Bactérias, vírus, protozoários, helmintos  implicados em dta



Baixar 23.01 Kb.
Encontro13.01.2018
Tamanho23.01 Kb.

MICROBIOLOGIA DE ALIMENTOS


DTA - Doenças Transmitidas por Alimentos


  • Processo patológico resultante da ingestão de alimentos

  • Bactérias, vírus, protozoários, helmintos,algas  agentes microbianos implicados em DTA




  • Ocorrência: caso - surto (epidemia, pandemia)

  • Gravidade: branda – fatal

  • Impacto econômico: custos - produtividade



Infecção alimentar
Patógeno é ingerido e se multiplica no organismo

Pode produzir toxinas (toxinfecção)


Alimento contaminado




Indivíduo adoece


Dose infectante
Tempo
Trato digestório

Sintomas:


Características gerais de microrganismos infecciosos

    • Sobrevivem em pH ácido do estômago e várias enzimas digestivas

    • Penetram a barreira de muco e o sítio da infecção em estado viável

    • Estabelecimento no trato digestório ou outro tecido do corpo

    • Capacidade de colonização no intestino

    • Conseguem transpor defesas do corpo

    • Fatores de agressão: adesinas, toxinas, etc


Características das Infecções

  1. penetração nos tecidos e multiplicação intracelular


Ex: Salmonella, Shigella, Yersinia enterocolitica, Campylobacter

Escherichia. coli (O 157:H7), Listeria monocytogenes


  • Danos à mucosa intestinal

  • Perda de integridade estrutural das microvilosidades

  • Perda do equilíbrio de fluídos e eletrólitos

  • Cólon: pode ocorrer diarréia sanguinolenta (Shigella) grave ou branda

  • Int. delgado: diarréia aquosa (Salmonella)



2. Citotoxinas e enterotoxinas:
Ex: E. coli enteropatogênica, Vibrio cholerae

  • Infecções não invasivas

  • Proliferação no lúmen intestinal

  • Geralmente no int.delgado devido a menor competição


TRATAMENTO: Reidratação, antibioticoterapia

Intoxicação alimentar


  • Microrganismo produz uma toxina no alimento

  • Os agentes causadores não estão viáveis e/ou a toxina é formada antes do consumo

  • Quando o alimento é ingerido, a toxina causa danos ao organismo

  • Principais agentes bacterianos:


Staphylococcus aureus - Bacillus cereus - Clostridium botulinum



Sintomas

Idade, sexo, estado nutricional, saúde, genética

Podem ser agudos ou crônicos

Toxinas bacterianas:

  • Mantém atividades durante estocagem, preservação e preparo do alimento até atingir o sítio de ação

  • Muitas são termoestáveis


TRATAMENTO: reidratação, suporte, soro imune, respiração mecânica

Medidas gerais de controle das DTAs:



  • Cuidado no preparo de alimentos











  • Cocção adequada dos alimentos





  • Refrigeração dos alimentos







MIP – Disciplina de Microbiologia - Profª Helena Rodrigues Lopes

Monitora: Ellen Cristina Felix Altoé



Compartilhe com seus amigos:


©aneste.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
universidade federal
terapia intensiva
Excelentíssimo senhor
minas gerais
união acórdãos
Universidade estadual
prefeitura municipal
pregão presencial
reunião ordinária
educaçÃo universidade
público federal
outras providências
ensino superior
ensino fundamental
federal rural
Palavras chave
Colégio pedro
ministério público
senhor doutor
Dispõe sobre
Serviço público
Ministério público
língua portuguesa
Relatório técnico
conselho nacional
técnico científico
Concurso público
educaçÃo física
pregão eletrônico
consentimento informado
recursos humanos
ensino médio
concurso público
Curriculum vitae
Atividade física
sujeito passivo
ciências biológicas
científico período
Sociedade brasileira
desenvolvimento rural
catarina centro
física adaptada
Conselho nacional
espírito santo
direitos humanos
Memorial descritivo
conselho municipal
campina grande