Analec e os mercadores de liçÕES



Baixar 2.76 Mb.
Página12/37
Encontro24.10.2017
Tamanho2.76 Mb.
1   ...   8   9   10   11   12   13   14   15   ...   37

Para o texto: CRIAÇÃO E EVOLUÇÃO (T2533404)


De: Inacio Strieder

Apagar

02/10/2010 10:53

Para um filósofo e ambientalista peregrino, seu poema é como uma luz no fundo de um túnel. Nesse mundo em que estamos vivendo a gente só vê escuridão na área da ecologia. Ainda bem que existem algumas luzes querendo romper tal escuridão, embora sendo fracas, mas são luzes! Como você e outros. Leia meu "BRADO EM LA POESIA". Visite-me caro Dr., ficarei contente em ler um comentário seu. Gosto de compor cordéis, se gostar vizite-me em "UM VIOLINO NAS JORNADAS". Abraços do filósofo Luzirmil.

Para o texto: QUEM DESPREZA A NATUREZA (T2533390)


De: Asor

Apagar

02/10/2010 10:11

Bela história, cara Zucamel! Na qualidade de um peregrino de Jesus cristo, só tenho que parabeniza-la pelo recado que passas através das letras do Recanto. Agradeço-lhe imensamente pela visita em minha página, e continue. Leia "OS RETIRANTES ATENDIDOS".Congratulações do filósofo Luzirmil.

Para o texto: ENCONTRO COM DEUS (T1953836)


De: ZUCAMEL

Apagar

02/10/2010 09:12

Uma oração com humildade é uma chave que abre portas emperradas no ângulo da transcendência espiritual. Parabéns pelas, cara colega. Em seu perfil falas que és uma sonhadora, talvez dizendo de seus pensamentos. Eu todavia, além dos sonhos da realidade, os que a gente tem acordado, tenho-os quando durmo, na maioria verdadeiras visões premonitoras. Cheguei a concluir que minhas filosofias são frutos de meus sonhos; inclusive meu pseudônimo - LUZIRMIL -Em razão de ter sonhado com um arco-íris maravilhoso, sendo iluminado por uma estrela de mil grandezas ao centro. No sonho pude conversar com um menininho lindo, em torno do qual senti um perfume inebriante que jamais eu percebera em minha vida. A criança estava sentado à borda interna do círculo prismático. Curioso perguntei: -Que lugar é este em que me encontro, ó pequenino? -Você está nos domínios de Luzirmil, mas lá na terra, embora não o conheçam, denominam-no de céu - foi sua resposta. Muito curioso, continuei perguntando: -E esse perfume em torno de tí? de onde provém? -Esse é o perfume da esperança, ó peregrino, levarás um pouco dele como dom, para transmitir aos seus semelhantes na terra, isto por que que uma nuvem de desespero está pra açambarcá-la.-E aquela estrela gigante, de estranha luz? pois nunca vi igual?! - perguntei ainda. -Ah! Ela é uma partícula do poder de Deus. Sua luz reflete esse arco-íris multicolorido que ves, também são partículas, porém pequeninas; cada uma representa o ser de um anjo ou humanos santificados pela palavra de Deus na terra. -Caramba! Mas dizem que o céu será uma nova terra?! Como pode ser isto que estou vendo? - me admirei. -No seu mundo há um tipo de compreender as coisas, entretanto no mundo de Deus há outro formato: o formato da luz eterna!...Bem querida Sonia, não vou estender mais, mas encerrando digo que já tive muitos sonhos com aquele Universo de luz. Parabéns pela sua "PRECE" e mais ainda pelo seu maravilhoso *perfil. Abraços de *Luzirmil - sempre a rimar! Leia-me mais

Para o texto: PRECE (T2458207)


