Analec e os mercadores de liçÕES



Baixar 2.76 Mb.
Página20/37
Encontro24.10.2017
Tamanho2.76 Mb.
1   ...   16   17   18   19   20   21   22   23   ...   37

Para o texto: A ESTRANHA SENHORA DO FUNERAL (T2356584)


De: Tristão de Alegrette

Apagar

07/09/2010 22:22

É uma grande verdade Ana! E digo mais: Melhor do que uma mulher, só se for um duas ou mais! Desculpe-me pela ousadia, mas dou-lhe nota dez pelo seu texto "TEU NOME É MULHER". A nota é por que você trabalha com isto, entretanto eu não entendo muito desses valores simbólicos que os mestres dão às lições passadas aos alunos, quando estes as respondem. Venho agradecer-lhe pela nova visita e apontar-lhe um texto meu: "O ARTISTA", convidando-a ainda a clicar nas entrevistas que você ver em minhas páginas. Todas elas são feitas de perguntas de um aluno e resposta de um sábio professor, que é o Luzirmil mesmo, mas com conhecimento de causas e experiências pela vivência de um inquiridor. Por favor, querida professora, suporte os erros de grafia, ponto e vírgula, nesse comentário, pois sou leigo, apenas tenho boa vontade. Abraços de Luzirmil.

Para o texto: O SEU NOME MULHER (T2446629)


De: ana lago de luz

Apagar

07/09/2010 16:25

Olá Aninha da Viola. Sou o Luzirmil, a quem você enviou um comentários sobre os "comandos invisíveis". fiquei contente e me senti agraciado com sua atenção em me ler e além disso ter comentado. Muito obrigado. Diante de sua preciosa atenção, me dispus a visitar suas páginas e ler alguns poemas seus. Achei-os lindos e fundamentais para que eu pudesse assimilar mais um pouquinho, a arte de escrever. Penso que quanto mais a gente ler as criatividades dos colegas, mais aprendemos. No tocante a isso, indico-lhe meus "LAMENTO NA ESPERANÇA" ou "COMO ENRIQUECER"ou ainda a "HISTÓRIA DE ÊNIO", enfim peço para me indicar os seus textos também, pois não sei quais seriam de sua preferência para nós, seus leitores lermos. Por fim envio-lhe um forte abraço.

Para o texto: OFÍCIO... (T2429842)


De: Aninha viola

Apagar

07/09/2010 10:26

Olá Ione. Voltei a ler um mundão véio de seus textos. Todos muito bons. Esse do pesadelo, eu passei por isto recentemente, porém de outra forma, quando sonhei que vi "A TERRA POR UM FIO". Ao acordar escrevi o pesadelo com o título acima. Estou com saudade de sua presença em meus comentários; visite-me logo. Abraços e não me esqueça.

Para o texto: PESADELO (T2221000)


De: Ione Sak

Apagar

07/09/2010 09:10

Cê ta certo! Jotaponto. A coisa tá ruim memo. Um mundão veio de homi atoa, e a gente passano raiva! Vo pará di votá! Sempri votei nulo, mais agora nem isso vo fazê. Vo te qui inguli essa casta de castanha cum gosto ruin, mais vô te indigestão! Bem, caro Jota, Meus parabéns pela revolta contra esses falatórios tolos, de promessas e outras marolas. A política desses politiqueiros não passa de ventos passageiros,cuja força se concentra antes do pleito, depois é só moleza e safadeza. Abraços, caro colega.

Para o texto: Cês vam tê qui mi ingulí (T2483080)


