Exercícios prevençÃo e combate a incêndio



Baixar 112.01 Kb.
Encontro24.09.2019
Tamanho112.01 Kb.

EXERCÍCIOS PREVENÇÃO E COMBATE A INCÊNDIO

CESPE

PROF. EDUARDO LUIZ
QUESTÃO 01 - PETROBRAS

Existem quatro classes de incêndio — A, B, C e D — e, para cada classe, existe, no mínimo, um agente extintor específico, de acordo com o tetraedro do fogo. Considerando um princípio de incêndio em uma oficina de manutenção mecânica, julgue os itens seguintes, relativos ao combate a incêndios.



01 Se o princípio de incêndio ocorrer em recipientes com solventes e tintas, o agente extintor adequado para combatê-lo é o gás carbônico.

02 Caso o princípio de incêndio ocorra em recipientes com gasolina ou diesel, o incêndio é classificado como da classe A.

03 O abafamento é o melhor processo de extinção de incêndio que atinja uma tomada elétrica.

04 O princípio de incêndio que ocorre em uma solda elétrica energizada é classificado como da classe C.

05 Se o princípio de incêndio atingir panos de limpeza secos, o melhor processo de extinção a ser utilizado é o resfriamento.

06 O princípio de incêndio em panos de limpeza secos é classificado como da classe B.

07 O pó químico seco é considerado o agente extintor mais eficiente para combater o fogo em móveis de madeira.

08 No combate ao fogo em um computador ligado pode-se utilizar água como agente extintor, desde que seja pulverizada.

09 Um incêndio será classificado como da classe D quando envolver elementos pirofóricos, como magnésio, zircônio e titânio.

10 O método de abafamento por meio de limalha de ferro fundido não deve ser utilizado como alternativa de extinção de incêndio da classe D.
QUESTÃO 02

Quanto aos dispositivos de proteção e aos exercícios simulados de combate a incêndio em edificações, julgue os itens a seguir.



11 Em todos os locais de trabalho é obrigatória a manutenção de uma placa indicando os locais de acesso e abandono em caso de emergência.

12 O uso dos hidrantes só é permitido aos integrantes do Corpo de Bombeiros Militar.

13 Todas as portas de emergência devem ser colocadas de forma a serem abertas no sentido da saída, para que não impeçam as vias de passagem.

14 Fora do horário de trabalho, as portas de emergência podem ser fechadas, mas só pelo lado externo.

15 Os exercícios simulados de combate ao fogo devem ser realizados anualmente, conforme especificado na norma regulamentadora.
QUESTÃO 03 STM

Considerando a segurança no trabalho e as normas regulamentadoras (NRs) acerca desse tema, julgue os itens que se seguem.



16 De acordo com a classificação de fogo adotada pela NR pertinente são considerados produtos inflamáveis da classe B os que queimem somente em sua superfície, não deixando resíduos, como óleo, graxas, vernizes, tintas, gasolina. Para o combate a essa classe de incêndios, a água só pode ser utilizada sob a forma pulverizada.

17 Mesmo os estabelecimentos dotados de chuveiros automáticos (sprinklers) devem ser providos de extintores portáteis, a fim de se combater o fogo em seu início.

18 Alternativamente, os fogos da classe C podem ser corretamente combatidos pelo método de abafamento por meio de areia (balde de areia).

19 Sempre que as medidas de ordem geral adotadas pelo empregador não oferecerem completa proteção contra os riscos de acidentes do trabalho ou de doenças profissionais e do trabalho, o empregado será obrigado a adquirir e a usar o equipamento de proteção individual (EPI) necessário.

20 De acordo com a NR que fixa as cores que devem ser usadas nos locais de trabalho para prevenção de acidentes, o verde é a cor que caracteriza segurança e deve ser empregado para identificar, entre outros: canalizações de água; caixas de equipamento de socorro de urgência; caixas contendo máscaras contra gases; porta de entrada de salas de curativos de urgência e caixas contendo EPI.
QUESTÃO 04 - TST

Durante vistoria de rotina no último andar de um edifício, local reservado para o depósito de móveis e objetos inservíveis, máquinas elétricas e quadros de força, mas que abriga, igualmente, documentos importantes para a repartição, um segurança percebeu um incêndio em evolução, tendo as chamas e a fumaça tomado quase toda a área. Diante dessa situação hipotética, julgue os itens seguintes, relativos aos procedimentos a serem adotados pelo segurança, sabendo, ainda, que o referido edifício é dotado de sistema de alarme de incêndio.



21 Uma das primeiras providências a serem tomadas pelo segurança é acionar o alarme de incêndio, chamando o Corpo de Bombeiros para o combate ao fogo.

22 É correto que o segurança realize o procedimento inicial de retirada de material que está queimando, de forma a evitar que o fogo se propague, e procure salvar documentos e objetos considerados importantes para a repartição.

