Curando as folhas do tabaco



Baixar 21.15 Kb.
Encontro16.09.2019
Tamanho21.15 Kb.

Texto original publicado em http://www.coffinails.com/curing_tobacco.html , escrito por Chris Gurney.

Tradução para o português pelo confrade Edelberto Neto, para a cAc.
Nota para o editor: Os casos de ênclise pronominal (em ‘deixa-las’ ou ‘seca-lo’, p. ex.) não puderam ser corretamente acentuados por exigência do MS Word, e peço que se corrijam para publicação.

Curando as folhas do tabaco
Por que eu devo curar meu tabaco?

Curar o tabaco é uma forma de remover qualquer odor desagradável que o tabaco natural tenha. Você pode fumar seu tabaco sem cura-lo se você não se importar com o cheiro, mas eu não recomendo isso. Curar o tabaco não demora muito e melhora bastante o aroma.
Quando eu era jovem, era comum para mim pegar as folhas maduras e marrons que haviam caído do talo, enrola-las num cigarro e fumar. Dividíamos entre os colegas e todos adoravam... Não sei se era o ar livre, mas mau cheiro algum estragava a fumada.

Ainda mencionaria que num ano em particular eu estava tirando os talos depois de remover todas as folhas maiores. Isso foi depois de uma geada que deixou todas as folhas menores num marrom escuro. Eu tentei ver se essas folhas podiam ser fumadas: podiam. Com um forte gosto de charuto, tanto Havana quanto Virginia. Eu nunca desenvolvi bem essa idéia, entretanto. Talvez algum dos leitores tentasse...
Minha próxima tentativa na cura do tabaco necessitou de uma estufa. Calculei que ia ser preciso todo um verão britânico. Por isso a cura se deu no verão seguinte, após a colheita. O princípio era suspender uma folha de plástico com água próximo ao teto da estufa. Um pequeno ventilador soprava na água, levantando umidade no ar. O sistema funcionou, mas eu precisava de um que fosse bem mais rápido, eu sou impaciente por natureza e após meses de cultivo eu queria resultados, e uma fumaça que não espantasse ninguém.
Para curar suas folhas, você precisará de uma câmara de cura. Você deve evitar câmaras de madeira, pois seu cheiro será absorvido pelo tabaco. Posteriormente darei instruções completas de como construir sua própria câmara, que irá curar 18kg de folhas em apenas quatro semanas.

Informações históricas

Há centenas de anos, o tabaco era fumado em cachimbos ou transformado em rapé e friccionado nas gengivas. A cura do tabaco era desconhecida. Ele não foi fumado em cigarros até que papel barato tenha se tornado disponível. O fumo de então devia feder bastante, já que não havia sido curado.

Os primeiros indícios da cura vêm dos navios que traziam o tabaco das Índias Ocidentais para a Europa. Esses barcos ficavam no mar por várias semanas, com a carga de tabaco a bordo. Também ficavam no porto por mais duas ou três semanas enquanto a carga era embarcada e desembarcada. O calor e umidade eram grandes e juntos com a atmosfera salgada causavam a fermentação natural do tabaco. Quando chegava em ‘nossas’ praias, ele já estava parcialmente curado. Daí muitas outras técnicas se desenvolveram.

Secando e colorindo

Os primeiros estágios da cura são a secagem e a coloração, para remover a umidade e tornar as folhas marrons. As folhas do tabaco são compostas por algo em torno de 90% de umidade, portanto, enquanto cada planta pode render 1kg de folhas, após a secagem seu peso será de apenas 100g.
Ao secar, as folhas de Virginia ficarão amarelas e então marrons. Plantas de talo verde como a Havana demoram mais para mudar de cor e tendem a ir direto do verde para o marrom.
Comercialmente, as empresas colocam o tabaco em grandes celeiros abertos para permitir que a passagem da brisa morna retire a umidade. Como plantador caseiro, você pode pendurar as folhas em varas ou arames na porta de um carro ou em outra área externa abrigada. Eu normalmente penduro meu tabaco sob videiras suspensas que protegem as folhas da chuva.
Você pode secar o tabaco dentro de casa, mas controle a temperatura cuidadosamente para evitar que ele seque muito rápido, o que pode fazer com que parte do pigmento verde permaneça. A secagem e coloração são completadas quando as folhas estão marrons e a nervura central está seca e quebradiça.
Não há forma rápida de se secar as folhas do tabaco. Fornos, microondas e congeladores não ajudam realmente; a melhor forma é seca-lo naturalmente. Você pode acelerar ligeiramente o processo esmagando a nervura, mas tome cuidado, pois a seiva liberada é prejudicial para a folha e você deverá pendura-las dentro de poucas horas.
Outra forma de acelerar o processo é empilhar as folhas e cobri-las com um lençol ou tapete para manter o calor. Elas irão transpirar, o que apressará a mudança de cor. A pilha deve ser virada diariamente, e as folhas de dentro postas para fora. Aquelas encharcadas devem ser postas para secar antes de voltarem para a pilha. Depois de mais ou menos cinco dias já poderão ser penduradas para secar normalmente.
Você também pode deixar as folhas na grama em um dia ensolarado que elas secarão em poucas horas. Dependendo da temperatura, da umidade e do vento, folhas verdes ficarão amarelas ou amarronzadas e as amarelas marrons. Eventualmente você pode ter folhas verdes ficando completamente marrons. O maior problema desse método é que com a perda de umidade e peso, qualquer ventania pode levar suas folhas embora!

