FundaçÃo comunitária tricordiana de educaçÃO



Baixar 360.1 Kb.
Página2/9
Encontro21.10.2017
Tamanho360.1 Kb.
1   2   3   4   5   6   7   8   9

6 - FUNÇÕES E ATRIBUIÇÕES



6.1 - Estagiário
É o aluno matriculado na Disciplina de Estágio Supervisionado do Curso de Odontologia da UNINCOR.

6.2 - Atribuições do estagiário

 Cumprir as horas de estágio determinadas na estrutura curricular de seu Curso;

 Relacionar o ambiente do estágio com o ambiente acadêmico para contextualizar o processo ensino-aprendizagem;

 Realizar observações e anotar dados;

 Tabular os dados coletados, elaborar os relatórios e discutir os resultados com o supervisor de prática, assim como, com o Orientador de Estágios;

 Enriquecer suas atividades com fundamentação necessária;

 Juntamente com o supervisor de prática/Instituição, planejar as atividades a serem desenvolvidas de acordo com as características do local em que está estagiando, submetendo o planejamento à apreciação;

 Elaborar projetos técnicos conforme necessidades evidenciadas no ambiente de estágio.

 Acompanhar o desenvolvimento das atividades propondo, se necessário, novas sugestões de melhorias;

 Anotar eventuais dúvidas sobre o estágio para serem discutidas, em momento oportuno, com o professor orientador e/ ou supervisor de prática;

 Participar das atividades extras da entidade sempre que convidado ou sugerido pelo supervisor de prática / Instituição;

 Comparecer e agendar com o supervisor de Estágios para verificar seus documentos de estágio.

 Organizar e apresentar todo o material elaborado durante o estágio, desde a ficha de apresentação até o relatório final a ser entregue ao Orientador de Estágios, devidamente assinados e com carimbo da entidade provedora do estágio.


  • Oferecer suas experiências obtidas no campo de estágio a comunidade acadêmica e participar do workshop de estágio, visando implementar a extensão do conhecimento para a sociedade, apresentar trabalhos de iniciação cientifica com os dados coletados no estágio, elaborar propostas parta solução de problemas detectados na prática do estágio.

6.3 - Supervisor do Estágio
É o profissional habilitado da Unidade Concedente em que o aluno estagiará que será o responsável pelo acompanhamento do estágio. Fará a supervisão do estágio através de entrevistas, observações, orientações e acompanhamento das atividades realizadas pelo estagiário.

6.3.1- Supervisor de Prática:



É o profissional habilitado da UNINCOR que será o responsável pelo acompanhamento do estágio. Fará a supervisão do estágio através de entrevistas, observações, orientações e acompanhamento das atividades realizadas pelo estagiário e da montagem da pasta de estágio.

6.4 - Atribuições do Supervisor

        • Prestar acompanhamento ao estagiário durante a realização do estágio.

        • Supervisionar o estagiário na elaboração das atividades que atendam ao plano de trabalho proposto.

        • Analisar e discutir com o estagiário as atividades a serem cumpridas.

        • Propor, ao estagiário, estratégias que superem as dificuldades encontradas.

        • Assegurar o processo de participação para a auto-aprendizagem em um sistema de co-responsabilidade.

        • Assinar as fichas de controle de freqüência e procedimentos realizados e preencher as fichas funcionais do estagiário sob sua responsabilidade, certificando as atividades realizadas.

6.5 – Professor Orientador do Estágio
É o professor do componente curricular “Estágio Supervisionado” do curso de Odontologia. Orienta, acompanha e avalia a realização do estágio.

6.6 - Atribuições do Professor Orientador

        • Elaborar em conjunto em a parte concedente o Programa Básico de Estágio, levando em consideração os objetivos estabelecidos pelo Projeto Pedagógico do Curso e o Programa de Estágio Supervisionado.

        • Acompanhar o desenvolvimento do Plano de trabalho, assistindo aos educandos durante o período de realização.