De: JPonto

Apagar

07/09/2010 08:02

Rapaz! Lembrei-me de um *ensaio meu por nome "NA BARREIRA DO MENOS". Cheguei a idealizar um quadrante, com a linha do Y e a do X, fazendo separações dos ângulos, qualificando ali as literaturas dos nobres pensadores da época. Esse pequeno comentário não dá para transmitir aqui tal ideologia, todavia posso lhe afirmar, caro Josenilton, que suas colocações em relação a escrever e ler são paralelas futurâmicas, ainda não percebidas, mas já ventiladas, como no seu caso, quando citas artigos introspectivos de seus pensamentos com a eletrônica. Gostei de ler seu artigo. Sou, além de escritor, técnico em eletrônica, e tenho por costume relacionar o conteúdo energético cósmico, inclusive nós,seres humanos, com a interação de todo o "ser". Para isto até criei uma palavra ENAT para ser colocada no lugar do vocábulo ESPÍRITO. As quatro letras ENAT definem o conteúdo acionário de nosso corpo e vontade. Leia-se como "energia de atuação". No tocante aos pensamentos e convicção de alguém (eu) que fica quebrando a cabeça para descobrir fundamentos sobre o existir das coisas, você poderá encontrar em meus e-livros algumas toscas, (ou que sejam tolas) teorias minhas sobre a complexa existência global, que tanto atribulam os pensadores, no sentido de descobrirem a pedra filosofal. Mas aos poucos estamos chegando lá. Seu ensaio mesmo, já é uma fresta na janela dos, ainda segredos literários, que elevados ao campo da energia cósmica e das ENATs, está recebendo luz, para ser amplamente visualizado pelos pensadores do futuro, isto se nosso planeta continuar orbitando por mais quinhentos anos...Bem, encerro pedindo escusas por possíveis erratas, todavia elevando-te meus sinceros votos de amizade e consideração,por tão previdente artigo. Abraços de Luzirmil.

Para o texto: LER, ESCREVER E OUTRAS “INTROLIGÊNCIAS” - PARTE 1 (T2483030)


De: Josenilton kaj Madragoa

Apagar

07/09/2010 07:19

Só alegria! Bela coluna de fases enfeitadas com esse substantivo feminino que dispersa do coração do leitor entristecido, as sombras que anuviam seu horizonte, que no dia-a-dia está composto de tribulações e outras adversidades. Fiquei contente por encontrar a Malu nos apostos, comentando a beleza e sensibilidade de seu poema, que além das belas palavras, nos trás as recordações circenses de um passado que se foi na esteira do tempo. Abraços e parabéns.

Para o texto: ALEGRIA (T2483028)


De: ana lago de luz

Apagar

06/09/2010 21:01

Caçando poemas encontrei a "caça". Bem cadenciado e humorado. Obrigado, Telma, por nos oferecer líteras palavras, cujas frases nos dão a impressão de uma verdadeira caçada pelas matas imaginárias da poesia. Abraços e continue, faz tempo que não publicas. Ficamos felizes com os dois novos apostos no RL. Abraços de Luzirmil "o peregrino".

Para o texto: CAÇA (T2482399)


De: Telma Moreira

Apagar

06/09/2010 19:24

Muito sentimental, caro Bosco. Pude acompanhar o poema falado lendo suas letras. Ficou ótimo. Parabéns, nobre colega. Publiquei hoje "ÁUREA CONVICÇÃO" vá lá e me envie um comentário. Abraços.

Para o áudio: O ÚLTIMO SUSPIRO DE UM CÃO (A7694729)


De: Bosco Esmeraldo

Apagar

06/09/2010 18:21

Puxa vida, Soelzy! Que linda roupa colocaste em meu pobre soneto. E o enfeitaste com sua magia literária, apontando meu site no Recanto! Só tenho que lhe agradecer com palavras a altura do que mereces. Aproveito para, através desta visão maravilhosa da foto e compreensão das letras enviar um grande abraço a todos os recantistas, que porventura venham ler esta página. Obrigado, ó Flor da Vida. Fiquei muito contente. Desejo-lhe mil felicidades e sucesso nas letras. Receba um carinhoso abraço de um amigo que acredita em dias melhores com a poesia a acender a luz do amor em muitos corações.