Construindo uma câmara de cura e curando seu tabaco.

Durante os vários anos em que tenho cultivado tabaco, eu já experimentei vários métodos de cura. Como resultado da minha experiência, eu posso agora dar as instruções para a construção de uma simples e funcional câmara de cura de tabaco.
O objetivo da cura é fazer transpirar as folhas para retirar seu mau cheiro. Para isso, você deve criar um ambiente quente e úmido. Essa câmara é ideal para isso.

Para as paredes, eu uso chapas de isopor de 5cm de espessura. Três lâminas de 2,4m X 1,2m são suficientes para uma câmara de 1m² de base e 1,5m de altura (com capacidade para até 18kg de folhas), embora você possa ajustar o tamanho de acordo com sua necessidade.
Para fornecer calor, eu uso um aquecedor elétrico, que deve manter a temperatura em 55°C. Você pode usar temperaturas mais baixas, embora o processo vá levar mais tempo. [N. do T. : Me parece mais razoável e acessível ao leitor brasileiro o uso de uma lâmpada incandescente de 60 watts ou mais potente, como o usado normalmente em chocadeiras. Cabe notar, no entanto, a temperatura indicada pelo autor.]
A umidade deve ser aumentada no interior da câmara para manter a folha flexível, mas não molhada. Um umidificador de ambientes é usado para isso.
Mantenha a base, os lados e o topo vedados com fita adesiva. Faça uma abertura em um dos lados para servir de porta, e use fita para mantê-la fechada.
[Instale varas próximo ao topo para pendurar o tabaco].
Finalmente, faça um buraco de 5cm junto à base para a entrada de ar fresco e outro perto do topo para a saída do mau cheiro.
Quando o odor desagradável tiver ido, o tabaco está curado e pronto pra fumar, embora se deixa-lo maturar ao longo dos anos, seu sabor melhore bastante.
Todo o processo de cura irá levar em torno de quatro semanas.
Catálogo: artigos
artigos -> Root Entry
artigos -> Dental loss experiences in adult and elderly users of primary health care
artigos -> Fluorose dentária: relação com teores de flúor nas águas de abastecimento público do Brasil
artigos -> Recobrimento de implantes ti-6Al-4v com hidroxiapatita por eletroforese: reaçÃo metal-cerâmico
artigos -> Cabeça femoral de alumina em artroplastia total do quadril: estado da arte
artigos -> Comportamento em meio sorológico de aço inoxidável 316L
artigos -> O impacto da saúde bucal na qualidade de vida de crianças infectadas pelo hiv: revisão de literatura
artigos -> 6ccsdmmt05-p estudo das estruturas superficiais do pescoçO: os trígonos cervicais
artigos -> Promoção de Saúde: Um resgate a participação da família como agente multiplicador da saúde


Compartilhe com seus amigos:


©aneste.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
universidade federal
terapia intensiva
Excelentíssimo senhor
minas gerais
união acórdãos
Universidade estadual
prefeitura municipal
pregão presencial
reunião ordinária
educaçÃo universidade
público federal
outras providências
ensino superior
ensino fundamental
federal rural
Palavras chave
Colégio pedro
ministério público
senhor doutor
Dispõe sobre
Serviço público
Ministério público
língua portuguesa
Relatório técnico
conselho nacional
técnico científico
Concurso público
educaçÃo física
pregão eletrônico
consentimento informado
recursos humanos
ensino médio
concurso público
Curriculum vitae
Atividade física
sujeito passivo
ciências biológicas
científico período
Sociedade brasileira
desenvolvimento rural
catarina centro
física adaptada
Conselho nacional
espírito santo
direitos humanos
Memorial descritivo
conselho municipal
campina grande