        • Assegurar a compatibilidade das atividades desenvolvidas no estágio com as previstas no PPC.

        • Propiciar a articulação entre a teoria e a prática durante os encontros de Orientação de Estágio, conforme divulgado no horário, pela coordenação do curso.

        • Prestar todas as informações necessárias à realização do estágio.

        • Acompanhar o desenvolvimento das atividades realizadas pelo estagiário, proporcionando momentos de debates em sala de aula, visando integrar os estagiários nas vivências individualizadas por eles.

        • Orientar as discussões e análises, conduzindo os estagiários na fundamentação das experiências e nas propostas de novas estratégias.

        • Desenvolver uma relação de interação com o Supervisor de Estágio da Unidade Concedente.

        • Orientar os estagiários no preenchimento da documentação comprobatória.

        • Avaliar os relatórios de estágios quanto às habilidades e competências necessárias ao desempenho profissional identificadas como ausentes pelo estagiário, supervisor ou pelo orientador em relação àquelas previstas no PPC, propondo adequações a este.

        • Receber e avaliar a pasta final do estágio.

6.7 – Organograma

Coordenação do Curso de Odontologia

Professor Orientador de Estágio



Supervisores de Estágio



Supervisores de Prática




Estagiários




7 - REGRAS GERAIS PARA A EXECUÇÃO DO ESTÁGIO

 Nenhum estagiário poderá ser encaminhado para a Instituição provedora de estágio sem a documentação exigida (Convênio / Termo de Compromisso de Estágio) devidamente assinada.

 O estagiário guardará SIGILO PROFISSIONAL POR DEVER ÉTICO, evitando situações desagradáveis por descuido de postura e ética;

 O estagiário deverá apresentar-se no local de estágio com crachá de identificação e vestimenta adequada (conforme as normas de conduta das clínicas e laboratórios do Curso de Odontologia), materiais e documentação necessários, respeitando horários e normas do respectivo estabelecimento. Se necessário, deve consultar o Supervisor de prática e o orientador para maiores orientações;

 O estagiário deverá utilizar material próprio, sem aproveitar-se de recursos da entidade fornecedora do Estágio, salvo casos em que haja parceria específica;

 Em nenhum momento o estagiário pode esquecer que a entidade oferece campo de estágio, considerando as possibilidades de colaboração recíproca;

 Como aluno da UNINCOR, o estagiário deverá zelar pelo seu nome e da Instituição;

 A execução do estágio supervisionado não gera vínculo empregatício e nem ônus dessa natureza para a entidade provedora de acordo com legislação vigente;

 Pela Lei 11.788/2008 a instituição de ensino ou a entidade concedente do estágio providenciará seguro de acidentes pessoais em favor do estudante.
8 - DINÂMICA DO ESTÁGIO
O Estágio Supervisionado do Curso de Odontologia será desenvolvido inteiramente na UNINCOR e/ou em uma entidade externa de atuação associada à área de formação do graduando. A realização do estágio é uma operação acordada entre a Universidade e a entidade externa provedora do estágio. O estagiário receberá acompanhamento e orientação do docente orientador na UNINCOR. Toda a documentação obtida durante o estágio será organizada em uma pasta a ser entregue ao orientador no final do período letivo.

As atividades práticas do Curso de Odontologia da UNINCOR acontecem ao longo do curso de graduação do nosso aluno. Do primeiro ao oitavo períodos temos os Estágios Supervisionados Extramuros e Intramuros. O objetivo desta distribuição é oferecer ao aluno cirurgião dentista a oportunidade de contato com as demandas referentes ao contexto biopsicossocial de nossa população desde o inicio do curso sempre acompanhado por um supervisor de prática e docente orientador que orienta e coordenam todas estas atividades em harmonia com os conteúdos que são ministrados pelo corpo docente nas aulas teóricas do semestre em questão. Os estágios gradativamente acompanham a complexidade da formação odontológica, de acordo com período em curso.