Para o texto: Cisma dos marujos >>> Por Luzirmil (T2481931)


De: Flor da Vida

Apagar

06/09/2010 17:54

O difícil, querida Laura, é quando o amor, que nem chegou a acontecer o óbvio, tem que ser representado como amizade, daquelas amizades que a gente tem vontade ficar sempre perto da pessoa, sentindo o fogo do amor virando cinzas que o vento leva. Olha, era vez... um menino...ele tinha doze anos, mas vivia tendo suas paixões. Era um menino feio, pelo menos foi o apelido que lhe deram, entretanto ele tinha um coração de ouro, isto é, era um adolescente bonzinho, obediente aos pais, prestativo às pessoas, e gostava de ajudar no que fosse possível, a qualquer pessoa que estivesse em dificuldade. Você acredita, Laura, que a menina mais bonita da escola, sendo ela filha de família rica, por muito tempo deu de seu lanche para o menino feio como forma de amizade! Mas o menino acabou se apaixonando pela boa menina, que depois de algum tempo foi embora da cidade onde moravam. O menino feio passou a sofrer as angustias da saudade. Seria a história em questão, um retrato de sua frase? Quando a amizade se torna em amor? Foi o que aconteceu no coração do menino feio, que viveu muitas peripécias futuras com tais relatividades, as vezes inversas. Bem, vou parar, para não chorar! Quero mais uma vez agradecer-lhe pela visita. Leia meu cordel "O ARTISTA" e retorne-me com suas amáveis palavras. Abraços e sucessos a você. Até mais.

Para o texto: Pensamento #02 (T2476490)


De: Laura Danielle

Apagar

06/09/2010 15:42

O pessoal do comentário se divertiu a beça com seu aposto, cara Ysolda. De minha parte, sentimental que sou, acabei tendo dó do rapaz. Mas você sabia, que Deus conhece (aliás está em nosso pensar, pois o fator tempo para Ele é nulo) nossos pensamentos futuros? A repetência do nosso amigo está embasada nessa lógica. Afinal ele não foi agraciado com seus almejados desejos, por ter nele uma latente mácula guardada em seus raciocínios futuros contra o Mestre dos Humildes. Qualquer mestre, desses comuns que existem, encontrando alunos que O assimilam, jamais deixa de mover as pedras em favor de tal discípulo. O *artista* em questão não deve ter o dom da atenção e portanto não assimilou as lições que recebeu. Lendo o que escreveu Neusi, lembrei-me de um caso que denominei de: "O Juiz Esbarrão". Bem... é melhor não entrar aqui em detalhes sobre um doutor dependente de remédio pra cabeça que acabou sendo diretor de um Forum lá em Juriticatalá. Em todos os processos só havia confusão.Bem vou parar por aqui que está relampeando e trovejando muito por aqui e poderá atingir meu CP. Logo mais eu volto. Abraços. Não repare as erratas pois escrevi com pressa.

Para o texto: OAB E O TRATO COM O DIVINO (T2481734)


De: Ysolda Cabral

Apagar

06/09/2010 13:31

É sempre gostoso ouvir as conversas das comadres, caro Celso; mas que a instrutora do alho comeu um bom pedaço de rosca, comeu mesmo! Muito legal sua narrativa, viu Celso. Quero lhe agradecer pela visita em "Pingo na Pinga". Leia meu "BANCOS, CARRO E CP". Ah! Escrevei no RL uma crônica com o título "O BODE VELHO" onde passei por momentos de aflição, mas depois se tudo tornou numa história pitoresca. Abraços e aguardo mais comentários seus para que eu possa lhe responder também. Abraços de Luzirmil.

Para o texto: As "bixas" e as vizinhas. (T2437488)


De: Celso Bento

Apagar

06/09/2010 13:17

Legal, viu Detinho! Recordei-me de uma madame que num carro zero, ao sair de uma restaurante onde estive almoçando com as suas amigas, ao saírem para cumprirem outros compromissos, o danado da carro não pegou na partida nem a pau. No entretempo que a motorista pelejava para que o veículo pegasse, uma de suas colegas se lembrou que esquecera sua bolsa contendo seus pertences e até valores monetários na mesa. Desesperada, imediatamente foi ao local de onde haviam saído, quando viu que sua bolsa já estava sendo afanada por um malandro que por ali estava. A moça iria perder mais de 500 reais além, uma câmera fotográfica das mais caras e outros bens. O fato é que o malandro não conseguiu levar sua bolsa, e quando ela chegou ao carro, a madame motorista deu a partida vindo o carro a pegar na primeira. Penso que se tivesse acontecido isso com sua personagem, ela não teria esquecido a sandália. Obrigado pela visita no "pingo da pinga". Indico-lhe "NO TEMPO DAS GARRUCHAS" ou o "ANÚNCIO DA SANFONA", ou ainda "a barba de molho", enfim leia-me em alguns textos e comente, indicando-me os seus também. Há textos esquecidos no RL que precisamos ler e só sob indicação podemos fazê-lo. Abraços

