Universidade para professor para categoria de professor assistente



Baixar 84.26 Kb.
Encontro21.12.2018
Tamanho84.26 Kb.



FEDERAL DO PARÁ

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ

INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE

PLANO DE CONCURSO PÚBLICO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL

UNIVERSIDADE PARA PROFESSOR PARA CATEGORIA DE PROFESSOR ASSISTENTE
IDENTIFICAÇÃO:


  1. TÍTULO:

CONCURSO Público para Professor Assistente do Instituto de Ciências da Saúde da Universidade Federal do Pará.


  1. CLASSE: PROFESSOR ASSISTENTE




  1. REGIME DE TRABALHO: 40 HORAS (DEDICAÇÃO EXCLUSIVA)




  1. MATERIA: CIÊNCIAS DA NUTRIÇÃO E ALIMENTAÇÃO




  1. NÚMERO DE VAGA: 01




  1. JUSTIFICATIVA:

A Matéria Ciências da Nutrição e Alimentação abriga nove (09) disciplinas do currículo do Curso de Nutrição, das quais quatro (04) não possuem professor efetivo (Dietoterapia, Dietética, Deontologia da Nutrição e Nutrição Materno-Infantil). Estas disciplinas, com exceção de Deontologia da Nutrição, tem carga horária teórica e prática, cujas atividades práticas são desenvolvidas em unidades de saúde e hospitais, requerendo a formação de sub-turmas com um número máximo de dez (10) alunos em cada uma. Nos últimos cinco anos estas disciplinas têm sido ministradas por docentes substitutos, cuja ação pedagógica é concluída geralmente com dois anos de exercício. Esta descontinuidade que vem ocorrendo tem causado entraves ao planejamento e execução de atividades de formação continuada dos discentes da Faculdade de Nutrição.

A Faculdade de Nutrição vem perdendo professores por vários motivos sem ter havido reposição.

CARMEN EUNICE JESUS PENHA PAMPLONA (APOSENTADA)

IVONETE RODRIGUES CASTRO (APOSENTADA)

MARIA DE FÁTIMA MESQUITA JORGE JOÃO (APOSENTADA)

WALTER DA SILVA JORGE JOÃO (APOSENTADA)

REGINA COELI DE CARVALHO ( REDISTRIBUIÇÃO-UNB)


Com base nos motivos acima referidos solicitamos com máxima urgência a abertura de Concurso Público, para podermos ofertar a disciplina no 1º semestre de 2008.
II. INSCRIÇÃO:


  1. PERFIL DO CANDIDATO:

Graduado em Nutrição com Título de Mestre em Nutrição, Alimentação e Saúde. O curso de Pós Graduação deverá ser reconhecido pelo Conselho Nacional de Educação, ou quando expedido por Instituições estrangeiras, ter sido submetido a processo de revalidação no Brasil, conforme prevê legialação específica


  1. LOCAL:

As inscrições serão realizadas na secretaria da Faculdade de Nutrição, situado à Praça Camilo Salgado nº01, bairro UMARIZAL.
03. HORÁRIO: 13:00 horas ás 18:00 horas.

04. DOCUMENTOS:
a) Original e cópia (para inscrição presencial) ou cópia autenticada (para a inscrição via correio) dos comprovantes de títulos.

1) Documentos:



  • Documento Oficial de Identidade.

  • Prova que está inscrito no Cadastro de Pessoal Física (CPF) no Ministério da Fazenda.

  • Prova de Quitação com a Justiça Eleitoral.

  • Prova de Quitação com Serviço Militar, quando couber.

  • Documento comprobatório de permanência regular no Brasil, se estrangeiro.

b) 03 (três) exemplares do Curriculum Vitae compreendendo todas as experiências didáticas acadêmicas, científicas, profissionais ou artísticos devidamente comprovados.

c) Requerimento devidamente assinado disponível no endereço eletrônico www.ufpa.br.



NOTA:

OS DOCUMENTOS REFERIDOS ACIMA PODERÃO SER APRESENTADOS EM FOTOCÓPIA AUTENTICADA, OU SIMPLES FOTOCÓPIA ACOMPANHADA DO RESPECTIVO ORIGINAL, PARA CONFERENCIA NO ATO DA INSCRIÇÃO.


05. ETAPAS:

A inscrição constará de duas etapas.

