Montenegro boulevard das normas regulamentares



Baixar 124.38 Kb.
Página1/3
Encontro08.10.2019
Tamanho124.38 Kb.
  1   2   3

REGULAMENTO INTERNO DO CONDOMÍNIO

MONTENEGRO BOULEVARD

  1. DAS NORMAS REGULAMENTARES

1.1 - O acesso de Todos os CONDÔMINOS, seus inquilinos e respectivos familiares, seus prepostos e os empregados do CONDOMÍNIO são obrigados a cumprir, respeitar e, dentro de sua competência, a fazer cumprir e respeitar as disposições deste regulamento.

1.2 - O acesso de moradores e/ou proprietários se dará através da permissão eletrônica de entrada (cartão/sistema biométrico).

1.3 - Na hipótese do CONDÔMINO não possuir a permissão eletrônica de entrada ou que a entrada com esta função esteja com problemas, deverá se identificar à portaria ao adentrar no CONDOMÍNIO.

1.4 - Para o acesso ao CONDOMÍNIO com utilização de qualquer veículo automotor será obrigatória a apresentação da carteira nacional de habilitação-CNH à portaria do CONDOMÍNIO.

1.5 - Fica estabelecido que, conforme a convenção do CONDOMÍNIO, no período de 22:00 h às 08:00h cabe aos moradores guardarem silêncio, evitando-se ruídos ou sons que possam perturbar o sossego e o bem-estar dos demais moradores. É proibido som automotivo na área interna deste CONDOMÍNIO.
 
1.6 - Durante as 24 horas do dia o uso de aparelhos que produzem som ou instrumentos musicais deve ser feito de modo a não perturbar qualquer morador, observadas as disposições legais vigentes, salvo em ocasiões especiais devidamente comunicadas com antecedência ao Síndico, mas respeitado o horário estabelecido no item 1.2.

1.7 - Os jogos e/ou brincadeiras infantis somente poderão ser praticadas em locais apropriados, das 08:00h às 22:00h, ressalvada área do PLAYGROUD, na forma e condições   previstas neste regulamento Interno. 


 
1.8 - No caso de locação das unidades autônomas, os CONDÔMINOS e seus familiares transferem automaticamente para os inquilinos e seus familiares o direito ao uso das garagens, piscinas, sauna, salão de festas e outras dependências comuns, enquanto perdurar a locação. Ficam ainda obrigados a fazer constar do contrato cópia do presente Regulamento Interno. O contrato de locação deverá ser apresentado na administração deste CONDOMÍNIO.
 

1.9 - Na hipótese de venda ou transferência da propriedade ou de posse direta ou indireta, ou da constituição de direitos reais sobre as unidades autônomas, os novos adquirentes, quer da propriedade, quer da posse, ficam automaticamente obrigados a respeitar as disposições deste Regulamento, ainda que nenhuma referência a este parágrafo seja feita em documento pelo qual se efetivar a venda, transferência ou constituição acima. O instrumento de venda deverá ser apresentado na administração deste CONDOMÍNIO.

1.10 - Constitui direito   dos   CONDÔMINOS,   seus inquilinos e respectivos   familiares   (entendidos   como  tais os   que   com  eles habitarem), excetuando-se os funcionários dos mesmos, usar, gozar e dispor da respectiva unidade autônoma e das partes comuns do CONDOMÍNIO como melhor lhes aprouver, desde que respeitadas   as   determinações   legais   que   abrangem as  relações condominiais - particularmente o Código Civil vigente, as normas ainda em vigor da Lei na 4,591/64 de 16/12/64 e o DL na 112, de 12/03/69.Lei do Silêncio, assim como quaisquer dispositivos legais, federais, estaduais ou municipais, que protegem o direito de vizinhança, quanto ao barulho, e a toda e qualquer perturbação ao sossego ou à saúde dos moradores, a convenção do CONDOMÍNIO, este regulamento e regulamentos específicos para uso de dependências comuns, de modo a não prejudicar igual direito dos outros CONDÔMINOS, inquilinos e respectivos familiares, nem comprometer as condições residenciais dos edifícios, especialmente a boa ordem, a moral, a segurança, a higiene, a tranqüilidade.

