Xtasy Lago Abraçado por pele



Baixar 0.5 Mb.
Página13/15
Encontro30.06.2019
Tamanho0.5 Mb.
1   ...   7   8   9   10   11   12   13   14   15

Até que ela sentia as mãos de Jaxon que vagam os quadris dela por cima e se lembrou do que ele sussurrou na orelha dela. Ele encorajou que ela se levantasse sobre as mãos dela e joelhos, enquanto a apoiando até a extremidade da cama. Ele estava de pé e deslizou o galo dele dentro dela. Deste ângulo, ele sentia tanto mais fundo e o corpo dela veio vivo novamente. Uma tensão construiu ao redor do dela mas torcido fora de modo selvagem. Ela não entendeu o que este sentimento era mas quis mais disto. 154 Corinne Davies

Sloan baqueou fora ao longo da cama, completamente gastado pelos aspectos disto. Um galo grande, com uma cabeça profundamente corada, bloqueou a visão dela de Sloan. Observando, ela conheceu o olhar de Kaden. Ainda havia lá uma incerteza que ela não entendeu, mas ela queria que ele soubesse ela se preocupou com ele, também. Sacudindo fora a língua dela, ela arrastou isto ao longo do comprimento dele e sorriu quando a cabeça dele desmaiar atrás em prazer. Os dedos dele enrolaram em cima do ombro dela em uma carícia.

"Oh, fuck, sim. Me chupe, por favor, meu docemente."

O nome dele para ela a fez lembrar do tempo deles/delas na parte de trás do caminhão dele e os próprios fetiches dele. Ela agarrou a base do galo dele para o parar de afugentar o galo dele dentro muito fundo. Kaden não era tão grosso quanto os irmãos dele eram, mas ele era o mais longo. Ela chupou difícil bastante de escavar as bochechas dela e o levou à parte de trás da garganta dela.

Um gemido adulterado arremedou sobre ela e ela sentia os dedos dele suavemente golpe a mandíbula dela.

Mãos agarraram o asno dela como Jaxon a espetou com golpes rasos. "Fuck, cântico alegre. Você está me matando. O leve tudo porque eu quero a fuck você duro."

Sentindo autorizou e sabendo que ela estava dirigindo ambos os homens furioso, ela permitiu Kaden para deslizar quase completamente dos lábios dela e então o sorveu atrás na boca dela, enquanto engolindo quando ele alcançar a parte de trás da garganta dela. Jaxon dirigiu o comprimento inteiro dele nela no mesmo momento e aquele jogo o ritmo.

Como ele e Kaden transportaram dentro e fora dela, ela sacudiu a língua dela em cima do galo de Kaden enquanto apertando o gato dela ao redor do galo de Jaxon. Ela olhou por cima ao lado dela e viu que Sloan segurou o galo dele na mão dele, enquanto se acariciando a tempo aos movimentos dos irmãos dele.

Ela não pôde acreditar isto quando um aperto familiar começar no útero dela, como outro orgasmo trabalhou seu modo à superfície. Se suportando com uma mão, ela deixou vá da base do galo de Kaden e deslizou os dedos dela até xícara os testículos dele com a mão dela, rodando os orbes na palma dela. Usando um par toca, ela esfregou a extensão sensível de Abraçou através de Pele 155

o períneo dele. Um uivo desumano derramou da boca dele, enquanto a deixando saber que ela tinha conseguido o enviar em cima da extremidade. O galo dele pulsou contra a língua dela como ele inundou a boca dela com o cum dele. Ela engoliu todo pedaço depressa e o lambeu limpe.

Kaden deslizou dentro em baixo dela e embrulhou os braços dele ao redor do dela como ele voltou lentamente e trouxe o dela abaixo com ele. Derrubando os ombros dela assim baixo a forçou a aderir o asno dela no ar alto, enquanto mudando o ângulo do galo de Jaxon contra as paredes dela. Ele agarrou os quadris dela e ela sentia o deslizamento de galo dele bem fundo contra uma área inacreditavelmente sensível ela.

"Você a adquiriu, irmão." Ela estremeceu nos braços de Kaden como ele falou com Jaxon. "Aí mesmo, mantenha ida."

Uma força incrível mais forte que antes de rosa para cima dentro dela, e ela gritou com todo golpe do galo dele. Kaden sussurrou palavras encorajadoras na orelha dela e lhe falou da próxima vez ele vai fuck o asno dela nesta posição.