As atividades de estágio acontecerão nos turnos matutino, vespertino e/ou noturno de segunda a sexta-feira, podendo acontecer também aos sábados e domingos conforme disponibilidade de ações organizadas pelo setor de estágio. Os estágios estarão sob orientação de um docente orientador e supervisor da UNINCOR. A carga horária total do estágio será distribuída de acordo com o período do curso, com a programação abaixo descrita:
8.1 – Ciclo Interno e Externo do Programa de Estágio Extramuro
O Estágio Supervisionado é oferecido na estrutura curricular num total de horas semestrais e um docente responsável que discute a teoria e a prática a partir das experiências, visita aos campos de estágio e confere a documentação.
8.1.1 - Primeira Etapa: Inserção do Estagiário
Recepção e apresentação, observação da rotina, elaboração e aprovação do plano individual de estágio e planilhas de execução. A esta etapa destina-se até 5% (cinco por cento) da carga horária total do estágio a ser cumprida em campo, com a orientação do supervisor de prática.
8.1.2 - Segunda Etapa: Execução do Estágio
Efetivação do plano individual de estágio sob coordenação e supervisão dos profissionais da unidade e do orientador da Unincor. A esta etapa destina-se no mínimo 80% (oitenta por cento) da carga horária total do estágio a ser cumprida em campo.
8.1.3 - Terceira Etapa: Elaboração do Relatório Discursivo das Atividades

O estagiário deverá elaborar relatório discursivo das atividades desenvolvidas, seminários, resumos, casos clínicos, submetendo-o a parecer do orientador da UNINCOR. A esta etapa destina-se até 10% (dez por cento) da carga horária total do estágio a ser cumprida em campo e na instituição.


8.1.4 - Quarta Etapa: Organização Documental
Organização e preenchimento dos formulários e documentos comprobatórios formatando em pasta de estágio. A esta etapa destina-se até 5% (cinco por cento) da carga horária total do estágio, integrando o campo de estágio e a instituição.
8.1.5 - Quinta Etapa: Divulgação das atividades de estágio
Workshop organizado pelo setor de Extensão da instituição, em parceria com os campos de estágio e os supervisores de prática, apresentando as experiências inovadoras e empreendedoras desenvolvidas nos estágios. O objetivo desta etapa é apresentar experiências que enriqueçam as relações entre os prestadores de serviços e os usuários. E destas experiências preparar os profissionais em uma visão de compromisso com a transformação do ambiente social.

8.1.6 - Quadro demonstrativo das etapas do Programa de Estágio Extramuro


ETAPAS

DESCRIÇÃO

% CH



Inserção do Estagiário

Recepção e apresentação, observação da rotina, elaboração e aprovação do plano individual de estágio e planilhas de execução.

5%



Execução do Estágio

Efetivação do plano individual de estágio sob coordenação, orientação e supervisão dos profissionais da UNINCOR e Unidade Concedente de Estágio.

80%



Elaboração do Relatório

Elaboração de um relatório discursivo das atividades desenvolvidas, submetendo-o a parecer do orientador do estágio supervisionado.

10%



Organização documental

Organização e preenchimento dos formulários e documentos comprobatórios da pasta de estágio

5%



Divulgação das atividades

Workshop organizado pelo setor de Extensão da instituição, em parceria com os campos de estágio e os supervisores de prática, apresentando as experiências inovadoras e empreendedoras desenvolvidas nos estágios.

------

Assim a UNINCOR faz seu papel de universidade, não apenas oferecendo ensino, mas promovendo a extensão do conhecimento à sociedade. O conhecimento não deve ficar “encastelado” no ambiente universitário.