1.11 - Os CONDÔMINOS serão responsáveis pelos danos e prejuízos que pessoalmente, seus dependentes, visitantes e prepostos venham a causar em qualquer área comum do CONDOMÍNIO, ficando obrigados a indenizar o CONDOMÍNIO, pelo valor do dano causado a ser apurado pela


Administração e exigido do CONDÔMINO responsável, cujo pagamento deverá ser efetuado no prazo máximo de 30 (trinta) dias a contar da apuração do seu valor, sob pena de cobrança judicial, tudo acrescido dos ônus legais em decorrência de sua inadimplência.

1.12 - O descumprimento reiterado das normas da convenção e deste regulamento poderá gerar, contra o faltoso, a imposição de multa de até cinco quotas condominiais referente ao seu lote, a critério da administração, assegurado o direito de defesa perante o Conselho Consultivo e/ou Conselho Fiscal.

1.13 -  A reiterada prática de atos que caracterizem o comportamento anti-social ou desrespeitoso na comunidade poderá gerar, contra o faltoso, a imposição de multa de até dez cotas condominiais, assegurando o direito de defesa perante o Conselho Consultivo e/ou Conselho Fiscal.

1.14 - A Inadimplência da taxa condominial e eventuais taxas extras, superiores a 90 dias, acarretará a suspensão imediata da permissão eletrônica de entrada.

1.15 - É vedado aos CONDÔMINOS residentes dar falsas declarações de dependentes e moradores.

1.16 - Obras abandonadas ou terrenos que apresentem risco de saúde ou segurança aos moradores serão notificados. Caso não seja atendida a notificação no prazo estipulado, o Condomínio intercederá e as despesas serão imputadas ao proprietário do lote.



2. DO USO DAS ÁREAS COMUNS

2.1 - É permitido aos moradores usar e usufruir das partes comuns do CONDOMÍNIO, desde que não impeçam idêntico uso e fruição por parte dos demais CONDÔMINOS.

2.2 - É vedado a qualquer título ceder ou alugar as partes comuns do CONDOMÍNIO, no todo ou em parte, a pessoa que não residir no mesmo, para grupos, agremiações ou entidades de qualquer natureza, com ou sem fins lucrativos.
 
 
2.3 - As entradas sociais do CONDOMÍNIO destinam-se aos moradores,
proprietários ou inquilinos, respectivas famílias e visitantes, respeitado o que dispõe a Lei Estadual 952, de 27/12/85.

2.4 - Não é permitida a entrada no CONDOMÍNIO de pessoas estranhas, exceto quando autorizadas por algum morador que as acompanhe, ou após ser acionado pela segurança do CONDOMÍNIO, devendo esta autorização ser registrada no livro de ocorrência existente no portão de entrada, visando ao controle e   apuração de fatos   eventualmente ocorridos neste período.  Neste caso, o ingresso e a permanência dessas pessoas ficarão sob total responsabilidade do respectivo CONDÔMINO que os autorizou.

2.5 - É proibido circular motocicletas, bicicletas, skates. Patins e similares nas
áreas de lazer do CONDOMÍNIO, salvo   se   existir local   apropriado e previamente determinado por este Regimento ou pela Administração.

2.6 - Somente serão permitidas cargas e mudanças em dias úteis (de segunda a sexta-feira), das 8:00h às 18:00h e sábado das 8:00 h. às 13:00 h., devendo ser avisada a portaria de serviço ou excepcionalmente fora deste horário, mas previamente   autorizado pela Administração do CONDOMÍNIO.  

2.7 - Serão permitidas fora do horário acima (2.6), apenas pequenas entregas de mercadorias, móveis e similares.

2.8 - É proibido parar ou estacionar veículos automotores sobre calçadas, rampas e demais áreas de circulação, conforme o código de trânsito brasileiro.

2.9 - É proibido guardar ou depositar em qualquer parte do CONDOMÍNIO substâncias explosivas ou inflamáveis, bem como agentes biológicos, químicos ou emissores de radiações   ionizantes   e/ou susceptíveis   de   afetar a saúde, segurança ou tranquilidade dos moradores, bem como provocar o aumento da taxa de seguro.

2.10 - São proibidos os jogos ou qualquer prática esportiva fora dos locais destinados para tal fim.

