Analec e os mercadores de liçÕES



Baixar 2.76 Mb.
Página6/37
Encontro24.10.2017
Tamanho2.76 Mb.
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   37
SoniaRevoredo

Olá caro amigo Luzirmil. Você sabe como ninguém que tudo tem o seu dia. pelo menos foi o que me deixou mostrar quando no dia 02/10/2010 esteve na minha página me lendo. Não sei porque só hoje que vi seu comentário sobre minha Prece. Achei linda sua história de vida com seu sonho maravilhoso. Não tenho premonições , mas vejo que estamos nos destruindo sem nada ou quase nada fazer, pelo nosso Planeta que pede socorro. Eu já sonhei muito, mas hoje bem menos ou melhor eu sei que continuo sonhando , mas poucas vezes lembro deles. Tomo um remédio para dores de cabeça que me são muito frequentes e ele me faz ficar com o sono muito pesado motivo pelo qual deduzi não está lembrando mais deles. (os Sonhos). Mas domingo tive um que relatei assim que acordei ao meu marido pq sabia que depois não mais saberia contar. Ele está longe da beleza do seu, mas sonhei que estava em uma grande casa do estilo Barroco e me levavam não consegui ver o rosto das pessoas com quem estive, mas sei que elas me traziam pessoas doentes e eu nada fazia só erguia minhas mãos para elas e as curava. Não sei pq mas as vezes também quando falo algumas coisas elas acabam acontecendo. Mas muito raramente. Só relatei tudo isso para que saiba um pouco mais de mim. devido ao que me relatou e a sua visita e mais ainda pq hoje eu abri minha página e vim direto para a prece que escrevi e nunca mais tinha vindo aqui.Agradeço sua visita e o que escreveu sobre minha pessoa. terminei não falando dos seus versos. Que são a mais pura verdade. estamos nos destruindo sem nos percebermos e nos darmos conta. o que será de nós pobres coitados que tem tudo nas mãos e nada fazemos para mudarmos essa situação. voltarei. foi um imenso prazer conhece-lo.

Para o texto: O LAGO LAMBENDO A MONTANHA (T2567481)

20/10/2010 17:41

Pois é, Tânia. Em 2014 vou me candidatar para presidente da repblica. Sempre sonhei com isto, mas por causa do companheiro que desejava ver a companheira no poleiro, eu renunciei à minha candidatura. Mas eu chego lá, toda estrada longa tem um final também. Já caminhei muito a procura dessa glória, e creio que está perto. Meu primeiro decreto será pagar gordas quantias aos poetas para fazer antologias com um mínimo de mil participantes. O mensalão será distribuído entre eles mensalmente. Você estará na primeira página da primeira, pois entendes do riscado político! Um abraço e não ligue para o humor político desse comentário.

Para o texto: --------POR QUE? POR QUE? POR QUE?-------- (T2538469)
De: Tânia Virginia

Apagar

20/10/2010 12:30

Lindo Sílvia! recordei-me de alguns contos antigos os quais li em épocas passadas. Ocorria de sempre aparecer um príncipeou até mesmo um rei. Eu gostava quando aprecia uma princesa, entretanto em meio às matas apareciam eram as bruxas! Um abraço e parabéns por mais este belo soneto.

Para o texto: MEU REI - (Soneto n.161) - Silvia Regina (T2565558)


De: Silvia Regina Costa Lima

Apagar

20/10/2010 12:20

Verdade verdadeira, querida Malu. A escuridão nos tira a visão, e por conseguinte não podemos prosseguir em nossas jornadas e nem guiar nossos semelhantes. Obrigado pela visita ao texto sobre um novo mar nas montanhas. Eu fiz um acompanhamento da construção da usina para fazer relatórios ao GP. Somos contra qualquer desequilíbrio natural, mas não temos podido fazer muito, a não ser acompanhar a evolução que ao final vai nos açambarcar com a fúria dos elementos. Aliás já está acontecendo, com furacões, medonhos tornados e terremotos, não contando com as mazelas invisíveis da atmosfera. Malu, mais uma vez sou-lhe agradecido de coração, pela prestimosa visita aos meus textos. Um braço e luz pra você.