Para o texto: O SALTO E O VOLANTE (T1510262)


De: Detinho

Apagar

06/09/2010 12:30

Na minha convicção de crença em Deus, encontrando e lendo sua poesia, só me restou lhe enviar este comentário, lhe dando sinceros parabéns pelo amor que pareces ter (e certamente tens) por Nosso Senhor Jesus Cristo. Eu também O venero, e estou convicto de que Ele é real e breve virá encontrar com seus amigos, que tanto nele falam, embora sejamos fracos peregrinos. Quero saber seu nome e ler mais artigos seus. Olha, vamos nos corresponder nos poemas e comentários. Quem ama Cristo ama o próximo. Visite-me em "O MENINO DO RIO E A BÍBLIA" ou "AS HORAS PARA CRISTO". Abraços, cara poetisa.

Para o texto: A Cristo (T2290209)


De: A Cristo

Apagar

06/09/2010 11:55

Ah! descobri! Cê,num tem jeito não, Lucas!! Já pensou pendurar um...sei lá o que?!

Para o texto: CIRCUNCISÃO... (T2481350)


De: Lucas Durand

Apagar

06/09/2010 11:52

Lucas, fiquei por entender. Mas valeu! Seria uma fórmula para chamar o cliente? Seria conforme disse o Cavenati, para marcar o tempo? Aguardo retorno. Me perdoe; sou meio burro para entender piadas subjetivas...e burro e maio para contá-las. Mas são boas! Leia o meu "PINGO NA PINGA". Abraços, ó inteligente colega.

Para o texto: CIRCUNCISÃO... (T2481350)


De: Lucas Durand

Apagar

05/09/2010 21:06

Ysolda, Creio que a Miriam preencheu totalmente as lacunas da tristeza com as belas palavras de consolo postas abaixo. De minha parte entro num assunto seu sobre como será do lado de lá: Segundo disse um compadre de um outro que falecera com o compromisso de voltar e dizer-lhe como eram as coisas no além. O assunto foi o seguinte: Olá cumpadi, vim cumpri nosso trato. Lá não é do jeito que nóis falava, nem do jeito que nóis pensava, tiau. Foi isso que o que ficara vivo ouviu. Ficou o dito pelo não dito. Na Bíblia deparamos com dois conceitos descritivos sobre Deus e os homens: Assim disse Deus:Meus pensamentos não são os vossos pensamentos, como os meus caminhos não são os vossos caminhos. Só mesmo depois de tudo consumado para termos uma idéia, se é que a teremos! Abraços amigos pra você e seus comentaristas.

Para o texto: GUTINHO DANTAS - MAIS UMA ESTRELA NO CÉU (T2433211)


De: Ysolda Cabral

Apagar

05/09/2010 19:46

Uau! Sorriso Encantador! Como encantadora é sua face! Bota logo essa foto na página: "SOBRE A AUTORA"! Ora pois!. Nada de pernas e pés descalços, andando, sabe lá para que destino! Seria numa praia? Bem, caminhante peregrino é que não é, se não tinha sandália no pé! Oh! Ysolda! Falando nisso, leia um pouquinho em meu e-livros o: "UM VIOLINO NAS JORNADAS". Veja quantas sandálias gastei para fazer uma peregrinação de duzentas e oitenta e seis léguas em sete meses.(reportagem da vida real) Leia também minha poesia "LUZ DE SONHOS". Peço perdão pelos indicativos, mas gosto de recebê-los também. Viu como foi bom para mim, sua indicação?! Pude ver sua linda foto! Obrigado pelo belo texto. Receba meus elogios sinceros pra você. Até.