8.2 – Ciclo Interno e Externo do Programa de Estágio Intramuro
O Estágio Supervisionado é oferecido na estrutura curricular num total de horas semestrais e um docente responsável que discute a teoria e a prática a partir das experiências, visita aos campos de estágio e confere a documentação.
8.2.1 - Primeira Etapa: Inserção do Estagiário nas Clínicas da UNINCOR
Recepção e apresentação, observação da rotina, elaboração e aprovação do plano individual de estágio e planilhas de execução. O estagiário deverá elaborar relatório discursivo das atividades desenvolvidas, seminários, resumos, casos clínicos, submetendo-o a parecer do orientador da UNINCOR. Organização e preenchimento dos formulários e documentos comprobatórios formatando em pasta de estágio. A esta etapa destina-se até 20% (vinte por cento) da carga horária total do estágio, integrando o campo de estágio e a instituição.
8.2.2 - Segunda Etapa: Execução do Estágio
Efetivação do plano individual de estágio sob coordenação e supervisão dos profissionais da unidade e do orientador da Unincor. A esta etapa destina-se no mínimo 80% (oitenta por cento) da carga horária total do estágio a ser cumprida em campo (Clínicas da UNINCOR).
8.2.3 - Quadro demonstrativo das etapas do Programa de Estágio Intramuro


ETAPAS

DESCRIÇÃO

% CH



Inserção do Estagiário, Elaboração do Relatório, Organização documental.

Recepção e apresentação, observação da rotina, elaboração e aprovação do plano individual de estágio e planilhas de execução. Elaboração de um relatório discursivo das atividades desenvolvidas, submetendo-o a parecer do orientador do estágio supervisionado. Organização e preenchimento dos formulários e documentos comprobatórios da pasta de estágio.

20%



Execução do Estágio

Efetivação do plano individual de estágio sob coordenação, orientação e supervisão dos profissionais da UNINCOR e Unidade Concedente de Estágio.

80%

Assim a UNINCOR faz seu papel de Instituição mantida por uma Fundação Comunitária e com fins filantrópicos, não apenas oferecendo ensino, mas promovendo o atendimento a comunidade necessitada a ela inserida regionalmente.




9 - PLANOS DE TRABALHO DOS ESTÁGIOS SUPERVISIONADOS INTRAMURO E EXTRAMURO

A matriz curricular do Curso de Odontologia da Universidade Vale do Rio Verde de Três Corações – UNINCOR contempla aulas teóricas, aulas práticas em laboratórios, clínicas e estágio supervisionado nas clinicas odontológicas da própria Instituição de Ensino, como também na rede pública de saúde dos municípios de Três Corações, microrregião e Macrorregião.

A matriz curricular 2009/1º apresenta como atividades de estágio, os Estágios Supervisionados Extramuros I, II, III e IV e os Estágios Supervisionados Intramuros em Clinica Integral Plena I e II, e em Clínica Integrada Odontopediátrica I e II, inseridos a partir do quinto ao último período do curso.

As matrizes curriculares a partir de 2010/1º encontram-se dividida em níveis de complexidade crescente para o Estágio Supervisionado Extramuro e Intramuro, estando dispersos do primeiro ao último ano do curso de graduação.

Para a conclusão do Curso de Graduação em Odontologia na Faculdade de Odontologia da Universidade Vale do Rio Verde de Três Corações – UNINCOR, o acadêmico deverá cumprir carga horária estabelecida na grade curricular em HORAS, de ESTÁGIOS SUPERVISIONADOS INTRAMURO e EXTRAMURO.

Para tanto, a partir de 2010, o Curso de Odontologia da Universidade Vale do Rio Verde de Três Corações – UNINCOR introduziu, em seu currículo, a Disciplina de ESTÁGIOS SUPERVISIONADOS INTRAMURO e EXTRAMURO, dispersos do primeiro ao último ano do curso de graduação.

Esta disciplina tem por objetivo propiciar ao aluno a complementação de sua experiência didática na faculdade, aliando o conteúdo teórico recebido nas diversas disciplinas com uma capacitação vivencial num contexto diferente ao do ambiente acadêmico tradicional.

Este processo pedagógico complementar visa estimular o conhecimento e a compreensão da realidade da odontologia brasileira inserida num contexto do sistema de saúde brasileiro; desenvolver o aprendizado sistêmico, melhorando a sua capacidade de responder às demandas da sociedade e buscar novas soluções para a demanda da saúde bucal da sociedade brasileira.