01. Entrega de documentos necessários no local de inscrição. ou postagem desses documentos, no correio, até a data limite para inscrição estabelecida no edital do concurso

02. Homologação da inscrição, em até 72 (setenta e duas) horas antes da realização da prova escrita..


III. COMISSÃO JULGADORA PARA ESCOLHA DA CONGREGAÇÃO DO

INSTITUTO:



Docentes

Classe

Título

01

FERNANDA MARIA LIMA MOURA

Adjunto

Especialista

02

DIANA ECILA TAVARES ACATAUASSÚ TEIXEIRA

Adjunto

Especialista

03

ROBERTO PAMPOLHA LIMA

Adjunto

Especialista

04

MARIA AUXILIADORA DE MENEZES

Adjunto

Mestre

05

ERLY CATARINA DE MOURA

Adjunto

Doutora

06

FRANCISCO DAS CHAGAS ALVES DO NASCIMENTO

Adjunto

Doutor

07

ROSA MARIA DIAS

Adjunto

Especialista

08

DORA NEUMANN

Adjunto

Doutora


IV. AS PROVAS ESCRITAS E DIDATICAS SERÃO BASEADAS NOS TÓPICOS ABAIXO DESCRITOS, SEGUIDOS DE BIBLIOGRAFIA CORRESPONDENTE.
01) PROGRAMA PARA PROVA ESCRITA.

1 – Metabolismo dos Carboidratos.

2 – Metabolismo dos Lipídeos.

3 – Metabolismo das Proteínas.

4 – Patologias da boca, Esôfago e Estômago.

5 – Patologias das desordens nutricionais psiquiátricas (anorexia nervosa e bulimia).

6 – Necessidades e Requerimentos nutricionais.

7 – Análise sensorial de Alimentos.

8 – Modificações físico-quimicas das proteínas no preparo de alimentos.

9 - Modificações físico-quimicas das vitaminas no preparo de alimentos.

10 – Fisiologia da Lactação e composição do Leite Humano

11 – Crescimento e desenvolvimento infantil.

12 – Alimentação complementar.

13 – Fisiologia e Alimentação na Gestação.

14–Edemas: conceito, classificação, etiopatogenia, significação clinica, tipos principais.

15 – Neoplasias: definição, características, nomenclatura, classificação e denominação dos tumores.

16 – Distúrbios do Sistema Imune.

17 – Fisiopatologia nas Enfermidades do Sistema Urinário.

18 – Fisiopatologia nas Enfermidades das Glândulas Metabólicas.

19 – Proteínas: qualidade química e biológica.



20 – Elaboração de Cardápios.


REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS



ACCIOLY, E.; SAUNDERS, C; LACERDA, E. M. A. Nutrição em Obstetrícia e Pediatria. Cultura Médica: Rio de Janeiro, 2002.

ANGELIS, R. C. Importância De Alimentos Vegetais Na Proteção Da Saúde: fisiologia da nutrição protetora e preventiva de enfermidades degenerativas. Atheneu: São Paulo. 2001.

ANGELIS, R. C. Fome Oculta: bases fisiológicas para reduzir riscos através da alimentação saudável. Atheneu: São Paulo. 2001.

AQUARONE, E.; BORZANI, W.; SCHMIDELL W.; LIMA, U.A. BIOTECNOLOGIA INDUSTRIAL. São Paulo; edgard bilucher. 2001. v.4.

BRASIL, Ministério da Saúde. Secretaria de Política da Saúde. Organização Pan Americana da Saúde. Guia alimentar para crianças menores de dois anos. Brasília: Ministério da Saúde, 2002.

BRASIL, A. L. D.; LOPES, F. A. Nutrição e Dietética em Clínica Pediátrica. Ed.Atheneu: São Paulo. 2003.

BRASIL. AGÊNCIA NACIONAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA. RDC 221. Regulamento Técnico referente a Chupetas, Bicos, Mamadeiras e Protetores de Mamilo. Brasília, 05/08/2002.

BRASIL. ANVISA. RDC 222. Regulamento Técnico referente a Promoção Comercial de Alimentos para Lactentes e Crianças de Primeira Infância. BSB, 22/08/2202.

BRASIL. MINISTÉRIO DA SAÚDE. PORTARIA 2.051. Norma Brasileira de Comercialização de Alimentos para Lactentes e Crianças de Primeira Infância, Bicos Chupetas e Mamadeiras. Brasília, 08/11/2001.

CALIA, J. D. Coleção Vencendo a Desnutrição: livro de receitas. Ed. Salus Paulista: São Paulo. 2002.

CHAMPE, Pámela C. ; HARVEY, Richard A. Bioquímica Ilustrada. 2ª ed. (7ª reimpressão) Porto Alegre: Artes Médicas, 2002.

CARVALHO, H.H. ALIMENTOS: métodos físicos e químicos de análise. Heloísa Helena Carvalho e Erna Vogt de Jong (coords), Ricardo Maiteli Belló, Roberval Bottencourt de Souza e Mariângela Flores Terra. Porto Alegre: Ed Universidade/UFRGS. 2002.

COENDERS, A. QUIMICA CULINÁRIA: ESTUDIO DE LO QUE LES SUCEDE A LOS ALIMENTOS ANTES, DURANTE E DESPUÉS DE COCINADOS. ACRIBIA, 2001.

DOUGLAS, C.R. Tratado de Fisiologia Aplicada á Nutrição. São Paulo. Robe Editorial. 2002.