De: SoniaRevoredo

Apagar

01/10/2010 21:31

Essa cachorrinha pode ser linda, mas parece perigosa, cara Teca. Tem uns olhinhos fugazes. Penso que se o carteiro entrar no portão sem bater, ela vai faze-lo passar apertado. Olha, fiquei contente com sua visita, estava com saudade. Será por que no RL de vez em quando desaparecemos uns dos outros? Ah! já sei, é por que existem centenas de poetas e escritores e a cada dia aumentam mais, assim a gente não consegue manter uma ligação só com poucos, pois sempre tem algum colega lendo e comentando e a gente querendo pagar a visita acaba pegando outros rumos, não seria assim, Teca? Bom, pelo menos eu, todas as vezes que alguém se lembra de mim, na primeira oportunidade eu correspondo. Um abraço bem afetivo pra você e não me esqueça. Leia em meu e-livros "A FESTA DA ILUSÃO". Até mais.

Para o texto: Poeminha da "Paixão animal"... (T2527783)


De: Teca

Apagar

01/10/2010 21:09

A Margaret que conheci em meu tempo de adolescente era filha de um farmacêutico do arraial onde minha família e eu morávamos. E sua história, em cada parágrafo lido eu vi como sendo a pétala de uma flor, talvez pelo colorido das letras arranjadas num conto cujo desfecho me fez lembrar de Portugal, onde minha filha reside há oito anos deixando-nossempre com saudade. Parabéns pela belíssima composição e visite-me nem texto qualquer. Eu lhe indicaria um cordel cujo título é "JOÃO BOA VIDA". Se não gostar de cordel vá em "A FLOR FEITICEIRA" e comente. Abraços afetivos de Luzirmil.

Para o texto: MARIPOSA (T2532492)


De: AMELIA BEDELIA

Apagar

01/10/2010 20:08

Cara! Essa valeu mesmo. A gente tem raiva quando as crianças pregam chicletes nas cadeiras pois custam de serem arrancados.Sua idéia foi genial Heddy. Parabéns; vou colar um hoje mesmo. Visite meu trabalho. Filósofo Luzirmil.

Para o texto: Como Colar Pôsters Na Parede (T2530318)


De: Heddy Martins

Apagar

01/10/2010 19:56

Essa não foi nada engraçada para o vozinho! kha,kha,kha... Parabéns esperto. Bem vindo.Visite o filósofo Luzirmil.

Para o texto: a vingança ih fedeu (T2532365)


De: esperto

Apagar

01/10/2010 19:08

Grande teorema, caro Marcell. Teorias por trás dos pensamentos evidenciam experiências, finalizando num profundo e lógico dizer de que o conhecimento é uma forma de sofrimento. Afinal quanto mais conhecemos mais nos desgastamos. Abraços nobre colega. Visite-me também e comente.

Para o texto: 3° Investigação: O pensamento e a afetividade (T2532290)


De: Marcell Diniz

Apagar

01/10/2010 19:01

Fiz umas quadrinhas e coloquei aqui no RL, só que não sei onde está. Deve estar no fundo do baú, mas diz assim: Um dia o meu caminho, com meu destino bateu, na batida eles perderamum amor que era meu! E assim fiquei sem amor; sem caminho e sem destino. Se debandaram de minha vida. Grato por me inspirar este comentário, viu Siellen. Visite-me, porém como o caminho e o destino desapareceram com meu amor só encontrarás filosofias! Abraços do Luzirmil

Para o texto: AMAR (T2532265)


De: Suellen Lopes

Apagar

01/10/2010 18:48

Você está certa! Sempre é bom a gente contar uma piada desse porte, igual uma que li outro dia de um colega nosso, pedindo ajuda. Disse que tinha de tudo: uma grande mansão, três carros importados, mulher bonita, filhos formosos, grande piscina numa casa de campo, mas a crise o deixara com alguns prejuízos e ele estava precisando de uns trocados, no momento dois milhões de reais tiraria a angustia que ele estava passando. Ele chegava a chorar já que estava num audio, aqui no RL. A gente ouvindo sentia pena da maneira que ele reclamou da vida. Mas se for realidade a sua mágoa, querida Mi, não ligue não. o importante é que você sabe escrever, e muito bem, assim falando mal ou bem, mas escreva! Abraços do Luzirmil filósofo e conselheiro do terceiro milênio!