Ela puxou nos braços de Kaden como o corpo dela explodiu em prazer. Jaxon endureceu e ela o sentia pulse dentro dela e ela ouviu Sloan ceder ante os desejos do próprio corpo dele, enquanto tirando o próprio orgasmo dela durante um tempo infinito. Ela desfaleceu contra Kaden, usado fora e exausto.

Gratamente, ela sentia suavemente mãos a limpam e deslizam ela em baixo das folhas porque ela não teve a energia para abrir os olhos dela até mesmo. O corpo dela zumbiu e vibrou apesar do esgotamento dela. Palavras sussurradas que ela não entendeu flutuado sobre ela totalmente e então ela sentia o tato inconfundível de três beijos. Ela era rodeada através de corpos mornos antes de esquecimento a exigisse.

* * * *

A lua cheia iluminou o quarto bastante que plano sem a visão noturna superior dele Jaxon teria visto Kaden que desliza fora a porta de quarto. Sloan disse mais cedo que ele ainda teve muita energia 156 Corinne Davies

esquerda, tida que ser o efeito da lua cheia nele, assim ele quis deixar o tigre dele soltar um pouco para.

Carol se deitou ao lado dele, se enrolado ao redor de um travesseiro grande. A face dela enterrou nas mantas comprimidas ao redor dela. Ele deslizou fora de entre as folhas e puxou em um par de calças jeans e uma Camiseta do chão onde ele tinha os derrubado mais cedo.

Uma olhada rápida no quarto de Sloan provou que o irmão mais jovem dele não estava em casa dos bosques. Ele pegou pacing de Kaden o comprimento da cozinha. Ele se lembrou de fazer a mesma coisa o Kaden de primeira vez e Sloan ficou fora toda a noite. Ele soube que eles estariam bem, mas ainda havia a preocupação louca que algo poderia ter acontecido.

"Kaden, você é certo? Eu sou Sloan seguro está bem se isso for o sobre o qual você está preocupado."

"Jax, tripule, eu não sei se eu posso fazer isto." Kaden abriu a porta de cozinha e foi fora à varanda e Jaxon o seguiu fora.

"Faça isso que?"

"Tenha um companheiro humano e o que vai ela fazer quando nós começamos lutando novamente? Ela vai terminar seja doído."

"Kaden, a Carol é o que está nos parando de lutar. Sem ela, nós seríamos forçados viver separadamente ou terminar indo feral em um ao outro."

"Eu não deixei de combater esta necessidade animalesca para a reivindicar e eu recuso permitir isto controlar minhas escolhas. Carol não é o tipo de mulher que eu quis como um companheiro. Eu faço nem mesmo sabe se eu já quero um."

Paced de Kaden o comprimento da varanda e então encabeçou fora na jarda, enquanto pausando para bater um punho contra uma árvore perto. "Eu não posso parar aquela voz em minha cabeça que constantemente me lembra que ela é humana. Que ela pudesse adquirir qualquer um de nós morto se algo perigoso acontecesse. A única coisa pior que a perdendo seria se qualquer coisa fosse acontecer a qualquer um de você."Abraçado por pele 157

"Eu não vejo o que o problema é." Jaxon dobrou os punhos dele como falou ele. O lobo interno dele dobrou suas garras, enquanto expressando a necessidade por alguma liberdade. Sloan tinha saído mais cedo para uma corrida e tinha sido atrás qualquer hora devido. A lua pendurou totalidade e pesado no céu sobre eles. A fase lunar não significou que eles tiveram que trocar, mas era uma tradição inveterada que causou um pouco de agressão extra.

Jaxon lanceou os dedos dele de um lado para outro pelo cabelo dele e paced. "Você é alcançado assim em seus próprios pensamentos, Kaden. Você pensa honestamente que qualquer de nós pode a renunciar? Ela é nossa companheira."

"Eu sei e eu concordo, mas, Jaxon, se qualquer coisa fosse acontecer a ela..."

"Nós não somos psíquicos, Kaden. Nós não sabemos o que acontecerá a nós amanhã ou o dia depois de. Eu quero viver todo momento com Carol como se fosse nossos últimos. Eu quero a vida dela enchida de todo o amor e segurança que nós podemos lhe dar."

"Assim faça eu."

O medo fundo de qualquer coisa que acontece a ela estava baseado em uma emoção que o amedrontou ao caroço.

