Xtasy Lago Abraçado por pele



Baixar 0.5 Mb.
Página4/15
Encontro30.06.2019
Tamanho0.5 Mb.
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   15

Se levantando na sacada superior, enquanto olhando fora em cima do lago com Brenna, era a mulher mais deslumbrante na que ele já fixaria olhos. A brisa trocou ligeiramente, enquanto levando o cheiro dela a combinação de him.a de baunilha e madressilva que embrulharam a cabeça dele ao redor e atiraram diretamente ao galo dele. O cabelo escuro dela escovou os ombros dela e 46 Corinne Davies vermelho

raias nas praias moldaram os olhos marrons grandes dela. Ela teve a boca macio-olhando. As curvas dela o fizeram pensar de passar a próxima semana em cama com ela.

Ele entrou atrás na sombra de uma árvore perto e a assistiu. Ela sorriu e riu, enquanto soando óculos com Brenna como se os dois deles propusessem um plano para reger o mundo.

O lobo dele exigiu ele se aproxima dela, enquanto choramingando mais para. A pele dela era tão macio quanto olhou daqui? Estar no lado seguro, ele não tirou os olhos dela como ele foi em direção pela grama à porta lateral da casa de Gordon. Todo instinto animal que ele tinha clamado para ele levar o que era dele. Ela definitivamente era dele.

A elação dele de momentos atrás esvaziou como um balão. Os três deles tinham planejado compartilhar uma mulher. Levaria uma mulher especial para assumir todos os três deles. Esta mulher era humana. Ela não saberia uma coisa sobre o lado animal dele ou a necessidade dele para compartilhar com os irmãos dele.

"Whoa lá, senhor." Uma mão delicada o parou passo largo meio como ele entrou na cozinha. "Você está se parecendo com você está a ponto de comer alguém. Tudo é certo?"

"Eu espero assim, Helen."

O lobo que eriça dentro quis apressar além do dela e localiza a mulher deliciosa que enlaçou os sensos dele, mas Jaxon não quis mostrar a Helen qualquer desrespeito. A primeira esposa de Gordon pareceu mais velha que o segundo dele, mas isso era porque ela não era a Verdadeira Companheira dele. Esses significaram ser envelhecidos junto à mesma taxa, mas Gordon conheceu a Helen antes de Ann. Jaxon era muito jovem para para se lembrar do casamento deles/delas, mas ele se lembrou dos sussurros quando a Ann vier a cidade.

"Isso soa ominoso." A Helen colocou os legumes nas mãos dela no contador. "Há qualquer coisa eu posso fazer para o ajudar?"

Considerando as conversações abstratas ele e ele irmãos tidos no passado estavam a ponto de se tornar uma realidade, ele percebeu a Helen poderia ser a pessoa perfeita para falar com aproximadamente isto.Abraçado por pele 47

"Helen, eu tenho uma pergunta inacreditavelmente pessoal para lhe perguntar. Se você não quiser responder, então eu entenderei completamente."

Ela levantou um tamborete e pontudo a isto. "Você não é o primeiro para começar uma conversação assim comigo, Jaxon. Sente e faça suas perguntas."

Jaxon se achou de repente a uma perda para palavras. O futuro dele não era mais como certo e ele não soube controlar isto. "Eu penso que eu poderia ter achado meu companheiro."

A Helen pausou como ela cortou aipo e sorriu. "Isso é notícias maravilhosas, mas eu imagino você tem suas preocupações. Você quis me perguntar por minha relação com Gordon e Ann?"

"Sim. Você não é Verdade Acasalado com qualquer um deles, você é?"

"Não, tristemente eu não sou, mas isso não significa que eu não os amo qualquer mais ou qualquer menos. Significa que meu tempo com eles é mais curto que eles têm entre si."

"Não faz aquela preocupação você?"

Ser verdadeiro, às vezes, mas não de um modo ruim. Há tempos que eu estou muito consciente que eu só tenho uma quantia fixa de tempo com eles, mas você sabe que sendo um Verdadeiro Companheiro não o faz invencível. Forma-shifters poderia curar mais rapidamente e ser um pouco mais forte que os humanos, mas você ainda é como bem mortal. Humano ou shifter, você precisa mostrar um ao outro quanto deseja você diariamente porque ninguém sabe quando o metro deles/delas for para cima."

