Levita Digital Dicionário da Bíblia de Almeida – 2a Edição 1999 Sociedade Bíblica do Brasil 2005 Versão eletrônica sociedade bíblica do brasil



Baixar 3.81 Mb.
Página23/34
Encontro21.10.2017
Tamanho3.81 Mb.
1   ...   19   20   21   22   23   24   25   26   ...   34

MELQUISEDEQUE [Rei da Justiça]

Rei de SALÉM e sacerdote do Deus Altíssimo. Abençoou a Abraão e recebeu dele o dízimo (Gn 14.18-20). Melquisedeque é um TIPO de Cristo, o Rei-sacerdote (Sl 110.4; Hb 5.6,10; 6.20; 7.1-28).



MELRO

Ave geralmente colorida, relacionada com a GRALHA (Is 34.15, RC).



MEM

v. ALFABETO HEBRAICO 13.



MEMBRO

1) Braço, perna ou outra parte do corpo (Jó 17.7; Rm 12.4).

2) Pessoa que faz parte de um grupo (Mc 15.43, RA).

3) Pessoa que faz parte do CORPO DE CRISTO (Ef 5.30).

MEMORÁVEL

Famoso (Ez 39.13).



MEMÓRIA

1) Lembrança (1Rs 17.18).

2) Fama (Sl 135.13).

3) MEMORIAL 1, (Êx 28.12; 1Co 11.24-25; v. CEIA DO SENHOR).

4) No título de Sl 38 e 70 (RC, lembrança) a expressão “em memória” parece estar ligada a um SACRIFÍCIO acompanhado de queima de INCENSO, pedindo que Deus se lembre do salmista.

MEMORIAL

1) Marco ou cerimônia que visa servir como lembrança de uma palavra ou de um acontecimento, como, por exemplo, a PÁSCOA (Êx 12.14, RA), algumas ofertas (Lv 24.7; Nm 31.54, RA), a celebração do PENTECOSTES (Lv 23.24, RA), pedras (Js 4.7) e a nova ALIANÇA (Is 55.3,13, RA).

2) Escrito de alguma coisa que deve ser lembrada (Ed 6.2-5).

MEMUCÃ

Um dos sete conselheiros do rei Assuero (Et 1.13-22).



MENAÉM [Confortador]

Décimo sexto rei de Israel, que reinou de 743 a 738 a.C., depois de Salum, a quem matou (2Rs 15.14-22).



MENÇÃO

Referência (Rm 1.9; Hb 11.22).



MENE, MENE, TEQUEL E PARSIM

Palavras aramaicas escritas na parede do salão do banquete dado por Belsazar e que profetizaram o destino do rei e do seu reino. Seu significado é “contado, contado, pesado e dividido” (Dn 5.25-28).



MENEAR

Mover de um lado para outro em sinal de zombaria (2Rs 19.21; Mc 15.29).



MÊNFIS

Primeira capital do Egito unido, situada à margem do rio Nilo, um pouco antes do início do delta (Os 9.6).



MENINA DO OLHO

1) Pupila do olho; olho (Lm 2.18).

2) Pessoa ou coisa que se ama muito (Dt 32.10).

MENINICE

Infância (2Tm 3.15, RC).



MENOSPREZAR

Desprezar (Ne 9.32, RA).



MENSTRUAÇÃO

Corrimento mensal de sangue, nas mulheres, pelo órgão sexual e o período desse corrimento (Lv 12.2, RA).



MENSURA

Tamanho (1Cr 23.29, RC).



MENTE

1) Sede e faculdade do pensamento, da reflexão e da lembrança; intelecto; entendimento; CORAÇÃO 2, (RA: 1Rs 10.2; Jr 51.50).

2) Sede e faculdade do pensamento moral e espiritual; CORAÇÃO 2; ALMA; ESPÍRITO 1, (RA: Sl 7.9; Cl 2.18).

MENUÍTA

Morador de Menuote, povoado em Judá, que é provavelmente outro nome para Manaate (1Cr 2.52, RC).



MEOLATITA

Morador de Meolá (Abel-Meolá), povoado situado no vale do Jordão, perto de Bete-Seã (1Sm 18.19).



MERABE [Aumento]

Filha do rei Saul (1Sm 14.49; 18.17-19; 2Sm 21.8, RA).



MERAMENTE

Simplesmente (Gl 3.15, RA).



MERARI [Amargurado ? Entusiasmado ?]

Filho de Levi (Gn 46.11) e pai dos meraritas (Nm 26.57), que cuidavam da manutenção do TABERNÁCULO (Nm 3.33-37).



MERCADEJAR

Negociar (2Co 2.17, RA).



MERCAR

Fazer comércio (Os 8.9-10).



MERCÊ

FAVOR 2; atenção (Gn 18.3, RA).



MERCENÁRIO

Aquele que trabalha apenas pelo salário (Jo 10.12-13).



MERCÚRIO

Nome latino de Hermes, o deus mensageiro dos gregos (At 14.12).



MERETRÍCIO

PROSTITUIÇÃO 1, (Ez 16.41, RA).



MERETRIZ

Mulher que pratica o ato sexual por dinheiro; prostituta (Hb 11.31). V. PROSTITUIÇÃO.



MERIBÁ [Reclamação]

1) Local em REFIDIM e próximo do monte Sinai, onde Deus deu água a Israel (Êx 17.1-7).

2) Local próximo de CADES-BARNÉIA, onde Deus repetiu o milagre (Nm 20.1-13).

MERIBE-BAAL

V. MEFIBOSETE 2, (1Cr 8.34).



MERIDIONAL

Sul (Êx 27.9, RA).



MERODAQUE [Ousado]

Deus supremo dos babilônios (Jr 50.2).



MERODAQUE-BALADÃ [Marduque Deu Um Filho]

Líder CALDEU 1, que se tornou rei da Babilônia de 722 a 710 a.C. e de 703 a 702 a.C. Durante o seu primeiro reinado, enviou mensageiros ao rei Ezequias, de Judá, para tentar envolvê-lo numa confederação contra os assírios, mas foi duas vezes derrotado e depois expulso por eles (2Rs 20.12-19; Is 39.1-8).



MEROM

Riacho e pequeno lago, também chamado de lago Hulé, pelo qual passa o rio Jordão. Está situado entre o monte Hermom e o lago da Galiléia (Js 11.5-7).



MERONOTITA

Morador de Meronote, região do território de Naftali (Ne 3.7).



MÊS

O mês dos israelitas era lunar, tendo 29 ou 30 dias, e começava com a lua nova (Nm 28.14). V. CALENDÁRIO.



MESA [Salvação]

Rei MOABITA que reinou no tempo de Acabe, de Acazias e de Jorão, reis de Israel. Mesa ofereceu o seu filho mais velho em sacrifício ao deus QUEMOS (2Rs 3).



MESAQUE [A Sombra do Príncipe ?]

Nome babilônico de MISAEL (Dn 1.7).



MESCLAR

Misturar (Sl 106.35, RA).



MESES DO ANO

V. CALENDÁRIO.



MESOPOTÂMIA [Entre-rios]

A região localizada entre os rios Tigre e Eufrates, também chamada de Arã e Padã-Arã (Gn 24.10; At 2.9). Os antepassados dos hebreus vieram do norte dessa região (Gn 11; At 7.2).



MESQUINHO

Egoísta (Dt 28.54, RA).



MESSE

1) SEARA pronta para a colheita (Lv 19.9, RA).

2) COLHEITA (Jó 5.5).

MESSIAS

O SALVADOR prometido no AT (Jo 1.41). Messias (hebraico) é o mesmo que Cristo (grego) e quer dizer “Ungido” v. UNGIR.



MESTRE

1) Professor; instrutor (Sl 119.99; Mt 10.24).

2) Título de Jesus, que tinha autoridade ao ensinar (Mc 12.14).

3) Pessoa perita em alguma ciência ou arte (Êx 35.35).

4) Pessoa que se destaca em qualquer coisa (Pv 24.8; Ez 21.31, RA).

5) Capitão (Jn 1.6).

MESTRE DE CANTO

O dirigente dos cantores levitas que serviam no TEMPLO (Sl 4, RA; RC, cantor-mor). Aparece no título de 55 salmos.



MESTRE-SALA

Pessoa encarregada da ordem e do cerimonial de uma festa (Jo 2.8).



META

Alvo; objetivo (1Co 9.26, RA).



METÁFORA

Figura de linguagem em que se faz a substituição do sentido natural de uma palavra por outro sentido, em virtude da semelhança que há entre o sentido natural e o figurado. Jesus, por exemplo, para ilustrar o fato de que só ele pode transmitir a verdadeira vida espiritual, usa a palavra “luz” como metáfora (Jo 8.12). Outras metáforas podem ser encontradas em Sl 2.9 (vara de ferro); Sl 92.10 (óleo); Pv 5.15 (água; v. NTLH); Tg 3.6 (fogo).



METEORO

Pedaço perdido de ASTRO que, ao penetrar na atmosfera, se inflama e risca o céu com uma linha luminosa (Jó 38.36, RA).



METRETA

Medida para líquidos que variava entre 30 e 40 l (Jo 2.6, RA). Outros consideram a metreta igual ao BATO.



MEUNITAS

Moradores do monte Seir (2Cr 26.7).



MEXERIQUEIRO

MALDIZENTE (Lv 19.16).



MICA [Quem É Como Javé ?]

Um EFRAIMITA que promoveu culto a imagens em sua casa (Jz 17—18).



MICAÍAS [Quem É Como Javé ?]

Profeta que predisse a morte do rei ACABE (2Cr 18.7-27).



MICAL [Quem É Como Deus ?]

Filha mais nova de Saul e esposa de Davi, a quem amava (1Sm 14.49; 18.20-28; 19.12-17). Depois, porém, desprezou a Davi e foi castigada (2Sm 6.16-23).



MICMÁS

Cidade situada 12 km a nordeste de Jerusalém, onde os israelitas, sob o comando de Jônatas, derrotaram os filisteus (1Sm 13.1—14.23).



MICTÃO

Título hebraico de seis salmos (16; 56—60, RC; RA e NTLH, hino).



MIDIÃ

1) Filho de Abraão e Quetura (Gn 25.2).

2) Região localizada a leste do golfo de Ácaba (Êx 2.15-22).

