ApresentaçÃO / introduçÃO


Grupo 08 – Cirurgias Ambulatoriais Especializadas



Baixar 252.92 Kb.
Página2/4
Encontro21.10.2017
Tamanho252.92 Kb.
1   2   3   4

Grupo 08 – Cirurgias Ambulatoriais Especializadas


SubGrupo - 01 Cód. 08.010.00-1 Procedimentos Cirurgias de Pele, Tecidos Subcutâneo e Mucosa

Código SIA/SUS

Procedimento

Atividade Profissional

08.011.01-1

Biópsia de Tecido da Cavidade Bucal

30, 85

08.011.02-8

Biópsia de Lábio

30, 85

08.011.03-6

Bíopsia de Língua ou de Glândulas Salivares

30, 85

08.011.10 -9

Excisão e Sutura de Lesão na Boca

30, 85

08.011.11-7

Excisão e Sutura de Tegumento na Face

30, 85

08.011.13.3

Excisão em cunha do lábio

85

08.011.20.6

Incisão e Drenagem de Abcesso da Boca e Anexos

30, 85

08.011.26-5

Remoção de Cálculo Salivar

30, 85

08.011.31-1

Sutura de Ferida da Mucosa

30, 85



OBSERVAÇÃO: Atividade 30 – cirurgião dentista clínico geral; 85 – cirurgião dentista em traumatologia buco maxilo facial
Grupo 09 – Procedimentos Traumato Ortopédicos

SubGrupo - 02 Cód. 09.20.00-4 Tratamento com Redução Incruenta e Imobilização Definitiva - incluindo consulta e Exame. Radiológico.





Código SIA/SUS


Procedimento

Atividade Profissional

09.024.01-8

Fratura de mandíbula por Hemiface

30, 85

09.024.02-6

Tratamento de Luxação Temporo Mandibular

30, 85

09.024.03-4

Tratamento do Arco Zigomático

30, 85

09.024.04-2

Tratamento dos Ossos Próprios do Nariz

30, 85

09.024.05-0

Tratamento dos Ossos da Face

30, 85


Grupo 09 – Procedimentos Traumato Ortopédicos


SubGrupo - 03 Cód. 09.30.00-0 Tratamento Conservador com Imobilização Definitiva

incluindo consulta e Exame . Radiológico




Código SIA/SUS


Procedimento

Atividade

Profissional

09.034.01-3

Tratamento dos ossos da Face

30, 85

09.044.01-9

Revisão e troca de Aparelho Gessado em lesão dos osso da face

30, 85

Na fase operativa deverão ser constatados, em relação às Pequenas Cirurgias e Cirurgias Ambulatoriais integrantes do Grupo 8 os seguintes aspectos:




  • se há registro de descrição das cirurgias e se o boletim de anestesia encontra-se anexado;

  • as suturas de pele somente poderão ser incluídas como cirurgias ambulatoriais, quando o ferimento for extenso ou em casos especiais, devidamente justificados e descritos minuciosamente pelo profissional médico responsável.



    NOTA: Nos valores pagos está incluída a sutura da pele (incisão cirúrgica), e os valores atribuídos a cada procedimento incluem os cuidados pré e pós-operatórios.

Se dois ou mais procedimentos constantes da Tabela de Procedimentos - SIA/SUS forem realizados durante o mesmo ato cirúrgico, deverá ser cobrado somente o procedimento de maior valor quando:



  • durante o ato cirúrgico houver indicação de outra(s) intervenção(ões) sobre órgão ou região, desde que realizada(s) através da mesma incisão;

  • diversas intervenções se realizarem na mesma cavidade, ou orifício natural;

  • novas incisões tiverem que ser feitas para a complementação do ato cirúrgico;


NOTA: Quando o primeiro atendimento incluir ato cirúrgico, implicará o pagamento desse ato, nele ficando incluído o valor da consulta ou qualquer outros atos relacionados com a seqüência desse atendimento.

4.2 - Centros de Especialidades Odontológicas - CEO e Laboratórios Regionais de Próteses Dentários - LRPD

Os CEO e os LRPD, destinados à atenção secundária, foram criados pela Portaria GM/MS nº 1570, de 29.07.2004, publicada no DOU em 15.09.2004, e estabelecem critérios, normas e requisitos para implantação e credenciamento dessas unidades e dos Laboratórios Regionais de Próteses Dentários.


Quando da atividade de auditoria deverá ser observado:




  • se a área de abrangência está em consonância com o Plano Diretor de Regionalização – PDR, e identificação da população coberta;

  • se cumpre o estabelecido na PRT/GM/MS nº 1570 /04, quanto as características das modalidades de CEO e LRPD;

  • se estão sendo realizadas no mínimo as seguintes atividades: diagnóstico bucal, com ênfase no diagnóstico e detecção de câncer bucal, periodontia especializada, cirurgia oral menor dos tecidos moles e duros, endodontia e atendimento a portadores de necessidades especiais;

  • o cumprimento pelos Laboratórios Regionais de Próteses Dentárias – LRPD quanto ao limite máximo de cobrança de procedimentos/mês - duzentos e quarenta e dois procedimentos cobrados mediante apresentação de APAC conforme estabelece o Artigo 2º da Portaria/GM/MS nº 1572/04, e o contido no anexo quanto à produção mínima; e

  • quanto à execução físico – financeira dos recursos, deverão ser observados o que estabelece a Portaria/GM/MS nº 1571/04.




OBSERVAÇÃO: Somente as unidades de saúde de natureza jurídica pública e universidades de qualquer natureza jurídica poderão credenciar-se para o CEO.
Para o credenciamento dos LRPD independe a natureza jurídica, que devem ofertar, no mínimo, os serviços de prótese dentária total e prótese parcial removível.


Catálogo: download
download -> 1. As figuras abaixo mostram esquema tridimensional e cortes histológicos da odontogênese. Entenda as figuras e responda as questões abaixo. Identifique as estruturas apontadas e as fases do desenvolvimento dentário
download -> 1997, Secretaria de Estado da Saúde do Paraná
download -> Pré-Avaliação de Geografia – Prof. Nivaldo 8º Ano ef – IV bimestre Data
download -> Reposicionamento do nervo inferior alveolar em conjunção com o posicionamento de implantes ósseo integrados: Relatório de um ca
download -> Hemorragia do soalho da boca, resultado da perfuração lingual durante o implante
download -> Aplicacao de cariostatico (por dente) 201304 b bpa-c ou bpa-i 0001 condiciona registro em bpa-i (ceo e pcd)
download -> 100 motivos para ir ao dentista parte 07 Antônio Inácio Ribeiro 2001 odontex


Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4


©aneste.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
universidade federal
terapia intensiva
Excelentíssimo senhor
minas gerais
união acórdãos
Universidade estadual
prefeitura municipal
pregão presencial
reunião ordinária
educaçÃo universidade
público federal
outras providências
ensino superior
ensino fundamental
federal rural
Palavras chave
Colégio pedro
ministério público
senhor doutor
Dispõe sobre
Serviço público
Ministério público
língua portuguesa
Relatório técnico
conselho nacional
técnico científico
Concurso público
educaçÃo física
pregão eletrônico
consentimento informado
recursos humanos
ensino médio
concurso público
Curriculum vitae
Atividade física
sujeito passivo
ciências biológicas
científico período
Sociedade brasileira
desenvolvimento rural
catarina centro
física adaptada
Conselho nacional
espírito santo
direitos humanos
Memorial descritivo
conselho municipal
campina grande