Um quadro mental de Sloan que mente em cama com um halo atarraxado nos templos dele brilhou os pensamentos dele entretanto. Ele não gostou de pensar sobre como íntimo ele veio a perder o irmão dele em uma colina de esqui.

Ela bateu levemente a mão dele onde se deitou na mesa. "E o pensamento dos deixar atrás de um dia quebra meu coração, mas eu é grato que eles terão um ao outro para virar quando eu for nenhum mais longo aqui para os confortar. Mas, isso você não é o que querem perguntar, é?"

"Vantagens são Sloan não terá o mesmo companheiro como nós. Inferno, eu não tenho completamente certeza aquele Kaden e eu teremos o mesmo companheiro. Eu quis 48 Corinne Davies

saber fazer isto trabalham com um sócio de unmated em uma relação."

"Primeiramente, por que você pensa que Sloan terá um companheiro diferente que você dois?" A Helen pausou cortando legumes e veio ao redor do contador. Ela bateu levemente o ombro dele e se sentou em um tamborete próximo a ele.

"Porque ele é um gato, e nós não somos."

"Mai é humano. O Gaspar e Vencel Solfalvi são lobos e eles são Verdadeiros Companheiros."

"Eu não vejo a semelhança. Eles são os gêmeos. Seria estranho se eles não tivessem o mesmo companheiro."

"Você sabe, eu me lembro quando Sloan entrar em nossas vidas. Tal um jogo estranho de circunstâncias, uma milhão de chance que todo o mundo estaria no lugar certo no momento certo achar aquele menino e o ter termine em sua família. Agora, se Destino fizesse tal um papel grande fazendo certo que ele se tornou seu e o irmão de Kaden, você realmente acredita que você não compartilharia um companheiro? Eu suspeitei os três de você planejam compartilhar uma mulher. Os três de você insistiram em compartilhar tudo quando você estava crescendo."

Jaxon poderia sentir as orelhas dele começam a queimar, um sinal falador que a face dele era vermelho de beterraba. Era uma coisa para discutir isto com os irmãos dele. Era algo completamente diferente que falar tão abertamente sobre isto com uma mulher que o fez lembrar da mãe dele.

"E todos os três de você não levaram a mesma menina a seu baile de formatura?"

Brittany Laurens, a primeira menina que os três deles compartilharam. Ela era uma menina selvagem que fez certa que eles conheceram que ela os quis tudo. Aquela noite, um laço formou entre os três deles que nada já pudesse quebrar. Um sorriso astuto enrolou o canto da boca de Helen, enquanto o fazendo perceber que ele também estava sorrindo como ele recordou aquela noite.

"Eu não percebi isso era conhecimento público." O sentimento ardente nas orelhas dele esparramadas às bochechas dele. "Bem, certo, eu vejo seu ponto e nós decidimos que se um de nós achasse nosso companheiro, então o outro dois deixariam de procurar deles/delas."Abraçado por pele 49

"Jaxon, como sobre isto?" Ela se levantava e o beijou na testa antes de bater levemente a bochecha dele suavemente. "Por que você não espera até que Kaden e Sloan conhecem esta menina? Se ela não é a Verdadeira Companheira deles/delas, volta e fala novamente comigo."

Ele acenou com a cabeça à aproximação de comum-senso dela, porque ele precisou ter um plano em lugar para todas as circunstâncias. Ele precisou manter tudo limpo, organizado, e em ordem. A compulsão para estar preparado a resultado seja qual for acontecida é o que o manteve tranqüilo e sob controle.

"Certo. Obrigado por seu tempo, Helen."

"Jaxon?"

Pausando, a mão dele na maçaneta, ele examinou o ombro dele atrás. "Sim?"

Os olhos de Helen brilharam com humor danoso. "Se ela for sua Companheira, eu espero ela lança como muita desordem em sua vida como a Ann fez para meu. Você estará mais contente para isto."50 Corinne Davies

Capítulo seis

A Carol e Brenna vagaram fora sobre a coberta fora a sala de estar e Brenna já a apresentou lá a um par. Jessica Cooke era uma mulher bonita e teve um corpo que se pareceu com isto pertenceu na cobertura de uma revista. Só Jessica não agiu como um modelo de moda. Ela não usou um pouco de maquilagem e o cabelo dela foi retirado em uma trança inacreditavelmente apertada ao longo da parte de trás da cabeça dela. O olhar dela raramente ergueu dos pés dela. Jessica se levantou lá quietamente próximo ao namorado dela como que agiu se ela não existisse.

