Dicionário pessoal


Coagular – V. t. d. 1. Promover a coagulação ou solidificação de. V. int. V. p. 2. converter-se em sólido; solidificar-se. [F. paral.: coalhar.]



Baixar 1.35 Mb.
Página8/28
Encontro21.10.2017
Tamanho1.35 Mb.
1   ...   4   5   6   7   8   9   10   11   ...   28

Coagular – V. t. d. 1. Promover a coagulação ou solidificação de. V. int. V. p. 2. converter-se em sólido; solidificar-se. [F. paral.: coalhar.]


Coarctação – ato ou efeito de coarctar: reduzir, estreitar, diminuir; restrição; redução.

Coarctam - Do verbo coarctar: reduzir de tamanho; estreitar; circunscrever. Restringir, diminuir, limitar. Reprimir, coibir, conter, refrear. Restringir-se, limitar-se.

Coche – Carruagem antiga e suntuosa. Carruagem fechada; sege.

Cóclea – Parafuso de Arquimedes. Parte anterior do labirinto, ou orelha interna: caracol.

Coevo – contemporâneo. [Lê-se coévo.]

Coima – Pena pecuniária imposta ao dono de gados que pastam sem licença em propriedade alheia, ou a danificam. Multa, pena, castigo.

Coivara – Bras. Restos ou pilha de ramagens não atingidas pela queimada, na roça à qual se deitou fogo, e que se juntam para serem incineradas a fim de limpar o terreno e adubá-lo com as cinzas, para uma lavoura. [Cf. paulama (2).] Bras. MA Galhadas e troncos de árvores derrubados pelas cheias e que descem rio abaixo. (E, 21)

Colateral - Que está ao lado; paralelo. Que é parente, mas não em linha reta; transversal.

Cólera-morbo – Cólera. [Patol. Doença infecciosa aguda, contagiosa, que pode manifestar-se sob forma epidêmica, caracterizada, em sua apresentação clássica, por diarreia abundante, prostração e cãibras; cólera-morbo, mordexim.]

Colmeia – Colmeia.

Colmeia (ê) – O mesmo que colmeia: cortiço de abelhas; porção de abelhas; enxame.

Colo – Parte do intestino grosso situada entre o ílio e o reto; cólon.

Cólon – colo.

Colorífico – Que produz cor.

Coma – Em Medicina, significa: estado mórbido semelhante ao sono, durante o qual se perdem as atividades cerebrais superiores, conservando-se a respiração e a circulação. Insensibilidade, apatia, indiferença.

Comatoso - Relativo a, ou próprio do coma.

Comburência – de comburente: aquilo que alimenta a combustão.

Comenos - Momento, instante, ocasião. Neste comenos: nesta mesma ocasião; neste ínterim. (A, 47)

Comensais – Plural de comensal: cada um daqueles que comem juntos; indivíduo que tem o hábito de comer em casa alheia. Zool.: Organismos que vivem com outro de espécie diferente, sem lhe ser úteis ou nocivos.

Comensal - Cada um daqueles que comem juntos. Indivíduo que tem o hábito de comer em casa alheia.

Comissura – Linha de junção. 2. Juntura, junção. 3. Anat. Designação genérica de local em que se reúnem formações anatômicas correspondentes.

Cômpar – Igual, semelhante, que está a par.

Comparência – comparecimento.

Compassivo – Que tem ou revela compaixão; condolente.


Compatrício – Que ou quem é da mesma pátria; compatriota, conterrâneo, paisano.

Compulsivo – Próprio para compelir, ou a isto destinado.

Conciliábulo – assembleia secreta, de intenções malévolas; conluio.

Conciliar – Referente a concílio: assembleia de prelados católicos em que se tratam assuntos dogmáticos, doutrinários ou disciplinares.

Concílio – Assembleia de prelados católicos em que se tratam assuntos dogmáticos, doutrinários ou disciplinares.

Concupiscência – 1. Desejo intenso de bens ou gozos materiais. 2. Apetite sexual.

Condoreiro – Adj. 1. Diz-se do estilo elevado ou guindado, hiperbólico, ou do poeta que tem esse estilo. S. m. 2. Poeta condoreiro.