Para o texto: Iluminar faz bem! (T2563041)


De: malu Dab

Apagar

20/10/2010 12:06

Bom dia com muita luz pra você, cara Zuleika. Tu disseste tudo em sua prosa poética. Ser poeta é ser resignado com a própria morte! Parabéns e um abraço do Luzirmil.

Para o texto: PARA O DIA DO POETA, NESTE 20 DE OUTUBRO (T2567784)


De: Zuleika dos Reis

Apagar

20/10/2010 11:58

O pior, minha querida Tânia, é que é tudo de mentirinha! Mas é evidente que há algum ego se regozijando com esta besteira.

Para o texto: SÓ NO BRASIL! (T2567474)


De: Tânia Virginia

Apagar

19/10/2010 23:06

É a realidade, caro Cavenati. Nos últimos tempos, por mais que brilhe o sol, ele se apresenta negro para nossos destinos! E o Demônio invisível? Sim, ele fica em todos os lugares, sem que o percebamos! Repaginando, bebendo, igrejando, porém longe do perdão; da salvação e perto da perdição. O caos está a vista no horizonte, com isto penso que não terá jardim, nem jasmim, entretanto terá um fim! Agradeço-lhe pelas prestimosas visitas, embora breves, porém marcantes. Um forte abraço do Luzirmil

Para o texto: S O I S . . . . . (T2256737)


De: cavenatti

Apagar

19/10/2010 22:28

E hipnotiza também, Mila! Conheci um artista de circo que gostava de fazer aquilo. Mas encontrar, atravessar e desnudar ele só fazia quando tinha outras oportunidades fora da arena ou longe da platéia. Ele tinha a mania de sumir com os relógios das pessoas que ficavam a observar suas mágicas! Um dia ele comeu um bom pastel, pago por um camarada, que além daquilo quase perdeu o relógio. Ah! foi assim: Nas folgas dele no circo ele ia (muitas vezes eu junto) para alguma praça e chamava a atenção dos transeuntes com suas mágicas, entre elas, a de sumir relógios, só que as pessoas pensavam que depois ele devolveria. Assim aconteceu dele sumir com um de um rapaz, que ao fim das apresentações pediu o relógio -Ele sumiu, cara - disse meu amigo mago - você ficou sem ele! Eu não consigo saber onde está. Sei sumir com objetos, porém não sei encontrá-los. -Pois eu quero meu relógio sob pena de lhe dar um couro - falou nervosamente o rapaz. - Está bem, está bem. Veja aquela pastelaria além da rua. Vá lá e traga-me o maior pastel. Mais que depressa o rapaz foi lá comprou o pastel e trouxe. O mago pegando o pastel disse para os que assistiam suas façanhas. Alguém de vocês pode me dizer o que contém dentro deste pastel? Mais que depressa o moço que comprara o pastel disse: - Meu relógio. - Que relógio, rapaz! Onde já se viu fazer pastel com relógio dentro. Veja - disse dando uma bocada no pastel - tem carne moída e temperos. Você me acha com cara de comer relógio!? Mas ao final ele acabava entregando o *bobo para o dono, isso depois de quase fazer tais assistentes chorar. Puxa, vida Mila, estendi demais, me perdoe. Tudo por causa da "força do olhar"! Abraços do Luzirmil.

Para o texto: A força do olhar (T2566818)


De: Mila Pires

Apagar

19/10/2010 22:06

Brigar com a sombra a gente não apanha! Mas tem sombra que assombra, dessas eu quero distancia. O gato com certeza só desconfiou que era uma sombra morta, quando se viu em cima do nada, o onde estava a sombra. Visite-me em "A FESTA DA ILUSÃO". Fala de um tempo em que me apaixonei por uma sombra, a qual eu denominei de "Sombra da Saudade". "A FESTA DA ILUSÃO" fica nos meus e-livros, que poderão ser baixados aqui no RL. Quem já leu o romancinho, até email me enviou, dizendo que gostou muito do enredo. Parabéns pelo "NINJA" e vou ler outros textos seus para apreciá-los. Curitibana? Tenho uma sobrinha que reside aí. Chama-se Ivana. Um beijo cor de rosa pra você, do Luzirmil.