Para o texto: Protesto! (T2532241)


De: Mi Guerra

Apagar

01/10/2010 18:38

Belas palavras onde o amor tem seu colorido em forma de paixão. Abraços e visite-me!

Para o texto: Vestígio. (T2532240)


De: LUCIENE CRISTINA

Apagar

01/10/2010 18:34

As visões dos primeiros versos foram boa, querida Wanda; entretanto a do terceiro me deu tristeza por lembrar também das minhas visões, e por vim um casamento! Saiba lá em "A FEITICEIRA" minha poesia de dor, de muitos anos atrás, mas a sombra paira como um vampiro que voa a noite querendo, nos assustar. Parabéns por me inspirar a te comentar. Abraços.

Para o texto: OS MEUS OLHOS (T2532226)


De: Wanda Galatro

Apagar

01/10/2010 18:25

A corrente das águas de sua poesia trilhou por tortuosas, porém eruditas colocações. O enredo vasculhou uma variedade de fatores aos quais somos arrolados no dia-a-dia. Parabéns Nobre colega de Terezina. Passei por aí em 2006 e fui lá para a balsa atravessar o Paranaíba para chegar em Barcelar e dali para São Luiz. Abraços do Luzirmil e um convite para ir às minhas páginas.

Para o texto: PONTO MÉDIO (T2532214)


De: Tiago Curralo

Apagar

01/10/2010 18:19

Olá meu companheiro! Você não conhece aquela música minha que diz: O torto está certo e o certo está errado, andar de cara pra traz, hoje é moda de um ditado, mas se o certo está torto, onde será encontrado, com certeza está no bolso de alguém lá no senad....Ah. Deixa isso pra lá! O que vale aqui é seu pensamento, nobre companheiro. Abraços do filósofo Luzirmil e visite-me, pois me sentirei honrado.

Para o texto: QUE LEI É ESSA? (T2532201)


De: LÁZARO ALVES

Apagar

01/10/2010 18:09

Olá Helena. Eis-me a te comentar novamente, justamente no momento em que uma chuva fina cai lá fora. "UMA LÁGRIMA CAI" me leva em recordação os momentos de emoções pelas quais já passei, muitas vezes derramando lágrimas internas, mas sorrindo, num misto de tristeza e ironia com minha própria vida. Parabéns por este belo enredo sobre as lágrimas. Se elas fossem coloridas, a maioria das minhas seriam verdes pois dizem que é a cor da esperança, o que tenho de alcançar outra vida, num arco-íris divino. Receba um carinhoso abraço do Luzirmil.

Para o texto: UMA LÁGRIMA CAI... (T2532191)


De: Helena Buarque

Apagar

01/10/2010 14:40

Li um poema certa vez, não sei se era de Jos´de de Alencar, ou outro, mas dizia: "Contra a dor, não te revoltes, padeça em silêncio e mudo, pois colheras de seus golpes, a glória de seu conteúdo". Lembro de meus dois gatos: quando estão doente ou sentindo dores ficam quietos e mudos! Abraços,, querida Malu e obrigado pela visita ao violino. Tenho o livro da peregrinação aqui em E-Livros com o mesmo título, contudo sua redação é muito longa e não atrai leitores.

Para o texto: A dor (T2414559)


De: malu Dab

Apagar

01/10/2010 14:33

Que sejas perdoada! Ah! você me visitou no poema para o rio São Francisco e fiquei contente. Só fiquei triste por não poder dar a este comentário as áureas de sua felicidade, que seria a bendita vitória de seu amor concretizado! Mas a vida é assim mesmo, a gente tropeça no amor, aqui e ali e vai levando. Se você ler minha "A FLOR FEITICEIRA" ou 'A FEITICEIRA", vais sentir o quanto já sofreu um poeta sentimental. Mas agora tudo está bem. Abraços e desejo-lhe felicidades. Filósofo Luzirmil.

