Do curso de medicina



Baixar 3.81 Mb.
Página92/114
Encontro24.10.2017
Tamanho3.81 Mb.
1   ...   88   89   90   91   92   93   94   95   ...   114

3. OBJETIVO GERAL DO MÓDULO


Demostrar habilidades e atitudes inerentes à prática médica e ao estudo da Medicina, conforme os conteúdos específicos.



    1. 4. OBJETIVOS ESPECÍFICOS DO MÓDULO





  • Compreender e aplicar as habilidades e atitudes de comunicação com pacientes que apresentam doenças agudas graves, neoplasias e doenças do âmbito sexual;

  • Conhecer e as características especiais dos processos de comunicação da má notícia (morte de parentes, diagnóstico de câncer e de morbidades sexuais) e executá-las na prática simulada;

  • Executar o atendimento ginecológico e em situações de gravidez inesperada, abortamento e violência sexual, dentro das perspectivas clínica e humanística;

  • Executar o atendimento procto-urológico (técnica do toque retal, semiologia urológica e exame clínico prostático);

Executar o atendimento de pacientes oncológicos.


    1. 5. RELAÇÕES INTERDISCIPLINARES


O Módulo HCB 202 – Habilidades Clínicas e Bioética, envolve integração com as áreas do conhecimento abordadas nos módulos temáticos MD 203, MD 204 e MD 205, Medicina da Família Conteúdos e atividades desenvolvidas no IESC e demais áreas da graduação em conformidade com as necessidades programadas no módulo.
    1. 6. HABILIDADES REQUERIDAS E COMPORTAMENTO ESPERADO


Cognitivos/afetivos (atitudinais) /psicomotores (procedimentais)

Ao final do módulo o aluno deverá ser capaz de:

  • Aplicar as habilidades e atitudes de comunicação com pacientes que apresentam doenças agudas graves, neoplasias e doenças do âmbito sexual;

  • Conhecer as características especiais dos processos de comunicação da má notícia (morte de parentes, diagnóstico de câncer e de morbidades sexuais) e executá-las na prática simulada;

  • Conhecer aplicar os processos de comunicação interpessoal na abordagem de pacientes em fase final de vida por câncer;

  • Aplicar habilidades de comunicação interpessoal na abordagem e comunicação de diagnóstico a pacientes com doenças sexualmente transmissíveis;

  • Executar o atendimento ginecológico e em situações de gravidez inesperada, abortamento e violência sexual, dentro das perspectivas clínica e humanística;

  • Realizar e emitir solicitação de exames básicos de avaliação do sistema genital feminino (Coleta do material para Papanicolaou e exame a fresco de secreção genital) e masculino;

  • Interpretar exames básicos de avaliação do sistema genital feminino e masculino;

  • Realizar exame físico ginecológico (toque vaginal e exame especular);

  • Realizar exame físico procto-urológico (técnica do toque retal, semiologia urológica e exame clínico prostático);

  • Realizar exame físico do paciente oncológico;

  • Interpretar exames para diagnóstico dos distúrbios hidroeletrolíticos e acidobásico mais comuns na prática clínica;

  • Analisar sinais e sintomas relacionados à pelve feminina - dor pélvica, corrimento, dispareunia, sinusiorragia, distúrbios do ciclo menstrual;

  • Realizar exame físico das mamas e orientação ao auto- exame;
    1. 7. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO


  • Habilidades e atitudes de comunicação com pacientes que apresentam doenças agudas graves, neoplasias e doenças do âmbito sexual;

  • Características especiais dos processos de comunicação da má notícia (morte de parentes, diagnóstico de câncer e de morbidades sexuais);

  • Processos de comunicação interpessoal na abordagem de pacientes em fase final de vida por câncer;

  • Processos de comunicação interpessoal na abordagem e comunicação de diagnóstico a pacientes com doenças sexualmente transmissíveis;

  • Comunicação no atendimento ginecológico e em situações de gravidez inesperada, abortamento e violência sexual;

  • Habilidades na realização ou solicitação de exames básicos de avaliação do sistema genital feminino (Coleta do material para Papanicolaou e exame a fresco de secreção genital) e masculino;

  • Interpretação de exames básicos de avaliação do sistema genital feminino e masculino;

  • Exame físico ginecológico (toque vaginal e exame especular);

  • Exame físico procto-urológico (técnica do toque retal, semiologia urológica e exame clínico prostático);

  • Exame físico do paciente oncológico;

  • Exames para diagnóstico dos distúrbios hidroeletrolíticos e acidobásico mais comuns na prática clínica;

  • Sinais e sintomas relacionados à pelve feminina - dor pélvica, corrimento, dispareunia, sinusiorragia, distúrbios do ciclo menstrual;

  • Exame físico das mamas e orientação ao auto- exame.



Compartilhe com seus amigos:
1   ...   88   89   90   91   92   93   94   95   ...   114


©aneste.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
universidade federal
terapia intensiva
Excelentíssimo senhor
minas gerais
união acórdãos
Universidade estadual
prefeitura municipal
pregão presencial
reunião ordinária
educaçÃo universidade
público federal
outras providências
ensino superior
ensino fundamental
federal rural
Palavras chave
Colégio pedro
ministério público
senhor doutor
Dispõe sobre
Serviço público
Ministério público
língua portuguesa
Relatório técnico
conselho nacional
técnico científico
Concurso público
educaçÃo física
pregão eletrônico
consentimento informado
recursos humanos
ensino médio
concurso público
Curriculum vitae
Atividade física
sujeito passivo
ciências biológicas
científico período
Sociedade brasileira
desenvolvimento rural
catarina centro
física adaptada
Conselho nacional
espírito santo
direitos humanos
Memorial descritivo
conselho municipal
campina grande