Para o texto: O ninja (T2566776)


De: Vanice Ferreira

Apagar

19/10/2010 21:55

É verdade! Como uns que tem cem milhões na poupança depois de ter ganhado na SENA e continuam catando pão velho no lixo, pra ninguém desconfiar!

Para o texto: Esperteza (T2566778)


De: Daniy

Apagar

19/10/2010 21:52

É uma grande verdade, caro menino sábio!

Para o texto: frase 3 (T2564706)


De: Daniel G D

Apagar

19/10/2010 21:51

Olá caro Daniel, "MANTIQUEIRA" na verdade se tornou um tema interessante em que a letra P se evidenciou assim: Passei pelas palmeiras plantadas pelos palmares, porém passando pelo primeiro pântano e partindo para o próximo pantanal para percorrer pelo pantanoso... *vixi chega!! Um abraço pra você jovem, e vá em frente, mas que seja sempre sob a Luz de Deus. Parabéns. *virgem!

Para o texto: Mantiqueira (T2566740)


De: Daniel G D

Apagar

19/10/2010 21:43

Ser um pensador é muito bom, mas vem muitos pensamentos que tira o sono da gente, caro, Rogério. Eu penso que pensar pensando pesa no pensamento de quem pensa, principalmente se pensar no passado de pesadelos. Abraços, ó nobre pensador.

Para o texto: E se pensar... (T2566739)


De: Rogério Nascente

Apagar

19/10/2010 17:20

Coisa de louco, cara Mi! Mas deve ser isso mesmo! Mas o Lula tem a vantagem do "jogo-de-cintura". A gente percebeu que nesses oito anos ele jogou em todos os times. Assim, nóis vóis e o cumpanheiro, fazemos realmente parte dos levianos...! Um abraço pra você, do Luzirmil.

Para o texto: Coincidência? (T2563568)


De: Mi Guerra

Apagar

19/10/2010 17:13

Talvez tenha sido o encontro de dois anjos incorporados em você numa fração de tempo relapso. Eles se mandaram logo, ao perceberem que um anjo era fumante, o outro era consumidor de chocolate! Quah, quah, quah, quah...! Desculpe-me ó prezado Diogo. Mas me deu vontade rir! Parabéns e aceite um abraço do Luzirmil.

Para o texto: O ANJO E O CHOCOLATE (T2566169)


De: Diogo Mitzrael

Apagar

19/10/2010 17:05

Ler sua crônica justamente no momento em que meu vizinho da frente está com o som do carro emitindo 200 decibéis na rua! E pensar que se for pedir para baixar ele apela! Ó, querida Marília, é melhor pensar mais em seus dois primeiros parágrafos! Quem sabe um pedido de socorro para a ninfa das letras, poderá haver um consenso humano de paz para o semelhante! Ah! Vou tomar um sedativo e não escrever mais! Ou vou pedir à natureza pra enviar um tornado gigante para espalhar essa imaturidade que está tomando a humanidade? Olha, não aguento mais esses decibéis...vou brigar. Mas pra você, cara Marília, desejo luz e paz! abraços do Luzirmil.

Para o texto: CRÔNICA SOBRE NADA NÃO (T2566138)


De: Marília L Paixão

Apagar

19/10/2010 16:44

Ah! foi por isto que vi uma estrela linda se movimentando, quando eu passava perto do fulgor vermelho de Aldebaran, a alfa da constelação do Touro! Então era você!? Bem que eu percebi que era uma estrela em formato de uma flor! Bem, deixando de brincadeira, peço pra você ler meu cordel de 72 versos rimados: "VIAGEM NO ESPAÇO-TEMPO" de Luzirmil, que sou eu. Muita luz do céu sobre você, viu talentosa poetisa, Jamila! Abraços afetivos de Luzirmil.

Para o texto: Viagem no Espaço (T1617722)


De: Jamila Mafra

Apagar

19/10/2010 16:36

Sua consonância me fez refletir nas paralelas linhas de suas palavras? Lindos versos que repercutem profundamente na inteligência do leitor. Uma verdadeira consonância de sentidos se afloram das belas citações. Seu poema induziu-me a indicar-lhe um cordel meu que diz: "VIAGEM NO ESPAÇO-TEMPO". Que haja muita luz sobre você e seus entes queridos. Luzirmil.