MIDIANITA

Descendente de MIDIÃ 1, que habitava a terra de MIDIÃ 2, (Nm 22.4).



MIGALHA

Pedacinho (Jz 1.7; Mc 7.28).



MIGRADOR

Que costuma mudar de região (Jl 1.4, RA).



MIGUEL [Quem É Como Deus ?]

ARCANJO protetor de Israel e vencedor de Satanás (Dn 10.13,21; 12.1; Jd 9; Ap 12.7).



MIL

1) Um MILHAR 1, (Gn 20.16).

2) Unidade militar usada na organização das TRIBOS de Israel e do exército israelita (Nm 31.4-6).

MILAGRE

Fato ou acontecimento fora do comum, que Deus realiza para confirmar o seu poder, o seu amor e a sua mensagem. No AT estão registrados 67 milagres (Gn 5.21-24; 11.6-9; 19.1-11,24-25,26; Êx 3.1-6; 4.1-5,6-8; 7.9-13; caps. 7—12; 13.20-22; 14.21-28; 15.25; 16.12-36; 17.6; Lv 10.1-2; Nm 12.9-15; 16.24-35,46-50; 17.1-13; 20.7-13; 21.4-9; 22.28-30; Js 3; 6; 10.12-13; Jz 6.36-40; 1Sm 5; 6.19-21; 12.16-18; 2Sm 6.6-8; 1Rs 13.1-6; 17.3-7,14,22; 18.1-40,41-45; 2Rs 1.1-18; 2.8,11,12-14,19-22; 3.16-20; 4.1-7,32-37,38-41,42-44; 5.1-19,20-27; 6.1-7,15-23; 7.1-20; 13.20-21; 19.35-36; 20.7-11; 2Cr 7.1-3; 26.19-21; Dn 3.19-30; 5.30; 6.1-28; Jn 1). O NT mostra que Jesus realizou muitos milagres (Mt 8.16-17; 12.15; Lc 7.18-23; Mt 14.34-36). Os Evangelhos registram 36, alistados a seguir na ordem provável em que aconteceram: a água feita vinho (Jo 2.1-12); o filho de um funcionário público (Jo 4.46-54); uma pesca maravilhosa (Lc 5.1-11); o endemoninhado de Cafarnaum (Lc 4.31-37); a sogra de Pedro (Lc 4.38-39); o leproso (Mc 1.40-45); o paralítico descido pelo telhado (Mc 2.1-12); o paralítico de Betesda (Jo 5.1-18); o homem da mão aleijada (Mt 12.9-14); o empregado do oficial romano (Lc 7.1-10); o filho da viúva de Naim (Lc 7.11-17); Maria Madalena (Lc 8.2); o endemoninhado cego e mudo (Mt 12.22-37); a tempestade (Mc 4.35-41); os endemoninhados gadarenos (Mc 5.1-20); a filha de Jairo (Mc 5.21-43); a mulher que tinha hemorragia (Mc 5.25-34); os dois cegos (Mt 9.27-31); o mudo endemoninhado (Mt 9.32-34); a primeira multiplicação dos pães (Mc 6.30-44); Jesus anda sobre a água (Mt 14.24-33); a filha da siro-fenícia (Mc 7.24-30); o surdo-mudo (Mc 7.31-37); a segunda multiplicação dos pães (Mc 8.1-10); o cego de Betsaida (Mc 8.22-26); o menino epiléptico (Mc 9.14-29); a moeda na boca do peixe (Mt 17.24-27); o cego de nascença (Jo 9.1-41); a mulher encurvada (Lc 13.10-17); o hidrópico (Lc 14.1-6); a ressurreição de Lázaro (Jo 11.1-44); os dez leprosos (Lc 17.11-19); o cego Bartimeu (Mc 10.46-52); a figueira sem frutos (Mt 21.18-22); a orelha de Malco (Lc 22.50-51); outra pesca maravilhosa (Jo 21.1-13). Os apóstolos também fizeram milagres (Mt 10.1-8; Lc 10.9; 9.6; 10.17-20). Em Atos são mencionados 20 milagres (2.1-4; 3.1-8; 5.1-11,16,19; 6.8; 8.6-13; 9.3-8,13-18,32-35,36-41; 12.6-10; 13.8-12; 14.8-10; 16.16-18; 19.11, v. 2Co 12.12; At 20.9-12; 28.1-6,7-9).



MILCA [Conselho]

Filha de Harã, irmã de Ló e avó de Rebeca (Gn 11.27-29; 22.20-23).



MILCOM

V. MOLOQUE (1Rs 11.5).



MILÊNIO

Período de 1000 anos em que Satanás será preso, e Cristo reinará entre as nações (Ap 20). Alguns entendem o milênio no sentido literal de 1000 anos; outros o entendem no sentido figurado de um longo e indefinido período de tempo. São três as principais interpretações do milênio:



1) De acordo com o pré-milenismo, a segunda vinda de Cristo vai acontecer antes do seu reinado de 1000 anos na terra, junto com os salvos que participarem da primeira ressurreição. Depois desse período literal de 1000 anos, acontecerão a ressurreição dos mortos, o juízo final e a vida eterna.

2) Os pós-milenistas ensinam que, pelo poder do evangelho, haverá um período de 1000 anos de paz e justiça na terra, e depois disso acontecerão a segunda vinda de Cristo, a ressurreição dos mortos, o juízo final e a vida eterna.

3) Para os amilenistas, o milênio não virá no fim do mundo, mas é um símbolo do período da existência e da ação da Igreja na história, no fim do qual acontecerão a segunda vinda de Cristo, a ressurreição, o juízo final e a vida eterna.

MILETO

Porto do mar Egeu, uns 50 km ao sul de Éfeso (At 20.15; 2Tm 4.20).



MILHA

Medida romana de distância, igual a quase 1,5 km (1.479 m) (Mt 5.41). Equivale a 8 estádios.



MILHANO

Ave semelhante ao GAVIÃO (Lv 11.14).



MILHAR

1) MIL 2, (Nm 31.14).

2) Grande número (Gn 24.60).

MILÍCIA

1) EXÉRCITO 3, (Lc 2.13, RA).

2) Luta; combate (2Co 10.4).

MILO

Fortaleza situada no lado norte de Jerusalém do tempo de Davi (2Sm 5.9).



MINA

1) Medida de peso, também chamada de arrátel (RC) e libra (RA), igual a 571,2 g. (Ed 2.69; Jo 12.3; 19.39). Equivale a 50 SICLOS. A mina em Ezequiel é igual a 60 siclos, isto é, 685 g (45.12, RA).

2) Moeda grega de ouro que valia 100 DENÁRIOS (Lc 19.13).

3) Lugar de onde se extraem minerais (Jó 28.1, RA).

MINAR

Cavar; escavar (Jó 24.16).



MÍNGUA

Falta do necessário (Jó 30.3).



MINGUAR

Diminuir (Gn 8.3).



MINISTÉRIO

1) Desempenho de um serviço (At 7.53, RA).

2) Exercício de um serviço religioso especial, como o dos levitas, sacerdotes, profetas e apóstolos (1Cr 6.32; 24.3; Zc 7.7; At 1.25).

3) Atividade desenvolvida por Jesus até a sua ascensão (Lc 3.23, RA).

4) Cargo ou ofício de MINISTRO 4, (2Co 6.3; 2Tm 4.5).

MINISTRAR

1) Servir; ajudar (At 19.22, RA; Rm 15.27, RC).

2) Exercer um MINISTÉRIO 2, (Êx 28.3, RA; Nm 16.9).

MINISTRO

1) SERVO 3, (Sl 103.21; Jo 18.36, RA).

2) Empregado (Rm 13.4).

3) Conselheiro; auxiliar (2Sm 8.18, RA).

4) Pessoa designada para exercer um MINISTÉRIO 2, (2Cr 29.11; At 26.16).

5) O servo de Cristo que, na igreja, prega a palavra e administra o batismo, a ceia, etc. (1Co 4.1; Ef 6.21; 1Tm 4.6).

MINUCIOSAMENTE

Ponto por ponto; detalhadamente (Lc 1.3, RC; At 21.19, RA).



MIOLEIRA

Miolos; cabeça (Sl 7.16).



MIQUÉIAS [Quem É Como Javé ?]

Profeta que viveu na mesma época de Isaías e de Oséias. Era natural de Moresete-Gate, uma pequena cidade de Judá (Mq 1.1; Jr 26.18). V. MIQUÉIAS, LIVRO DE.



MIQUÉIAS, LIVRO DE

Um dos Profetas Menores (v. LIVROS PROFÉTICOS DO AT), que traz as mensagens de Deus a Israel e a Judá anunciadas por Miquéias de 740 a 687 a.C. O profeta previu a queda de SAMARIA 2, (1.6-7). Vendo que JUDÁ 3, corria o perigo de sofrer o mesmo castigo, Miquéias mostra que Deus odeia a idolatria, a injustiça, a corrupção e o ritualismo religioso vazio. Contudo, ele afirma que Deus não só castiga, mas também tem prazer em perdoar. Finalmente, o profeta declara que o povo de Deus terá um futuro glorioso através do Rei que irá nascer em Belém (4.1-4; 5.2-4).



MIRACULOSO

Milagroso (Mt 13.54, RA).



MIRAR

1) Olhar para (Nm 21.8, RA).

2) Apontar para (Sl 21.12, RA).

MIRIÃ [Gorda ? Forte ?]

Irmã de Arão e Moisés (Nm 26.59).



MIRÍADES

Dez mil; grande número (RA: Dt 33.2; Dn 7.10).



MIRRA

1) Resina tirada de uma pequena árvore do Oriente Médio, com a qual se fazia um perfume agradável e um remédio que, misturado com vinho, servia como calmante (Sl 45.8; Mc 15.23).

2) Porto da LÍCIA (At 27.5).

MIRRADO

RESSEQUIDO (Mc 3.3, RC).



MIRRAR

Secar (Gn 41.23, RA).



MISAEL [Quem É igual a Deus ?]

Um dos quatro príncipes de Judá que foram treinados para serem conselheiros do rei NABUCODONOSOR (Dn 1.3-7).



MISERICÓRDIA

1) Bondade (Js 2.14, RA).