23 O segurança deve isolar imediatamente o local, fechando todas as portas e janelas que dão acesso ao andar, trancando-as por fora, e providenciando, se possível, o corte da eletricidade.

24 Para a proteção contra a fumaça, é correto que o segurança, sempre que possível, se posicione junto ao piso e utilize lenço ou toalha molhada como máscara improvisada, cobrindo o nariz e a boca.

25 Após a tomada das providências iniciais é correto que o segurança deixe imediatamente o local e procure alcançar o andar térreo, utilizando, de preferência, o elevador, caso este ainda esteja em funcionamento.
QUESTÃO 05 - TST 2008

Acerca da prevenção e do combate a incêndios bem como dos princípios básicos inerentes à segurança física das instalações, julgue os itens abaixo.



26 Conforme os tipos de material combustível existem quatro classes de incêndio: classe A, cuja característica é a queima em profundidade, a exemplo da madeira, papelão e tecido; classe B, cuja característica é a queima em superfície e a ausência de resíduos, a exemplo de materiais líquidos e gasosos; classe C, que ocorre envolvendo toda a linha de materiais energizados, como máquinas elétricas e quadros de força; classe D, que ocorre envolvendo materiais pirofóricos, isto é, que se inflamam quando entram em contato com o ar.

27 Nos incêndios cujo material de combustão consiste em papéis, madeiras ou tecidos, o tipo de extintor ideal é a água.

28 A extinção de um incêndio proveniente de equipamentos elétricos requer agentes não-condutores de corrente, sendo desaconselhável o uso de água ou espuma.
QUESTÃO 06 – TJDFT 2008

Considere que um princípio de incêndio esteja ocorrendo em um equipamento elétrico na gráfica de um órgão público, que está repleto de resmas novas de papel para impressão e materiais de informática. Em relação à prevenção e ao combate a esse foco de incêndio, julgue os itens a seguir.



29 Se o incêndio atingir grandes proporções, uma estratégia possível de combate ao fogo é desligar o quadro de distribuição de energia elétrica do setor, de forma a transformar o fogo em classe A, a fim de combatê-lo diretamente com água.

30 Para o combate ao incêndio devem ser utilizados extintores adequados ao tipo de fogo: os extintores maiores, apoiados em carretas, são indicados para incêndio de classe A; os extintores portáteis são adequados para o combate ao fogo das classes B e C.

31 Caso haja grande propagação do fogo no ambiente, a brigada de incêndio deve se responsabilizar pela evacuação dos ocupantes do prédio enquanto o corpo de bombeiros militar se dedicará, exclusivamente, às ações de combate ao fogo.

32 Caso o fogo estivesse ocorrendo somente nas resmas de papel, a melhor forma de combate ao incêndio seria utilizar água de forma a obter o resfriamento dos materiais e a conseqüente extinção do fogo.

33 As caixas dos hidrantes devem ser mantidas trancadas, de forma a garantir que apenas os membros da brigada de incêndio e os combatentes do corpo de bombeiros militar tenham acesso para o seu uso e manuseio no combate ao fogo.
QUESTÃO 07 – SERPRO

Um incêndio teve seu início em um servidor dedicado (sistema de computação que fornece serviços a uma rede de computadores) localizado em uma sala específica de uma empresa de tecnologia da informação, a qual dispõe de um sistema de no-break específico. Após ocorrer a detecção da fumaça pelos detectores radioativos instalados no local, a brigada de incêndio foi acionada, evacuou o prédio e realizou o combate ao fogo com extintores de incêndio. Finalizada a extinção do fogo, foi realizada a operação de rescaldo. Com base na situação hipotética descrita, julgue os itens:



34 O fogo no servidor é da classe C.

35 Se os extintores utilizados foram de gás carbônico, a principal técnica de combate foi o abafamento.

36 Caso a sala fosse equipada com sistemas de chuveiros automáticos (sprinkler) eles estariam obrigatoriamente conectados aos detectores de fumaça de modo a iniciar o combate ao fogo automaticamente.

37 A operação de rescaldo é realizada ao se encharcar o piso do local com água dos hidrantes, de forma a evitar que haja uma reignição da chama.

38 Ao combater o fogo, a brigada de incêndio poderia ter utilizado os hidrantes do prédio após ter desligado o quadro elétrico geral de distribuição do edifício.
QUESTÃO 08

Acerca da classificação da combustão, assinale a opção correta.



39 Quanto à velocidade de reação, a combustão pode ser classificada em completa e incompleta.

40 Considerando-se a formação dos produtos da combustão, esta pode ser viva ou lenta.

41 A combustão incompleta é a que libera no ambiente, resíduos provenientes da reação em cadeia e que não foram totalmente consumidos durante o processo de queima.

