Analec e os mercadores de liçÕES



Baixar 2.76 Mb.
Página26/37
Encontro24.10.2017
Tamanho2.76 Mb.
1   ...   22   23   24   25   26   27   28   29   ...   37

Para o texto: A Mentira (T2152590)


De: Lucas Samuel

Apagar

25/08/2010 13:42

Como é bom, ser homenageado com disponência e desinteresse! Meus parabéns, nobre poeta. A inspiração continua, uai! Suas palavras foram carregadas de carinho subjetivo, mas autêntico! Certamente essa mana velha é uma fada! Gostei de sua consideração pela sagrada irmã que possuis. Abraços aos dois.

Para o texto: KÁTIA, MANA VELHA (T1716882)


De: MisterAdams

Apagar

25/08/2010 13:34

Olá, querida Rosana. O amor do qual fizeste tantos paradigmas benignos, talvez seja a Caridade, não? Ah! Penso que há três suportes para ela: amor P 3; Humildade P G; e Santidade P G. Se concordares comigo me dê um retorno por uma página suas de poesias. Aqui vai os temas: Amor P 3; significa três patamares para o dito cujo: afetivo, fraterno e divino. Humildade: patamares gerais. Santidade também gerais. Penso...(mas você pode pensar diferente que respeitarei sua opinião até Deus envelhecer) que se tivermos amor, humildade e santidade temos nossa caridade resguardada de cair por terra. Olha, quero parabenizar-lhe pelas frases sobre o amor, e que Deus seja sempre contigo. Abraços

Para o texto: O AMOR (T2458158)


De: Rosana Santos

Apagar

25/08/2010 13:18

Um dia me jogaram uma pedra. Olhei pela janela e vi Uma casa branca e bela, mas ela não estava antes ali. Foi isto, querida Yasmim! Eu não olhei pela fresta, pois se o tivesse feito eu não veria uma porta aberta, dela vi sair uma jovem linda de quem me anamorei. Diante do fato, a janela fechei, dela me aproximei e depois de tempos com ela me casei, pelo que a felicidade encontrei, na pedrada que levei! Muito obrigado pelo comentário, mas gostaria de receber mais e com mais palavras. Abraços. Ah! se ao ler este achar rimas, foi sem querer. Acho que sou viciado em rimar!

Para o texto: Estás machucado (a)? (T2451917)


De: Yasmin Amira

Apagar

25/08/2010 12:58

Ce, tá loco! Alifer. Só de ver um gato meu agonizante por terem lhe dado veneno, eu me senti mal. Rapaz! E esse seu texto é de hoje?! Apega-te às poesias do recanto, leia minhas mensagens, e de outros de boa mente; regozija-te em Deus, pois se realmente aconteceu o fato que publicou, vocêtem muito valor para Ele, a quem chamas de Jeová. Não tenhas pensamentos negativos, escreva boas palavras no Recanto e comente textos dos amigos, como fizeste comigo. Tomarás gosto pela poesia e irás treinando na escrita. Não sei se tens alguma religião, o que não é necessário, mas é mister, entretanto, que tenhas convicção de que há um Regente Universal para o qual não podemos dar nome, Ele é o Ser maior, inominável; é o próprio dia; a noite; a luz; as trevas; todas as estrelas juntas, com uma seta apontando para um instrutor terreno: Jesus Cristo, o qual é na verdade é o Sol da Justiça e da esperança! Apega-te em Cristo e brilharás como Ele! Abraços e continue escrevendo!

Para o texto: Oo joven suicida (T2456949)


De: alifer

Apagar

25/08/2010 12:35

Li e vi num gibi antigo, que o Potolino pintou a lua de preto e com aquilo deixou os poetas da terra tristes. Mas pintar o chão da terra é preocupante! Abraços Alifer.

Para o texto: haikai (T2456952)


De: alifer

Apagar

25/08/2010 12:29

Coração na mão, num pedaço de nação, "Jeová" os tem na mão!É lindo.