A disciplina, assim, apresenta um processo dinâmico e contínuo, que permitirá ao aluno, desde o 1º Semestre letivo, exercer um papel mais ativo na construção de sua identidade como profissional de saúde.

Os estágios vivenciais obrigatórios conterão três grandes áreas de atuação que deverão ser devidamente distribuídas pelos alunos no decorrer do curso:


Saúde Bucal Coletiva e Educação em Saúde - permite ao aluno conhecer a realidade da saúde bucal no contexto do Sistema Único de Saúde desde a administração, gerência e assistência em Unidades Básicas de Saúde até a elaboração de atividades que visam a educação em saúde bucal e ações de promoção de saúde.
Atividades Clínicas Extra-muro - a UNINCOR celebrará convênios com diversas instituições públicas, não governamentais ou privadas para que os alunos possam conhecer e aprimorar conhecimentos técnicos clínicos em áreas específicas , prestando serviços à comunidade.
Atividades Clínicas Intra-muro - A carga horária do conteúdo do estágio Supervisionado Intramuro é a proposta na grade curricular em horas e descritas no Manual do Programa para o Estágio Curricular Supervisionado Obrigatório para o Curso de Odontologia com as atividades práticas realizadas nas clínicas da UNINCOR (intramuro), as quais visam a complementação das atividades clínicas em projetos específicos de estágio supervisionado obrigatório a ser desenvolvido de forma articulada e com complexidade crescente ao longo do processo de formação, incorporando e agregando procedimentos ao alcance do clínico geral e considerando suas inter-relações e em níveis progressivos de detalhamento e complexidade, através do planejamento e execução clínica, de forma integrada, dos conteúdos adquiridos, e que fazem parte das atividades de graduação, possibilitando ao aluno aprofundar-se em áreas específicas que delineiam estes projetos.
9.1. ESTÁGIO SUPERVISIONADO INTRAMURO
A matriz curricular do Curso de Odontologia da Universidade Vale do Rio Verde de Três Corações – UNINCOR contempla aulas teóricas, aulas práticas em laboratórios, clínicas e estágio supervisionado nas clinicas odontológicas da própria Instituição de Ensino.

A matriz curricular a partir de 2009/1º apresenta as atividades de Estágio Supervisionado Intramuro nas clinicas odontológicas da própria Instituição de Ensino assim nomeados: Estágio Supervisionado em Clínica Integral Plena I e II (134 horas) cada e Clínica Integrada Odontopediátrica I e II (84 horas) cada, inseridas no sétimo e oitavo período do curso.

As matrizes curriculares a partir de 2010 encontram-se divididas em níveis de complexidade crescente para o Estágio Supervisionado Intramuro, estando dispersos a partir do quinto ao último período do curso de graduação.

É obrigatório o cumprimento da carga horária total proposta para o Estágio Supervisionado Intramuro nas grades curriculares.

Para a conclusão do Curso de Graduação em Odontologia na Faculdade de Odontologia da Universidade Vale do Rio Verde de Três Corações – UNINCOR o acadêmico deverá cumprir carga horária estabelecida na grade curricular em HORAS, de ESTÁGIOS SUPERVISIONADOS INTRAMURO.

Este tem por objetivo propiciar ao aluno a complementação de sua experiência didática na faculdade, aliando o conteúdo teórico recebido nas diversas disciplinas com uma capacitação vivencial num contexto diferente ao do ambiente acadêmico tradicional.

Este processo pedagógico complementar visa estimular o conhecimento e a compreensão da realidade da odontologia brasileira inserida num contexto do sistema de saúde brasileiro; desenvolver o aprendizado sistêmico, melhorando a sua capacidade de responder às demandas da sociedade e buscar novas soluções para a demanda da saúde bucal da sociedade brasileira.

Dando continuidade ao aperfeiçoamento das grades curriculares, o Estágio Supervisionado Intramuro, assim, apresenta um processo dinâmico e contínuo, que permitirá ao aluno, desde o 5º ou 6º Semestre letivo, exercer um papel mais ativo na construção de sua identidade como profissional de saúde no que diz respeito a pratica clínica.