2) Bondade, AMOR e GRAÇA de Deus para com o ser humano, manifestos no perdão, na proteção, no auxílio, no atendimento a súplicas (Êx 20.6; Nm 14.19, RA; Sl 4.1). Essa disposição de Deus se manifestou desde a criação e acompanhará o seu povo até o final dos tempos (Sl 136, RA; Lc 1.50).

3) Virtude pela qual o cristão é bondoso para com os necessitados (Mt 5.7; Tg 2.13).

MISERÁVEL

Muito pobre (Ap 3.17).



MÍSIA

Distrito situado no noroeste da PROVÍNCIA romana da ÁSIA, junto ao mar Egeu (At 16.7-8).



MISPA

1) Localidade de Gileade, ao norte de Maanaim (Gn 31.49).

2) Cidade de Judá (Jz 20.1).

MISRAEU

Membro de uma família de Quiriate-Jearim, cidade de Judá (1Cr 2.53).



MISSÃO

Encargo; serviço (At 12.25, RA).



MISTER

1) Ocupação; trabalho (1Cr 9.33, RA).

2) Necessidade (At 2.45).

MISTÉRIO

1) Segredo desconhecido até que seja manifestado por Deus através de algum meio (Dn 2.18-19,27-30,47, RA; Mt 13.11).

2) O plano de Deus revelado no evangelho para a salvação de toda a humanidade (Ef 3.3-9).

3) Conhecimento secreto que só Deus pode tornar conhecido (2Ts 2.7; Ap 1.20).

MISTIFICAÇÃO

Engano (2Pe 2.13, RA).



MISTO DE GENTE

Multidão de pessoas de várias origens (Êx 12.38, RA).



MITILENE

Capital de Lesbos, ilha do mar Egeu (At 20.14).



MITRA

Nome dado ao TURBANTE usado pelo SUMO SACERDOTE (Êx 28.4).



MIZRAIM [Egito, a Casa do Deus Ptah]

Filho de CAM 1, de quem descendem os egípcios (Gn 10.6).



Pedra em forma de círculo usada no MOINHO (Dt 24.6; Is 47.2).



MOABE

1) Neto de Ló, nascido do incesto com sua filha (Gn 19.30-38).

2) Povo descendente de MOABE 1, e sua terra, localizada a leste do JORDÃO (Nm 26.3).

MOABITA

Descendente de MOABE 1, ou morador de MOABE 2, (Nm 21.26).



MOÇA

Mulher jovem (Dt 22.15-29; Rt 2.5).



MOCHO

Espécie de coruja sem penacho na cabeça (Dt 14.16, RA; Sl 102.6, RC).



MODERAÇÃO

Qualidade que consiste em evitar exageros (2Tm 1.7).



MODÉSTIA

Simplicidade sem vaidade (1Tm 2.9).



MOEDA DE PRATA

1) Moeda romana. Era pagamento por um dia de trabalho (Mt 20.2).

2) A tetragrama, moeda grega que valia quatro moedas de prata romanas. Trinta moedas de prata era o preço de um escravo (Êx 21.32; Mt 26.15).

MOEDOR

Dente (Ec 12.3).



MOFAR

Zombar (2Cr 36.16).



MOINHO

Engenho composto de duas MÓS colocadas uma sobre a outra, sendo a mó superior girada para moer grãos (Nm 11.8).



MOISÉS

Líder escolhido por Deus para libertar os israelitas da escravidão do Egito (Êx 2—18), para fazer ALIANÇA 1, com eles (Êx 19—24), para torná-los povo de Deus e nação independente (Êx 25—Nm 36) e para prepará-los a fim de entrarem na terra de Canaã (Dt 1—33). Nasceu de pais israelitas, mas foi adotado pela filha do faraó do Egito, onde foi educado (Êx 2.1-10; At 7.22). Após colocar-se ao lado de seu povo e matar um egípcio, fugiu para MIDIÃ 2, onde se casou com Zípora (Êx 2.11-22). Passados 40 anos, Deus o chamou e o pôs como líder da libertação do povo de Israel (Êx 3). Por mais 40 anos Moisés cumpriu o mandado de Deus e morreu às portas da terra de Canaã, no monte NEBO (Dt 34). Alguns estudiosos colocam a data da morte de Moisés em torno de 1440 a.C., e outros a colocam por volta de 1225 a.C., dependendo da posição sobre a data do ÊXODO. Na Bíblia, Moisés é considerado o autor do PENTATEUCO.



MOLDURA

Peça de madeira ou metal colocada ao redor de algum objeto para protegê-lo ou enfeitá-lo (Êx 25.25-27).



MOLESTAR

1) Atacar (Dt 2.9).

2) Fazer mal (Sl 121.6).

3) Perturbar (Gl 6.17, RA).

MOLÉSTIA

Doença (Lc 4.40, RA).



MOLESTO

Que causa aborrecimento (Jó 16.2).



MOLHO

FEIXE (Jz 15.5; pronuncia-se mólho).



MOLOQUE [Rei]

Deus supremo dos AMONITAS, também chamado de Milcom e de Malcã. Seu culto, que incluía o sacrifício de crianças (Lv 20.2-5), foi incentivado por Salomão (1Rs 11.5,7,33; 2Rs 23.10,13).



MONOGAMIA

Casamento com um cônjuge (Gn 2.24). V. BIGAMIA e POLIGAMIA.



MONOLATRIA

HENOTEÍSMO



MONOTEÍSMO

Crença de que há um só Deus e Senhor de todo o universo (Dt 32.39; Sl 96; Mc 12.29; 1Tm 6.15-16). Os judeus, os cristãos e os maometanos são monoteístas. V. HENOTEÍSMO e POLITEÍSMO.



MONSTRO

Segundo lendas antigas, criatura que representava as forças da desordem e do mal e que foi vencida por Deus. V. LEVIATÃ, MAR 3, e RAABE 2.



MONSTRO MARINHO

Grande animal que vive no mar, como, por exemplo, a baleia (Sl 74.13, RA).



MONTA

Importância (Ez 8.17, RA).



MONTE

Grande massa de terra que se eleva acima do terreno que está à sua volta. Os montes mencionados mais vezes nas Escrituras são os seguintes: ABARIM, ARARATE, BASÃ, CALVÁRIO ou Gólgota, CARMELO, EBAL, EFRAIM, GERIZIM, GILBOA, GILEADE, HERMOM, HOR, LÍBANOS, MORIÁ, NEBO, OLIVEIRAS, Perazim (Baal-Perazim), PISGA, SEIR, SIÃO, SINAI ou Horebe, TABOR. Outros montes: Efrom (Js 15.9), Halaque (Js 11.17, RA; RC, Calvo), Jearim (Js 15.10), Sefar (Gn 10.30), Salmom (Jz 9.48), Zemaraim (2Cr 13.4).



MONTE DO SENHOR

V. SIÃO, MONTE (Sl 24.3).



MONTE, O

V. SIÃO, MONTE (Ez 17.23).



MONTE SANTO

V. SIÃO, MONTE (Sl 3.4).



MONTÊS

Que vive nos montes (Dt 14.5).



MONTESINHO

MONTÊS (Sl 104.18, RA).



MONTURO

Monte de lixo (Sl 113.7); lixão (Ne 2.13).



MONTURO, PORTA DO

Porta de Jerusalém que levava ao lixão (Ne 2.13).



MONUMENTO

Pedra ou construção que tem com objetivo manter a lembrança de uma pessoa ou acontecimento (2Rs 23.17).



MORASTITA

V. MIQUÉIAS.



MORCEGO

Animal mamífero parecido com um ratinho mas que voa. Era IMPURO (Lv 11.19).



MORDAÇA

Pano amarrado sobre a boca de uma pessoa para impedir que ela fale ou grite (Sl 39.1, RA).



MORDECAI [Pequeno Marduque, deus babilônico]

Primo e pai adotivo de ESTER, que havia sido deportado de Judá para Susã (Et 2.5-7).



MORDOMIA

Administração (Lc 16.2, RC).



MORDOMO

Pessoa encarregada da administração de uma casa; administrador (Gn 39.4-8, RA; Lc 12.42).



MORIÁ [Javé Provê]

Local onde Abraão deveria sacrificar seu filho Isaque e, provavelmente, o monte sobre o qual foi construído o templo de Salomão (Gn 22.2; 2Cr 3.1).



MORRÃO

TORCIDA (Mt 12.20, RC).



MORTAL

1) Que está sujeito à morte (Is 51.12; 1Co 15.53).

2) O ser humano (Sl 56.4, RA).

3) Que produz a morte (Is 38.1).

MORTANDADE

MATANÇA (Sl 91.6).



MORTE

1) O fim da vida natural, que resultou da QUEDA em pecado (Gn 2.17; Rm 5.12). É a separação entre o espírito ou a alma e o corpo (Ec 12.7). Para os salvos, a morte é a passagem para a vida eterna com Cristo (2Co 5.1; Fp 1.23).

2) No sentido espiritual, morte é estar separado de Deus (Mt 13.49-50; 25.41; Lc 16.26; Rm 9.3), e a segunda morte é estar separado de Deus para sempre (Ap 20.6,14).

MORTICÍNIO

MATANÇA (1Sm 4.17, RA).



MORTIÇO

Amortecido (Dt 28.65, RA).



MORTÍFERO

Que mata (Jr 9.8).



MORTIFICAÇÃO

Sofrimento de morte (2Co 4.10, RC).



MORTIFICAR

Matar (Rm 8.13).



MORTO, MAR

Grande lago salgado, situado no sul da Palestina, no qual deságua o rio Jordão (Ez 47.8, RA). Também é chamado de mar Salgado (Gn 14.3, RA; RC, de Sal), mar da ARABÁ (Dt 3.17, RA; RC, da Campina), mar do Oriente (Ez 47.18) e o Mar (Ez 47.8, RC). Fica a 26 km para o leste de Jerusalém e tem, aproximadamente, 85 km de comprimento e 16 km de largura. Seu nível se conserva pela evaporação rápida. Tem 26% de sais, sendo quatro vezes mais salgado do que os oceanos. Encontra-se a 393 m abaixo do nível do mar Mediterrâneo, e a sua profundidade é de 400 m em quase toda a sua extensão.



MORTOS, EVOCAÇÃO DOS

V. NECROMANCIA.



MORTOS, MUNDO DOS

V. MUNDO DOS MORTOS.



MOSAICO

Pavimento feito de pequenas pedras ou ladrilhos, formando desenhos (1Cr 29.2, RA).