42 A combustão lenta está presente no final dos incêndios e é potencialmente letal, devido à produção de dióxido de carbono.

43 Combustão completa é sinônimo de queima total e ocorre quando o combustível reage perfeitamente com o comburente.
QUESTÃO 09 FUB/CESPE

O duto de uma prensa hidráulica de um laboratório de conformação mecânica se rompe e derrama óleo na motobomba e no piso. O aquecimento e o atrito do motor provocam um princípio de incêndio. O operador desliga imediatamente a energia elétrica e joga areia fina sobre o fogo. A brigada de incêndio presta o socorro necessário e o fogo é debelado. Com referência à situação hipotética acima, julgue os itens a seguir.



44 A ação do operador em jogar areia sobre o fogo no óleo constitui o método do abafamento usado para debelar incêndio.

45 O fogo de classe A é caracterizado por deixar resíduos e pode ser combatido pelo método do resfriamento com aplicação de água.

46 O fogo no motor elétrico energizado é denominado de classe B.

47 A brigada de incêndio tem como atribuições, entre outras, conhecer o plano de emergência contra incêndio da planta, avaliar os riscos existentes, inspecionar os equipamentos de combate a incêndio e as rotas de fuga e elaborar relatório das irregularidades.
QUESTÃO 10 - TJDFT

Desde o momento em que surge, até atingir a destruição total dos materiais combustíveis existentes, um incêndio passa por cinco fases distintas, sendo a extinção a ultima delas. Julgue as opções que apresentam as demais fases do incêndio.



48 Ignição, combustão, deflagração e formação de focos

49 Foco, ação direta da chama, eclosão e formação de focos

50 Auto-inflamação, ignição, incubação e combustão

51 Eclosão, incubação, deflagração e propagação

52 Calor, combustão, chama e propagação
QUESTÃO 11 – SEAD/SE

Um incêndio atingiu um hospital na zona oeste de São Paulo, no final da noite de segunda-feira. O fogo começou por volta das 22 h 10 min e foi controlado pouco depois da 0 h da terça. Pelo menos 30 viaturas do corpo de bombeiros participaram do trabalho de controle das chamas, que teriam começado no depósito de materiais do hospital, no subsolo. A fumaça atingiu o 9.º andar do hospital, onde ficam o centro cirúrgico e o centro de tratamento intensivo. Duas cirurgias em andamento tiveram que ser interrompidas. Pacientes que estavam nessas alas foram transferidos para outros centros de saúde. De acordo com os bombeiros, não houve feridos. O risco de intoxicação por causa da fumaça obrigou as autoridades a evacuar o prédio. Um curto circuito no quadro geral de energia foi a causa do incêndio. Após desligamento da energia do prédio, os bombeiros iniciaram o combate ao incêndio com esguicho de jatos sólidos de água das viaturas. Tendo como referência o texto acima, julgue os itens a seguir.



53 A fumaça, bastante perigosa no incêndio devido à sua capacidade de obstrução da visão e toxicidade, caminha na frente do incêndio, podendo surpreender as pessoas, por isto é responsável pela grande maioria das mortes em incêndios. Uma forma segura para adentrar-se em uma edificação com fumaça é equipar-se com máscara semi-facial, do tipo respirador purificador de ar, para proteção das vias respiratórias contra poeiras, névoas e fumos.

54 Os locais de trabalho deverão dispor de saídas com largura mínima das aberturas de 1,20 m, em número suficiente e dispostas de modo que aqueles que se encontrem nesses locais possam abandoná-los com rapidez e segurança, em caso de emergência. O incêndio no hospital, referido no texto, configurou-se uma situação de emergência.

55 O incêndio teve origem como fogo classe D.

56 Os bombeiros usaram o método do abafamento para combater o incêndio.

57 Considerando que o hospital era dotado de chuveiros automáticos sprinklers, não haveria obrigatoriedade de prover o ambiente de extintores portáteis.

58 A fumaça da combustão é classificada com um agente físico.


QUESTÃO 12

No que se refere à prevenção e combate a incêndio, julgue os próximos itens.



59 Em caso de incêndio, uma pessoa que ficar presa em meio à fumaça deve ser orientada a respirar pelo nariz, em rápidas inalações, e sair do local rastejando, pois o ar junto ao solo é melhor.

60 Os gases resultam da modificação química do combustível associado ao comburente. Portanto, em caso de combustão, o agente de segurança deve estar atento a esses gases, pois, a depender da concentração, o monóxido de carbono (CO) pode provocar a morte, e o dióxido de carbono (CO 2) pode provocar asfixia.

61 Em caso de incêndio em materiais combustíveis da classe C, o agente de segurança deve utilizar água ou espuma como extintor de incêndio.

62 A pessoa que tiver de atravessar uma região em chamas deve procurar envolver o corpo em tecido molhado, preferencialmente sintético.