Confranger – V. t. d. 1. Oprimir, afligir, angustiar. 2. Moer, esmigalhar. V. p. 3. Contorcer-se, contrair-se. 4. Sentir-se muito mal; afligir-se, angustiar-se.

Confreira – Colega, membro de confraria, camarada.

Congenial – Adj. 2 g. 1. Conforme ao gênio ou à índole de alguém. 2. Próprio da natureza.

Congestão – afluência anormal do sangue aos vasos de um órgão.

ConsoleConsolo. Arquit. Peça saliente na parede de um edifício, destinada a suportar elementos que se projetam, ou a receber vasos, estátuas, plantas, etc. Tipo de mesa de encostar, dotada de pés ornamentais, sendo muitas vezes presa à parede e suportada por uma espécie de cantoneira (de madeira esculpida, de ferro batido, de pedra, etc.). Mús. Nos órgãos, peça móvel onde estão postos os teclados, os registros e a pedaleira. Mús. A parte superior das harpas; modilhão.

Consolo – Do francês console: peça saliente usada para sustentar vasos, jarras etc.

Consóror – Veja confreira.

Consumpção – 1. Ato ou efeito de consumir(-se). 2. Med. Definhamento progressivo e lento do organismo humano produzido por doença. [Var.: consunção. ]


Contador - Circuito para contar pulsos elétricos provenientes de um sistema; contador eletrônico

Contrabanda – peça de brasão lançada ao contrário da banda, isto é, da direita para a esquerda.

Conúbio - Casamento, matrimônio, núpcias. União, ligação, aliança.

Conventículo – Assembleia clandestina de conspiradores. Conluio, maquinação, trama. Reunião secreta de pessoas.

Convés – Designação comum aos pavimentos, a bordo. O piso desses pavimentos, esp. o dos pavimentos descobertos, ou cobertos apenas com toldo; deque. [Pl.: conveses.]

Coorte – Parte de uma legião, entre os antigos romanos. Tropa; porção de gente armada. Multidão de pessoas; magote. Décima parte de uma legião.

Coral – 1. Zool. Animal celenterado, antozoário, de corpo em forma de pólipo com tentáculos orais e tubo digestivo dividido em septos e com sifonóglifo. Provido de endoesqueleto ou exosqueleto calcário, vive nos mares quentes, a pouca profundidade, e é responsável pela formação de recifes e atóis. Conhecem-se atualmente cerca de 6.200 espécies. [Cf. hidra2.] 2. Fig. Cor vermelho-amarelada característica das colônias do coral-vermelho. 3. Que tem essa cor; coralino. 4. Referente a coro. 5. Canto em coro; canto coral. 6. Mús. Forma que se desenvolveu a partir da Reforma protestante. 7. Mús. Designação de certos grupos corais; madrigal, coro (ô).

Cordão espermático - Cada uma de duas estruturas compostas, cada uma, de canal deferente, vasos e nervos.

Cordato - Prudente, sensato, que tem bom senso. Que se põe de acordo.

Cordeiro - Filhote ainda novo de ovelha; anho. Fig.: Pessoa mansa e inocente. (O vocábulo é usado também como referência a Jesus, o cordeiro de Deus, imolado na cruz.)



Compartilhe com seus amigos:
1   ...   4   5   6   7   8   9   10   11   ...   28


©aneste.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
universidade federal
terapia intensiva
Excelentíssimo senhor
minas gerais
união acórdãos
Universidade estadual
prefeitura municipal
pregão presencial
reunião ordinária
educaçÃo universidade
público federal
outras providências
ensino superior
ensino fundamental
federal rural
Palavras chave
Colégio pedro
ministério público
senhor doutor
Dispõe sobre
Serviço público
Ministério público
língua portuguesa
Relatório técnico
conselho nacional
técnico científico
Concurso público
educaçÃo física
pregão eletrônico
consentimento informado
recursos humanos
ensino médio
concurso público
Curriculum vitae
Atividade física
sujeito passivo
ciências biológicas
científico período
Sociedade brasileira
desenvolvimento rural
catarina centro
física adaptada
Conselho nacional
espírito santo
direitos humanos
Memorial descritivo
conselho municipal
campina grande