MOSTARDA

Semente de mostardeira. Quando é moída, produz um pó amarelo que serve como tempero ou como medicamento (Mt 13.31).



MOSTO

Vinho novo (Gn 27.28; Am 9.13).



MOTEJO

Zombaria (1Rs 9.7).



MOTEJAR

Zombar (Sl 73.8, RA).



MOTIM

Revolta (Ed 4.19, RA).



MUGIDO

A voz do boi e da vaca (Jr 9.10).



MULHERINHA

Mulher MALDIZENTE (2Tm 3.6, RA).



MULO/A

Animal resultante do cruzamento de jumento com égua ou de cavalo com jumento (2Sm 13.29; 1Rs 1.33).



MULTIFORME

Que tem rica variedade (Jó 11.6).



MUNDO

1) A terra (Sl 24.1).

2) O conjunto das nações conhecidas (1Rs 10.23, RA).

3) A raça humana (Sl 9.8; Jo 3.16; At 17.31).

4) O universo (Rm 1.20).

5) Os ímpios e maus, que se opõem a Deus (Jo 15.18) e têm o Diabo como seu chefe (Jo 12.31).

6) Os habitantes do Império Romano (Lc 2.1).

MUNDO DOS MORTOS [hebr. sheol]

De acordo com o pensamento dos israelitas antigos, um abismo escuro e silencioso situado nas profundezas da terra, para onde todas as pessoas iam depois de morrer. V. SHEOL e REINO DOS MORTOS.



MURALHA

Grande muro que cercava certas cidades (1Rs 3.1; 2Co 11.33).



MURMURAR

Censurar ou reclamar em voz baixa (Êx 15.24; Lc 15.2).



MURRO

Soco (Mt 26.67, RA).



MURTA

Pequeno ARBUSTO de folhas pequeninas e flores perfumosas, usado para fazer cercas vivas. É símbolo de coisas belas e agradáveis (Is 55.13).



MÚSICA

A arte de combinar agradavelmente os sons. Existe desde os tempos mais antigos (Gn 4.21). Usava-se música para comemorar vitórias (Êx 15.1-21; Jz 5) e em outras ocasiões, como festas (2Sm 19.35), casamentos (Jr 7.34) e enterros (Mt 9.23). Às vezes era acompanhada de dança (Êx 15.20; 1Sm 18.6-7; Mt 11.17). Davi e Salomão contribuíram para o desenvolvimento da música coral e instrumental em Israel (1Cr 6.31-48; 16; 2Cr 29.25). Usavam-se instrumentos de cordas (HARPA, LIRA, SALTÉRIO); de sopro (FLAUTA, GAITA, ÓRGÃO, TROMBETA de metal ou de chifre [BUZINA]); e de percussão (ADUFE, CÍMBALO, CÍTARA, PANDEIRO, TAMBOR, TAMBORIL, TAMBORIM). O canto, tanto na forma uníssona como coral, e a música instrumental tinham seu lugar nos cultos e na vida religiosa do povo de Deus do AT e do NT (1Cr 16.4-7,37; Is 51.3; Mt 26.30; Ef 5.19; Cl 3.16). V. HINO.



MUTE-LABEN

Provavelmente o nome de uma melodia (Sl 9, título, RC; RA, A morte para o filho).



MUTILAR

Cortar um MEMBRO 1, do corpo (Gl 5.12, RA).



MUTUCA

Inseto parecido com a mosca, mas maior, que se alimenta do sangue de animais (Jr 46.20, RA).



N

NAAMÃ [Agradável]

Comandante do exército da Síria. Ele era leproso, mas foi curado por milagre (2Rs 5).



NAAMATITA

Morador de uma região desconhecida, de onde era ZOFAR (Jó 2.11).



NAÁS [Oráculo]

Nome de dois reis AMONITAS, um do tempo de Saul e outro do tempo de Davi (1Sm 11.1-2; 2Sm 10.2).



NAASSOM [Oráculo]

Um dos antepassados de Davi, que foi líder da tribo de Judá no deserto, sendo sua irmã a esposa de Arão (Rt 4.20; Nm 1.7; Êx 6.23).



NABAL [Tolo]

Marido de ABIGAIL (1Sm 25).



NABATEUS

Povo árabe que no final dos tempos do AT ocupou as regiões de Edom e de Moabe, chegando seu território, na época do NT, até o rio Eufrates. É mencionado nos livros APÓCRIFOS. Sua capital era Petra.



NABONIDO

Último rei do Império Neobabilônico (556-539 a.C.). Seu filho Belsazar era co-regente com ele desde o terceiro ano de seu reinado (Dn 5; 7.1; 8.1).



NABOPALASSAR

Primeiro rei do Império Neobabilônico (626-605 a.C.). Comandou a vitória sobre o Império Assírio em 612 a.C. (Sf 2.13-15; Naum).



NABOTE [Superioridade]

Israelita que, por causa da posse de uma VINHA, foi morto por JEZABEL (1Rs 21; 2Rs 9.21-37).



NABUCODONOSOR [NEBO, Protege o Teu Servo]

Rei do Império Neobabilônico (605-562 a.C.). Em 587 ou 586 ele destruiu Jerusalém e levou o povo de Judá para o CATIVEIRO (2Rs 25.1-22). Seu nome é mencionado várias vezes em Jr, Ez e Dn.



NAÇÕES

Designação geral dos povos não-israelitas (Êx 34.24; Lc 24.47). “Nação”, no singular, é usado também para Israel (Gn 12.2; Êx 19.6).



NADABE [Disposto]

1) Filho de Arão. Ele se tornou sacerdote, mas foi morto junto com seu irmão quando ambos ofereciam culto estranho a Deus (Êx 6.23; 28.1; Lv 10.1-7, v. ABIÚ).

2) Segundo rei de Israel, que reinou 2 anos, em 910 e 909 a.C., depois de Jeroboão I, seu pai (1Rs 14.20; 15.25-31).

NÁDEGAS

O assento (2Sm 10.4).



NAFTALI [Luta]

1) Sexto filho de Jacó (Gn 30.8).

2) Uma das 12 TRIBOS do povo de Israel, formada pelos descendentes de NAFTALI 1, (Nm 1.43; Js 19.32-39).

NAIM

Cidade da Galiléia em cujo portão Jesus ressuscitou um jovem (Lc 7.11-17).



NÃO-MEU-POVO

V. LO-AMI (RA: Os 1.9; 2.23).



NAOR [Perfurador]

1) Antepassado de Abraão (Gn 11.22-25).

2) Irmão de Abraão e avô de Rebeca (Gn 11.26-29; 22.20-24).

NARCISO

Erva de folhas longas e estreitas que produz flores grandes, brancas e perfumadas (Is 35.1, RA).



NARDO

Planta de cujo caule e raízes se prepara um perfume muito caro (Jo 12.3).



NARINA

Cada uma das fossas do nariz (Gn 2.7, RA).



NARRAR

Contar; relatar (Sl 48.13).



NASCENÇA

Nascimento (Jo 9.1).



NASCENTE

1) LESTE (Is 45.6). V. POENTE.

2) Fonte de água (Os 13.15).

NASCIMENTO, NOVO

Mudança operada pelo Espírito Santo no coração de uma pessoa que, levada à fé salvadora, abandona o pecado e passa a viver uma nova vida voltada para Deus e para o próximo (Jo 3.3-7; 1Jo 2.29; 3.9; 4.7; 5.1,4,18). V. CONVERSÃO.



NATÃ [Doador]

1) Filho de Davi e antepassado de Jesus (2Sm 5.14; Lc 3.31).

2) Profeta que viveu durante os reinados de Davi e Salomão (2Sm 7; 12; 1Rs 1).

NATALÍCIO

O dia do nascimento (Mt 14.6).



NATANAEL [Dádiva de Deus]

DISCÍPULO de Jesus. Era de Caná da Galiléia (Jo 1.45-51; 21.2), sendo identificado com BARTOLOMEU.



NATURAL

1) Que pertence ou vem de uma certa localidade, onde nasceu ou reside (Êx 12.19; At 4.36).

2) Normal; de acordo com a NATUREZA 1; próprio (Rm 1.26-27; Jd 10, RA).

3) Perecível, sujeito à morte (1Co 15.44-46, RA).

4) Que não tem o Espírito Santo; que não é convertido (1Co 2.14).

NATUREZA

1) O caráter íntimo de uma pessoa ou coisa (Rm 1.26; 2.14, RA; 1Co 11.14).

2) Por natureza: fisicamente (Rm 2.27).

NAU

Navio (Nm 24.24; Sl 48.7).



NAUFRAGAR

Fracassar (1Tm 1.19, RA)



NAUFRÁGIO

Ato de afundar (2Co 11.25).



NAUM [Compassivo]

Profeta que viveu na mesma época de Habacuque e de Sofonias. Autor do livro que leva seu nome (Na 1.1). V. NAUM, LIVRO DE.



NAUM, LIVRO DE

Um dos Profetas Menores (v. LIVROS PROFÉTICOS DO AT). Em linguagem poética, Naum descreve a queda de Nínive, a capital da Assíria, que foi conquistada pelos babilônios em 612 a.C. Ele vê a queda de Nínive como o castigo que Deus manda sobre um povo perseguidor e cruel.



NAVALHA

Instrumento que consta de uma lâmina afiada, usado para fazer a barba ou para cortar o cabelo (Is 7.20).



NAVEGAR

Viajar em EMBARCAÇÃO (Lc 8.23).



NAZARÉ

Cidade localizada no sul da Galiléia. Ali Jesus cresceu e ali vivia a sua família (Lc 1.26-27; 2.4,51; 4.16).



NAZARENO

1) Natural ou morador de NAZARÉ (Mt 2.23).

2) Nome que os judeus no início davam aos cristãos (At 24.5).

NAZIREU

Israelita, homem ou mulher, que fazia voto de dedicação ao serviço de Deus por algum tempo ou por toda a vida (Nm 6.1-21).



NEÁPOLIS

Porto de Filipos. Ficava 16 km longe da cidade (At 16.11).



NEBATE [Aparência ? Cultivo ?]

Pai de JEROBOÃO I (1Rs 11.26).