Brenna tinha lhe falado que Jessica tinha mudado muito desde levar para cima com Geoff Reimer. Jessica não fez nada antes de perguntar primeiro ao namorado dela. A Carol soube que algumas pessoas almejaram uma relação assim, mas da compreensão dela, este não era um exemplo saudável.

Brenna sustentou a garrafa de vinho que ela tampava para cima os óculos deles/delas. "Jessica, você gostaria de um refil?"

O namorado de Jessica embrulhou a mão dele ao redor da parte de trás do pescoço dela em um espetáculo descarado de posse. "Isso poderia não ser uma idéia boa, Jess. Você trabalhou tão duro no ginásio esta semana. Você não quer tudo disso ir desperdiçar, você faz?"

"Você sabe que você tem razão. Obrigado, Geoff." Ela cobriu o topo do copo dela. "Eu sou certo, Brenna. Outro copo e eu teremos que fazer ruídos extras e eu realmente odeio esses."

Também", "eu odeio Carol de ruídos sussurrada a Jessica.

O olhar de Geoff sacudiu depressa em cima de Carol. A boca dele enrolou em antipatia óbvia ao que ele viu. "Sim, obviamente."Abraçado por pele 51

A voz de Carol gelou na garganta dela como Jessica ofegou ao comentário rude de Geoff. Isso que um idiota. Carol debateu em lançar a taça de vinho dela na face dele mas figurado ele não valia o desperdício de vinho.

"Geoff que não é agradável." A face de Jessica se ficava vermelha e ela olhou como se ela quisesse começar a chorar.

Ele olhou abaixo e deu para Jessica um olhar frio antes de observar atrás. "Arrependido, isso saiu erradamente."

"Eu sou usado ao hábito dele de contar a verdade cega." Jessica bateu levemente o braço dele e sorriu nele. "Ele é o melhor a motivar todo o mundo no ginásio."

"O sol está começando a fixar. Nós deveríamos entrar antes de os mosquitos de por completo força." Geoff piscou a Carol como ele empurrou o braço dele longe de Jessica e entrou atrás na casa.

Jessica o seguiu. Idéia boa", Geoff."

Carol assistida como a mulher jovem tentou se pôr em dia para o namorado dela. Julgando pela linguagem do corpo dela, esta não foi na primeira vez ela tinha enfrentado um acesso de raiva de temperamento masculino dramático.

Jessica parecia como tal uma menina agradável. Por que ela engancharia para cima com tal um puxão? "Também, você estava entrando em Carol?"

"Eu estarei lá em um momento." A Carol lutou com o desejo entrar lá e rasgar uma tira fora de Geoff por ser tal uma picada. Mas ela não quis fazer os anfitriões dela incômodo fazendo uma cena, não importa como mal ela quis.

A cena inteira a fez lembrar do modo ela aplacou o ex dela, David. Os elogios desajeitados dele e atitude sensível quando vier a certos assuntos. Se só ela tivesse se levantado há muito tempo para ele. Talvez, ela não teria virado um olho cego às suspeitas dela sobre as finanças do abrigo.

Ela ouviu a porta de pátio abrir atrás dela. Brenna perguntou, "Carol, você aprova?"

"Multe, enquanto combatendo o desejo simplesmente para entrar lá e falar alguém para o que eu realmente penso neles."52 Corinne Davies

"Geoff é um idiota e eu quase o perfurei na boca uns tempos de par."

Carol girou ao redor de à voz masculina que obviamente não era o amigo dela. Se levantando atrás de Brenna era outro o homem inacreditavelmente deslumbrante. O que o inferno eles põem na água para cima aqui?

"Cante alegremente, este é Jaxon. Você conheceu o irmão dele, Kaden, esta noite mais cedo e Sloan mais cedo hoje." Brenna olhou como se ela estava a ponto de dissolver em risada histérica. Uma sobrancelha atirou para cima e ela sorriu assistindo a tentativa de Carol para manter um pouco de dignidade de modo selvagem.

