Avaliação de meios de cultura líquidos, sólidos e bifásicos para a produção de Nomuraea rileyi (Farlow) Samson



Baixar 19.29 Kb.
Encontro14.05.2018
Tamanho19.29 Kb.



Avaliação de meios de cultura líquidos, sólidos e bifásicos para a produção de Nomuraea rileyi (Farlow) Samson
Camila Beatriz Santana (PIBIC/CNPq/Unioeste), Fabiana Gisele da Silva Pinto(Orientador), e-mail: camilabs_@hotmail.com
Universidade Estadual do Oeste do Paraná/Centro de Ciências Biológicas e da Saúde/Cascavel, PR
Grande área e área: Ciências Biológicas - Microbiologia
Palavras-chave: controle biológico, sistema bifásico, produção de fungos.
Resumo
O fungo entomopatogênico Nomuraea rileyi (Farlow) Samson é um importante agente de controle natural de lagartas. Visando a produção massal deste fungo a um baixo custo, o objetivo do trabalho foi avaliar a produção de N. rileyi em substratos líquidos e sólidos obtidos de resíduos e subprodutos da agroindústria. Os substratos líquidos e sólidos que proporcionaram os melhores resultados foram combinados, constituindo um sistema bifásico. Foi realizada a avaliação da atividade do fungo para o controle de Anticarsia gemmatalis. Para a obtenção dos meios líquidos, foram utilizados água do cozimento do arroz (ACA) pura e combinada com, melaço, melaço e extrato de levedura, sacarose, dextrose, água do cozimento do sorgo (ACS), combinada com dextrose, melaço, além de melaço puro, melaço com extrato de levedura e farinha de crisálida do bicho-da-seda com dextrose, sendo 4 repetições de cada meio líquido. O meio de cultura SMAY foi utilizado como controle. Os três meios líquido que produziram a maior biomassa seca, foram combinados com os meios sólidos: arroz, sorgo e arroz com sorgo, preparados em sacos de polipropileno que posteriormente foram inoculados 10 mL de fungos crescidos nos meios líquidos escolhidos. A mortalidade da A. gemmatalis influenciada pelo fungo apresentou eficácia de 25 a 80% de mortalidade. Entre os meios líquidos, o que proporcionou maior média de produção de biomassa seca foi o preparado com Farinha de crisálida de bicho-da-seda. Dentro do processo bifásico, o que obteve maior média de viabilidade e produção de conídios, foi arroz/SMAY.
Introdução
O padrão de desenvolvimento no mundo passou do extrativismo e da agricultura de subsistência para a exploração agroindustrial e a partir desta exploração intensa houve o aumento do uso de inseticidas químicos, gerando desequilíbrios biológicos. Entre os danos se destacam a resistência de insetos, o aumento de pragas secundárias (SOSA-GÓMEZ et al. 2002), resíduos no solo, na água e em alimentos, além de problemas na saúde pública. Essa realidade faz com que pesquisadores procurem alternativas para o uso dos defensivos agrícolas, portanto o controle microbiano de pragas ganha importância neste contexto, por se tratar do uso racional de patógenos (PARRA et al., 2002).

A utilização de micro-organismos entomopatogênicos para o controle de pragas, representa uma das alternativas mais eficientes e seguras ao uso de pesticidas químicos. Dentre os agentes utilizados no controle microbiano, os fungos entomopatogênicos apresentam-se como uma boa alternativa, pois se mostram eficazes no controle de diversas pragas agrícolas, portanto menos impactante ao meio ambiente quanto aos organismos não alvos (ALVES, 1998).

O Nomuraea rileyi (Farlow) Samson, é um fungo entomopatogênico promissor no controle biológico, pois sob condições ambientais favoráveis, como temperatura e umidade, demonstrou diminuir significativamente populações de insetos da família Noctuidae. Devido ao bom índice de controle natural observado, destaca-se a importância deste em programas de manejo de pragas (NUNES, 2010).

Como o N. rileyi demonstra ser eficiente no controle de lagartas, há uma tentativa da sua utilização como bioinseticida, tornando-se procedente a produção deste em larga escala, através de processos “in vitro”. Um dos principais fatores a se levar em conta, para o sucesso da utilização de fungos em larga escala é a produção de grande quantidade de conídios por um preço competitivo. Assim, o processo de produção deve ser de baixo custo e ao mesmo tempo produzir conídios virulentos. Neste contexto, são necessários estudos sobre o desenvolvimento do fungo em diferentes tipos de meios de cultura, sua viabilidade nestes, produtibilidade e outros fatores (ROBL et al., 2009).

