Diretoria de apoio logístico centro de motomecanizaçÃo e intendência



Baixar 0.92 Mb.
Página11/16
Encontro02.07.2019
Tamanho0.92 Mb.
1   ...   8   9   10   11   12   13   14   15   16

9 TOLERÂNCIAS E PERMISSÕES

9.1 Serão considerados defeitos todas as ocorrências e/ou irregularidades que possam de forma direta ou indireta alterar as características normais da peça ou inviabilizar o seu uso ou, ainda, causar insatisfação e desconforto ao usuário final.

9.2 Para tais defeitos serão atribuídos os seguintes Níveis de Qualidade Aceitável (NQA):

9.2.1 Defeito Crítico: NQA = 0,0;

9.2.2 Defeito Grave: NQA = 1,0;

9.2.3 Defeito Tolerável: NQA = 2,5.

9.3 Principais irregularidades e suas tolerâncias/permissões são as da TABELA 6 constante do ANEXO “E”.
10 SEGURANÇA E CONTROLE:
Como forma de facilitar o controle da distribuição do calçado, cada par será marcado com a inscrição “PMMG” e um número serial de três posições “000”, na parte interna do cano, em baixo relevo.

11 MÉTODOS DE ENSAIOS E PROCEDIMENTOS


Serão exigidos, em princípio, os ensaios constantes do ANEXO “C”, TABELA 3 e ANEXO “D”, TABELA 4.
11.1 Sola:

comportamento ao flexionamento contínuo (um pé) .

11.2 Calçado pronto:

11.2.1 comportamento ao flexionamento contínuo (um pé);

11.2.2 descolagem do solado (restante da amostra).

12 ACEITAÇÃO E REJEIÇÃO

Os calçados que não satisfaçam aos requisitos especificados na presente norma serão rejeitados.


Belo Horizonte, fevereiro de 2007.

Elaborado por:

Lívia Neide de Azevedo Alves, Cap PM
Conferido por:

Wagner Eustáquio de Assis, Cap PM


Aprovado por:


____________________________________

Cleunício Alves Ferreira, Cel PM


Diretor de Apoio Logístico

ANEXO “A” à NI DAL 2480 07 002
BOTA PARA MOTOCICLISTA

TABELA 1 - MATÉRIA PRIMA - MODELO BOTA

COMPONENTES

MATÉRIA-PRIMA










NATUREZA

ACABAMENTO

CARACTERÍSTICA










Gáspea, biqueira, peça traseira, tira traseira, cano lateral da bota, cano frontal, tira superior de fixação do cano, reforço frontal do cano

Couro vacum


Preto


Couro hidrofugado, curtido ao cromo, recurtido ao tanino, flor corrigida (lixada), acabamento semi-anilina, com brilho e estampa poros.










Sombra do cano, lingüeta lateral, enfeite superior (banana)

Couro vacum

Preto



Couro hidrofugado, curtido ao cromo, recurtido ao tanino, flor corrigida (lixada), acabamento semi-anilina, com brilho e estampa poros.










Forro do colarinho e das laterais dos canos

Couro vacum ou laminado sintético



Preto

Curtido ao cromo, recurtido ao tanino, flor corrigida (lixada), acabamento semi-anilina, com brilho ou laminado sintético com cobertura de PU e suporte de não-tecido, tecido ou malha










Forro do cano frontal

Malha dublada com espuma de PU

Preto













Linha de costura

Poliamida

(nylon)


na cor do calçado

Nº 40 e 60










Palmilha de montagem

Recuperado de couro, raspa de sola de couro vacum, de sola de couro vacum ou de celulose

Natural














Palmilha interna inteira

(sobrepalmilha)



Raspa de couro ou laminado sintético

Preto

Raspa de couro vacum com acabamento de cobertura ou laminado sintético com cobertura de PU e suporte de não-tecido, malha ou tecido.










Couraça

Termoplástico

----

Com base em tecido ou não-tecido, impregnado com resinas de ativação térmica.










Contraforte

Termoplástico

----

Com base em tecido ou não-tecido, impregnado com resinas de ativação térmica.










Botão de pressão

Latão

Preto

Com tratamento anti-corrosivo










Zíper

poliamida

preto













Reforço frontal

PVC

Natural













Alma de reforço

aço temperado

----

De aço temperado 1050










Entressola

EVA

Preto

Com densidade entre 0,3 a 0,45 g/cm3










Espuma de PU

PU

-----













Unisola

SBR (elastômero vulcanizado)

Preto

A base de elastômero (borracha) vulcanizado e que contenha na sua formulação NBR suficiente para proteger o material ao ataque de gasolina e solventes orgânicos.












ANEXO “B” à NI DAL 2480 07 002
BOTA PARA MOTOCICLISTA


Catálogo: conteudoportal -> sites -> licitacao
licitacao -> Edital de licitaçÃO
licitacao -> Décima quarta região da polícia militar terceiro batalhão comissão permanente de licitaçÃO
licitacao -> 6ª região da polícia militar 8º batalhão de polícia militar
licitacao -> Polícia militar do estado de minas gerais 12ª região da polícia militar
licitacao -> Décima região da polícia militar décimo quinto batalhão da polícia militar
licitacao -> Terceira região da polícia militar trigésimo quinto batalhão da polícia militar
licitacao -> Décima primeira região de polícia militar centro de apoio administrativo – 11 comissão de licitaçÕes e contratos
licitacao -> 14ª região da polícia militar 42º batalhão de polícia militar comissão especial de licitaçÃo edital de licitaçÃo tomada de Preços nº 01/2011
licitacao -> Pregão nº 03/2013


Compartilhe com seus amigos:
1   ...   8   9   10   11   12   13   14   15   16


©aneste.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
universidade federal
terapia intensiva
Excelentíssimo senhor
minas gerais
união acórdãos
Universidade estadual
prefeitura municipal
pregão presencial
reunião ordinária
educaçÃo universidade
público federal
outras providências
ensino superior
ensino fundamental
federal rural
Palavras chave
Colégio pedro
ministério público
senhor doutor
Dispõe sobre
Serviço público
Ministério público
língua portuguesa
Relatório técnico
conselho nacional
técnico científico
Concurso público
educaçÃo física
pregão eletrônico
consentimento informado
recursos humanos
ensino médio
concurso público
Curriculum vitae
Atividade física
sujeito passivo
ciências biológicas
científico período
Sociedade brasileira
desenvolvimento rural
catarina centro
física adaptada
Conselho nacional
espírito santo
direitos humanos
Memorial descritivo
conselho municipal
campina grande