2.11 - É proibido aos moradores e visitantes entrar nas dependências reservadas aos equipamentos e instalações do CONDOMÍNIO tais como: casa de máquinas, bombas de incêndio, exaustores, bombas de água, compactadores de lixo, equipamento de piscinas, medidores de luz e gás, hidrômetros, sala   de computação, telhado, sala de   geradores   e   estação de tratamento de esgoto (ETE) e monitoramento.

2.12 - É proibido atirar fósforos, pontas de cigarro, detritos ou quaisquer objetos em áreas comuns do CONDOMÍNIO. 

2.13 - Cabe à Administração ou ao funcionário designado por esta entender-se, quando necessário, com os CONDÔMINOS a fim de que sejam dirimidas dúvidas, bem como no sentido de que sejam tomadas providências visando à segurança do CONDOMÍNIO e/ou moradores.

2.14 - É proibido colocar ou deixar que se coloquem nas paredes comuns do CONDOMÍNIO quaisquer objetos ou instalações, de qualquer natureza, bem assim guardar fogos de artifício, tanto nas partes comuns quanto nas unidades autônomas. Em datas festivas será tolerado, sob rigorosas normas técnicas e fiscalização, o uso de fogos, desde que não causem danos materiais e pessoais.

2.15 - As mudanças e/ou entregas que obrigarem a utilização excepcional das áreas comuns e das áreas de acesso e de circulação do CONDOMÍNIO só poderão ser efetuadas nos dias e dentro dos horários estipulados para esse fim, ficando essa utilização restrita àquele que atender diretamente à unidade visada e devendo ser feita no menor tempo possível, intercalando, se necessário, viagens de interesse de outros moradores pelas respectivas áreas.

2.16 - Na hipótese de ocorrência de danos as áreas comuns do CONDOMÍNIO, durante a mudança, fica o CONDÔMINO ou inquilino, proprietário dos objetos transportados, responsável perante o CONDOMÍNIO pelo custeio dos reparos necessários.

2.17 - É terminantemente proibido tomar banho e pescar no lago do CONDOMÍNIO.

2.18 - É proibida a caça a qualquer animal nas dependências do CONDOMÍNIO.



3. REGULAMENTAÇÃO DE ESTACIONAMENTO NA BOULEVARD E ALAMEDAS-DAS VAGAS DE GARAGEM DAS ÁREAS COMUNS E SUA UTILIZAÇÃO

3.1 - É proibido o estacionamento de qualquer tipo de veículos pertencentes a moradores ou visitantes em qualquer ponto da Avenida Boulevard.

3.2 - Em relação ao item anterior, será aberta exceção nos casos de realização de eventos onde os carros não couberem nas alamedas, mediante prévio agendamento e com fornecimento da lista de convidados junto à administração, onde todos esses veículos deverão ser identificados.

3.3 - É proibido o estacionamento de qualquer tipo de veículo, em qualquer horário nos bolsões de retorno nos finais das alamedas.

3.4 - As vagas de garagens do CONDOMÍNIO das áreas comuns, como clube e área administrativa, destinam-se exclusivamente a guarda de automóveis e motos pertencentes aos moradores e/ou locatários e visitantes identificados.

3.5 - As Bicicletas e afins, de CONDÔMINOS ou visitantes, deverão ser guardadas nos bicicletários distribuídos nas áreas comuns do CONDOMÍNIO, ficando expressamente entendido que o CONDOMÍNIO não será de forma alguma responsável pelas referidas bicicletas, em razão de eventual furto ou da ocorrência de danos às mesmas, tanto na área interna e externa do CONDOMÍNIO.

3.6 - As motocicletas ocuparão o mesmo espaço físico da(s) vaga(s) de garagem, estacionando por inteiro dentro dos limites da vaga respectiva, de modo que não prejudiquem as condições do estacionamento, circulação e manobra. Seu funcionamento não deverá pôr em risco outros veículos e/ou pessoas no interior das áreas comuns do CONDOMÍNIO, nem causar ruído prejudicial à tranquilidade dos seus moradores.