Jaxon pisou ao redor de Brenna e diretamente para cima em frente a ela. Um calafrio de consciência correu abaixo a espinha dela. Este irmão não era tão muscular quanto Geoff, mas ela não teve nenhuma dúvida que ele pudesse esfregar o chão com ele. Ele levou um ar de autoridade ao redor dele, semelhante a Gordon é apenas não como intenso. Não que importou, porque o corpo dela respondeu quase identicamente igual a isto fez com ambos os irmãos dele. Um rubor morno correu a espinha dela, enquanto embrulhando os ombros dela ao redor, fazendo os peitos dela formigar. Os dedos dela coçaram para puxar a Camiseta escura ele estava usando fora do cós das calças jeans dele.

"É.ai, agradável o conhecer?"

Jaxon pisou mais íntimo a ela. O olhar dele deslizou lentamente em cima do dela como se aproximou ele. Ela poderia quase o sentir acariciando as curvas dela. Geoff poderia ter estado enojado por ela, mas Jaxon fez o dela sinta como uma deusa. Ela sentia rubor e os peitos dela puxaram contra o sutiã dela. Ela poderia imaginar quase sentimento as mãos dele na pele nua dela.

"Eu espero que meu irmão não o fizesse nervoso mais cedo."

"Honestamente, talvez um pouco. Ele é bastante um intenso sujeito." A Carol poderia ter pedaço a língua dela fora assim que as palavras saíssem da boca dela, mas Jaxon parecia fazer isto sem dificuldade e não em ofensa. Talvez ela não deveria ter tido outra taça de vinho.

"Estranho. Ele normalmente não está assim, mas ele faz as pazes nas habilidades de arte culinária dele."

"Você está indo para casa, Jaxon?" Brenna o cutucou no lado. Abraçado por pele 53

"Não, a Helen me convidou ao jantar e eu nunca passo na arte culinária dela." Ele os seguiu na casa, mas assim que eles adquirissem dentro, Brenna puxou ao braço de Carol e a conduziu longe dele. "Venha e tenha um refil."

"O que vai em ao redor aqui?" A Carol sussurrou as palavras contra a orelha do amigo dela em esperanças que ninguém mais ouviu. "Você não está tentando para me montar, você é?"

"Inferno não. Eu estou tentando para os manter longe de você." Brenna a arrastou no corredor de parte de trás para a cozinha. "Com Mãe que adquire tudo pronto, deveria cobrir para cima nossas vozes se nós falarmos quietamente."

"Sua audição é que sensível?"

"Sim, mas nós aprendemos empedir certos sons e cheiros."

Carol poderia sentir o pescoço dela comece a aquecer nas implicações do que o amigo dela admitiu. "Eu vou precisar de mais vinho e você precisa explicar o que eu estou perdendo aqui." O coração dela bateu como um tambor contra o tórax dela, os peitos dela doeram e as calcinhas dela estavam encharcadas durante a terceira vez hoje. A esta taxa, ela ia ter que começar condução roupa íntima disponível na bolsa dela.

"Você não tem nenhuma idéia." Brenna tampou novamente fora o copo dela. "Me deixe lhe perguntar algo. Você é atraído a todos os três deles?"

Carol poderia sentir a cócegas familiar e expansão de sensação coçando pelo tórax dela e pescoço. Nenhuma dúvida as bochechas dela se assemelhariam ao nariz de Rudolf no momento. "Por que você pergunta?"

"Porque eles estão interessados em você. Todos os três deles."

"Santo defeque." A Carol poderia embrulhar a mente dela apenas ao redor da idéia de um desses homens deslumbrantes que pensam nela naquele modo mas todos os três deles? Tem que ser um engano."

"Não, mas eu lhes xinguei atrás para. Nós quase não tivemos qualquer hora que visitar e eu não quero que eles o roubem já de mim."

Esta vinda de uma mulher que habitualmente teve homens que a seguem ao redor de campus em uma tentativa para armazenar a atenção dela por um momento. Brenna não percebeu os próprios aspectos dela e enquanto era um dos melhores truques dela, poderia estar aborrecendo inacreditavelmente às vezes. 54 Corinne Davies

Enquanto o pensamento de ter a atenção de três homens imediatamente nela soou exótico, ela não era aquele tipo de pessoa. "Eu não pude controlar um, deixe três só, assim eu não preocuparia sobre o roubo deles/delas muito de minha atenção. Eu estou aqui para o visitar e ajudar na clínica durante alguns semanas e então eu vou para casa para recomeçar."

Brenna soou o copo de vinho dela com Carol. "Para começos novos."

"Jantar pronto, você dois." A Helen apoiou no corredor da cozinha. "Você pode me ajudar a tirar tudo?"