Para o texto: coraçao da naçao haikai (T2456953)


De: alifer

Apagar

25/08/2010 12:14

Alifer você deve ter tido um pesadelo. Eu também os tenho de vez em quando. Imagine você ver o planeta Terra pendurado num fio se desfiando e sem poder fazer nada. Visite-me em "A TERRA POR UM FIO" e você vai descobrir que me safei do pesadelo através de uma oração na madrugada. E o "PAI NOSSO" é a oração mais poderosa que fazemos. Abraços nobre colega.

Para o texto: 3 dias de terror verdadeiro (T2458252)


De: alifer

Apagar

25/08/2010 12:05

Oh! Alifer. De início vim clicar em sua sentimental oração! Pelas palavras assentadas acredito que em tais dias de sua publicação estavas com algum sentimento depressivo. Olha, gostei de suas humildes citações. Certamente o Senhor - DEUS - que tem maiores e melhores sentimentos do que nós, recebeu no céu a sua maravilhosa súplica. No tocante a apreciar seu trabalho, só pelo fato de você estar escrevendo no Recanto, significa que tens um alto raciocínio, que certamente será aprimorado a medida que vai escrevendo e lendo. Agradeço por sua consideração em visitar minha escrivaninha e siga firme, acreditando que Deus existe e que Ele é nosso refúgio nas angustias. Bem, vou ler outros textos seus depois lhe escreverei mais comentários, aguarde. Abraços do Mensageiro de Luzirmil.

Para o texto: cade a felicidade??? (T2454301)


De: alifer

Apagar

25/08/2010 09:37

Crônica estigmática, meu amigo Edmaram! Seria uma ferida estrelada, causada por um insígnia de xerife? Rapáz! A profundidade de suas preferências coloridas, numa queda vertiginosa para o sofrimento, deu-me no que refletir! Se eu tivesse tempo agora, iria digitar meus dois mil caracteres para difratar tão bela crônica, em coloridos *arcoirantes, através das letras,para tentar safar de coração do poeta, as dores que finalmente o "ESTIGMA ESCARLATE". Parabéns nobre compositor. Senti-me enriquecido com sua nova visita. Desejo-lhe tudo de bom. Meu abraço fraterno a você.

Para o texto: Estigma Escarlate. (T2444751)


De: Edmaram Marande

Apagar

25/08/2010 09:20

Parabéns Carlinhos. São nomes pra xuxu! Você é dez para rimar, caro colega. É um verdadeiro artista! Suas métricas são perfeitas e engatam-se como marchas em câmbio novo. Já lhe disse que sou seu fã e continuo dizendo: ler seus cordéis divertem o leitor. Abraços e visite-me sempre.

Para o texto: OS NOMES QUE O DIABO TEM (T2448226)


De: Carlinhos Cordel

Apagar

25/08/2010 07:59

Oh! Rosa que linda oração em verso! Gostei muito do arranjo métrico e das palavras. O interessante é que eu também as faço constantemente em repentes inspirados, sempre rimando.Após orar sinto-me como alguém que conseguiu chegar pertinho do pai dos poetas - DEUS. Como é bom encontrar trovas, que além de belas, nos coloca em estado de alegria espiritual. Obrigado pelo retorno, e que sejas sempre uma mensageira do CÉU, (país divino, cujo nome é *LUZIRMIL) portanto MENSAGEIRA DE LUZIRMIL. veja a entrada de meu perfil e meu conto-visão (A REBELIÃO CONTRA ÁZUR). Abraços fraternos pra você.

Para o texto: ROGATIVA AO PAI MAIOR (T2385775)