3.7 - Cada CONDÔMINO terá o direito ao estacionamento do clube e área administrativa, não havendo local fixo para guardar os carros, visando maior facilidade de entrada e saída dos veículos, devendo ser respeitados limites das mesmas de acordo com as marcações existentes nos pisos. As motocicletas ocuparão o mesmo espaço físico da(s) vaga(s) do estacionamento, desde que os automóveis tenham dimensões compatíveis com a área da vaga respectiva e as necessidades de estacionamento, circulação e manobra tenham peso compatível com a capacidade de carga dos pisos da garagem e sejam mantidos descarregados.

3.8 - Em caso de locação das unidades condominiais, os locatários terão, salvo disposição contratual em contrário, direito à(s) vaga(s), devendo o proprietário transferir ao locatário as obrigações constantes deste regulamento e da Convenção do CONDOMÍNIO, comunicar a Administração de locação da unidade no prazo de 05 (cinco) dias, fornecendo o endereço de sua residência e telefone (locador), bem como nome e endereço da administradora da locação, quando houver.

3.9 - Fica proibida a guarda de animais, embrulhos, volumes, peças, acessórios ou qualquer outro tipo de material nas vagas do estacionamento do clube e da área administrativa.

 
3.10 - Não é permitida a velocidade superior a 20km/h. nem o uso de buzinas, e sons automotivos em toda a área do CONDOMÍNIO.

3.11 - Qualquer dano causado por um veículo a outro será de inteira e exclusiva responsabilidade do proprietário do veículo causador do dano, devendo o mesmo ressarcir o prejuízo causado em entendimento direto com o prejudicado.


 
3.12 - É proibido  o  uso  das  vagas do estacionamento do clube e da área administrativa,  para a execução de qualquer serviço (montagem de móveis, pintura, troca de peças em automóveis,   lanternagem   e   teste   de   motores   e   de   buzinas), executando-se troca de pneus quando absolutamente necessários, e socorro mecânico visando à retirada do veiculo do interior do estacionamento.
 
3.13 - É expressamente proibida a permanência de pessoas estranhas e crianças nas dependências nas vagas do estacionamento do clube e da área administrativa, salvo para os casos de embarque e desembarque destas últimas.
 
3.14 - Salvo quando em trânsito, é proibido o uso de bicicletas e motocicletas nas dependências das vagas do estacionamento do clube e da área administrativa. Fica também proibido o uso de skates, patins e etc., além de jogos de qualquer natureza, nas dependências nas vagas do estacionamento do clube e da área administrativa.

3.15 - É proibido o uso das vagas do estacionamento do clube e da área administrativa, para guardar móveis, utensílios, motores, pneus, ferramentas ou quaisquer outros objetos, inclusive entulho.

3.16 - Os CONDÔMINOS e usuários dos locais de estacionamento do CONDOMÍNIO (nas vagas do estacionamento do clube e da área administrativa,) ficam inteiramente cientes de que nenhuma responsabilidade poderá ser imputada ao CONDOMÍNIO ou a qualquer pessoa a ele vinculado em decorrência de prejuízos de qualquer natureza provenientes de furto, roubo, e incêndio de veículos, ou outras avarias que porventura venham a sofrer no interior do CONDOMÍNIO, objetos eventualmente deixados no interior dos mesmos pertencentes ao CONDÔMINO ou usuário, que assumirá inteira responsabilidade por tais eventos, provocados pela má utilização das vagas garagem ou da área de vagas do estacionamento do clube e da área administrativa.
 
3.17 - É obrigatória a comunicação à Administração das placas dos automóveis e motocicletas, visando facilitar a identificação e comunicação pela Administração de irregularidades que porventura estiverem praticando ou prevenir danos.  Em caso de furto, roubo e/ou venda de automóvel/motocicleta, o CONDÔMINO ficará obrigado   a comunicar e/ou requerer a baixa do veículo cadastrado junto à administração.

3.18 - Não se admitirá o ingresso no interior do CONDOMÍNIO de veículos que apresentem anormalidades tais como motor produzindo ruídos e/ou vazamentos de combustível e/ou óleo, freios em mau estado, defeituosos ou fora das especificações originais do veículo e quaisquer outras   anormalidades   que possam afetar as condições de segurança, tranqüilidade e limpeza do CONDOMÍNIO.

3.19 - Não é permitido o ingresso nas vagas do estacionamento do clube e da área administrativa, de automóveis que apresentem anormalidades que possam causar danos às partes comuns ou aos demais veículos.

