Lacc – uel : Lista de Frequência e Participação



Baixar 233.03 Kb.
Página3/5
Encontro21.10.2017
Tamanho233.03 Kb.
1   2   3   4   5

SUBSTÂNCIA BRANCA

Está representado pelos feixes descendentes provenientes do cérebro; pelos feixes ascendentes que se dirigem ao cérebro; pelos feixes longitudinais mediais e feixe tegmentar, este contendo os feixes de projeção neuroquímica; além dos feixes de associação.


Mesencéfalo

O aqueduto cerebral divide o mesencéfalo em 2 partes :


Parte dorsal - TETO ou LÂMINA QUADRIGÊMEA - que consiste em :


  • Colículos superiores e inferiores;

  • Comissura posterior, que serve de limite entre o mesencéfalo e o teto do epitálamo;

  • Núcleo da comissura posterior;

  • Área pré-tectal, que fica entre os colículos superiores.

Parte ventral - PEDÚNCULO CEREBRAL - que consiste na cruz do cérebro e no tegmento separados pela substância negra.



Ponte


A ponte também é dividida em 2 partes:


  • Base ( ventral ) - núcleos pontinos e substância branca descendente;

  • Tegmento ( dorsal ) - núcleos dos nervos cranianos e formação reticular da ponte.

Bulbo


O bulbo é dividido em :


  • Parte aberta ( superior ) - é a parte cujo dorso constitui o assoalho do 4o ventrículo;

  • Parte fechada ( inferior ).


MORFOLOGIA EXTERNA ( FACE VENTRAL )


  • Tracto óptico, abraçando o mesencéfalo;

  • Substância perfurada anterior;

Mesencéfalo



  • Pedúnculos cerebrais, com a cruz do cérebro;

  • Fossa interpenduncular;

  • Núcleo oculomotor ( III ), emergindo da fossa interpenduncular;

  • Substância perfurada posterior que pode ser vista no fundo da fossa interpenduncular, faz parte da substância periaquedutal da formação reticular e contém o núcleo interpenduncular;

Ponte


  • Pedúnculo cerebelar médio, formado pela comissura transversal dos núcleos pontinos da base da ponte;

  • Nervo trigêmeo ( V ), emergindo próximo ao pedúnculo cerebelar médio;

  • Sulco basilar, preenchido pela artéria basilar;

  • Sulco bulbopontino, saída dos nervos cranianos VI ( medial ); VII motor, o mais calibroso, e sensitivo; e VIII ( lateral );

Bulbo


  • Sulco mediano;

  • Pirâmides, substância branca com o feixe corticoespinhal;

  • Olivas bulbares, proeminência formada pelo complexo olivar inferior;

  • Sulco pré-olivar, dele emerge o nervo hipoglosso ( XII );

  • Sulco retro-olivar, dele saem três nervos cranianos : o IX, mais superior; o X; e o XI, o mais inferior.


MORFOLOGIA EXTERNA ( FACE DORSAL )


  • Glândula pineal

Mesencéfalo



  • Teto ou lâmina quadrigêmea;

  • Colículos superiores e inferiores;

Ponte e bulbo



  • Assoalho do 4o ventrículo;

  • Sulco mediano posterior, com o colículo facial ( ponte );

  • Trígonos do hipoglosso e do vago;

  • Área vestibular, com orifício de Luschkas;

  • Ângulo inferior ou Obex, com a área póstrema.


CEREBELO
É o órgão modulador e regulador da atividade motora, sua localização é estratégica para realizar essas funções. Ele está localizado na fossa craniana posterior, abaixo do tentório, atrás do tronco cerebral, e forma, junto com os véus medulares superiores e inferiores, o teto do 4o ventrículo.

O cerebelo não é um órgão indispensável para a vida e sua perda não leva à paralisia, pois o cerebelo é responsável pela uniformidade e precisão do movimento e sua ausência leva a uma desorganização da atividade motora.

A tarefa motora tem que ser planejada no cérebro. As áreas do cérebro envolvidas na tarefa motora são :

 Pensamento - Área pré-frontal

 Planejamento - Área pré-motora ( área 6 )

 Execução - Área motora primária ( área 4 )

 Transporte - Sistemas motores básicos para garantir a execução da tarefa motora; são os Laterais e os Mediais.
SISTEMAS MOTORES LATERAIS - originam-se da área motora primária ( área 4 ) do córtex cerebral:
Tracto corticoespinhal - dirige-se aos motoneurônios da medula cujas fibras formam a raiz ventral motora do nervo espinhal que se vai para os músculos distais dos membros ( na mão e antebraço ), responsáveis pela habilidade.
Tracto corticorrubroespinhal - dirige-se ao núcleo rubro ( mesencéfalo ) e este emite fibras que vão até os motoneurônios da medula e daí essas fibras seguem juntas com as do tracto corticoespinhal até os músculos distais dos membros.
SISTEMAS MOTORES MEDIAIS - originam-se dos núcleos vestibulares e reticulares do tronco cerebral :
Tracto vestibuloespinhal - sai dos núcleos vestibulares em direção aos motoneurônios da medula onde estes formam a raiz motora do nervo espinhal e que vai para os músculos axiais do tronco e para os músculos proximais dos membros ( cinturas escapular e pélvica ), relacionados com a manutenção da postura e com o equilíbrio do corpo.
Tracto reticuloespinhal - sai dos núcleos da formação reticular em direção aos motoneurônios da medula e daí as fibras seguem juntas com as do tracto vestibulo-espinhal para os músculos axiais e proximais.
FUNÇÕES DO CEREBELO
A principal função do cerebelo é organizar as diferentes etapas da tarefa motora, logo sua ausência causa desordem da tarefa em uma de suas 3 etapas :

- Planejamento e desencadeamento ( influência cerebelar no córtex motor );

- Execução e coordenação da tarefa motora ( influência cerebelar no sistema motor lateral );

- Manutenção postural ( influência cerebelar no sistema motor medial ).






Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5


©aneste.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
universidade federal
terapia intensiva
Excelentíssimo senhor
minas gerais
união acórdãos
Universidade estadual
prefeitura municipal
pregão presencial
reunião ordinária
educaçÃo universidade
público federal
outras providências
ensino superior
ensino fundamental
federal rural
Palavras chave
Colégio pedro
ministério público
senhor doutor
Dispõe sobre
Serviço público
Ministério público
língua portuguesa
Relatório técnico
conselho nacional
técnico científico
Concurso público
educaçÃo física
pregão eletrônico
consentimento informado
recursos humanos
ensino médio
concurso público
Curriculum vitae
Atividade física
sujeito passivo
ciências biológicas
científico período
Sociedade brasileira
desenvolvimento rural
catarina centro
física adaptada
Conselho nacional
espírito santo
direitos humanos
Memorial descritivo
conselho municipal
campina grande