De: ROSA SERENA

Apagar

24/08/2010 22:18

Boa noite Heleida. Só agora tive tempo para visitar sua escrivaninha, na qual pus-me a ler toda a sua primeira página de pensamentos. Pelo que pude captar percebi que tens altos raciocínios, dignos portanto, de uma pessoa bem instruída, quando não, dotada de dons, filhos da sabedoria. Voltei aqui na página do silêncio para que, sob a influência desse substantivo abstrato, eu pudesse contar-lhe uma história ocorrida entre um balonista e eu. Quer ler? Bem... então vou narrar: Certa noite eu dormia próximo de um barranco num local (Mirante dos Meus Sonhos)onde sempre eu passava de automóvel, (aquela noite porém, eu estava caminhando) quando um balonista quis me assustar. Porém houve uma avaria no fogareiro e ele teve que descer justamente sobre um rio ali perto. O fato é que depois de algumas horas eu passava nas imediações, vindo ele a me pedir para ajudá-lo retirar os apetrechos de dentro do rio. Pude descobrir que fora ele que me assustara quando eu estava quase a dormir, não muito longe dali. Por seu lado ele descobriu que eu era um peregrino, não religioso, porém convicto da existência de Deus. Ajudei-o no que pude e tornamo-nos amigos. Horas depois num breve assunto sobre meus procedimentos ele me perguntou quem era Deus. Eu fiquei em SILÊNCIO. Aí ele disse: Essa você perdeu amigo! Eu não acredito que existe Deus e prova disso é que não tivestes resposta para minha pergunta. -Engana-se - falei-lhe - Deus é o próprio Silêncio. Por isto me silenciei. Daquela peregrinação escrevi um livro com o título: "ANTES E DEPOIS DO MUNDO". Ah! Quanto ao silêncio, digo-lhe fui contemplado com sua entrevista com o tuareg, pois pelo que pude perceber em sua entrevista, eles também respeitam tal fator. Bem, chega de lhe tomar a atenção. É que eu gosto de escrever comentários e colocar neles alguns fatos que tem ocorridos em minhas peregrinações. Desculpe-me, e muito obrigado pela visita, desejo tudo de bom pra você. Aceite um abraço do peregrino de Luzirmil.

Para o texto: SILÊNCIO (T2295347)


De: heleida nobrega

Apagar

24/08/2010 13:44

Seria bom! Ser um super homem para voar alto, além de nos defendermos das mazelas que atribulam a humanidade em nosso fraco poder de viver. Contudo suas palavras elevam a alma do leitores. Parabéns, amigo. Sucessos a você.

Para o texto: Voando Alto (T2456612)


De: Pierre Guido

Apagar

24/08/2010 12:11

Bom dia Vasco. Venho lhe pagar a edificante visita que fizeste em minha página. Deus te abençoe por isto. sinto-me honrado ao ser visitado pelos nobres e inteligentes amigos poetas. Desde pequeno que me dou bem com a poesia, e por conseguinte tenho muita consideração por quem as criam. Vim neste seu artigo sobre "PREPOTÊNCIA E INTELIGÊNCIA" pois encontrei nas palavras, algo como uma lição que não podemos nos esquecer. Parabéns, nobre amigo. A humildade, a santidade e o amor, sustentam a caridade, que é o símbolo da eterna perfeição. A prepotência, o orgulho e a arrogância, sustentam o altar aparência, que de um momento para outro pode desaparecer! Receba um forte abraço do peregrino Luzirmil. Olha, gostaria de saber o que quer dizer: Espanha, 49 anos? Seria um poeta espanhol de 49 anos de idade, morador no Brasil? Ou um poeta que mora na Espanha e tem 49 anos? Bem, seja como for, aceite minha sincera amizade.

Para o texto: PREPOTÊNCIA e INTELIGÊNCIA (T2455888)


De: Vasco del Vale

Apagar

24/08/2010 11:56

Bom dia, Dalmo. Obrigado pela preciosa visita ao meu escritório. Vim em seu "NO SITIO" embora tenha lido todos os seus compostos da primeira página, contudo por se tratar de um poema variado em que retratas um local em que realmente a gente possuindo, tem amor, me vi incentivado em apor aqui algumas palavras nas quais lhe dou os parabéns, e dizer-lhe que me senti feliz por saber que tenho colegas Ribeirãopretanos a descobrir. Ora, se vivemos na mesma cidade precisamos nos encontrar para comentar ao vivo as nossas literaturas literaturas. Bem, vou terminando lhe enviando um abraço e dizendo-lhe que vou continuar te lendo. Até

Para o texto: No sítio... (T2395988)