3.20 - É proibida a utilização de quaisquer acessórios veiculares (rádios, equipamentos de som, buzinas e motores) que possam perturbar o sossego de moradores e causem poluição sonora nas dependências do CONDOMÍNIO.

3.21 - Aquele que não obedecer à sinalização, às indicações de trânsito no interior do CONDOMÍNIO ou ocasionar quaisquer prejuízos ou transtornos a terceiros ficará sujeito às penas de lei aplicáveis ao caso, eximindo-se o CONDOMÍNIO ou qualquer pessoa a ele vinculado de qualquer ônus relativo à ocorrência.  O CONDOMÍNIO não terá nenhuma responsabilidade civil ou criminal por acidentes que venham a ocorrer com automóveis ou contra terceiros, ficando esta responsabilidade por conta exclusiva do proprietário do veículo causador do acidente.

3.22 - No que se refere às leis de trânsito, este regimento interno seguirá as normas previstas no código de trânsito brasileiro.

3.23 - É expressamente proibida a lavagem de carros no interior das vagas do estacionamento do clube e da área administrativa, a qual não está preparada para a execução deste serviço, devendo o morador realizar a mesma na sua unidade condominial. O serviço poderá ser executado pelos moradores ou seus funcionários, sendo permitido o uso de mangueiras ou qualquer outro utensílio, sem que possa causar desperdício de água.  Os transgressores, se CONDÔMINOS e/ou residentes, serão penalizados com as sanções previstas neste Regimento Interno.

3.24 - Não será imputado ao CONDOMÍNIO e/ou a qualquer pessoa a ele vinculada qualquer dano, avaria ou furto de veículo e/ou objetos eventualmente deixados no interior do mesmo, enquanto estacionados na área de visitantes, ficando a responsabilidade a cargo do proprietário do veículo.

3.25 - É proibido o estacionamento de reboques de quaisquer tipos nas alamedas do CONDOMÍNIO. Os mesmos devem permanecer nas áreas de garagens dos CONDÔMINOS proprietários dos mesmos.

3.26 - É proibido o estacionamento de caminhões de pequeno e médio porte nas alamedas após o horário comercial. Havendo a necessidade de estacionar após esse horário, os mesmos deverão utilizar o estacionamento da administração.

3.27 - Fica proibido o estacionamento de veículos nas alamedas do CONDOMÍNIO de forma que se prejudique ou feche as entradas de garagens dos CONDÔMINOS, bem como estacionar o veículo quando estiver outro veículo estacionado do lado oposto da alameda, no mesmo trecho, de forma que a via fique fechada para a passagem de demais carros ou prejudique a circulação.

3.28 - Os veículos que estiverem estacionados nas alamedas devem observar o limite mínimo de 5m em relação às esquinas. De forma a não atrapalhar a circulação e nem causar acidentes.

3.29 - Os limites das vagas dos estacionamentos do CONDOMÍNIO devem ser respeitados de acordo com as marcações existentes nos pisos.


4. DO ESTACIONAMENTO PARA VISITANTES

4.1 - A entrada do visitante somente poderá ser admitida com a autorização prévia   do   proprietário   ou   inquilino, mas não se admitirá em hipótese alguma autorização permanente ou para dias posteriores, ou quando ficar caracterizado mero favorecimento para conhecidos, sem   qualquer   conotação   de   visita, assumindo   o CONDÔMINO que autorizou a entrada.

 
4.2 - Ao entrar no CONDOMÍNIO, o visitante receberá um prisma que deverá ser colocado na capota ou em parte visível do veículo enquanto estiver estacionado no interior do CONDOMÍNIO, visando sua rápida localização em caso de necessidade, bem como a identificação de qual lote está visitando. A não observância da norma sujeitará o CONDÔMINO que autorizou a entrada do visitante às penas previstas neste Regimento Interno e na Convenção do CONDOMÍNIO.

4.3 - Quando da saída do CONDOMÍNIO, o visitante restituirá à segurança o prisma de estacionamento de visitantes.   Na guarita principal deverão ser anotados o horário de saída do visitante e a placa do veículo.

4.4 - Não será admitido o estacionamento de veículos fora das vagas demarcadas sob nenhum pretexto.

