Paulo ganem souto



Baixar 3.67 Mb.
Página9/58
Encontro21.10.2017
Tamanho3.67 Mb.
1   ...   5   6   7   8   9   10   11   12   ...   58

Marasmo

Kwashiorkor Marasmático


Encaminhar com relatório para internamento em unidade de referência

Kwashiorkor




STATUS NUTRICIONAL DA CRIANÇA E OUTROS GRUPOS POPULACIONAIS – DESNUTRIÇÃO/CONTINUAÇÃO


FONTES DE NUTRIENTES:
Vitamina A: Leite materno, fígado, ovos, óleo de peixe, vegetais folhosos, legumes e frutas amareladas e/ou verdes escuros.
Vitamina D: Fígado, leite, óleo de peixe, sardinha, atum, salmão.
Vitamina E: Óleos vegetais, manteigas, gema de ovo.
Vitamina K: Fígado, gema de ovo, óleos vegetais, leite de vaca, vegetais folhosos verde-escuros.
Complexo B: Carnes vermelhas, fígado, legumes, levedo de cerveja, cereais integrais, leite de vaca, gema de ovo, queijo, germe de trigo, miúdos, brócolis, batata, couve-flor, tomate, amendoim.
Vitamina C: Frutas (acerola, goiaba, laranja, maracujá, abacaxi, tomate, limão), batata, pimentão, vegetais folhosos.
Cálcio: leite, iogurte, queijo, ovos, brócolis, couve.
Fósforo: Carnes vermelhas, aves e peixe, ovos, leguminosas, nozes e amêndoas, castanhas.
Potássio: Frutas (banana, laranja, maçã, melão), verduras de folha, batata.
Cloro: Carnes vermelhas , aves e peixe, espinafre, cenoura, sal de cozinha.
Magnésio: Vegetais folhosos verde-escuros e legumes, frutas (figo e maçã), cereais integrais, nozes e amendoim.
Ferro: Carnes vermelhas, fígado, miúdos, gema de ovo, leguminosas, vegetais folhosos verde-escuros, frutas secas.
Zinco: Carnes vermelhas, aves e peixe, fígado, frutos do mar, ovos, cereais integrais, lentilha e germe de trigo.



STATUS NUTRICIONAL DA CRIANÇA E OUTROS GRUPOS POPULACIONAIS - OBESIDADE

EPIDEMIOLOGIA:

No Brasil, estima-se que 20% das crianças sejam obesas e que cerca de 32% da população adulta apresentem algum grau de excesso de peso, sendo 25% casos mais graves. A obesidade é um problema sério em todas as regiões do país, mas a situação é ainda mais crítica no Sul. De acordo com dados da PNSN de 1989, a prevalência de obesidade em brasileiros com mais de 18 anos de idade é de 28%, no caso dos homens, e de 38% no caso das mulheres.




CAUSAS:

Fatores genéticos, endocrinopatias, sedentarismo, dieta excessiva e desequilibrada.


CONSEQÜÊNCIAS:

Apnéia do sono, acidente vascular cerebral, fertilidade reduzida em homens e mulheres, hipertensão arterial, diabetes mellitus, dislipidemias, doenças cardiovasculares, cálculo biliar, aterosclerose, vários tipos de câncer, como o de mama, útero, próstata e intestino; doenças pulmonares, problemas ortopédicos e gota.



CLASSIFICAÇÃO


Existem diversas maneiras de classificar e diagnosticar a obesidade. Uma das mais utilizadas atualmente baseia-se na gravidade do excesso de peso, o que se faz através do cálculo do Índice de Massa Corporal (IMC ou Índice de Quetelet), utilizando-se a seguinte fórmula: IMC = Peso atual (kg) / altura2 ( m2 )
O IMC não é indicado crianças e adolescentes porque passam por rápidas alterações corporais decorrentes do crescimento. A rede pública de saúde usa o “cartão da criança” para verificar a adequação da altura e do peso até os 5 anos de idade. A classificação a seguir mostra os diferentes graus de obesidade em adultos:
CLASSIFICAÇÃO IMC
Baixo peso Menor que 18,5

Normal sobrepeso maior que 25 18,5 – 24,9

Pré-obeso 25 – 29,9

Obeso I 30 – 34,9

Obeso II 35 – 39,9

Obeso III Maior que 40


RELAÇÃO CINTURA/QUADRIL (RCQ) – Este indicador afere a localização da gordura corporal. Em adultos, o padrão de distribuição do tecido adiposo tem relação direta com o risco de morbi-mortalidade.
RELAÇÃO CINTURA/QUADRIL RICO PARA DOENÇAS CARDIOVASCULARES

RCQ > 1 Para homens

RCQ >0,85 Para mulheres

STATUS NUTRICIONAL DA CRIANÇA E OUTROS GRUPOS POPULACIONAIS – OBESIDADE/ CONTINUAÇÃO

PREVENÇÃO E TRATAMENTO DA OBESIDADE:

O usuário deve ser orientado a preferir uma dieta pobre em gordura e em colesterol e rica em frutas e verduras; Moderar as quantidades de açúcares e sal;


Beber, no mínimo, oito copos de água por dia entre as refeições; Estabelecer horários fixos para se alimentar; Dividir a alimentação em cinco ou seis refeições, reduzindo a quantidade consumida em cada uma delas; Preparar o prato com toda a quantidade de alimentos a ser consumida, para ter o controle da quantidade que vai comer.
Toda a família deve participar do processo de educação alimentar. A recomendação vale, especialmente quando se trata de mudar os hábitos das crianças, pois elas se espelham nos adultos. Convém prestar atenção nos produtos vendidos nas lanchonetes das escolas, pois a maioria não apresenta valor nutritivo, sendo apenas fonte de gorduras e calorias extras.
Atividade física é a melhor maneira de controlar o peso é a combinação de dieta com exercícios físicos e não apenas um ou outro. O ideal é fazer um pouco de atividade física todos os dias, ou pelo menos três vezes por semana. Recomenda-se avaliação clínica antes do início da programação das atividades físicas.
Encaminhar para os centros de referência os casos de obesidade mórbida – obeso III (IMC > 40)


AÇÕES INTERSETORIAIS:

  • Articular a participação de outros setores municipais em projetos que tenham como principal objetivo de promover à saúde e prevenir a obesidade;

  • Utilizar meios de comunicação disponíveis para facilitar o acesso de todas as camadas sociais às informações sobre alimentação saudável.



AMAMENTAÇÃO




A Organização Mundial de Saúde preconiza o aleitamento materno exclusivo até os seis meses de vida com manutenção até 02 anos de idade ou mais e introdução de alimentação complementar oportuna a partir do 6ºmês de vida.




Compartilhe com seus amigos:
1   ...   5   6   7   8   9   10   11   12   ...   58


©aneste.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
universidade federal
terapia intensiva
Excelentíssimo senhor
minas gerais
união acórdãos
Universidade estadual
prefeitura municipal
pregão presencial
reunião ordinária
educaçÃo universidade
público federal
outras providências
ensino superior
ensino fundamental
federal rural
Palavras chave
Colégio pedro
ministério público
senhor doutor
Dispõe sobre
Serviço público
Ministério público
língua portuguesa
Relatório técnico
conselho nacional
técnico científico
Concurso público
educaçÃo física
pregão eletrônico
consentimento informado
recursos humanos
ensino médio
concurso público
Curriculum vitae
Atividade física
sujeito passivo
ciências biológicas
científico período
Sociedade brasileira
desenvolvimento rural
catarina centro
física adaptada
Conselho nacional
espírito santo
direitos humanos
Memorial descritivo
conselho municipal
campina grande