De: Dalmo arraes

Apagar

24/08/2010 11:19

Bom dia Soelzy. Até que enfim te encontro novamente, e agora on line! que bom! Puxa vida! Vim à sua escrivaninha para reler alguns textos seus e parei no "O AMOR VAI ALÉM", publicado por você há dois anos atrás. Me aprofundando na essência do tema, me senti incentivado a lhe escrever! Criaste palavras apontando a continuidade do amor, tanto na distância como no tempo! Parabéns mais uma vez, cara Flor da Vida. Agradeço-lhe pelas gratas palavras! Elas me edificaram. Logo eu, que me considero um humilde peregrino! Lendo os elogios dos nobres poetas do Recanto, estou passando a me sentir alguém. Muito obrigado e que as benções eternas de Deus te acompanhem sempre.

Para o texto: O amor vai além... (T2455284)


De: Flor da Vida

Apagar

24/08/2010 10:27

Rui, obrigado pela nova visita. Não entendo muito de política mas lendo todo o conteúdo de sua inteligente crônica, inclusive temperada com ditames de alguns pensadores, senti de matar essa bola no peito, desce-la aos pés, driblar meu oponente intelécto e levá-la até à porta do gol, evidentemente não vou ter a vitória do *goulásso! Penso que a política é uma espécie de bola, no entanto nossos os jogadores brasileiros, não tem treinamentos à altura para fazerem jogadas perfeitas. Tem jogadores tão chucros e tão desonestos que fazem da bola uma pelota desprezível. A manobra da política tinha que ser mais estudada em seus diversos níveis. Gente!! Política é administrar e não pintar e bordar! Nossos políticos são jogadores embriagados pela ambição de querer ganhar cada vez mais a custa da classe média baixa, a unica que mantém o caixa da nação, mas que esses jogadores enfiam a mão, e sem prestarem contas, botam em seus bolsos. E nós? Ficamos como espectadores nervosos nas arquibancadas, xingando esses malévolos supostos craques, que correm atrás da bola só para mostrar que estão na ativa. Tudo bem... tem alguns bons, mas são raros, como são raros os do futebol. Me perdoe caro Ruy. Vou parar por aqui, contra coisas que a gente não entende só podemos vociferar palavrões, e a isto eu não me permito. Um grande abraço pra você, e vamos fazer política poemática, pelo menos afagaremos o nosso ego.

Para o texto: POLÍTICA ( de Aristóteles aos dias de hoje) (T2427013)


De: Ruy Silva Barbosa

Apagar

24/08/2010 09:56

Esse negócio de amar mais do que podia fez um poeta entrar num estado depressivo que quase o sucumbiu. Talvez tenhas lido minha "A FLOR FEITICEIRA". O poeta se apaixonou tanto pela flor que se viu em meio às brumas do desespero. Só sentia-se aliviado quando ficava perto dela respirando seu perfume; entretanto os jardineiros o expulsavam do jardim. Ainda bem que o tufão e a tempestade passou sem que maiores danos causassem. Mas restou uma ferida de insatisfação no sentimento do poeta, que traduzida hoje,é uma sombra que ainda escurece-lhe o coração! Olha, amei seu soneto minha querida Silvia! Em sua essência intelectual você retratou o sofrimento de um poeta peregrino! Envio-lhe um abraço azul virtual, porém com muito afeto e bem apertado pra você.

Para o texto: CONSTERNAÇÃO - Série Pequenos Poemas n.107 - Silvia Regina (T2455121)


De: Silvia Regina Costa Lima

Apagar

24/08/2010 03:24

É isso mesmo, Valéria. Estive andando sobre as areias dos lençóis Maranhenses e fiz a seguinte pergunta no momento:"O que será que existe sob esses belos relevos de areia"? A resposta foi simples: "Só areias" Assim a beleza sem essência só tem ela em sua profundidade; serve somente para contemplo dos olhares! Abraços e obrigado por aparecer em meu escritório.

Para o texto: Beleza (T2216760)


De: Valéria Cavalcante

Apagar

23/08/2010 21:36

...saudade da sua visita. Ah! mas a vida é assim mesmo! mas "EU TE AMO, Ó VIDA". Parabéns Dedete.