NEBLINA

Nuvem de cerração fina que se forma próxima do chão; nevoeiro (Gn 2.6, RA).



NEBO

1) Um dos montes mais elevados da região montanhosa de ABARIM, na terra de Moabe, de onde Moisés, antes de morrer, pôde ver a terra de Canaã (Dt 32.49; 34.1-6).

2) Cidade de Moabe próxima do monte NEBO 1, (Jr 48.1).

3) Deus babilônico (Is 46.1).

NEBUZARADÃ [Nebo Deu Semente]

Comandante do exército de Nabucodonosor na conquista de Jerusalém (2Rs 25.8-20; Jr 52.12-30). Jeremias ficou aos cuidados de Nebuzaradã, que o deixou ficar em Judá (Jr 39.11-14; 40.1-6).



NECEDADE

Falta de juízo (Pv 1.22, RA).



NECESSIDADE

1) Aquilo que é preciso, indispensável (Dt 15.8).

2) Carência; miséria (Mc 2.25; Lc 15.14).

NECESSITADO

Aquele que padece NECESSIDADE 2, (Dt 15.11; At 4.34).



NECO

Faraó do Egito (609-595 a.C.). Derrotou o rei JOSIAS em Megido (2Rs 23.29; 2Cr 35.20-24), mas depois foi derrotado por Nabucodonosor em Carquemis (2Rs 24.7).



NECROMANCIA

Forma de MAGIA em que se procura revelar o futuro e obter conhecimentos ocultos por meio de consulta a pessoas mortas (1Sm 28.8, RA). Necromantes enganavam seus consulentes através de mudança da voz (Is 8.19; 29.4). V. ADIVINHAÇÃO.



NECROMANTE

Pessoa que pratica a NECROMANCIA (Lv 19.31, RA).



NÉDIO

De pele lustrosa (Dt 32.15, RA).



NEEMIAS [Javé Conforta]

Judeu, copeiro de ARTAXERXES 2. Neemias liderou um grupo que voltou do CATIVEIRO para Jerusalém, onde foi governador e realizou reformas. Foi um homem de habilidade, coragem e ação. Em tudo dependia de Deus, a quem constantemente recorria em oração. V. NEEMIAS, LIVRO DE.



NEEMIAS, LIVRO DE

Livro que relata as atividades de Neemias e de outros líderes em Jerusalém, depois do retorno do CATIVEIRO (caps. 1—2). Suas atividades envolveram a reconstrução das muralhas de Jerusalém (caps. 3—7), a renovação da ALIANÇA 1, (caps. 8—10), e reformas políticas e sociais (caps. 11—13). V. também ESDRAS, LIVRO DE.



NEGINOTE

Termo musical que aparece no título de vários salmos, na RC (4; 6; 54; 55; 61; 67 e 76), indicando que o salmo deveria ser acompanhado “com instrumentos de cordas” (RA).



NEGLIGENTE

Relaxado; preguiçoso (Pv 18.9).



NEGRIDÃO

Escuridão (Jd 13, RA).



NEGRUME

Escuridão; tristeza (Sf 1.15, RA).



NEGRURA

NEGRIDÃO (Jd 13, RC).



NEGUEBE

Região desértica situada no sul de Canaã (Gn 20.1, RA; RC, sul).



NEILOTE

Termo que aparece apenas no título do Salmo 5, na RC. Talvez queira dizer “para flautas” (RA).



NEÓFITO

Convertido há pouco tempo (1Tm 3.6).



NERGAL

Divindade babilônica da destruição e da desgraça, associada ao planeta Marte (2Rs 17.30).



NERGAL-SAREZER [Nergal Proteja o Príncipe]

Príncipe babilônico, genro de Nabucodonosor (Jr 39.3-13).



NERO

Imperador que governou o Império Romano de 54 a 68 d.C. Matou muitos cristãos, acusando-os de terem incendiado Roma em 64 d.C. Segundo a tradição, os apóstolos Pedro e Paulo foram mortos durante o seu governo. Nero é o CÉSAR mencionado em At 25.11 e Fp 4.22. V. SINAL DA BESTA.



NÉSCIO

Ignorante; tolo (Lc 24.25).



NETINEUS

Grande grupo de servos do Templo (RC: 1Cr 9.2; Ed 2.43-58).



NETOFATITA

Morador de Netofa, povoado de Judá, localizado cinco km ao sul de Jerusalém (1Cr 2.54).



NEUSTÃ [Serpente de Bronze]

Nome dado à serpente de metal que Moisés fez no deserto e que, mais tarde, os israelitas adoraram (Nm 21.9; 2Rs 18.4).



NEVE

Partículas ou flocos de gelo que, especialmente no inverno, caem do céu como a chuva, formando no chão uma camada de gelo fofo de cor muito branca (2Sm 23.20; Is 1.18).



NÉVOA

NEBLINA fraca (Is 44.22).



NIBAZ

Um deus adorado em Samaria (2Rs 17.31).



NICANOR

Um dos sete escolhidos pela Igreja de Jerusalém para administrar a distribuição de auxílio aos necessitados (At 6.5).



NICHO

Pequena caixa em forma de templo, em que se colocava uma imagem (At 19.24).



NICODEMOS [Vitorioso Sobre O Povo ? Sangue Inocente ?]

FARISEU, membro do SINÉDRIO, que procurou Jesus à noite e, depois, o defendeu diante do Sinédrio (Jo 3; 7.32-52). Ele contribuiu com as ESPECIARIAS para o embalsamamento do corpo de Jesus (Jo 19.39-42).



NICOLAÍTAS

Seguidores de uma seita que perturbavam as igrejas de Éfeso e de Pérgamo. Comiam alimentos sacrificados a ídolos e entregavam-se aos prazeres carnais (Ap 2.6-15).



NICOLAU

PROSÉLITO de Antioquia, um dos sete escolhidos pela Igreja de Jerusalém para administrar a distribuição de auxílio aos necessitados (At 6.5).



NÍGER

V. SIMEÃO 4, (At 13.1).



NILO

Rio da África que nasce no lago Vitória e corre para o norte por 6.500 km, atravessando todo o Egito até o mar Mediterrâneo. Antes de chegar ao mar, o Nilo se abre em vários braços, formando um delta (Is 19.5-9, RA). Na Bíblia é também chamado de “o rio” e “rio do Egito” (Êx 2.3; Js 15.47). O Nilo está ligado à história do ÊXODO (Êx 2.3-10; 7.14-25).



NINHADA

Os filhotes no ninho (Dt 32.11, RA).



NÍNIVE

Uma das mais antigas cidades do mundo, fundada por NINRODE (Gn 10.11). Durante vários séculos foi a capital dos assírios. Foi destruída pelos babilônios em 612 a.C. JONAS 1, foi enviado a Nínive para tentar convertê-la (Jn 1.2), e NAUM anunciou a sua queda.



NINIVITA

Natural ou morador de NÍNIVE (Mt 12.41).



NINRODE

Um dos descendentes de CAM 1. Foi caçador e fundador de cidades e de reinos (Gn 10.8-12).



NISÃ

V. CALENDÁRIO 1.



NISROQUE

Talvez Nusku, o deus do fogo adorado na MESOPOTÂMIA (Is 37.38).



NÔ, NÔ-AMOM [Cidade do Deus Amom]

Nome antigo da cidade de Tebas, a capital do Alto Egito. Ocupava os dois lados do Nilo e estava localizada 650 km ao sul do início do delta (Jr 46.25; Na 3.8; NTLH, Tebas).



NOBE

Cidade BENJAMITA de sacerdotes, localizada ao norte de Jerusalém. No tempo de Saul o TABERNÁCULO estava em Nobe. Saul a destruiu completamente por ter abrigado Davi (1Sm 21.1-9; 22.9-19).



NOBRE

1) Príncipe; funcionário graduado do governo (1Rs 21.8).

2) Ilustre (2Sm 23.19).

3) Educado; aberto (At 17.11).

NOCIVO

Prejudicial (Lv 26.6).



NÓDOA

Mancha (2Pe 2.13).



NOÉ [Descanso]

Filho de Lameque da descendência de Sete (Gn 5.28-32). Noé era um homem JUSTO 4. Quando Deus decidiu destruir o mundo através de um DILÚVIO, ele escolheu Noé e sua família para escaparem da destruição. Durante o dilúvio, Noé e sua esposa, seus três filhos e suas esposas e muitos animais permaneceram dentro de uma ARCA que havia sido construída por Noé. Depois que as águas secaram, Noé e sua família saíram da arca e receberam de Deus a ordem e a bênção para povoarem de novo a terra. Noé viveu 950 anos (Gn 6—9).



NOEMI [Agradável]

Esposa de Elimeleque, de Belém, que se tornou sogra e conselheira de Rute (Rt 1—4).



NOFE

V. MÊNFIS (Is 19.13, RC).



NOGUEIRA

Árvore que dá nozes (Ct 6.11).



NÔMADE

Indivíduo, tribo ou povo que não permanece em lugar fixo, mas constantemente se muda para outras regiões em busca de alimento, pastagens, etc. (Jz 8.11, RA).



NOME

Palavra que designa uma pessoa ou coisa. Nos tempos bíblicos o nome, às vezes, estava relacionado com algum fato relativo ao nascimento (Gn 35.18 v. BENONI); outras vezes expressava uma esperança ou uma profecia (Os 1.6; Mt 1.21,23). Era costume, no tempo de Jesus, o judeu ter dois nomes, um hebraico e outro romano (At 13.9). Partes dos nomes de Deus entravam, às vezes, na composição dos nomes (v. ELIAS, JEREMIAS, JESUS). Na invocação do nome de Deus chama-se a sua pessoa para estar presente, abençoando (Nm 6.22-27; Mt 28.19; Ef 6.24). Tudo o que é feito “em nome” de Jesus é feito pelo seu poder, que está presente (At 3.6; 4.10-12). Na oração feita “em nome de Jesus” ele intercede por nós junto ao Pai (Jo 15.16; Rm 8.34). Em muitas passagens “nome” indica a própria pessoa (Sl 9.10).



NOMEAR

1) Escolher; indicar (Ed 5.14).

2) Mencionar (Is 14.20).

NOMES DE DEUS

V. DEUS, NOMES DE.



NORA

A mulher do filho em relação aos pais dele (Rt 1.6; Mt 10.35).