Para o texto: Perdoe-me (T1017485)


De: Lary Anne de Freitas Mariz

Apagar

01/10/2010 14:24

Simplesmente deliciosa, sua pequena poesia da libélula!obrigado pela visita, cara irmã de Paz. Você é bamba nos acrósticos! Fazem-nos até brincando nos comentários. Obrigado pela visita. Indico-lhe um meu antigo cordel "UM VELHO TACHO" e um novo, longo, em e-livros: "O FIM DE GARGALINHO".

Para o texto: DONA LIBÉLULA VOEJANDO PELA FLORESTA (T2200275)


De: Fernanda Xerez

Apagar

01/10/2010 11:48

Emocionante! Comigo ocorreu um fato real quase idêntico. Até escrevi uma longa redação em um livro de reportagens de minha autoria, cujo título é "AS ESTRELAS DO MEU UNIVERSO", já que fatos como o que ocorreu com o jovem que doou o leite, eu os classifico como astros que iluminam nosso ser. Acho que vou publicar a ocorrência que houve comigo, pois sua crônica foi tocante como a minha ocorrência real. Assim que eu publicar te avisarei, para fazer suas comparações. Meus parabéns pelo belo texto. Visite-me em minhas filosofias. Abraços e sucessos pra você.

Para o texto: ORE PARA DEUS ELE OUVE? (T2531551)


De: Alexandre Teles Oliveira

Apagar

01/10/2010 08:02

Ah! Prestando atenção ao nome de sua cidade, lembro-me que em 21 de janeiro de 2006, passei por Salgueiro com mais três companheiros. Estávamos a caminho de São Luiz. Íamos de Aracaju via Terezina, para aquela capital do norte.

Para o texto: O Que Seria (na prática) FALTA DE OPORTUNIDADES (?!) ... (T2531123)


De: fchagass

Apagar

01/10/2010 07:58

Nós os poetas, cuja inteligência não consegue engulir a politicalha, sofremos com todas estas distorções sociais da propaganda. Mas sempre será assim. Tem os bons da boca, que só na hora que tiverem que ir para a guilhotina é que tratarão de se esconder, como fez Sadan. Mas cada um vai sofrer o dano de sua aparência, tenha certeza, caro Fchagas. Visite-me caro colega. Abraços do Lu.

Para o texto: O Que Seria (na prática) FALTA DE OPORTUNIDADES (?!) ... (T2531123)


De: fchagass

Apagar

01/10/2010 07:51

O melhor que temos a fazer, cara Joelma, e pegar uma foto de desses elegíveis qualquer e olhar no fundo dos olhos, pois ainda que seja uma foto, há a sombra do espírito, que poderá nos indicar o caráter do candidato. Votar em alguém sem caráter e jogar de vez o país no desterro no qual está caindo!

Para o texto: Quem é que vai pagar por isso... (T2531113)


De: joelma maia

Apagar

01/10/2010 07:40

Você tem razão querido José. Mas nos tempos atuais a democracia tem perdido seus valores, os quais deveriam ser características dos homens de caráter, mas...Ah! deixa isso pra lá. E vamos nos dar as mãos e eleger alguém...Parabéns e visite-me outra vez. Abraços do Luzirmil

Para o texto: *** ELEIÇÃO *** (T2531108)


De: JOSÉ APRÍGIO DA SILVA

Apagar

01/10/2010 07:36

"NESSA MADRUGADA" Ah! Recortes de Poesia! São muitos os que passam pelo mesmo transe. E quando a gente passa a noite sem dormir com uma zoeira na cabeça! A madrugada fica acirradamente insuportável! Visite-me. Abraços do Lu

Para o texto: Nessa madrugada... (T2531107)


De: Recortes de Poesia

Apagar

01/10/2010 07:33

...continuando: visite-me em entrevistas "O PERDÃO E A AMIZADE" Abraços de Luzirmil.