"É muito cedo estar apaixonado por ela?"

Jaxon o esbofeteou na parte de trás e lhe deu um abraço tranqüilizador. "Se for, então você não está só. Eu sei que Sloan sente o mesmo modo."

"Sloan se apaixonou por ela o momento ele pôs olhos nos chapins primorosos dela."

Ele compartilhou um sorriso com o irmão dele e sentia a última da preocupação dele derruba fora. Eles estariam bem e agora eles tiveram um companheiro incrível que apoiaria neles como eles apoiaram nela.

"Venha, vamos por uma corrida." Jaxon puxou fora a camisa dele e lançou isto no chão atrás dele. "Sloan estará de volta qualquer momento. Ela nunca saberá nós tivemos sido."

A idéia de uma corrida debaixo da lua cheia soou perfeito. Quando eles voltaram, o companheiro deles/delas seria celebrar o começo novo lá às vidas deles/delas. 158 Corinne Davies

Capítulo dezesseis

"Kaden, a Carol é o que está nos parando de lutar. Sem ela, nós seríamos forçados viver separadamente ou terminar indo feral em um ao outro."

"Eu não deixei de combater esta necessidade animalesca para a reivindicar e eu recuso permitir isto controlar minhas escolhas. Carol não é o tipo de mulher que eu quis como um companheiro. Eu faço nem mesmo sabe se eu já quero um."

Kaden e Jaxon partiram a varanda e pelo gramado. Cante alegremente vacilado fisicamente quando ela ver a explosão violenta de Kaden como ele perfurou a árvore. Ela tentou inalar mas só administrou um suspiro macio.

Eles não me querem aqui? Não, Jaxon a quis aqui, mas isso era porque ela era algum tipo de antidepressivo fraterno.

Como ela conseguiu adquirir os sinais dela tão inacreditavelmente cruzado? Os pensamentos aflitos dela estavam como um balde de água de gelo em cima das sobras de prazer que a esquentou quando ela acordou. Kaden que se levanta a se despertou ligeiramente, mas Jaxon que deixa a cama era o que a puxou completamente à superfície. Esta foi na segunda vez ela woken até vozes, mas ao contrário antes de, havia nenhuma chance do engano dela.

Eles souberam que a janela estava aberta? Eles se mudaram distante bastante que ela não pudesse ouvir a conversação deles/delas mais. Talvez eles queriam que ela partisse mas não quiseram fazer uma cena?

Ela deveria ter sabido melhor. Ela olhou atrás a tempo fora a janela para ver dois lobos saltarem nos bosques. Com mãos trêmulas, ela recolheu o que ela poderia achar das roupas dela e os vestir. Ela procurou a casa, mas Sloan teve sido ido, também.

Ela não ia aderir ao redor e ver se ele sentisse o mesmo modo como os irmãos mais velhos dele. Ela teve algum orgulho. A bolsa dela sentou nos Abraçaram através de Pele 159

chão pela porta da frente e se isso não fosse uma sugestão direta, ela não soube o que era.

Erguendo um jogo de chaves fora o gancho pela porta, ela entrou fora na noite. Raiva começou queimando debaixo da dor e embaraço que ferveram na superfície. Se eles a quisessem ido, um deles deveria ter tripulado para cima e deveria ter dirigido a casa dela. Considerando que todos eles colidiram com a floresta para esconder, eles poderiam entrar em cidade para recobrar o caminhão.

Começou na primeira prova e ronronou como uma máquina bem tratado. Ela soube que não levaria muito tempo para a verdade para sair. Ecstasy Lake era afinal de contas uma cidade pequena. Talvez ela deveria ir atrás a Guelph. Eles não poderiam a achar lá, não que ela esperou que eles viessem a procurando. Ela cairia o caminhão na clínica, apanhe TC e então dirija casa no carro dela.

* * * *

A próxima manhã achou Carol que apóia contra o passeio de tábuas cercar, enquanto olhando fora em cima de Ecstasy Lake. Uma névoa acariciou a superfície aguada, enquanto criando uma imagem mágica. O sol beijou as mesmas gorjetas das árvores sobre ela, enquanto fazendo os topos arder. O ar estava fresco, mas ela já poderia sentir a umidade que sobe com o sol. Seria outra pessoa arrojada hoje que fez isto duro acreditar que poderiam ser gelados quatro meses de agora o lago bastante para caminhar em.