"Absolutamente." A Carol colocou o copo de vinho dela no contador antes de apanhar um prato de serviço para levar a cabo no quarto jantando. Ela não tinha feito isto três passos da cozinha antes de ela viesse contra Jaxon.

"Aqui, me deixe sair objeto pegado isso para você." Jaxon alcançou para o prato fumante nas mãos dela.

"Certo. Você leva isto e eu irei e adquirirei outro. Os lados estão quentes, assim tem cuidado." Ela passou o prato a ele sem incidente e correu atrás para a cozinha. O coração dela bateu de modo selvagem contra o tórax dela e ela poderia sentir o formigamento de dedos dela onde a mão dele tinha os escovado.

Respirações fundas", amado." A Helen sorriu a ela e a elogiou.

"Oh, eu estou bem. Eu acho isto morno um pouco em aqui. Deve ser dos fornos."

"Se você diz assim." A Helen soou duvidoso como ela passou a Carol o cálice que ela partiu no contador. "Eu me lembro de declaração quase a mesma coisa quando eu conhecer Gordon e Ann."

"Oh, eu não penso que isto é qualquer coisa assim." A Carol tomou um gole do vinho dela e então pôs o copo desista.

Helen embrulhou os braços dela ao redor do dela e lhe deu um abraço. "Amado, leve de alguém que conhece. Não combata."

Carol teve uma dúzia de perguntas perguntar, mas naquele momento a Ann entrou na cozinha que segura a filha mais nova deles/delas, enquanto a distraindo Abraçou através de Pele 55

completamente do comentário de Helen. Há a princesa mais nova. Eu posso a segurar?"

"Por favor, então eu posso ajudar a Helen." A Ann se desvaneceu a filha infantil dela nos braços de Carol.

"Eu tinha esperado que ela cochilasse um pouco mais muito tempo para. Eu imagino era todos os cheiros novos na casa para cima a que a se despertou." A Helen apertou um beijo contra o templo da esposa dela. "Eu não preciso de qualquer ajuda em aqui. Por que você não vai sentar um pouco abaixo para e relaxa? Você parece cansado."

Ann respondeu, "Você chega a noite tão freqüentemente quanto faço eu, e você fez o jantar hoje à noite para todo o mundo." A Helen poderia estar protestando, mas a Carol plana poderia ver o esgotamento na face dela.

"Você sabe muito agora eu amo arte culinária. Foi muito terapêutico para mim hoje." Ela virou a Ann e a deu um pouco de um empurrão. "Vá adquirir um abraço de Gordon e deixou todo o mundo exagerar por cima um pouco o para."

Brenna entrou com Jaxon nos saltos de sapatos dela. "Veja?" A Helen ergueu uma mão para os dois. "Eu tenho muitos ajudar acabar em aqui."

"Ei, mãe. Você certo?" Brenna embrulhou um braço ao redor de Ann e a abraçou antes de erguer uma tigela grande de salada do contador.

"Eu estou bem. Onde seu pai é?"

"Fora na sala de estar que luz ao namorado obnóxio de Jess. Geoff fez um comentário a Papai sobre como frustrado ele deve ser ter só meninas e não um menino."

A Ann fez careta e respondeu, "Oh, Jesus, eu melhoraria lá fora antes de ele o mordesse no asno."

O momento Jaxon manchou Carol que está de pé fora para o lado, ele se orientou a ela. O coração de Carol bateu mais duro e Salgueiro ziguezagueou excitadamente nos braços dela.

"Oi, salgueiro de bebê." Jaxon ofereceu o dedo dele para ela agarrar em para. Ela ziguezagueou e fez barulhos murmurantes em resposta, enquanto a chutando pequenas pernas roliças. "Meus irmãos e eu ajudamos construir atrás umas semanas de par atrás a doca fora e ela se acostumou a nos ver aqui."

"Você gosta de crianças?" Como se o modo que ele sorriu ao bebê não fosse uma resposta óbvia. 56 Corinne Davies

"Os ame. Kaden e eu éramos um pouco mais velhos quando meu irmão mais jovem, Sloan, entrar em nossas vidas, e era a melhor coisa que poderia ter acontecido a nós."

"Por que é que?" Uma parte do cérebro dela gritou a ela por fazer tais perguntas pessoais, mas ela não pôde se ajudar. Depois que o para o que Brenna lhe falou, ela era curiosa sobre ele e os irmãos dele.