Para o texto: Amizade é especial em qualquer lugar (T2531104)


De: Thereza Green

Apagar

01/10/2010 07:31

É mesmo, cara Thereza! Eu sou filho de português e suas palavras me deram saudades de minha Filha que mora em Braga, no Portugal. A amizade entre nós está selada aqui no recanto. Visite-me em "

Para o texto: Amizade é especial em qualquer lugar (T2531104)


De: Thereza Green

Apagar

01/10/2010 07:28

Aí está, caro Antônio, aquela velha parábola sobre a ambição: "QUEM TUDO QUER..." Por sorte o Joaquim não perdeu tudo. Mas a lógica de seu conto é muito boa. Parabéns e visite-me. sou filósofo e em minhas páginas haverás de encontrar muitos assuntos que certamente lhe interessarão. Depois comente algum. Ah! Estive em Guaraparari em 2007, cheguei a compra uma panela de barro por uma desses ruas. Lembro-me com saudades, embora tenha visto de longe, as ondas do mar. Abraços do Lu.

Para o texto: O LEITEIRO (T2531097)


De: antonio teles zimerer

Apagar

01/10/2010 07:20

Milagre da sobrevivência para um e,por que não dizer: o milagre da morte para outros. Um fato e dois fatores preponderantes em que os sentimentos se interpõem, mas que ao fim tem um só lastro: "A vida futura". Parabéns por me inspirar, caro Cassionei.Visite-me. Abraços do Lu.

Para o texto: Textículos II (T2531091)


De: Cassionei Niches Petry

Apagar

01/10/2010 07:14

O poder do *véu, está, além de esconder nossas lágrimas, no de ocultar os mistérios existentes do além. *Um tecido semelhante a bruma que interpõe no poder da visão, uma tênue barreira para se ver daqui para lá e um paredão de energia divina contra as ações do mal, de lá para cá! Filosofias de Luzirmil. Parabéns por me inspirar querida Ana.

Para o texto: O VÉU (T2531084)


De: ana lago de luz

Apagar

01/10/2010 07:05

Achei em seu "CLONARAM" uma analogia com dois beijas-flores que durante todo o dia visitam a florzinha com mel de açucarque aquela a quem sempre beijo coloca para as alimentarem.parabéns pela expressividade! Abraços, porém também com beijos fraternos, do LU.

Para o texto: CLONARAM*!(ORKUT) (T2531079)


De: A Flor Enigmática

Apagar

01/10/2010 06:59

A dança da vida com a riqueza, se apresentam nas palavras singelas de seu poetrix enriquecido pela vida das flores. Abraços do Lu. Visite-me em:"OS HORIZONTES DA VIDA". Abraços do Luzirmil.

Para o texto: União// Na Diversidade (T2531077)


De: SoLuNaMaRoSa

Apagar

01/10/2010 06:55

O interessante, caro Oliprest, é que tudo está a caminho de um inevitável encontro com Deus, O venerável ser, a quem, pelo que prediz no sagrado livro "A BÍBLIA" teremos que dar conta até de nossas palavras. Seu previdente conselho evidentemente conta com a sagrada inspiração de Jesus Cristo, no sentido de nos retrilhar nos caminhos da sinceridade. Dou-lhe a mão, parabenizando-lhe pela previdente crônica, cuja base é composta de um conselho. Abraços do Luzirmil. Visite-me em "ALÉM DE MEUS PENSAMENTOS".