Para o texto: CONSONÂNCIA (T2566102)


De: Rosa Righetto

Apagar

19/10/2010 16:27

O pior é que: A gente aprende sem querer / mas é obrigado a aprender / estudamos a vida inteira / pra esquecer tudo ao morrer! Muita luz pra você, querida Ana! Luzirmil

Para o texto: (26) TROVA (T2566078)


De: Ana Rosa Ferreira de Castro

Apagar

19/10/2010 16:23

É mesmo, querida Elis! A gente busca daqui e dali, peleja de cá e acolá, move as pedras pra cá, leva elas pra lá; e tudo fica no mesmo lugar! O horizonte à frente é sempre o mesmo; continuamente composto de um ponto de interrogação! Mas se o deixarmos vir ao nosso encontro, não vemos aquele cabo de guarda chuva para baixo, e sim para cima! Vi em suas frustrações as imagens das minhas! Luz para você, do Luzirmil.

Para o texto: Frustração (T2566077)


De: Elis Carla

Apagar

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

02/10/2010 09:12 Olá, Sonia Revoredo

Uma oração com humildade é uma chave que abre portas emperradas no ângulo da transcendência espiritual. Parabéns pelas palavras, cara colega. Em seu perfil falas que és uma sonhadora, talvez dizendo de seus pensamentos. Eu todavia, além dos sonhos da realidade, os que a gente tem acordado, tenho-os quando durmo, na maioria verdadeiras visões premonitoras. Cheguei a concluir que minhas filosofias são frutos de meus sonhos; inclusive meu pseudônimo - LUZIRMIL -Em razão de ter sonhado com um arco-íris maravilhoso, sendo iluminado por uma estrela de mil grandezas ao centro. No sonho pude conversar com um menininho lindo, em torno do qual senti um perfume inebriante que jamais eu percebera em minha vida. A criança estava sentado à borda interna do círculo prismático. Curioso perguntei: -Que lugar é este em que me encontro, ó pequenino? -Você está nos domínios de Luzirmil, mas lá na terra, embora não o conheçam, denominam-no de céu - foi sua resposta. Muito curioso, continuei perguntando: -E esse perfume em torno de tí? de onde provém? -Esse é o perfume da esperança, ó peregrino, levarás um pouco dele como dom, para transmitir aos seus semelhantes na terra, isto por que que uma nuvem de desespero está pra açambarcá-la.-E aquela estrela gigante, de estranha luz? pois nunca vi igual?! - perguntei ainda. -Ah! Ela é uma partícula do poder de Deus. Sua luz reflete esse arco-íris multicolorido que ves, também são partículas, porém pequeninas; cada uma representa o ser de um anjo ou humanos santificados pela palavra de Deus na terra. -Caramba! Mas dizem que o céu será uma nova terra?! Como pode ser isto que estou vendo? - me admirei. -No seu mundo há um tipo de compreender as coisas, entretanto no mundo de Deus há outro formato: o formato da luz eterna!...Bem querida Sonia, não vou estender mais, mas encerrando digo que já tive muitos sonhos com aquele Universo de luz. Parabéns pela sua "PRECE" e mais ainda pelo seu maravilhoso *perfil. Abraços de *Luzirmil - sempre a rimar! Leia-me mais

Para o texto: PRECE (T2458207)
De: SoniaRevoredo
18/10/2010 22:50

Belo balanço estático, querida Inez! Nem pra lá nem pra cá. Eu também estou nesse barco! Em frente a urna eletrônica vou ficar meio confundido mas a balança mental vai pender para algum lado, pois ambos são bons. Afinal ficaram para finalistas e todos os finalistas são bons, não é mesmo! Parabéns, geralmente, nós os poetas somos pretensos a votar sob a meditação do momento crucial do voto. Isso é guia de Deus. Luz e paz para você do Luzirmil.