Para o texto: O SORRISO DA MINHA CARA - II (T2479549)


De: Ysolda Cabral

Apagar

05/09/2010 18:49

Você tem toda Razão Vallerie. Os melhores presentes são feitos de sorriso, de tempo, de abraços e principalmente de palavras amigas. Meus parabéns pela criatividade e meus agradecimentos pela continuidade de suas visitas. Continue, assim também continuarei te lendo e apreciando, pois estarás na lembrança de um peregrino continuamente. Indico-lhe hoje, meu "O GRITO DA TERRA". Abraços, querida e me indique seus textos.

Para o texto: "Alerta de Natal..." (T1988779)


De: Vallerie

Apagar

05/09/2010 18:42

Quem sabe um dia alguns poetas vão te visitar! Eu gostaria de estar junto. Tão belas palavras merecem a consideração dos colegas, entre eles eu, que embora pequeno, mas dou muito valor às inteligências como a sua. E ir até sua casa, registrar minha visita com uma caneta à minha espera, seria uma glória. Ah! sobre o rapaz que deu de distribuir cestas básicas, no intuito de passar nos arrochados exames da OAB, ele estava mais do que certo! tendo um porém: ao entregar as cestas ele teria que indubitavelmente citar o nome de Deus, ou de Jesus Cristo, como patrocinadores. As pessoas acham difícil fazer isto. Mas e daí. Se formos nós mesmos a fazer o bem para alguém, quem nos pagará! Mas se o fizermos endossados por Deus, ele garante a barra, e como! Deus não fica devendo pra ninguém. É certo que Ele tem Sua Ciência não voltada para a riqueza, mas querendo Ele, quem impedirá? Você achou engraçado o rapaz fazer tais atos, mas eu achei legal demais, cara Isolda. Tomara que ele tenha feito em nome de Deus, pois se assim foi, tenha certeza que ele recebeu o desejado! Um abraço apertado pra você.

Para o texto: MINHA CASA (T2476281)


De: Ysolda Cabral

Apagar

05/09/2010 18:27

Errata: seus devidos valores na sociedade...

Para o texto: LIVRE (T2450647)


De: papagua

Apagar

05/09/2010 18:26

Ah! Descobri um grande filósofo: Você papagua! Seus pensamentos voam pelos céus da sábia literatura. Quero agradecer-lhe pela visita em meu "SE", assim como quero também parabenizar-lhe por ser tão aplicado aqui no RL. Caramba! 501 textos! 4889 leituras. É tão bom receber visitas dos veteranos das letras, ainda que sem seu devidos valores na sociedade, pois tomo por base eu, que não passo de um peregrino. Até meu apelido é desprezível. Convido-te a ler "BIOGRAFIA DE LUZIRMIL" onde poderás conhecer-me desde meu tempo de menino até os tempos atuais. Sempre destituído de glórias e ambições, no entanto tendo uma grande convicção da existência de um SER supremo, que faz a regência do Universo com sábia maestria, sendo que o passado, o presente e o futuro para Ele é um só fator. Abraços, caro colega e faça-me mais visitas. Se gostar de cordel, indico-lhe "NO TEMPO DAS GARRUCHAS", depois envie-me seu parecer, assim ficarei imensamente contente. Tenho sessenta e seis anos mas com um cabeça pensante, de menino. Só alegria, meu caro amigo, mesmo nas tristezas! Abraços.

Para o texto: LIVRE (T2450647)


De: papagua

Apagar

05/09/2010 18:11

Errata - Malu, leia: há mais de quarenta anos...

Para o texto: Oração pelo Amigo (T2256356)


De: malu Dab

Apagar

05/09/2010 18:07

Ah! Malu. Se você souber como devo fazer para enviar músicas poderá me ensinar. Até mesmo como acionar o site RL para tanto. Tenho dezenas de poemas musicais, pois além de poeta, sou compositor musical, dominando instrumentos, tais como Violino, (o meu é um Tcheco, cujo nome é Timbrelino) teclado, órgão, violão, (tenho todos) e principalmente o acordeão, conhecido como "harmônica". A minha já está comigo há mais de quarenta nos, denominei-a de "SOFRIDA", por estar sempre ao meu lado em minhas peregrinações por este Brasil. Desta maneira ela sofre todos os tipos de ataques pelos quais eu passo também. Sofremos juntos, ora pois! Abraços e tenha paciência com o infantil Luzirmil.