Para o texto: SENHOR! SENHOR! (T2531073)


De: oliprest

Apagar

01/10/2010 06:46

Enigmas e mistérios, enfeitando o horizonte literário de seu poema "SAUDADE", deram-lhe um colorido daquela virtude, cuja sombra sempre é sempre composta de ternas lembranças. Parabéns por mais essas letras arranjadas inteligentemente por sua mente criadora. Visite minhas páginas. Ficarei contente em saber que autores inteligentes avaliaram meu trabalho através de um simples comentário. Abraços a você e aos seus entes queridos - Luzirmil.

Para o texto: Saudade (T2531072)


De: Conceição Bentes

Apagar

30/09/2010 16:01

Parabéns Jéssi,por ter vindo para o Recanto. Os mais antigos ficam contentes por ver crescer nossa família de poetas. parabéns pelo seu:"ESTOU AQUI" Indico-lhe "A FLOR FEITICEIRA"Abraços do Lu.

Para o texto: Estou aqui (T2528746)


De: Jéssi

Apagar

30/09/2010 15:57

Bem vinda Sonnynha. Parabéns pela saudade. Visite-me em "ZECA LADÃO". Abraços do Lu.

Para o texto: AH, a saudade! (T2528778)


De: sonnynhambc

Apagar

30/09/2010 15:52

Olá Giovana, seu conto, além de belo está bem escrito. Parabéns do Luzirmil. desejo sucessos a você por aqui. Escreves muito bem. Visite-me em "A FLOR FEITICEIRA" ou em "CAMPAS PERDIDAS". Ontem escrevi "A HISTÓRIA DE UM ANDARILHO". Abraços a você e ao povo de São Carlos.

Para o texto: As Vitrines (T2528962)


De: Giovanna Ortolani

Apagar

30/09/2010 15:45

Olá Roberval, bem vindo ao RL. Apreciei seu poema "DE PASSAGEM" Desejo-lhe sucessos. Visite-me em "ALÉM DOS MEUS PENSAMENTOS" Conte com a amizade dos poetas do Recanto. Um abraço para os itapolenses. Conheço sua cidade desde há muitos anos.

Para o texto: De passagem (T2529449)


De: Roberval Carvalho

Apagar

29/09/2010 10:44

Luzimar houve um erro no título de meu texto indicado. Se acaso for procurar, coloque no espaço de busca para textos a seguinte frase: "A REBELIÃO CONTRA ÁZUR" ou escreva simplesmente "Ázur"

Para o texto: Pensamento - LXXXIII (T2527176)


De: Luzimar

Apagar

29/09/2010 10:38

Luzimar! Quase foi Luzirmil. Mas tenho uma história sobre meu peseudônimo. Leia em "A revolta contra Ázur". O motivo para ser feliz em suas colocações, retrata o almejado. Ah! pena que a gente se arrasta para consegui-lo! Parabéns pela bela frase e envio-lhe abraços fraternos a você e a seus entes queridos, em especial a este simpático senhor (que certamente é seu esposo) ao seu lado.

Para o texto: Pensamento - LXXXIII (T2527176)


De: Luzimar

Apagar

29/09/2010 10:24




Compartilhe com seus amigos:
1   ...   8   9   10   11   12   13   14   15   ...   37


©aneste.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
universidade federal
terapia intensiva
Excelentíssimo senhor
minas gerais
união acórdãos
Universidade estadual
prefeitura municipal
pregão presencial
reunião ordinária
educaçÃo universidade
público federal
outras providências
ensino superior
ensino fundamental
federal rural
Palavras chave
Colégio pedro
ministério público
senhor doutor
Dispõe sobre
Serviço público
Ministério público
língua portuguesa
Relatório técnico
conselho nacional
técnico científico
Concurso público
educaçÃo física
pregão eletrônico
consentimento informado
recursos humanos
ensino médio
concurso público
Curriculum vitae
Atividade física
sujeito passivo
ciências biológicas
científico período
Sociedade brasileira
desenvolvimento rural
catarina centro
física adaptada
Conselho nacional
espírito santo
direitos humanos
Memorial descritivo
conselho municipal
campina grande