Para o texto: EU TE AMO...( VIDA) (T1898819)


De: dedete

Apagar

23/08/2010 21:32

A vida também trás lembranças! A vida serpenteia entre as poesias, vasculha e desce nas profundezas das letras; lá encontra, no fundo de um baú, a palavra saudade!

Para o texto: EU TE AMO...( VIDA) (T1898819)


De: dedete

Apagar

23/08/2010 20:20

Se eu pudesse voar /Como o vento em todo canto /Meu afeto ia levar /Às poetisas do Recanto.acrescente aí, ó nobre poetisa, Nete. Abraços de Luzirmil

Para o texto: Hoje... (T2317082)


De: Nete Brito

Apagar

23/08/2010 20:04

Liana, Seus pensamentos são lindos. Penso que a existência é uma espécie de montanha, formada de tudo que vemos, percebemos ou sentimos; inclusive as coisas abstratas. Seria como uma fita de cinema, cujo filme é projetado dentro de certo período, que eu chamo de determinante. A vida certamente está englobada nesse raciocínio, pois dizem que Deus, o Ser maior, conhece o passado, o presente e o futuro. Contudo penso que Ele pode mudar as configurações da montanha, ou o roteiro do filme, que seja. Acho que é por isto que existe uma ordem dada por Jesus Cristo, para orarmos sem nunca desfalecer. Certamente nossas orações ao serem ouvidas por Deus, Ele muda a roteiro de nossa vida. Bem, talvez não me entendes, mas eu te compreendi e portanto lhe dou meus parabéns pela sua "AH! VIDA". Eu também tenho meus lamentos. Vá em minha página e leia; "A FESTA DA ILUSÃO" em e-livros. Sinta o que Calmo (eu) sofreu por causa de uma sombra! Abraços.

Para o texto: AH... vida! (T2455159)


De: Liana Lyma

Apagar

23/08/2010 10:38

Encontrei-te numa das páginas do Abraão e por ter achado em suas palavras algo inteligente, vim te conhecer. Para a surpresa de um peregrino de Jesus Cristo, que sempre faz via por Mateus Leme, encontrei "QUEM TEM DEUS NO CORAÇÃO, TEM TUDO NA VIDA". Que maravilha, ó cara poetisa! Suas palavras se mesclaram de louvores e súplicas ao Ser maior, que é Deus. Me senti bem, te lendo. Ah! falando de sua cidade, digo-lhe que tenho um amigo, agora aposentado como general do exército, que possui um rancho lindo ao sul de Mateus Leme. Já estive aí a convite dele. Chama-se Ivan. Olha se sentir de me visitar indico-lhe "A FLOR FEITICEIRA" ou algum de meus cordéis, por exemplo "JOÃO BOA VIDA"... Bem, vou encerrando este comentário dando-lhe meus parabéns por nos presentear com palavras espirituais; são raízes que permanecem vivas. Aceite um abraço afetivo do Mensageiro de Luzirmil.

Para o texto: QUEM TEM DEUS NO CORAÇÃO, TEM TUDO NA VIDA (T2275304)


De: Cida Rios

Apagar

23/08/2010 10:18

Prezado Abrão. Venho por esta carta lhe transmitir um sincero agradecimento por ter visitado minha escrivaninha. Diante de sua gentil visita propus-me a ler suas páginas, parando neste soneto sobre o "RIO DOCE" em que suas palavras se assentaram com sentimento patriótico pelo verde das matas e pelas águas limpas de outrora. Conheço diversas regiões por onde cursa esse valoroso e famoso rio. Peregrinando nas regiões de Dionísio e imediações, muito admirei os lagos e as vegetações existentes nas proximidades de Baixa Verde e São José do Goiabal; são compostos naturais, vizinhos do precioso rio, que brindam a natureza da região com os fatores benignos da fotossíntese. Lendo seus compostos me senti engrandecido por saber que destes atenção a um texto meu. Afinal ser visitado por um grande poeta, é uma honra, visto minha condição de mero peregrino. Meus parabéns pelas belas poesias e sonetos tão bem arranjados. Aceite um abraço do Mensageiro de Luzirmil.