Para o texto: Oração pelo Amigo (T2256356)


De: malu Dab

Apagar

05/09/2010 17:52

...Que nas composições do céu, ó querida Malu, sejas uma das estrelas *azuis, (*estrelas fortes de hidrogênio puro) em forma de palavras brilhantes de seus poemas, pensamentos, orações, etc. Olha, amei sua preciosa oração, por isto dei continuidade ao teor divino de cada frase. Muito obrigado, ó valorosa poetisa. Sua oração fez um grande efeito benfazejo no coração de um peregrino. Um beijo pelas visitas de incentivo. Indico-lhe, se ainda não leu, meu poema: "O ALTAR DA VIDA" e um hino dos muitos de minha autoria: "NOVA ALEGRIA" porém não consegui colocar suas musicas no recanto, mas ainda chegaremos lá. Envio-lhe minhas leais considerações. Até

Para o texto: Oração pelo Amigo (T2256356)


De: malu Dab

Apagar

05/09/2010 17:39

Voltei em suas páginas, caro Israel, para lhe enviar meus agradecimentos pela preciosa atenção. E dizer-lhe que sua "CHUVA DE AMIZADE" retrata fielmente a interação dos poetas no Recanto. Quem bolou a idéia desse site merece nosso respeito e consideração. Eu, por exemplo, na verdade sempre me sentindo pequenininho na arte de escrever, porém tenho feito isto de 1957, sem nunca ser valorizado, embora, cá, em minha consciência, sempre me achei capaz de compor qualquer redação que me tenha sido pedida, aliás tenho feito muitas para acadêmicos, porém sem nunca ser reconhecido. Mas agora achei colegas, tais como você e outros/as que mesmo usando poucas palavras, entretanto tem dignificado minhas composições. Afinal, pelo menos eu, escrevo para satisfazer meu ego, e aqui tenho achado um grande apoio. Seu texto está muito bom. Realmente aqui temos uma chuva de amizades. Abraços de Luzirmil.

Para o texto: Chuva de amizade... (T1410562)


De: igs

Apagar

05/09/2010 17:26

Aí está, Angel, palavras complementares daquilo que o Senhor Jesus nos ensinou com simplicidade. Meus parabéns pela beleza com a qual enfeitou o Pai Nosso; está como um ornamento de flores num quadro contendo palavras de ouro, daquela filosofia: modesta, porém jamais esquecida oração feita pelo Mestre dos mestres. Vim aqui para dar continuidade aos meus agradecimentos pela sua nova e portentosa visita. Continuo a indicar-lhe. Vá em "ALÉM DOS MEUS PENSAMENTOS" ou, "O PÉ DE MACAÚBA E O TEMPO". Tenho também em crônicas: "LEMBRANÇA DE LARÉ". Bem, agora vou procurar um seu. Abraços e até.

Para o texto: PAI NOSSO!! (SEGUNDO A MINHA VERSÃO)! (T2258218)


De: Angel Mag

Apagar

05/09/2010 07:07




Compartilhe com seus amigos:
1   ...   16   17   18   19   20   21   22   23   ...   37


©aneste.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
universidade federal
terapia intensiva
Excelentíssimo senhor
minas gerais
união acórdãos
Universidade estadual
prefeitura municipal
pregão presencial
reunião ordinária
educaçÃo universidade
público federal
outras providências
ensino superior
ensino fundamental
federal rural
Palavras chave
Colégio pedro
ministério público
senhor doutor
Dispõe sobre
Serviço público
Ministério público
língua portuguesa
Relatório técnico
conselho nacional
técnico científico
Concurso público
educaçÃo física
pregão eletrônico
consentimento informado
recursos humanos
ensino médio
concurso público
Curriculum vitae
Atividade física
sujeito passivo
ciências biológicas
científico período
Sociedade brasileira
desenvolvimento rural
catarina centro
física adaptada
Conselho nacional
espírito santo
direitos humanos
Memorial descritivo
conselho municipal
campina grande