Para o texto: CONHEÇO O SERRA E SEI QUEM É A DILMA. (T2564677)
De: Inezteves

Apagar

18/10/2010 22:42

Certa vez encontrei um homem que havia rolado por uma ribanceira, tendo ele algumas cicatrizes daquele episódio,pelo que lhe perguntei: Pelo que vejo o senhor se machucou muito, não? -Oh! sim - disse-me ele - entretanto as cicatrizes maiores ficaram em minha alma ao me lembrar que inevitavelmente eu teria morrido se Jesus não tivesse me socorrido! Eram cicatrizes de agradecimento pela previdente salvação!! Então, nobre Aisha, você me fez lembrar do fato com as profundas palavras de sua reflexão. Parabéns e um abraço do Luzirmil.

Para o texto: Cicatrizes - Aisha (T2564662)


De: Aisha

Apagar

18/10/2010 22:35

Estava quase a dormir, quando ao clicar despertei-me ao acalanto de sua poesia! Procurando, quase no torpor do sono, mais um poema para ler deparei-me com a sublime suavidade de suas letras, pelas quais lhe parabenizo, desejando-lhe sucessos e muitos outros belos poemas reflexivos. Abraços afetivos do Luzirmil.

Para o texto: Rainha da Torre (T2564602)


De: Regina Costa

Apagar

18/10/2010 22:31

No áureo esplendor da palavra "CAMINHANTE" fizestes despontar de tão sublime tema, as dulcíloquas frases de uma prisioneira em mar profundo, refletindo no azul de suas águas literárias, as estrelas reflexivas da sua inteligência. Camões teve estas mesmas percepções. Parabéns, nobre poetisa Celina. Abraços afetivos e muita luz do céu sobre você!

Para o texto: CAMINHANTE... (T2564604)


De: celina vasques

Apagar

18/10/2010 22:24

A sinceridade de suas palavras conotam com meus sentimentos de saudades. Saudades de minha filha, que foi para Portugal o oito anos. Sua crônica poética descortinou-me os horizontes, além mar, de onde veio meu avô, bem depois de Alvares Cabral e nos colocou em vias paralelas de não mãe e filhos perdidos. A estrada da saudade é a única via pela qual os sentimentos de um poeta singram as águas do atlântico para ver o Porto de perto. Sucessos e luz a ti, cara jovem portuguesa.

Para o texto: sao melancolias.... (T2564622)


De: nokas

Apagar

18/10/2010 22:15

Mentimos por amor, por capricho, por vanglória e até para sobreviver. Oh! Desgosto! Você acertou em todas as frases, caro Marco. Parabéns e muita luz para você.

Para o texto: DESGOSTO (T2564611)


De: marco antonio cabral pereira

Apagar

18/10/2010 22:12

Que todos nós venhamos a orar assim. Chega de erros! Nota dez à sua pequena, mas sábia oração!

Para o texto: Cantiga 01 (T2564613)


De: Lobo Rosa

Apagar

18/10/2010 22:08

Obrigado! Estou necessitando desse beijo, é o único que vem de Deus através de meu semelhante. Belas palavras de uma fértil inteligência fraterna!

Para o texto: Um beijo na sua alma (T2564608)


De: Lathoya

Apagar

18/10/2010 19:01

Ficou muito bom Renato. Até parece que você esteve lá vivendo aqueles apertos que Loin e eu passamos na escuridão. Meus parabéns, caro amigo. Sua consideração valeu mais do que dinheiro. São palavras como as suas que incentivam um cordelista a compor seus sentimentos em versos. Receba um abraço amigo do Luzirmil.

Para o texto: Aventura na montanha (T2564028)


