Microscópio Óptico – Generalidades



Baixar 14.46 Kb.
Encontro26.10.2017
Tamanho14.46 Kb.

Microscópio Óptico e Tecidos- Aula Prática
Microscópio Óptico – Generalidades
Parte mecânica.

Parte Óptica: Ocular, Objectiva e Condensador.



Ocular – ajuste inicialmente para o olho direito e posteriormente para o olho esquerdo.

Objectiva – várias ampliações.

Ampliação: multiplicação da ocular pela objectiva.



Condensador – focalizar a luz na amostra, fundamental para boa resolução.

Focagem – parafusos macro e micrométricos.



Resolução – menor distância em que dois pontos aparecem separados.
Técnicas de preparação da lâmina

- Fixação – preservar a morfologia e composição dos tecidos (12 h).

- Desidratação com álcool etílico – remoção de água (6 a 24 h)

- Clareamento/Diafanização – embeber a amostra em substância miscível com a parafina (benzol, xilol ou tululol), que são solventes do álcool e da parafina (1 a 6 h)

- Impregnação em parafina – para possibilitar os cortes em micrótomo (30 mins a 6h)

- Inclusão – colocar a peça em molde rectangular para ser cortada no micrótomo ( 1 a 2 µm).

Alternativa – micrótomo de congelação.
Métodos de Coloração

Hematoxilina e Eosina:

- Hematoxilina – corante básico que colora de azul estruturas ácidas (DNA e RNA), tais como o núcleo, ribossomas e retículo endoplasmático rugoso – estruturas basófilas.

- Eosina – corante ácido que colora estruturas básicas (proteínas) de vermelho ou rosa, tais como o citoplasma.


- Tricrómios (ex: Masson): colora três cores:

- Núcleos e estruturas basófilas de azul escuro.

- Colagénio de verde ou azul forte.

- Citoplasma, músculo, eritrócitos e queratina de vermelho-vivo.

Existem variantes.
- Van Gieson: colagénio cora de vermelho, núcleos de azul, eritrócitos e citoplasma de amarelo. Pode ser utilizada coloração para a elastina em adição – azul ou preto.
- Técnicas de imuno-histoquímica: marcação específica, recorrendo a anticorpos e reacções enzimáticas que levam à formação de precipitados..

Epitélio estratificado pavimentoso e tecido conjuntivo – pele

Pele – funções (protecção, sensação táctil, termoregulação, funções metabólicas – energia, vitamina D)

Anexos da Pele – pêlos, unhas, glândulas sebáceas e sudoriparas.

Três camadas principais: epiderme, derme e hipoderme.

- Epiderme – epitélio estratificado pavimentoso, estrato basal, espinhoso, granuloso e córneo. Melanócitos – fotótipo. Células de Langerhans (APCs)

- Derme – suporte vascular, anexos, camadas (papilar e reticular).

- Derme papilar – tecido conjuntivo laxo, fibras elásticas finas e escassas, assim como fibras colagénicas.

- Derme reticular – tecido conjuntivo denso, fibras de colagénio tipo I, e fibras elásticas, ambas mais organizadas e em maior quantidade

- Hipoderme – camada de tecido conjuntivo laxo e tecido adiposo.
Mesentério

“Whole Mount” – várias camadas. A amostra é colocada integra na lâmina.

Tecido conjuntivo laxo, mesotélio do peritoneu – tecido simples pavimentoso.

Observação de todas as camadas em vários planos.

Fibras colagénicas mais espessas, fibras elásticas (elastina).
Epiglote – exemplo de cartilagem elástica

Cartilagem enquanto forma especializada de tecido conjuntivo.

Condroblastos e condrócitos.

Grupos isógenos.

Proteoglicanos sulfatados (sulfato de condroitina e queratano) e não sulfatados (ácido hialurónico).

Fibras de colagénio tipo 2

Fibras elásticas – coloração com fucsina, van Gieson elástico.

Pericôndrio

Crescimento intersticial (só inicialmente, pede-se a capacidade de crescimento interesticial durante o crescimento, porque ficam mais longe das regiões vascularizadas) e aposicional (à periferia, a partir do pericôndrio).

Outros tipos de cartilagem: Hialina – superfícies articulares – muito sujeita a processos degenerativos; Fibrocartilagem – discos intervertebrais e sínfise púbica – também apresenta colagénio tipo I.


Outras particularidades – tecido epitelial de dois tipos –respiratório na face laríngea e estratificado pavimentoso não queratinizado na face faríngea.
Osso Fresco

Para observação das células o osso tem que ser descalcificado (ex: ácido nítrico a 5% ou EDTA), e posteriormente corado por métodos clássicos.

Matriz extracelular rica em colagénio tipo I, chamada osteóide. Mineralizada pela deposição de cristais de hidroxiapatite de cálcio – rigidez e força.

Osteoblasto – síntese e mineralização – encontram-se à periferia.

Osteócitos – osteoblastos inactivos no meio do osso; ajudam a suportar o osso

Osteoclastos – células fagocíticas que reabsorvem osso.

Osso compacto (ex – cortical; diáfise); osso esponjoso (medular; epífise)

Ossificação intramembranosa (no interior de uma membrana conjuntiva) ou endocondral (por substituição de molde cartilagíneo).



Músculo esquelético – lâmina de língua

Hematoxilina férrica

Músculo-feixe-fibra

Epimísio-perimísio-endomísio

Corte longitudinal e transversal do músculo; Estriações no corte longitudinal

Unidade Funcional – Sarcómero




Observação sumária de outras estruturas histológicas da língua (epitélio, papilas gustativas (filiformes, fungiformes e circunvaladas), conjuntivo, vasos, tecido linfóide)

Cerebelo – exemplo de sistema nervoso

Função geral



Região cortical de substância cinzenta e medular de substância branca, com quatro pares de núcleos.

Cortical: 3 camadas – molecular (células em cesto e células estreladas dispersas, células de Golgi na porção superficial; fibras não mielinizadas), camada de células de Purkinje (únicos neurónios eferentes, com extensa rede dendrítica pela camada molecular) e camada granulosa com muitos neurónios de pequenas dimensões – vias aferentes e múltiplas conexões entre si e para com as células piramidais)


Compartilhe com seus amigos:


©aneste.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
universidade federal
terapia intensiva
Excelentíssimo senhor
minas gerais
união acórdãos
Universidade estadual
prefeitura municipal
pregão presencial
reunião ordinária
educaçÃo universidade
público federal
outras providências
ensino superior
ensino fundamental
federal rural
Palavras chave
Colégio pedro
ministério público
senhor doutor
Dispõe sobre
Serviço público
Ministério público
língua portuguesa
Relatório técnico
conselho nacional
técnico científico
Concurso público
educaçÃo física
pregão eletrônico
consentimento informado
recursos humanos
ensino médio
concurso público
Curriculum vitae
Atividade física
sujeito passivo
ciências biológicas
científico período
Sociedade brasileira
desenvolvimento rural
catarina centro
física adaptada
Conselho nacional
espírito santo
direitos humanos
Memorial descritivo
conselho municipal
campina grande