Eficiência de produtos naturais no controle de mosca-branca



Baixar 9.26 Kb.
Encontro24.11.2017
Tamanho9.26 Kb.


2-06

AVALIAÇÃO DO USO DE INSETICIDAS NATURAIS NA REDUÇÃO DA POPULAÇÃO DE ADULTOS DA MOSCA-BRANCA EM MELÃO
Francisco Roberto de Azevedo1

Jorge Anderson Guimarães2

Elizangela Cabral dos Santos3

José de Arimatéia Duarte de Freitas4



Marcos Aurélio Araújo Lima5
O uso freqüente de inseticidas químicos visando obter elevados rendimentos do meloeiro e qualidade dos frutos produzidos vem exercendo uma forte pressão de seleção na população da mosca-branca Bemisia argentifolii Bellows & Perring. Por isso, tem-se procurado encontrar inseticidas naturais econômicos e ecologicamente viáveis. A pesquisa foi conduzida em Mossoró-RN, durante o período de 14 de julho a 19 de agosto de 2004, com o objetivo de avaliar o uso de inseticidas naturais no controle da praga. O delineamento foi inteiramente casualizado, representado por cinco inseticidas naturais e a testemunha, os quais foram distribuídos em quatro repetições. A avaliação foi feita contando-se o número de insetos vivos, a olho nu, escolhendo-se a quarta folha da planta do meloeiro em cada parcela experimental aos 28, 35, 42, 49 e 56 Dias Após o plantio (DAP). Aos 28 DAP, observou-se que com o uso do extrato pirolenhoso e a rotenona, a população do inseto foi maior, em média 9,4 e 9,18 insetos adultos, respectivamente, seguida pelos fungos entomopatogênicos Beauveria bassiana e Metarhizium anisopliae, com 8,58 e 7,45 insetos adultos, ou seja, bem próximo do nível de controle do inseto que é de 10 adultos/folha. Embora a rotenona não tenha diferido do extrato pirolenhoso, esta se apresentou com uma tendência de melhor controle em relação ao extrato em virtude da sua ação de contato. A melhor redução da população ocorreu com o uso da azadiractina, a qual manteve uma população em torno de 3,25 insetos adultos, não havendo diferenças estatísticas com a testemunha (Imidacloprid). Aos 35 DAP, verificou-se que estatisticamente a redução da população foi a mesma da fase anterior, porém, com uma população mantida abaixo do nível de controle. Aos 42 DAP, apenas a azadiractina foi melhor na redução da população, não havendo diferenças estatísticas entre os outros tratamentos avaliados, ocorrendo o mesmo aos 49 e 56 DAP. Portanto, o extrato pirolenhoso foi o menos eficiente no controle dos adultos do inseto. A rotenona apresenta-se como um promissor inseticida vegetal e os fungos B. bassiana e M. anisopliae não demonstraram boa eficiência para controlar os insetos adultos da forma como foram utilizados na pesquisa. A Azadiractina constitui-se em um eficiente inseticida vegetal para controlar adultos da mosca-branca em meloeiro.

1Engo Agro D.Sc. Entomologia, Embrapa Agroindústria Tropical/CNPq. Rua Dra. Sara Mesquita 2270, Pici, Cx. postal 3761, CEP: 60. 511-110, Fortaleza – CE. E-mail: fraberto@bol.com.br

2Biol. D.Sc. Entomologia, Embrapa Agroindústria Tropical, E-mail: jorge@cnpat.embrapa.br.

3Engo Agro MSc Produção Vegetal, Embrapa Agroindústria Tropical: elizangela@pop.com.br

4Engo. Agro. D.Sc. Solos e nutrição, Embrapa Agroindústria Tropical. E-mail: ari@cnpat.embrapa.br

5Estudante de Agronomia, Universidade Federal do Ceará: E-mail: marcos_aal@hotmail.com


Catálogo: sbpif6 -> resumos
resumos -> ComparaçÃo de técnicas de previsão agrometeorológica de época de pulverizaçÃo visando controle da antracnose em vinhedos de 'niagara rosada' para uso em estaçÕes de alerta
resumos -> AvaliaçÃo do manejo de poda na variedade de uva sem sementes superior seedless
resumos -> Qualidade e rastreabilidade para o pêssego
resumos -> A importância do uso do código ecoterra no processo de rastreabilidade da produçÃo integrada de frutas
resumos -> Caderno de campo utilizados hoje pelos produtores de maçã tem o objetivo de controlar as atividades diárias de sua propriedade,onde um responsável técnico descreve-as,e ao final de cada mês ou ciclo essas informações serão repassadas ao p
resumos -> As práticas agrícolas têm grande importância na qualidade dos frutos
resumos -> Gradiente de eficácia de controle de Liriomyza na cultura do meloeiro
resumos -> UtilizaçÃo de 1-mcp no controle de patógenos em pós-colheita na produçÃo integrada do meloeiro


Compartilhe com seus amigos:


©aneste.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
universidade federal
terapia intensiva
Excelentíssimo senhor
minas gerais
união acórdãos
Universidade estadual
prefeitura municipal
pregão presencial
reunião ordinária
educaçÃo universidade
público federal
outras providências
ensino superior
ensino fundamental
federal rural
Palavras chave
Colégio pedro
ministério público
senhor doutor
Dispõe sobre
Serviço público
Ministério público
língua portuguesa
Relatório técnico
conselho nacional
técnico científico
Concurso público
educaçÃo física
pregão eletrônico
consentimento informado
recursos humanos
ensino médio
concurso público
Curriculum vitae
Atividade física
sujeito passivo
ciências biológicas
científico período
Sociedade brasileira
desenvolvimento rural
catarina centro
física adaptada
Conselho nacional
espírito santo
direitos humanos
Memorial descritivo
conselho municipal
campina grande