4.5 - Fica vedada a possibilidade de reserva de vagas do estacionamento do clube e da área administrativa.

4.6 - Não será imputado ao CONDOMÍNIO e/ou qualquer pessoa a ele vinculada qualquer dano, avaria ou furto de veículo e/ou objetos eventualmente deixados no interior do mesmo, enquanto estacionado na área de visitantes, ficando a   responsabilidade   a   cargo do proprietário do veículo.
5. DO PLAYGROUND E ÁREAS AJARDINADAS

5.1 - O CONDOMÍNIO possui playground composto de brinquedos para uso infantil (01 a 10 anos), bem como áreas de lazer e ajardinadas para uso de seus moradores e visitantes, a saber.

5.2 - O horário de funcionamento do playground será de livre, para melhor adequação e bem estar do CONDÔMINO. Após a utilização será reduzida a iluminação. A partir das 22:00h o CONDÔMINO deve observar a utilização com moderação e em observância à Lei do Silêncio, sujeitando-se às sanções penais, civis e administrativas.

5.3 -  Cabe   à Administração, quando   necessário para a execução de obras ou serviços, alterar o horário normal estabelecido. Em tal caso, será afixado no quadro de aviso o novo horário a prevalecer.

5.4 - A presença ou permanência de pessoas estranhas ao CONDOMÍNIO no playground ficará condicionada ao acompanhamento por moradores, responsabilizando estes por danos ou prejuízos que possam ocorrer às pessoas que o utilizam ou aos equipamentos nele existentes.

5.5 - O CONDÔMINO será responsabilizado por dano às dependências do playground e obriga-se a pagar o valor apurado pela Administração, sujeitando-se, em caso de recusa, à cobrança judicial e multa prevista na Convenção.


 
5.6 - É proibido o uso do playground de modo que possa perturbar ou interferir no direito de outras pessoas de desfrutarem do mesmo.

6. DOS COLETORES DE LIXO

 
6.1 - O CONDOMÍNIO possui coletores de lixo. Cabe aos moradores ou aos seus serviçais usarem os coletores de lixo de modo que os detritos neles colocados estejam devidamente acondicionados em sacos plásticos fechados.

6.2 - É proibido colocar nos coletores de lixo objetos tais como: produtos químicos, munições, explosivos, pilhas, baterias, latas, vidros, garrafas, caixas, caixotes, entulhos, materiais sólidos de grande volume sem um acondicionamento adequado. Tais materiais deverão ser deixados separados em caixas de papelão ou similares para serem recolhidos, diariamente, pela empresa coletora de lixo.

6.3 - Os empregados domésticos devem ser instruídos no sentido do fiel cumprimento destas recomendações.

6.4 - É proibido lançar quaisquer objetos ou líquidos sobre a via pública ou área comum do CONDOMÍNIO.

6.5 - É proibido lançar quaisquer materiais, objetos, resíduos, restos ou detritos nas partes comuns do CONDOMÍNIO, ficando responsáveis pelas conseqüências dessa infração os que assim procederem.

6.6 - A inobservância pelo CONDÔMINO ou seus empregados das regras de comportamento estabelecidas para a utilização dos coletores de lixo acarretará para o seu transgressor a multa conforme previsto no Capítulo IX das penalidades.

7. DAS ÁREAS E ATIVIDADES DE RECREAÇÃO

O CONDOMÍNIO é provido de áreas especiais destinadas às atividades sócio-recreativas, onde serão admitidos todos os residentes, CONDÔMINOS ou não, e seus respectivos convidados.



7.1 - DA PISCINA E SUA UTILIZAÇÃO

7.1.1 - O uso da piscina é privativo dos moradores e de seus convidados, e sua utilização obedecerá ao disposto no Decreto-Lei nº 4.444/81 - Normas sobre o controle e fiscalização de piscinas - publicado no D.O. de 17-08-81, parte 1.

7.1.2 - Os danos causados por convidados quando da utilização da piscina serão de responsabilidade dos respectivos CONDÔMINOS.

 7.1.3 - Fica proibido o uso da piscina por portadores de moléstia infecto-contagiosa ou transmissível, podendo a Administração, quando entender necessário, exigir atestado médico dos usuários.

7.1.4 - Os usuários da piscina que se comportarem de forma atentatória à moral e aos bons costumes serão retirados da mesma.