Os Estágios Supervisionados Intramuros obrigatórios conterão três grandes áreas de atuação que deverão ser devidamente cumpridas pelos alunos no decorrer do curso:
a) ESTÁGIO SUPERVISIONADO INTRAMURO EM ATENÇÃO BÁSICA - Atendimento ambulatorial a pacientes com dentição permanente baseado em planejamento clínico integrado e integral elaborado, segundo as necessidades individuais, objetivando a promoção, restabelecimento e manutenção da saúde bucal. Resolução de Urgências. Tratamento odontológico, com grau de complexidade nas clínicas básicas, incorporando e agregando procedimentos ao alcance do clínico geral em: Semiologia, Diagnóstico, Imaginologia, Periodontia, Dentística, Endodontia, Oclusão, e Cirurgia.
b) ESTÁGIO SUPERVISIONADO INTRAMURO EM CLÍNICA INTEGRADA PLENA - Atendimento ambulatorial a pacientes com dentição permanente baseado em planejamento clínico integrado e integral elaborado, segundo as necessidades individuais, objetivando a promoção, restabelecimento e manutenção da saúde bucal. Resolução de Urgências. Tratamento odontológico, com grau de complexidade superior ao do Estágio Supervisionado Intramuro em Atenção Básica, incorporando e agregando procedimentos ao alcance do clínico geral em: Semiologia, Diagnóstico, Imaginologia, Periodontia, Dentística, Endodontia, Oclusão, Próteses Total, Parcial Removível e Fixa, Implantodontia, e Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Facial.
c) ESTÁGIO SUPERVISIONADO INTRAMURO EM CLÍNICA INTEGRADA INFANTIL- Atendimento ambulatorial a paciente infantil baseado em planejamento clínico integrado e integral elaborado, segundo as necessidades individuais, objetivando a promoção, restabelecimento e manutenção da saúde bucal. Resolução de Urgências. Tratamento odontológico, com grau de complexidade superior ao do Estágio Supervisionado Intramuro em Atenção Básica e a disciplina de Clinica Integrada Infantil I, incorporando e agregando procedimentos ao alcance do clínico geral em: Semiologia, Diagnóstico, Imaginologia, Periodontia, Dentística, Endodontia, Oclusão, Próteses Total, Parcial Removível e fixa e Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Facial.
Durante o Curso de Graduação:
É de total responsabilidade do aluno o cumprimento, ao longo de seu histórico acadêmico, todos os créditos correspondentes ao programa de Estágio Supervisionado Curricular Obrigatório (Intramuro e Extramuro) para poder encerrar seu curso.

Para cada Estágio Supervisionado Extramuro serão abertas vagas conforme a disponibilidade de cada Instituição, podendo ocorrer um processo de seleção caso haja um número de interessados superior ao número de vagas para uma determinada Instituição.




      1. ESTÁGIO SUPERVISIONADO INTRAMURO EM ATENÇÃO BÁSICA






Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6   7   8   9


©aneste.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
universidade federal
terapia intensiva
Excelentíssimo senhor
minas gerais
união acórdãos
Universidade estadual
prefeitura municipal
pregão presencial
reunião ordinária
educaçÃo universidade
público federal
outras providências
ensino superior
ensino fundamental
federal rural
Palavras chave
Colégio pedro
ministério público
senhor doutor
Dispõe sobre
Serviço público
Ministério público
língua portuguesa
Relatório técnico
conselho nacional
técnico científico
Concurso público
educaçÃo física
pregão eletrônico
consentimento informado
recursos humanos
ensino médio
concurso público
Curriculum vitae
Atividade física
sujeito passivo
ciências biológicas
científico período
Sociedade brasileira
desenvolvimento rural
catarina centro
física adaptada
Conselho nacional
espírito santo
direitos humanos
Memorial descritivo
conselho municipal
campina grande