Talvez ela iria de carro aqui para uma visita pelo inverno e assistiria o jogo de hóquei anual que eles terminaram no gelo. Oh, quem estou brincando eu? Eu nunca posso voltar novamente aqui. Os vendo diariamente, sabendo que eles não a quiseram, rasgaria o coração dela fora em cima de e por cima. Ainda ela não pôde se trazer partir. Desde então quando eu me tornei tal um masoquista?

Ela quase poderia entender o outro lado do lago onde ela tinha ido magro-imergir com os irmãos. No tempo curto ela tinha estado aqui, já sentia como casa. Ela teve tantos recordações que ela tinha criado pouco tempo dentro tal. 160 Corinne Davies

Os bichos eram uma amolação, mas eles não eram aquele ruim contanto que ela se lembrasse de borrifar os tornozelos dela com spray de bicho. Fez frio pelo inverno, mas a neve primitiva para cima aqui estaria mais bonita que a lama encardida cinza que cobriu as ruas na cidade.

Ela poderia imaginar quase se enrolar no sofá para assistir filmes com os meninos. Eles construiriam um fogo e ela adquiriria a loja de bebida alcoólica para trazer alguns dos vinhos favoritos deles/delas. Havia nem toda razão por que ela não pudesse dirigir para a cidade para alguma terapia de varejo quando ela precisar isto. Ela poderia levar ao cuidado da clínica quando de Brenna foi precisado em outro lugar, e ela poderia arrumar um emprego ou levar alguns cursos universitários on-lines.

Uma voz funda assustou a Carol fora dos pensamentos dela. "O faz sempre pensar de. Arrependido, não pretenda o amedrontar." A voz dele estava colorida com um acento ligeiramente nórdico quando ele falou. Ela quase poderia sentir fisicamente isto lave em cima dela.

Ela observou e então manteve inclinação a cabeça dela. Condene, ele é alto. Um homem grande com ombros largos e um jawline forte. Cabelo loiro pendurou além dos ombros dele e amoleceu as características dele ligeiramente. Não bastante para o fazer parecer feminino, se qualquer coisa ele pareceu mais masculino.

"Como o inferno você se se mover furtivamente para cima em mim assim?"

O homem inclinou atrás o dele encabece e riu. O som estrondoso arremedou em cima da água e reforçou a imagem Viquingue que primeiro cruzou a mente dela quando ela olhar para ele. "Eu tenho medo que você foi alcançado em seus próprios pensamentos. Eu tendo a pisar quando eu caminhar. Aqui. Eu trouxe um café para você. Dobrar-dobre direito?"

Uma xícara de takeout grande foi colocada em frente a ela. Ela reconheceu o logotipo de A Cabana no lado disto. "Como você soube o que eu levei em meu café?"

"Catherine me falou. Ela me pediu que trouxesse isto a você."

"Isso estava muito pensativo dela." Eu só apanhei algumas vezes um café e ela se lembrou do que eu gosto em? Ela tinha estado entrando diariamente para o mesmo café na cidade durante cinco anos e ela teve que lhes falar diariamente como ela levou a cafeína dela. Não para os abraçaram através de pele 161

primeiro tempo esta manhã, ela questionou se ela estivesse fazendo a coisa certa para considerar até mesmo atrás ida.

"Eu vi o olhar em sua face como eu fiquei mais íntimo. O lago tem aquele efeito em pessoas."

"Eu não sei o que você quer dizer."

"Seguramente você faz." Ele apoiou um quadril contra a grade próximo a ela e tomou um gole da xícara na mão grande dele. "Eu simplesmente estava passando entretanto quando eu manchar aquela poça preta grande primeiro. Eu sentei em uma pedra e pensamento de coisas que eu não tinha me perguntado em anos. Próxima coisa que eu percebo, cinco anos tinham passado. Eu tive uma casa que eu não conheci que eu quis e uma família eu não nasci. Você parece muito íntimo e lhe fará pergunta tudo o que você pensa que você sabe."

"O que se você não sabe a verdade ou tem qualquer resposta à pergunta?"

"Então continue olhando."