Para o texto: Rio doce. (T2277751)


De: Abraão Leite Sampaio

Apagar

23/08/2010 08:12

AGORAFOBIA?! Seria um sinônimo da asfixiante vivência "momentânea-continuada" que estamos a levar? Vou colocar em meu "DICIONÁRIO DE UM POETA" como sendo: (17x22 no mínimo, de pressão arterial). É brincadeira, ó sorridente Zora; mas que a coisa tá preta tá memo! Abraços.

Para o texto: ....SITUAÇÃO INESPERADA... (T2453991)


De: ZORA

Apagar

23/08/2010 08:03

É uma verdade, caro Edmaram! e se estivermos sob as "gotas de luz" nosso comando será equilibrado! Parabéns e um grande abraço do Luzirmil.

Para o texto: Gotas de Luz - 12. (T2453995)


De: Edmaram Marande

Apagar

23/08/2010 08:00

É muito bom ler palavras que consolam! Num tempo em que as esperanças estão se tornando como pássaros fugídios, ter alguém a nos incentivar a confiar em Cristo é reconfortante. O peregrino se sente aliviado em saber que tem pessoas que amam a Cristo, tendo-O como fonte de alívio às dores que circundam a humanidade. Deus te abençoe, Rosana, os peregrinos de Jesus Cristo te bendizem! Que tenhas Deus como Luz, Jesus Cristo, como Paz e o Espírito Santo como Equilíbrio!

Para o texto: BAGAGENS... (T2454004)


De: Rosana Santos

Apagar

23/08/2010 05:54

Memórias sentimentais e reflexivas! Foi o que pude captar de seu poema "A ÚLTIMA ILUSAÕ". Eu escrevi "A FESTA DA ILUSÃO" em e-livros no recanto, porém sobre a sombra da saudade, amiga da ILUSÃO, substantivo englobativo nos raciocínios dos poetas. Obrigado, Marta, por me fazer navegar no mar das lembranças, nas mesmas águas que certamente tens navegado! Afinal, escrevemos nossas penas, com nossas penas carregadas de tintas! Abraços e parabéns pela bela poesia!

Para o texto: A ÚLTIMA ILUSÃO (T2453901)


De: Marta Cosmo

Apagar

23/08/2010 05:31

A coisa tá é preta, cara Valéria! Foi-se a virgindade do honesto relacionamento! O caráter acabou! Mas vamos aguardar. Leia: "A TERRA ESTÁ POR UM FIO". Parabéns pelo reflexo da honestidade que irradiaste em sua crônica! Abraços afetivos pra você.

Para o texto: Está difícil (T2453897)


De: Valéria Cavalcante

Apagar

23/08/2010 05:21

Puxa, vida Yara! Você se revoltou mesmo! Mas tens razão, ser coadjuvante no filme da vida é cansativo e não somos valorizados. Fez muito bem, você ser a diretora de seu próprio filme! Vou fazer isto também. Meus parabéns e abraços.




Compartilhe com seus amigos:
1   ...   22   23   24   25   26   27   28   29   ...   37


©aneste.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
universidade federal
terapia intensiva
Excelentíssimo senhor
minas gerais
união acórdãos
Universidade estadual
prefeitura municipal
pregão presencial
reunião ordinária
educaçÃo universidade
público federal
outras providências
ensino superior
ensino fundamental
federal rural
Palavras chave
Colégio pedro
ministério público
senhor doutor
Dispõe sobre
Serviço público
Ministério público
língua portuguesa
Relatório técnico
conselho nacional
técnico científico
Concurso público
educaçÃo física
pregão eletrônico
consentimento informado
recursos humanos
ensino médio
concurso público
Curriculum vitae
Atividade física
sujeito passivo
ciências biológicas
científico período
Sociedade brasileira
desenvolvimento rural
catarina centro
física adaptada
Conselho nacional
espírito santo
direitos humanos
Memorial descritivo
conselho municipal
campina grande