso público
educaçÃo física
pregão eletrônico
consentimento informado
recursos humanos
ensino médio
concurso público
Curriculum vitae
Atividade física
sujeito passivo
ciências biológicas
científico período
Sociedade brasileira
desenvolvimento rural
catarina centro
física adaptada
Conselho nacional
espírito santo
direitos humanos
Memorial descritivo
conselho municipal
campina grande