Um falcão guinchou e mergulhou para o lago, enquanto arrancando um peixe de sua superfície. "Oh meu deus. Você viu isso?" Ela virou ao homem grande, mas ele teve sido ido. Ela olhou de um lado para outro, enquanto esquadrinhando o comprimento do passeio de tábuas e para cima as escadarias atrás dela. Ele teve sido ido. Curiouser e curiouser. Entretanto este era Ecstasy Lake e ela era aprendizagem rápida que coisas eram muito diferentes aqui que em qualquer outro lugar no mundo.

As palavras que ela escutou repetido a noite toda nos pensamentos dela ontem à noite e toda vez o coração dela quebrou novamente. De pé aqui que assiste o sol nascente, ela se forçou a considerar a possibilidade que ela misheard. Parte dela se rebelou à idéia de justificar o que foi dito, mas ela teve que pensar objetivamente. Ela deveria os ter confrontado imediatamente em vez de permitir o que Kaden tinha dito para envenenar os pensamentos dela. Se ela entendesse mal, como eles sentiam que quando eles tinham a descoberto ido? Preocupado ou indiferente? Profundamente abaixo ela sabido a resposta e que ela lhes deveu uma desculpa por correr assim. Ela não era uma covarde e era aquele pensamento que a teve virando o carro às quatro pela manhã ir de carro aqui atrás. A equilibrando 162 Corinne Davies

café na grade na frente ela, ela arrancou o telefone dela do bolso dela e discou o número de Jaxon.

* * * *

Jaxon não pôde acreditar isto quando a Catherine mencionou que o homem grande tinha adquirido um café para Carol esta manhã.

"Você os meninos de Henderson poderiam ter um pedaço pequenino de competição se preparar", ela disse com um sorriso. Fuck que. Esta não era uma competição. Este era o companheiro deles/delas sobre o que ela estava falando.

Ele se apressou pela rua, enquanto tentando não se parecer com ele estava apressando. Fucking asshole.sneaking Viquingue ao redor nesses pés silenciosos seu. Se Lars pensasse que ele ia adquirir uma pata em Carol, então ele ia retirar um toco. Jaxon e os irmãos dele tinham gastado o olhando noturno para ela. Kaden tinha perdido quase sua cabeça, convencido ela tinha sido seqüestrada e tinha sido matada. Quando eles fundariam o caminhão de Sloan na clínica e o carro dela ido, era óbvio que ela tinha partido, mas por que? Ela não tinha devolvido as chamadas deles/delas ou mensagens e eles não souberam o que tinha dado errado. Quando eles chegarem em casa, Sloan mostrou a janela aberta. Era então que ele e Kaden se lembraram da conversação deles/delas. Ele não pôde recordar isto literalmente mas poderia saber que bastante foi dito que poderia ter sido levado o modo errado.

Ele respirou um suspiro de alívio e assistiu a Carol como ela apoiou contra a grade. Ela estava segura. A primeira coisa que ele fez era texto os irmãos dele as notícias. Então ele levou o momento para assistir a Carol como ela apoiou contra a grade, enquanto tomando um gole do café dela. Ela olhou ser fascinada pelo lago, como se em baixo de sua superfície aguada ponha as respostas a tudo. Não provável. Ela poderia estar sonhando facilmente do futuro dela na cidade. Isso era mais provável. Não havia nada que a manter para cima aqui.

Lars poderia ter cheirado aos tornozelos dela mas obviamente poderia ter cheirado o e os irmãos dele por toda parte ela. Ele quis ser uma parte dela, quis estar nos poros dela como ela estava em seu. Com o passar do tempo, os cheiros deles/delas vão Abraçado por Pele 163

enfraqueça e ela acharia algum humano seguro para esquentar os dedos do pé dela à noite, mas não haveria ninguém outro para eles. O pensamento de levar outra mulher a cama o fez fisicamente doente.

Ela era a Verdadeira Companheira deles/delas e eles iam ter que a deixar caminhe longe deles. Eles poderiam fazer o dela fica se eles tentassem duro bastante. A mantenha em um estado perpétuo de felicidades orgásticas, encha a barriga dela dos filhotes de cachorro deles/delas ou gatinhos como o caso poderiam ser, mas seria só um problema de tempo antes de ressentimento se instalasse e ela os odiou para isto.

Virando no salto de sapato dele, Jaxon caminhou longe dela. Sentido como lá era um caroço que o tamanho do punho dele hospedou na garganta dele. A xícara de café dele pousou em uma lata de lixo perto. O lobo dele uivou e ele combateu o desejo para libertar a chamada agoniada fora arremedar nas árvores ao redor deles. Às vezes fazendo a lesão de coisa certa como um motherfucker. O telefone dele tocou e ele olhou abaixo, enquanto esperando ver o número do irmão dele. O levou um momento reconhecer Carol.