De: Renato Lima

Apagar

18/10/2010 18:43

Que bom Fernanda, que me você visitou! Realmente "O AMOR PRECISA DE CUIDADOS"! Um excelente pensamento para ser ponderado nos dias atuais. Nota dez pra você novamente! Ah! quanto à minha idéia em parar de escrever no RL, não é tão profunda assim, como expus. Na verdade eu preciso me equilibrar, pois a Internet para quem tem o fundamento espiritual de uma convicta fé em Deus, ela causa algum contraponto, é como se a gente fosse costurando algo e ao invés de adiantar voltássemos a costura. Gostei de seus conselhos. Vou fabricar meus livros, porém entremeados com alguma leitura e comentários aos amigos do RL. Estou chegando a conclusão de que tudo é uma ilusão. Tenho um blog que você poderá acessar em www.icopere.com/caminho do céu no brasil, onde já cansei meu pensamento de tanto escrever, mas se tive umas vinte visitas de leitores foi o máximo. Diante do descaso, eu penso em me afastar das literaturas via net e tomar outras iniciativas. Pelo menos leitores de meus livros tenho muitos pelo Brasil, e nestes últimos quatro meses não criei nenhum livro novo (cujas literaturas são baseadas em fatos reais de minhas missões na obra de Deus)por conseguinte são muito solicitadas. Bem, vou encerrando lhe enviando um abraço apertado pela boa consideração para com o Luzirmil.

Para o texto: O AMOR PRECISA DE CUIDADOS (T2530844)


De: Fernanda Xerez

Apagar

18/10/2010 12:04

Eta capitão burro! Coitado do Robinson Crozué! Mas a infelicidade do barbudo da ilha limpou meu fígado de tanto rir. Li também sobre os clics e os viciados na internet. Que saudades dos anos setenta que ainda não havia essas conexões profundamente...viciantes! Abraços, cara conterrânea. Orgulho-me de ser de Ribeirão, por causa de ti.

Para o texto: Náufrago (T2526569)


De: Lenita Tiago

Apagar

18/10/2010 11:56

É Lenita. A gente acaba ficando aqui depois de rir tanto. Até minha mulher achou engraçado! Beber um tanto de veneno pra dar uma de valentão...

Para o texto: Que dia difícil! (T2562609)


De: Lenita Tiago

Apagar

18/10/2010 11:50

É Lenita, o doutor saiu bem, mas nossos bolsos sofrem com a capacidade deles! Não precisavam ganhar tanto! Conheço um médico, por sinal é meu amigo, e dele muitos dizem: "está podre de rico"! Tem oito fazendas, um hospital em São Paulo,além de muitas outras propriedades, tudo a custa de abrir as cabeças dos infelizes que sofrem aneurismas. Na verdade, ele é um grande cirurgião, mas só opera pessoas ricas; os pobres são deixados para outros médicos, que também cobram, porém ao invés de curarem, matam! Outro dia eu lhe disse: -Dr. Silva, o que é que o senhor vai fazer com tantos bens ao final de sua vida? Ele cochichou aos meus ouvidos: -Vou deixar para o Tio Patinhas. Ele é um pato, porém rico e imortal e saberá cuidar de tudo! Bem Lenita, falando sobre minha despedida do RL, o problema é que tenho deixado alguns deveres, para ficar escrevendo, tudo por uma questão de vaidade, pois não tenho obtido as realizações de meus sonhos. Pretendo voltar a escrever meus livros. Imagine! Já escrevi no Recanto, entre textos e comentários: de 21 junho de 2010 pra cá daria para compor um livro de quinhentas páginas de 11X19! E minhas literaturas estão atrasadas. Mas agradeço seu carinhoso comentário, assim como dos demais colegas. Se continuar assim meu ego se verá exaltado e não vou deixar de escrever, porém gosto muito é de cordéis, pouco acessados pelos leitores em geral. Um beijo cor de rosa pra você!




Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   37


©aneste.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
universidade federal
terapia intensiva
Excelentíssimo senhor
minas gerais
união acórdãos
Universidade estadual
prefeitura municipal
pregão presencial
reunião ordinária
educaçÃo universidade
público federal
outras providências
ensino superior
ensino fundamental
federal rural
Palavras chave
Colégio pedro
ministério público
senhor doutor
Dispõe sobre
Serviço público
Ministério público
língua portuguesa
Relatório técnico
conselho nacional
técnico científico
Concurso público
educaçÃo física
pregão eletrônico
consentimento informado
recursos humanos
ensino médio
concurso público
Curriculum vitae
Atividade física
sujeito passivo
ciências biológicas
científico período
Sociedade brasileira
desenvolvimento rural
catarina centro
física adaptada
Conselho nacional
espírito santo
direitos humanos
Memorial descritivo
conselho municipal
campina grande