NORMA

Regra (2Tm 2.5, RA).



NOTÁVEL

1) Ilustre (Sl 16.3, RA).

2) Que chama atenção (Dn 8.5).

NOTICIAR

DIVULGAR (2Sm 1.20).



NOTIFICAR

Avisar (At 17.30, RA).



NOTÓRIO

Conhecido de todos (Mc 6.14).



NOVA

Notícia; NOVIDADE 1, (Lc 2.10).



NOVIDADE

1) Notícia recente (At 17.21).

2) Aquilo que tem caráter de novo (Rm 6.4).

3) Alimento; colheita (Js 5.12).

NOVILHO/A

Boi novo; vaca nova; bezerro/a (Êx 29.1; Is 15.5).



NOVO HOMEM

V. HOMEM 5.



NOVO MANDAMENTO

V. MANDAMENTO 3.



NOVO NASCIMENTO

V. NASCIMENTO, NOVO.



NOVO TESTAMENTO

A segunda parte da Bíblia, que começa com o Evangelho de Mateus e termina com o Apocalipse. Trata da nova ALIANÇA 1. A palavra “testamento”, quando usada para indicar as duas divisões da Bíblia, quer dizer “aliança”. O NT é a revelação de Deus para o bem de todos os povos. Jesus Cristo, o MESSIAS e SALVADOR 2, veio na PLENITUDE 4, dos tempos, e com ele teve início a IGREJA, fundada sobre o alicerce do testemunho dos APÓSTOLOS. O NT compõe-se de 27 livros, assim classificados: livros históricos (5), epístolas de Paulo (13), epístolas gerais (8) e Apocalipse (1).



NOVO TESTAMENTO GREGO

V. TEXTO DO NOVO TESTAMENTO.



NOVOS CÉUS E NOVA TERRA

Alvo final para o qual Deus conduz a história, a renovação de todas as coisas, que é a esperança dos filhos de Deus e a expectativa de toda a criação (Is 65.17; 66.22; 2Pe 3.13; Ap 21.1; Rm 8.19-23).



NUDEZ

1) Estado de quem está sem roupa (Dt 28.48; Rm 8.35).

2) “Descobrir a nudez” quer dizer “ter relações sexuais” (Lv 18.1-19; v. NTLH).

NULIDADE

Qualidade do que é NULO (Jr 2.5, RA).



NULO

Que não tem valor ou mérito nenhum (Is 59.4, RA).



NUM [Continuação]

1) Pai de Josué (Êx 33.11).

2) V. ALFABETO HEBRAICO 14.

NÚMEROS, LIVRO DE

Quarto livro do PENTATEUCO, que tem esse nome porque nele há duas contagens dos israelitas. A primeira foi feita quando saíram do Egito (cap. 1), e a outra, 40 anos mais tarde, antes de entrarem na terra de Canaã (cap. 26). Entre esses dois capítulos é contada a história da caminhada dos israelitas até Cades-Barnéia, no sul de Canaã, onde permaneceram por muitos anos, deslocando-se no final para a região montanhosa que fica a leste do rio Jordão. Essa história mostra que o povo muitas vezes ficou desanimado e com medo diante das dificuldades, revoltando-se contra Deus e contra Moisés. Mas a história mostra também a fidelidade de Deus e o seu cuidado constante para com o seu povo. Finalmente, o livro de Números fala da firmeza de Moisés, que às vezes perdia a paciência, mas sempre mostrava ter um espírito de dedicação a Deus e ao seu povo.



NUNC DIMITTIS

V. CÂNTICOS DO ADVENTO 5.



NUPCIAL

Relativo ao casamento (Mt 22.12).



NUTRIR

Alimentar (Ez 16.13).



NUVEM

Um conjunto de partículas de água ou de fumaça que se pode ver no ar (Gn 9.13; Lv 16.13; Jz 20.38). Às vezes uma nuvem era o símbolo visível da presença de Deus com seu povo, principalmente em relação ao TABERNÁCULO e ao TEMPLO (Êx 13.21; 34.5; 40.34-38; 1Rs 8.10).



O

OBADIAS [Servo de Javé]

1) Administrador da casa do rei Acabe (1Rs 18.2-16).

2) Profeta, também chamado de Abdias, que escreveu o livro que leva seu nome (Ob 1; v. OBADIAS, LIVRO DE).

OBADIAS, LIVRO DE

Quarto livro dos Profetas Menores (v. LIVROS PROFÉTICOS DO AT). Nesse livro, Obadias anuncia a destruição de EDOM 2, tendo em vista que os edomitas não somente se alegraram com a derrota dos israelitas pelos babilônios em 586 a.C., mas também ajudaram o inimigo e aproveitaram a oportunidade para SAQUEAR Jerusalém. Por causa desse pecado, os edomitas seriam castigados e derrotados junto com os outros povos que eram inimigos do povo de Deus. Israel, porém, voltaria a ser próspero e poderoso.



OBEDE [Servidor]

Filho de Boaz e Rute, e avô do rei Davi (Rt 4.17-22).



OBEDECER

Acatar ordem ou orientação (Jr 42.6; Rm 6.16-17).



OBEDE-EDOM [Servidor de Edom]

Um GETEU em cuja casa Davi colocou a arca do Senhor (2Sm 6.10-12).



OBJETAR

Contradizer (Jo 8.13, RA).



OBLAÇÃO

Oferta feita a Deus (Is 66.3).



OBRA

1) Feito realizado por Deus ou por uma pessoa; trabalho (Gn 2.2; Êx 20.9; Mt 5.16).

2) Trabalho de ARTÍFICE (Êx 27.16).

OBRAR

Realizar; praticar (Jó 34.8).



OBREIA

COSCORÃO (Lv 7.12, RA).



OBREIRO

1) Trabalhador; operário (1Cr 4.21; 2Tm 2.15).

2) Pessoa que pratica ou planeja (Sl 14.4).

OBSCENO

Indecente; sujo (Cl 3.8, RA).



OBSCURECER

Escurecer (Sl 69.23, RA).



OBSEQUIAR

Tratar com agrados (Gl 4.17, RA).



OBSESSO

Louco (Jr 29.26, RC).



OBSTÁCULO

Barreira (1Co 9.12, RA).



OBSTANTE, NADA/NÃO

1) Embora (Gn 48.14, RA).

2) Todavia (Êx 6.13, RA).

OBSTINAÇÃO

Teimosia (1Sm 15.23, RA).



OBSTRUIR

Pôr impedimento (Sl 35.3, RC).



OCASO

O desaparecimento de um ASTRO no horizonte (Sl 104.19).



OCIDENTAL, MAR

V. MEDITERRÂNEO, MAR (Dt 11.24).



OCIDENTE

Lado ou parte da terra em que o sol se põe (Gn 13.14; Mt 8.11).



OCIOSO

Preguiçoso (Êx 5.8; 1Tm 5.13).



OCULAR

De vista (Lc 1.2, RA).



OCULTAR

Esconder (Gn 18.17; Mt 11.25).



ODORÍFERA, MADEIRA

V. MADEIRA ODORÍFERA.



ODRE

Vasilha feita com o couro inteiro de um animal. Servia para guardar ou transportar líquidos (Js 9.13; Mt 9.17; pronuncia-se ôdre).



OFEGANTE

Que respira rapidamente e com dificuldade (Jr 4.31).



OFEL

Uma área que ficava ao sul de Jerusalém (2Cr 27.3).



OFERENDA

Oferta. V. SACRIFÍCIOS E OFERTAS (Sl 96.8).



OFERTA

V. SACRIFÍCIOS E OFERTAS (Is 1.13).



OFICIAL-MOR

CONSELHEIRO (1Rs 4.5, RC).



OFICIAR

Realizar cerimônia religiosa (Êx 28.1, RA).



OFIR

Cidade do sudoeste da ARÁBIA, de onde se importavam ouro, prata, marfim, pedras preciosas, madeira, bugios e pavões (1Rs 9.28; 10.11; 22.49).



OGUE [Gigante]

Rei amorreu de BASÃ, derrotado pelos israelitas (Dt 3.1-13).



OLEIRO

Aquele que faz objetos de barro (Is 29.16; Rm 9.21).



ÓLEO

V. AZEITE (Sl 45.7; Hb 1.9).



OLFATO

Sentido pelo qual se percebem cheiros (1Co 12.17).



OLIVAL

Plantação de OLIVEIRAS (Dt 6.11).



OLIVEIRA

Pequena árvore que produz azeitonas (Sl 52.8; v. AZEITE).



OLIVEIRAS, MONTE DAS

Monte que ficava a leste de Jerusalém, do outro lado do CEDROM (Lc 19.29). Nas suas encostas ficavam BETFAGÉ, BETÂNIA e o GETSÊMANI.



OLMEIRO

Espécie de árvore (Is 41.19).



OLVIDAR

Esquecer (Sl 42.9, RA).



OM [Sol]

Cidade egípcia, também chamada de Heliópolis (LXX, NTLH), onde era adorado o sol (Gn 41.45).



OMBREIRA

1) Batente vertical de portas e janelas (Êx 12.7).

2) A parte da vestimenta que fica no ombro (Êx 28.25).

ÔMEGA

Última letra do alfabeto grego (Ap 1.8; v. ALFA E ÔMEGA).



ÔMER

Medida de capacidade para secos igual a 10 EFAS ou 176,2 litros, também chamada de CORO 1, (Lv 27.16; Ez 45.11).



OMOPLATA

Osso chato e triangular do ombro (Jó 31.22, RA).



ONÃ [Força]

Segundo filho de JUDÁ 1, que, por não cumprir a obrigação do LEVIRATO, foi morto por Deus (Gn 38.4-10).



ONESÍFORO [O Que Dá Lucro]

e Cristão de Éfeso, companheiro e amigo de Paulo (2Tm 1.16-18; 4.19).



ONÉSIMO [Útil; Proveitoso]

Escravo colossense que fugiu da casa de FILEMOM. Converteu-se e foi enviado de volta como irmão em Cristo (Cl 4.9; Fm 10).



ÔNICA

Uma das ESPECIARIAS que eram usadas na preparação do INCENSO sagrado. Era feita de certas conchas marinhas que eram moídas até virarem pó (Êx 30.34).