O trabalho teve por objetivo avaliar a produção de N. rileyi em substratos líquidos e sólidos obtidos de resíduos e subprodutos da agroindústria. Os substratos líquidos e sólidos que proporcionaram os melhores resultados foram combinados, constituindo o sistema bifásico.
Materiais e Métodos
Foi utilizado o fungo N. rileyi (isolado UNIOESTE 82), isolado de lagartas A. gemmatalis contaminadas com o fungo. A produção inicial do N. rileyi foi realizada em placas de Petri contendo Meio de Esporulação. A inoculação dos conídios de N. rileyi foi realizada em câmara de fluxo laminar e posteriormente incubados a 27ºC. O preparo das suspensões de conídios foi realizado com água destilada mais uma solução surfactante (Tween 80® a 0,01%). A concentração de conídios foi verificada em câmara de Neubauer e as suspensões padronizadas a 1 × 108 conídios/mL para uso nos experimentos.

Foram utilizados substratos considerados resíduos ou subprodutos da agroindústria, obtidos com grãos de arroz e sorgo, melaço de cana, farinha de bicho-da-seda (Bombyx mori). Além do meio de cultura SMAY como padrão de controle e comparação.

O fungo foi adicionado a cada meio líquido e após 10 dias incubação, foram filtrados em funil a vácuo de Büchner e papel filtro. Os papeis filtro com a biomassa do fungo produzido, foram pesados em balança analítica, após serem secos em estufa a 60ºC sendo descontado o peso do papel filtro.

Para avaliação da produção de N. rileyi em processo bifásico, os 3 meios líquidos que produziram maior biomassa foram utilizados para crescimento do fungo, para posterior inoculação em meios sólidos (arroz, sorgo e arroz com sorgo).


Resultados e Discussão
Entre os diferentes meios testados, os que proporcionaram maior média de produção de biomassa seca foram os meios de cultura preparados com FARINHA DE CRISALIDA DE BICHO-DA-SEDA, MELAÇO COM EXTRATO DE LEVEDURA e ÁGUA DO COZIMENTO DO ARROZ COM MELAÇO E EXTRATO DE LEVEDURA, além do SMAY (controle). Houve diferença estatística significativa entre os meios testados, e os resultados não se encontraram em normalidade e homogeneidade.

Isto provavelmente se explica porque o melaço, a dextrose e a água do cozimento do arroz são ricos em carbono (C) e os fungos entomopatogênicos, os quais o N. rileyi se inclui, necessitam de substratos ricos neste composto, pois ele é primordial para a síntese de componentes celulares, além de ser uma importante fonte de energia. Em peso seco, uma célula normal é composta por 50% de C e cerca de 12% de nitrogênio (N). O N é constituinte de ácidos nucleicos, proteínas e outros compostos celulares (MADIGAN et al., 2010).

O fungo produziu conídios em todos os meios de cultura bifásicos e sólidos utilizados, destacando-se os tratamentos controle (SMAY) e os meios com FBS + dextrose.

O meio de meio cultura SMAY possui nutrientes indispensáveis para o bom crescimento do fungo, como fontes de nitrogênio e carbono. Alguns trabalhos testaram o crescimento de fungos entomopatogênicos em meios de cultura contendo concentrações controladas de fontes de carbono e nitrogênio, obtendo crescimento superior nestes meios, quando comparados com meios de cultura pobres nestes nutrientes (BARBOSA, 2002).


Conclusões
a) A produção de conídios de N. rileyi é influenciada pelo tipo de substrato utilizado para elaboração dos meios de cultura.

b) O meio líquido que produziu maior média de biomassa seca foi o de Farinha da crisálida do Bicho-da-Seda + dextrose, o qual pode ser uma alternativa ao meio de cultura SMAY.