Kaden e eu estávamos entrando um pouco selvagens por esses dias. Então de repente havia este pequeno sujeito em nossas vidas que quiseram imitar tudo que nós fizemos. Nos feito parar e pensa em que tipo de influência que nós quisemos ser."

Se só mais pensamento de crianças que modo.

"Jaxon, você pode levar o milho dentro?" A voz de Helen rompeu a bolha isolada que a Carol sentia e ela se lembrou que ela disse que o jantar estava pronto.

"Arrependido, Helen. Eu disse que eu ajudaria. Aqui, Jaxon, você gostaria da segurar?"

"Não, isso é certo. Eu ajudarei a Helen e você pode conseguir conhecer nosso sócio de cidade mais novo."

Ele sorriu a ela e a Carol sentia um rastejo de rubor para cima o pescoço dela. Não, não, não. Ela não pôde ser envolvida com ninguém quando ela soube que ela não ia aderir ao redor. Isso não seria justo a qualquer um deles. Mas não significou ela não pôde se divertir um pouco de inofensiva se a oportunidade surgisse.

A Carol renunciou a filha de Gordon a ele quando ela entrar no quarto jantando. Ele sentou à cabeça da mesa, enquanto comendo com uma mão como ele segurou a filha dele no trapaceiro do outro braço dele. Salgueiro reclinou felizmente, enquanto assistindo tudo no que ia. A facilidade com que ele comeu maneta que enquanto segurando o bebê provou que Gordon era um pai ativo. Não que ela já não soube isso. As filhas dele eram a maçã do olho dele, embora a idade deles/delas. Carol tomou um gole da água dela, depois de ter decidido ficar agora longe do vinho para. Ela precisou das inteligências dela sobre ela se ela não fosse fazer um bobo dela toda vez ao redor de Jaxon que ele lhe fez uma pergunta. Abraçado por pele 57

* * * *


Jaxon tentou manter a conversação que flutuou ao redor da mesa, mas a atenção dele estava completamente na mulher próximo a ele. O namorado de Jess fez algum comentário asnático e Gordon agarrou o garfo dele ao ponto de dobrar isto. Gordon atirou o outro homem toda vez um olhar sujo ele abriu a boca dele. Então Ann ou a Helen bateria levemente o braço dele ou esfregaria o ombro dele e ele poderia ver a tensão escoar do Alfa dele.

Seria tanto mais simples se Geoff fosse um shifter. Eles o levariam fora e bateriam alguns modos nele. Porém, desde que ele era humano, todo o mundo teve que estar no melhor comportamento deles/delas.

Como eles tinham se sentado a mesa, Geoff tinha tirado de a cadeira como se sentar próximo a Carol. Depois que o que ele tinha dito mais cedo a ela, Jaxon não estava a ponto de lhe permitir criticar um cabelo na cabeça dela. Assim ele tinha movido ligeiramente mais rápido que ele deveria ter em frente a um humano e deslizar na cadeira. "Obrigado, Geoff. Isso estava pensativo, mas eu posso arrancar minha própria cadeira." Ele tinha se comprimido dentro para a mesa e tinha procedido ignorar o homem. A Carol tinha lhe dado um olhar estranho que era compreensível desde que as ações dele estavam no lado rude, mas ele não pôde explicar isto agora a ela. Como eu explico a alguém que não sabe nada sobre minha herança que a besta que eu estou escondendo dentro de demandas eu a protejo de até mesmo o mais simples de insultos?

Carol apoiou ligeiramente mais íntimo a ele, dizer algo a Brenna pela mesa, e o cheiro dela flutuou a cabeça dele ao redor, enquanto arreliando os sensos dele. Como sentou atrás ela, ele adquiriu uma visão bonita completamente a frente do topo dela. Ele trocou no assento dele e tentou aliviar alguma da pressão das calças jeans dele cavando nele. Agradeça deus ele tinha posto o guardanapo dele em cima do colo dele. Ajudou esconder qualquer evidência dela.

Ele estava combatendo uma batalha perdedora com o lobo dele. O lado animal dele reconheceu o Verdadeiro Companheiro dele e quis a reivindicar. Aqui e agora. A Marque para todo o mundo ver e não entenda o 58 Corinne Davies do humano




1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   15


©aneste.org 2017
enviar mensagem

    Página principal