ONIPOTÊNCIA

Atributo pelo qual Deus pode tudo (Jó 42.2; Sl 91.1; Mt 19.26; Lc 1.37).



ONIPRESENÇA

Atributo pelo qual Deus está presente em toda parte (Sl 139.7-12; Jr 23.23-24; At 17.27-28).



ONISCIÊNCIA

Atributo pelo qual Deus conhece perfeita e eternamente todas as coisas passadas, presentes e futuras (Sl 147.5; Pv 15.11; Is 46.10).



ÔNIX

Variedade de CALCEDÔNIA ou de ÁGATA, com camadas paralelas de diferentes tons (Jó 28.16).



ONRI [Javé Distribui ? Impetuoso ?]

General que se tornou o sexto rei de Israel. Reinou mal durante 12 anos (885-874 a.C.), em lugar de Zinri (1Rs 16.15-28).



ONZENA

Juro de 11%; USURA (Pv 28.8, RC).



OOLÁ [Sua Barraca]

Na parábola de Ez 23, a mulher que representa Samaria, o Reino do Norte. Ela e sua irmã OOLIBÁ, que representa Jerusalém e o Reino do Sul, foram acusadas de serem infiéis a Javé.



OOLIBÁ [A Minha Barraca Está Nela]

e V. OOLÁ (Ez 23).



OPERAR

1) Realizar (1Co 12.6).

2) Trabalhar (Gl 2.8).

3) Governar (Dn 4.35).

OPORTUNIDADE

Ocasião favorável (Fp 4.10).



OPORTUNO

Que vem no tempo certo (Sl 104.27, RC; Hb 4.16).



OPRESSÃO

Perseguição; exploração (Sl 12.5; Is 10.1, RA).



OPRÓBRIO

1) Estado de profundo rebaixamento, desonra e vergonha (Jó 19.5; Is 30.5).

2) Insulto (Sl 69.20, RA).

OPULÊNCIA

Muita riqueza (Ap 18.19).



ORAÇÃO

Uma aproximação da pessoa a Deus por meio de palavras ou do pensamento, em particular ou em público. Inclui confissão (Sl 51), adoração (Sl 95.6-9; Ap 11.17), comunhão (Sl 103.1-8), gratidão (1Tm 2.1), petição pessoal (2Co 12.8) e intercessão pelos outros (Rm 10.1). Para ser atendida, a oração requer purificação (Sl 66.18), fé (Hb 11.6), vida em união com Cristo (Jo 15.7), submissão à vontade de Deus (1Jo 5.14-15; Mc 14.32-36), direção do Espírito Santo (Jd 20), espírito de perdão (Mt 6.12) e relacionamento correto com as pessoas (1Pe 3.7).



ORAÇÃO DE AZARIAS

Acréscimo APÓCRIFO ao livro de Daniel. São 27 versículos que ficam entre Dn 3.23 e 3.24). É uma confissão em forma de salmo, feita por Azarias quando estava dentro da fornalha.



ORAÇÃO DE MANASSÉS

Salmo PSEUDEPIGRÁFICO, escrito aí pelo século II d.C. por autor desconhecido, a fim de completar 2Cr 33.18. A VULGATA Sixto-Clementina a publicou em apêndice. As Bíblias católicas modernas a omitem.



ORAÇÃO DOMINICAL

V. PAI-NOSSO.



ORÁCULO

1) A mensagem de Deus revelada no AT (RA: Rm 3.2; Hb 5.12; 1Pe 4.11).

2) Resposta que, por meio de augúrios, os pagãos esperavam receber de divindade, consultada em momentos de indecisão (Ez 21.21-23, RA; v. NTLH).

ÓRBITA

1) Caminho percorrido por um ASTRO que gira ao redor de outro (Jz 5.20, RA).

2) Cada um dos dois buracos da face em que se localizam os olhos (Zc 14.12).

ORDENANÇA

Regulamento (Ef 2.15).



ORDENAR

1) Pôr em ordem (Gn 14.8).

2) Dar ordem (Mt 15.4).

ORFA [Pescoço; Juba]

A nora de Noemi que ficou em Moabe (Rt 1.14).



ÓRGÃO

Parte do corpo que tem uma função especial (Tg 3.5, RA).



ORGIA

Farra (Rm 13.13, RA).



ORGULHO

Exagerada auto-estima, acompanhada de desprezo pelos outros (Jr 48.29; 2Co 12.20). ARROGÂNCIA.



ORIENTAL, MAR

V. MORTO, MAR (Jl 2.20).



ORIENTE

LESTE (Gn 2.14; Mt 2.2).



ORIENTE MÉDIO

Região em que estavam situadas muitas nações do mundo bíblico. Compreende as terras do sudoeste da Ásia e do nordeste da África, desde o Mediterrâneo oriental até os limites do Irã.



ÓRION

Constelação cujas estrelas mais brilhantes são as Três Marias (Jó 9.9).



ORIUNDO

Que vem de (Sl 68.29, RA).



ORLA

A parte inferior da CAPA ou da TÚNICA; barra (Mt 9.20).



ORNÃ

V. ARAÚNA (1Cr 21.15).



ORNAMENTO

ENFEITE (Is 49.18; v. JÓIA).



ORUGA

LAGARTA (Jl 2.25, RC).



ORVALHO

Pequenas gotas de água que aparecem à noite sobre superfícies frias (Sl 133.3).



OSCILAR

Balançar (Jó 28.4, RA).



ÓSCULO

BEIJO (Rm 16.16).



OSÉIAS [Salvação]

1) Décimo nono e último rei de Israel. Reinou 9 anos (732-723 a.C.). Foi dominado por SALMANESER V, da Assíria, que tomou Samaria em 721 a.C. (2Rs 17.1-6).

2) Profeta que anunciou a mensagem de Deus ao povo de Israel, o Reino do Norte, no tempo de JEROBOÃO II (Os 1.1). Isso foi depois de AMÓS e antes da tomada de Samaria pelos assírios em 721 a.C. V. OSÉIAS, LIVRO DE.

OSÉIAS, LIVRO DE

Livro que contém as mensagens de OSÉIAS para o povo de Israel, que, por causa da IDOLATRIA, ia ser castigado por Deus. Mas Deus não os abandonaria e estaria sempre pronto para salvá-los. A experiência dolorosa do profeta com a sua esposa levou-o a descrever o relacionamento entre Deus e o povo de Israel como o de um marido fiel com a sua esposa infiel. Israel se tornou infiel quando começou a adorar ídolos e deuses falsos. Por isso, Deus ficou irado e vai castigar o seu povo. Mas o seu amor não tem fim, e ele não rejeitará o seu povo para sempre (11.8).



OSNAPAR [Osnap, o Grande]

Rei da Assíria, também chamado de Assurbanipal (NTLH), que deportou estrangeiros para Samaria (Ed 4.10). Reinou de 668 a 630 a.C. Amante da cultura, fundou uma grande biblioteca.



OSSADA

Esqueleto (Jó 40.18, RC).



OSTENTAR

Mostrar-se com orgulho (2Ts 2.4, RA).



OTNIEL [Deus É Força]

Sobrinho de CALEBE. Conquistou Debir (Js 15.13-19) e foi o primeiro JUIZ 2, livrando o povo do domínio do rei da Mesopotâmia (Jz 3.7-11).



OURELA

Aba; ORLA (Ez 16.8, RC).



OURIÇO

Pequeno animal que tem o corpo coberto de espinhos (Sf 2.14).



OURIVES

ARTÍFICE que faz objetos de ouro e de prata (Is 40.19; At 19.24).



OUSADIA

Coragem (2Co 3.12).



OUTEIRO

COLINA (Sl 65.12).



OUTORGAR

Dar (Rm 5.5; 15.15, RA).



OUTREM

Outra(s) pessoa(s) (Pv 5.9, RA).



OUTRORA

Antigamente (Rm 11.30, RA).



OVELHA

Fêmea do CARNEIRO (Is 53.6-7).



P

PACIÊNCIA

Capacidade de sofrer ou suportar com calma e sem reclamar (2Co 1.6).



PACIFICADOR

Aquele que trabalha para promover a paz entre as pessoas (Mt 5.9).



PACÍFICO

1) Que ama a paz; sossegado (Gn 34.21; Tg 3.17).

2) De paz entre Deus e as pessoas (Lv 3.6).

PACTO

V. ALIANÇA.



PACTUAR

Combinar (At 23.21, RA).



PADÃ-ARÃ

V. MESOPOTÂMIA (Gn 25.20).



PADEJAR

Ato de separar da palha os grãos, depois de DEBULHADOS, jogando-os no ar com pás; os grãos do CEREAL caíam na EIRA, e o vento espalhava a palha (Is 41.16; v. AGRICULTURA).



PADRÃO

Modelo que serve de norma (1Tm 4.12, RA).

omeçava logo em seguida à PÁSCOA e durava sete dias, de 15 a 21 de NISÃ. Nela se comemorava a libertação da escravidão no Egito e só se fazia pão sem fermento (Êx 12.14-20).

PÃES DA PRESENÇA DE DEUS

V. PÃES DA PROPOSIÇÃO.

PÃES DA PROPOSIÇÃO

Os 12 pães, cada um pesando dois quilos, que eram arrumados em duas pilhas sobre uma mesa que ficava no SANTO LUGAR. Eles representavam a ALIANÇA das 12 tribos com Javé. Eram trocados no sábado, sendo os pães velhos comidos pelos sacerdotes (Lv 24.5-9; Êx 25.30).



PAFOS

Capital da ilha de Chipre, cujo governador se converteu pela mensagem de Paulo e por um milagre (At 13.6-12).



PAGA

Salário (Lv 19.13).



PAI

Maneira de falar de Deus e com Deus. No AT Deus tratava o povo de Israel como seu filho (Êx 4.22; Dt 1.31; 8.5; Os 11.1). Jesus chamava Deus de “Pai” (Jo 5.17). Ele ensinou que todos aqueles que crêem nele são filhos de Deus (Jo 20.17). Ver também Mt 6.9 e Rm 8.15.



PAINEL

Espécie de tapume de madeira ou de outro material (1Rs 7.28-36, RA).