7.1.5 - É proibido o uso da piscina por pessoas untadas com óleo de bronzear ou qualquer produto similar que possa prejudicar o correto funcionamento das bombas e filtro nelas existentes.

 7.1.6 - É proibido fazer refeições no interior e bordas da piscina, sendo permitido apenas o consumo de sanduíches, salgadinhos e bebidas nas áreas estabelecidas pelo CONDOMÍNIO, servidos em pratos
e copos plásticos, pelos funcionários do bar e/ou pelos moradores.

7.1.7 - Somente será permitido o uso de aparelhos sonoros na área da piscina quando não prejudiquem o sossego dos demais usuários.

7.1.8 - E proibida a utilização da piscina para a promoção de festas de qualquer natureza, salvo quando promovidas pela Administração do CONDOMÍNIO, desde que não prejudiquem os demais moradores. É expressamente vedada a utilização de garrafas e/ou outros utensílios de vidro nas dependências da piscina e/ou suas imediações.

7.1.9 - É proibida a prática de jogos esportivos na piscina tais como, frescobol, peteca, bola ou qualquer outro que possa interferir na segurança, sossego ou bem-estar dos demais usuários, É também proibido o uso de pranchas e bóias que apresentem perigo aos demais usuários, aparelhos de mergulho e/ou acessórios, como nadadeiras etc.

7.1.10 - É proibida a freqüência da piscina por menores de 12 (doze) anos desacompanhados de pais ou responsáveis.

7.1.11 - A utilização da piscina é permitida em qualquer horário para a melhor adequação e bem estar do CONDÔMINO.   A piscina permanecerá fechada para fins de limpeza, manutenção e tratamento de água, um dia por semana, segunda-feira, exceto quando coincidir com feriado. A utilização das piscinas no horário previsto neste regulamento isenta o CONDOMÍNIO de qualquer responsabilidade caso ocorram acidentes com as pessoas que indevidamente insistirem em utilizá-las sem a presença do guardião. Sendo neste caso, responsabilidade do CONDÔMINO.

7.1.12 - A administração, por necessidade, poderá modificar os dias e horários de funcionamento da piscina, devendo afixar nos quadros de aviso as alterações realizadas.

7.1.13 - Os equipamentos e demais pertences da piscina constituem patrimônio do CONDOMÍNIO, ficando sob a guarda e responsabilidade do empregado designado para tal função.

7.1.14 - A Administração tem plenos poderes para tomar as medidas que julgar convenientes para a manutenção da ordem no uso da piscina.

7.1.15 - Os móveis e utensílios da piscina (cadeira, mesas, etc.) não poderão ser retirados nem utilizados para fins diversos daqueles a que se destinam de suas imediações.

7.1.16 - Os usuários deverão utilizar a ducha e o lava-pés antes de ingressarem na piscina.

7.1.17 - Não será permitido o ingresso de pessoas em trajes inadequados na piscina (trajes íntimos, calça comprida, bermudas jeans, tênis, etc.).

7.1.18 - Não será permitido o ingresso de animais de qualquer espécie na área da piscina.

7.1.19 - Não será permitido o uso das piscinas para convidados após utilização das quadras esportivas.

7.1.20 - É proibida a utilização da piscina por funcionários dos CONDÔMINOS e babás dos filhos dos mesmos, caso não estejam a serviço.




Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3


©aneste.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
universidade federal
terapia intensiva
Excelentíssimo senhor
minas gerais
união acórdãos
Universidade estadual
prefeitura municipal
pregão presencial
reunião ordinária
educaçÃo universidade
público federal
outras providências
ensino superior
ensino fundamental
federal rural
Palavras chave
Colégio pedro
ministério público
senhor doutor
Dispõe sobre
Serviço público
Ministério público
língua portuguesa
Relatório técnico
conselho nacional
técnico científico
Concurso público
educaçÃo física
pregão eletrônico
consentimento informado
recursos humanos
ensino médio
concurso público
Curriculum vitae
Atividade física
sujeito passivo
ciências biológicas
científico período
Sociedade brasileira
desenvolvimento rural
catarina centro
física adaptada
Conselho nacional
espírito santo
direitos humanos
Memorial descritivo
conselho municipal
campina grande