63 O pó químico seco é um agente extintor que atua por abafamento, mas, ao utilizá-lo deve-se considerar que ele é corrosivo e pode danificar equipamentos eletroeletrônicos.
QUESTÃO 13

Considerando que, no âmbito da segurança individual, coletiva de instalações, um dos aspectos importantes refere-se à proteção contra incêndios, julgue os itens subseqüentes.



64 Tão logo o fogo se manifeste, deve-se, sucessivamente e nessa ordem, atacá-lo, o mais rapidamente possível, pelos meios adequados; acionar o sistema de alarme; chamar o corpo de bombeiros e desligar máquinas e aparelhos elétricos, desde que a operação de desligamento não envolva riscos adicionais.

65 Os registros dos chuveiros automáticos, também conhecidos como sprinklers, devem ser abertos após o acionamento do alarme de incêndio, preferencialmente por especialistas do corpo de bombeiros.

66 A depender da forma de propagação do fogo, a água poderá ser corretamente empregada no combate a fogos das classes B, C e D.
QUESTÃO 14

Quanto à utilização dos aparelhos de combate ao fogo, julgue os itens a seguir.



67 Os aparelhos de água pressurizada, destinados a extinguir pequenos focos de incêndio da classe A, contêm água e um gás, que pode ser gás carbônico, nitrogênio ou ar comprimido.

68 Os aparelhos extintores com dióxido de carbono são empregados para extinguir pequenos focos de incêndios das classes B e C, por meio de abafamento e de resfriamento.

69 O êxito da extinção de focos de incêndio depende, entre outros aspectos, da escolha correta do extintor a ser usado, da habilidade de manuseio do operador e da revisão periódica do aparelho.

70 A retirada do aparelho extintor do seu local de origem justifica-se nos casos de uso em instrução, recarga e manutenção e utilização em incêndios.
QUESTÃO 15 CLDF

O incêndio ocorre onde a prevenção falha. Essa afirmação expressa claramente a importância da prevenção para se evitarem incêndios. Acerca de incêndios, sua prevenção e combate julguem os itens a seguir.



71 Fogo é a oxidação rápida de uma substância com a conseqüente formação de luz e calor.

72 Combustível é toda substância líquida que queima produzindo luz e calor.

73 O oxigênio é o comburente de uma queima.

74 Para iniciar a combustão, é necessário aquecer o combustível até que a reação seja auto-sustentável.

75 Ponto de fulgor é a temperatura mínima na qual os gases desprendidos de um combustível se inflamam em contato com o oxigênio do ar, independentemente de qualquer fonte externa de calor.

76 A propagação do incêndio ocorre por convecção quando o calor é transferido de um corpo para outro por meio de ondas caloríficas que se propagam pelo espaço existente entre os corpos.

77 A borracha é um material de fácil combustão, que queima superficial e profundamente, deixando resíduos.

78 Os incêndios da classe B são aqueles que acontecem em ligas metálicas que, pela própria queima, produzem alimento para as chamas.

79 A aspersão de água sobre os materiais em chama é uma das ações que compõem o método para a extinção da combustão denominado isolamento. Esse método consiste na retirada do oxigênio que está em contato com o combustível.

80 O extintor de gás carbônico é mais eficiente quando utilizado à distância de 5 a 10 metros do fogo e é indicado para incêndios da classe C.


GABARITO PREVENÇÃO E COMBATE A INCÊNDIO

ITEM












































C

E

C

C

C

E

E

C

C

E

C

E

C

E

E

C

C

E

E

C




ITEM












































C

E

E

C

E

C

C

C

C

E

E

C

E

C

C

E

E

E

E

E




ITEM












































C

E

E

C

C

E

C

E

E

E

C

E

E

C

E

E

E

E

C

C




ITEM












































E

E

C

E

E

E

C

C

C

C

C

E

C

C

E

E

C

E

E

C






Compartilhe com seus amigos:


©aneste.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
universidade federal
terapia intensiva
Excelentíssimo senhor
minas gerais
união acórdãos
Universidade estadual
prefeitura municipal
pregão presencial
reunião ordinária
educaçÃo universidade
público federal
outras providências
ensino superior
ensino fundamental
federal rural
Palavras chave
Colégio pedro
ministério público
senhor doutor
Dispõe sobre
Serviço público
Ministério público
língua portuguesa
Relatório técnico
conselho nacional
técnico científico
Concurso público
educaçÃo física
pregão eletrônico
consentimento informado
recursos humanos
ensino médio
concurso público
Curriculum vitae
Atividade física
sujeito passivo
ciências biológicas
científico período
Sociedade brasileira
desenvolvimento rural
catarina centro
física adaptada
Conselho nacional
espírito santo
direitos humanos
Memorial descritivo
conselho municipal
campina grande