PAI-NOSSO

A oração modelo ensinada por Jesus (Mt 6.9-13; Lc 11.2-4). Ela se divide em duas partes. Na primeira, após a invocação, há três petições referentes a Deus: ao seu ser, ao seu Reino e à sua vontade. Na segunda parte, as petições são feitas na primeira pessoa do plural (“nós”), pois o cristão ora como membro de uma comunidade de salvos. Ele pede alimento, perdão e vitória na tentação. A DOXOLOGIA final foi acrescentada pela Igreja primitiva, refletindo a oração de Davi registrada em 1Cr 29.11-13.



PAIRAR

Parar no espaço, no alto (Nm 9.18, RA).



PAIXÃO

Inclinação emocional intensa e descontrolada (Rm 1.26; 7.5).



PALADAR

1) Gosto (Sl 119.103).

2) Céu da boca (Sl 137.6).

PALANQUIM

Cadeirinha coberta, que é carregada por meio de VARAIS (Ct 3.9).



PALAVRA

1) Expressão, falada ou escrita, de pensamento (Sl 5.1; Ap 21.5).

2) Mensagem de Deus (Jr 1.4; Rm 3.2, RC).

3) As Escrituras Sagradas do AT, especialmente a LEI 2, (Sl 119).

4) A mensagem do evangelho (Gl 6.6).

5) O VERBO (Jo 1.1, NTLH). Jesus é mais do que expressão falada: ele é Deus em ação, criando (Gn 1.3), se revelando (Jo 10.30) e salvando (Sl 107.19-20; 1Jo 1.1-2).

PALAVRAS DA CRUZ, AS SETE

1) “Pai, perdoa-lhes” (Lc 23.34).

2) “Hoje estarás comigo no paraíso” (Lc 23.43).

3) “Mulher, eis aí o teu filho (Jo 19.26)... Eis aí tua mãe” (Jo 19.27).

4) “Eli, Eli, lemá sabactâni” (Mt 27.46).

5) “Tenho sede” (Jo 19.28).

6) “Está consumado” (Jo 19.30).

7) “Pai, nas tuas mãos entrego o meu espírito” (Lc 23.46).

PALAVRÓRIO

Muitas palavras sem valor (Jó 11.2, RA).



PALESTINA

Nome de CANAÃ 2, a Terra Santa (Zc 2.12), prometida por Deus aos patriarcas hebreus e aos seus descendentes (Dt 6.10; Sl 37.3). Essa região fica entre o Líbano ao norte e o Neguebe ao sul, e entre mar Mediterrâneo a oeste e os desertos da Síria e de Moabe a leste. Inclui atualmente os estados de Israel, Jordânia e Egito.



PALHA

Capa dos CEREAIS que é separada deles ao serem DEBULHADOS (Mt 3.12).



PALHOÇA

CHOÇA (Is 1.8, RA).



PALMO

Medida de comprimento igual a 22,2 cm (Êx 28.16). É a distância entre a ponta dos dedos polegar e mínimo da mão aberta. É a metade do CÔVADO. Em Ezequiel o palmo mede 25,9 cm.



PALPÁVEL

Que se pode tocar (Hb 12.18, RA).



PÁLPEBRA

Pele com cílios que protege as partes superior e inferior do olho (Pv 30.13).



PALPITAR

Bater (Gn 45.26, RA).



PALRADOR

Falador (Pv 10.8, RC).



PÂNDEGA

Folia; ORGIA (Am 6.7, RA).



PANDEIRO

Instrumento musical que consta de um aro circular de madeira em que se localizam pequenos discos metálicos e que é coberto por uma pele esticada. É batido com a mão e chacoalhado (2Sm 6.5, RA).



PANFÍLIA

PROVÍNCIA romana situada ao sul da GALÁCIA. Fazia parte da ÁSIA MENOR (At 13.13; 14.24-25).



PANO DE SACO

V. SACO e CILÍCIO (Sl 35.13, RA).



PÂNTANO

Brejo; atoleiro (Ez 47.11, RA).



PÃO

1) Alimento feito de farinha, água e fermento e assado no forno (Jo 6.9).

2) Alimento (Gn 3.19).

3) Alimento espiritual (Jo 6.31-35).

PÃO ASMO

Pão feito sem fermento e comido durante certas festas religiosas (v. ASMO e PÃES ASMOS, FESTA DOS). O FERMENTO é símbolo do pecado (1Co 5.7-8).



PAPIRO

1) Planta de haste longa, encontrada nas margens de rios e de lagoas e nos alagadiços. Era usada para fazer esteiras, cestos, sandálias e barcos (Is 18.2, RA).

2) Nos tempos antigos, material folheado feito dessa planta, sobre o qual se escrevia. O papiro era parecido com o papel grosso de hoje. Foi usado inicialmente no Egito, mas depois passou para a Palestina e para outras regiões. Muitos livros da Bíblia foram escritos em papiro. Os livros de papiro, como os de PERGAMINHO, tinham a forma de rolo (Sl 40.7; 2Tm 4.13). O livro com páginas, o CÓDICE, foi inventado no segundo século d.C.

PARÃ

Deserto, monte e localidade situados no centro da península do Sinai (Gn 21.21; Dt 1.1; 33.2).



PARÁBOLA

Geralmente história curta e, às vezes, comparação, baseada em fatos reais com o fim de ensinar lições de sabedoria, de moral ou de religião. No AT encontram-se algumas parábolas: 2Sm 12.1-4; 14.6-7; Is 5.1-7; Ez 19.1-9; cap. 23; 24.1-14. São 44 as parábolas de Jesus registradas nos Evangelhos, alistadas a seguir em ordem alfabética: o administrador desonesto (Lc 16.1-9); o amigo importuno (Lc 11.5-8); as bodas (Mt 22.1-14); o bom samaritano (Lc 10.29-37); a casa vazia (Mt 12.43-45); coisas novas e velhas (Mt 13.51-52); o construtor de uma torre (Lc 14.28-30); o credor incompassivo (Mt 18.23-35); o dever dos servos (Lc 17.7-10); as dez virgens (Mt 25.1-13); os dois alicerces (Mt 7.24-27); os dois devedores (Lc 7.40-43); os dois filhos (Mt 21.28-32); a dracma perdida (Lc 15.8-10); o fariseu e o publicano (Lc 18.9-14); o fermento (Mt 13.33); a figueira (Mt 24.32-33); a figueira estéril (Lc 13.6-9); o filho pródigo (Lc 15.11-32); a grande ceia (Lc 14.15-24); jejum e casamento (Lc 5.33-35); o joio (Mt 13.24-30,36-43); o juiz iníquo (Lc 18.1-8); os lavradores maus (Mt 21.33-46); os meninos na praça (Mt 11.16-19); a ovelha perdida (Lc 15.3-7); o pai vigilante (Mt 24.42-44); a pedra rejeitada (Mt 21.42-44); a pérola (Mt 13.45-46); os primeiros lugares (Lc 14.7-11); a rede (Mt 13.47-50); o rei que vai para a guerra (Lc 14.31-32); o remendo com pano novo (Lc 5.36); o rico e Lázaro (Lc 16.19-31); o rico sem juízo (Lc 12.16-21); o semeador (Mt 13.3-9,18-23); a semente (Mc 4.26-29); a semente de mostarda (Mt 13.31-32); o servo fiel (Mt 24.45-51); os servos vigilantes (Mc 13.33-37); os talentos (Mt 25.14-30); o tesouro escondido (Mt 13.44); os trabalhadores da vinha (Mt 20.1-16); o vinho e os odres (Lc 5.37).



PARACLETO [pronuncia-se paracléto]

V. ADVOGADO.



PARADEIRO

Lugar em que alguém vai parar (Jó 18.21, RA).



PARÁFRASE

Tradução livre de um texto, na qual o tradutor tem a liberdade de ajustá-lo aos seus pontos de vista.



PARAÍSO

O céu, morada de Deus, dos anjos e dos salvos (Lc 23.43; 2Co 12.3-4).



PARALELISMO

Forma da poesia hebraica que pode ser de três tipos:



1) No p. sinonímico a mesma idéia é expressa com outras palavras na linha ou nas linhas seguintes (Sl 1.1).

2) No p. de contraste ou antitético a segunda linha é o oposto da primeira (Sl 1.6).

3) O p. sintético tem variantes, sendo que numa delas as duas primeiras linhas são sinonímicas, e a terceira é suplementar (Sl 1.3).

PARALISAR

Fazer parar os movimentos de (Sl 76.6, RA).



PARALÍTICO

Pessoa que perdeu os movimentos, especialmente nas pernas (Mc 2.3).



PARAMENTADO

Vestido com roupas próprias para OFICIAR (Ed 3.10, RA).



PARAPEITO

Mureta que chega até a altura do peito (Dt 22.8). V. TELHADO.



PARASCEVE

DIA DA PREPARAÇÃO (Jo 19.14, RA).



PARBAR

Pátio; ÁTRIO (1Cr 26.18, RC).



PARCIALIDADE

Ato de favorecer injustamente um lado em prejuízo do outro (1Tm 5.21).



PARDAL

Pássaro de cor parda (Sl 84.3).



PÁREAS

PLACENTA (Dt 28.57, RC).



PAROLA

Conversa fiada (Jó 11.3, RA).



PAROLEIRO

TAGARELA (Ez 36.3).



PARRICIDA

Assassino do pai ou da mãe (1Tm 1.9).



PARSIM

V. MENE, MENE, TEQUEL E PARSIM (Dn 5.25).






Compartilhe com seus amigos:
1   ...   19   20   21   22   23   24   25   26   ...   34


©aneste.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
universidade federal
terapia intensiva
Excelentíssimo senhor
minas gerais
união acórdãos
Universidade estadual
prefeitura municipal
pregão presencial
reunião ordinária
educaçÃo universidade
público federal
outras providências
ensino superior
ensino fundamental
federal rural
Palavras chave
Colégio pedro
ministério público
senhor doutor
Dispõe sobre
Serviço público
Ministério público
língua portuguesa
Relatório técnico
conselho nacional
técnico científico
Concurso público
educaçÃo física
pregão eletrônico
consentimento informado
recursos humanos
ensino médio
concurso público
Curriculum vitae
Atividade física
sujeito passivo
ciências biológicas
científico período
Sociedade brasileira
desenvolvimento rural
catarina centro
física adaptada
Conselho nacional
espírito santo
direitos humanos
Memorial descritivo
conselho municipal
campina grande