Se virando, ele viu a surpresa refletida na face dela. A xícara de café dela se deitou no chão próximo a ela, o telefone dela ainda segurou à orelha dela, mas era a mistura de medo e tristeza na face dela que o adquiriu movendo. Antes de ela pudesse o parar, ele a recolheu nos braços dele e a segurou perto dele. A tensão nos ombros dele de horas de medo e confusão dissipados, enquanto sabendo que ela estava novamente segura nos braços dele.

Ela não tinha dito uma palavra, mas um desespero alma-fundo que ele poderia relacionar para estragado o cheiro dela. "Eu sinto muito, eu sinto muito muito porque partindo e não dizendo nada, mas eu não posso viver assim."

Dor lanceou pelo tórax de Jaxon à idéia que ela não quis fazer parte da família deles/delas, mas havido bastante suposições durante um dia. Como muito como ouvindo as palavras caia dos lábios dela doeria, ele teve que saber o que a assustou. "Não pode viver como um companheiro aos três de nós? Não pode compartilhar nossa cama? O que prejudicamos nós?"164 Corinne Davies

"Não é os três de você. É os dois de você. Você tem que aceitar aquele Kaden não me quer e eu não estarei em uma relação onde eu não sou amado.por todo o mundo envolvido."

Cupping as bochechas úmidas dela, ele sentia as lágrimas que silenciosamente escaparam. Ele a forçou a olhar para ele embora ele soubesse que ela não quis. A dor que ele viu refletido arremedado dolorosamente no tórax dele lá. "Cante alegremente, eu não sei por que você correu, mas se você pode ter ouvido Kaden e eu que falamos, eu o prometo é havido um engano. Eu o amo mais com toda respiração que eu levo. Você ouviu a pior parte de uma conversação, mas estava fora de contexto. Kaden e Sloan o amam, também. Eu o prometo isso."

Ela cheirou e embrulhou os braços dela ao redor o pescoço dele. O corpo dela tremeu como mais lágrimas saturou a frente da camisa dele. O telefone dele tocou incessantemente e ele quase lançou isto no lago.

"Você responderia melhor isto."

Ele apertou um beijo contra a bochecha dela, enquanto pegando uma lágrima salgada que correu abaixo isto. A segurando nos braços dele, ele falou com cada dos irmãos dele, enquanto os ressegurando que ela estava segura e segura. Ele comprimiu a cela dele no bolso de parte de trás dele e a escavou para cima nos braços dele.

"Jaxon, eu posso caminhar."

"Eu sei." Ele a levou rua abaixo, enquanto acenando com a cabeça aos sorrisos alguns dos madrugadores da cidade o deu. Engraçado, ele nunca se lembrou de Rua de Rainha que é este ocupado a este tempo da manhã, mas parecia como se um grande número dos habitantes decidiu adquirir cedo a cidade para fazer a compra deles/delas hoje.

A Carol pôs a cabeça dela no ombro dele e ele sentia o dela comece a acumular fora. "Você dormiu todo ontem à noite a?"

"Não, eu dirigi pela noite. Eu fiz isto sobre casa mediana quando eu decidir voltar."

Jaxon tentou muito difícil de ignorar o impulso a dar cague por dirigir sem sono. Ela poderia ter cochilado fora atrás da roda e eu poderia a ter perdido para bem. "Cante alegremente, eu vou o pôr a cama e então eu vou chamar Rio para entrar e assistir a clínica para Abraçou através de Pele 165

você. Eu quero que você durma para a maioria do dia e então nós vamos o levar fora esta noite. Os quatro de nós terão uma conversação longa agradável em cima do jantar e discutirão nosso futuro."

"Uhhmm", ela suspirou acumulado fora em sono de acordo e então.

Como ele chegou a clínica, Lars se apareceu de ao redor do canto e abriu a porta que conduziu escada acima à escada para o apartamento.

Jaxon apreciou a ajuda mas quis fazer uma coisa muito claro. Ele descobriu os dentes dele ao outro homem advertindo. "Fique longe de nosso companheiro, viquingue."




1   ...   7   8   9   10   11   12   13   14   15


©aneste.org 2017
enviar mensagem

    Página principal