c) O substrato que obteve média de produção de conídios e viabilidade mais satisfatória, quando comparado ao meio de cultura padrão utilizado na indústria (SMAY), foi o meio bifásico a base de arroz/Farinha da crisálida do Bicho-da-Seda + dextrose.
Agradecimentos
A Fundação Araucária pelo financiamento.
Referências
BARBOSA, C. C.; MONTEIRO, A. C.; CORREIA, A. do C. B.; PEREIRA, G. T. Crescimento e esporulação de isolados de Verticillium lecanii sob diferentes condições nutricionais. Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v.24, n.3, p.375-381, 2002.
JUNIOR, A. M. Controle microbiano de pragas. In: VENZON, M.; JUNIOR, T. J.; PALLINI, A. Controle Alternativo de Pragas e Doenças. Viçosa. UFV. p. 43-70, 2009.
MADIGAN, Michael T. et al. Microbiologia de Brock. 12. ed. Porto Alegre: ArtMed, 2010.
NUNES, A. R.; MARTINS, J. N.; FURLANETO, M. C.; BARROS, N. M. Produção de proteases degradadoras de cutícula por Nomuraea rileyi e sua virulência contra Anticarsia gemmatalis. Ciência Rural. Santa Maria, v.40, n.9, 2010.
PARRA, J.R.P.; BOTELHO, P.S.M.; CORRÊA-FERREIRA, B.S.; BENTO, J.M.S. Controle biológico: uma visão inter e multidisciplinar. In: PARRA, J.R.P.; BOTELHO, P.S.M.; CORRÊA-FERREIRA, B.S.; BENTO, J.M.S. Revista Brasileira de Entomologia. São Paulo: Manole. p.125-142, 2002.
ROBL, D.;SUNG, L. B.;NOVAKOVICH, J. H.;MARANGONI, P. R. D.;ZAWADNEAK, M. A. C.;DALZOTO, P. R.;GABARDO, J.;PIMENTEL, I. C.Spore production in Paecilomyces lilacinus (Thom.) samson strains on agro-industrial residues Brazilian Journal of Microbiology, v.40 p.296-300, 2009.
SOSA-GÓMEZ, D. R.; SILVA, J. J. da. (Org.). Fungos entomopatogênicos: catálogos de isolados. 32f. Londrina: Embrapa Soja, 2002.



Catálogo: eventos -> eaicti -> eaictiAnais -> arquivos
arquivos -> Avaliação do efeito da clorexidina e do hipoclorito de sódio na cimentação adesiva de pinos – estudo in vitro
arquivos -> Análise clinicopatológica de tumores malignos de glândula salivar provenientes de uma casuística de Cascavel (PR) diagnosticados entre os anos de 2001 a 2015
arquivos -> Análise morfométrica dos tecidos gengivais de ratos castrados e com periodontite experimental
arquivos -> Eletrodo de hidroxiapatita para determinação de matéria orgânica
arquivos -> Aplicabilidade da acupuntura auricular no controle da dor, depressão e incapacidade em pacientes portadores de disfunção temporomandibular
arquivos -> Avaliação clínica comparativa entre duas técnicas cirúrgicas para recobrimento radicular em classes I e II de Miller
arquivos -> Análise do conhecimento a respeito da psiconeuroimunologia e do uso da abordagem holística pelos enfermeiros do município de Foz do Iguaçu-pr na prática diária
arquivos -> Estudo morfométrico do plexo submucoso do jejuno de ratos em modelo experimental de câncer tumor de Walker-256
arquivos -> Avaliação da compactação do solo em sistema semeadura direta submetido ao trafego de conjuntos de transbordos graneleiros
arquivos -> Cateter central de inserção periférica: análise do uso na unidade de tratamento intensivo neonatal do Hospital Universitário do Oeste do Paraná


Compartilhe com seus amigos:


©aneste.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
universidade federal
terapia intensiva
Excelentíssimo senhor
minas gerais
união acórdãos
Universidade estadual
prefeitura municipal
pregão presencial
reunião ordinária
educaçÃo universidade
público federal
outras providências
ensino superior
ensino fundamental
federal rural
Palavras chave
Colégio pedro
ministério público
senhor doutor
Dispõe sobre
Serviço público
Ministério público
língua portuguesa
Relatório técnico
conselho nacional
técnico científico
Concurso público
educaçÃo física
pregão eletrônico
consentimento informado
recursos humanos
ensino médio
concurso público
Curriculum vitae
Atividade física
sujeito passivo
ciências biológicas
científico período
Sociedade brasileira
desenvolvimento rural
catarina centro
física adaptada
Conselho nacional
espírito santo
direitos humanos
Memorial descritivo
conselho municipal
campina grande