EUCLYDES, M. P. Nutrição do Lactente: Base Científica para uma Alimentação Adequada. 2.ed.ver.atual. Ed...... Viçosa, MG. 2000.

FRANK, A. A; SOARES, E.A. Nutrição no Envelhecer. São Paulo. Atheneu. 2002.

FILHO, I. A., DI GIOVANNI R. COZINHA BRASILEIRA: com recheio de história. Rio de Janeiro: Revan, 2000.

FLANDRIN, JEAN-LOUIS; MONTANARI, M. HISTÓRIA DA ALIMENTAÇÃO. São Paulo: Estação Liberdade, 2001.

FAO/WHO/UNU Expert Consultation. Report on Human Energy Requirements Interim Report. Roma: FAO; 2004.

FOOD and Nutrition Board/ Institute of Medicine. Dietary Reference Intakes (DRI) for Thiamin, Riboflavin, Niacin, Vitamin B6, Folate, Vitamin B12, Pantothenic acid Biotin, and Choline (1999), Institute of Medicine of the National Academies. Washington DC. The Nacional Academy Press, 2002. [em línea] enero 2003 [fecha de acceso 20 de mayo de 2004]. URL disponilbe en: http://www.nap.edu/openbook/0309065542/html.

FOOD and Nutrition Board/ Institute of Medicine. Dietary Reference Intakes (DRI) for Vitamin C, Vitamin E, Selenium and Carotenoids. Institute of Medicine of the National Academies. Washington DC. The Nacional Academy Press, 2002. [en línea] enero 2003[fecha de acceso 20 de mayo de 2004]. URL disponilbe en: http://www.nap.edu/openbook/030906935/html.

GARNSEY, P. ALIMENTAÇÃO E SOCIEDADE NA ANTIGUIDADE CLÁSSICA; aspectos materiais e simbólicos dos alimentos. Lisboa: Factos, 2002.

LAJOLO, F.M.; NUTTI, M.R. TRASNGÊNCIOS: bases científica da sua segurança.São Paulo: SBAN. 2003.

LOPES, F. A; SIGULEM, D. M. e TADDEI, J. A de AC. Fundamentos da Terapia Nutricional em Pediatria. Ed. Sarvier: São Paulo, 2002.

LUNA, N.M.M.; GOMES, W.P. TÉCNICA DIETÉTICA: nova tabela de alimentos equivalentes. Cuiabá: Editora Defani, 2001.

OMS/OPAS.Conocimentos Actuales sobre Nutrición.Washington:PublicaiónCientífica n.565,2003

PHILIPPI, S. T. Nutrição e Técnica Dietética. Ed. Manole: Barueri, SP, 2003.

TIRAPEGUI, J. Nutrição: Fundamentos e Aspectos Atuais. Ed. Atheneu: São Paulo, 2000.

PENTEADO, M.V.C. Vitaminas: Aspectos Nutricionais, Bioquímicos, Clínicos e Analíticos. São Paulo. Manole. 2003.



SHILS, M.; OLSON, J: SHIKE, M.; ROSSE, A.C. Tratado de Nutrição Moderna na Saúde e na Doença. Manole: São Paulo. 2003. 2 volume.

KRAUSE, Marie V. ; MAHAN, Kathleen. Alimentos, Nutrição & Dietoterapia. Tradução : Alícia Regina de Almeida ...et al. 10 ed. São Paulo: Roca, 2002.

ROSS, Catharine A. ; OLSON, James A. ; SHILS, Maurice E. et al. Tratado de Nutrição Moderna na Saúde e na Doença. 9ª ed. São Paulo: Manole, 2002.

SIZER, Francês ; WHITNEY, Eleanor. (Tradução: Nelson Gomes Oliveira ... et al.) Nutrição – conceitos e controvérsias. 8ª ed. São Paulo: Manole, 2003.

Second National Health and Nutrition Examination Survey (NHANES II). National Center for Health Statistics, Center for Disease Control and Prevention, USA [en línea] enero 2003[fecha de acceso 10 de julio de 2004]. URL disponilbe en: http:// www.cdc.gov/nchs/products/elec-products/subject/nhanesii.html.

VIEIRA, Enio, Cardillo ; GAZZINELLI, Giovanni ; MARES-GUIA, Marcos. Bioquímica Celular e Biologia Molecular. 2ª ed. São Paulo: Atheneu, 2002.

02) PROGRAMA PARA PROVA DIDÁTICA

1 – Metabolismo dos Carboidratos.

2 – Metabolismo dos Lipídeos.

3 – Metabolismo das Proteínas.

4 – Patologias da boca, Esôfago e Estômago.

5 – Patologias das desordens nutricionais psiquiátricas (anorexia nervosa e bulimia).

6 – Necessidades e Requerimentos nutricionais.

7 – Análise sensorial de Alimentos.

8 – Modificações físico-quimicas das proteínas no preparo de alimentos.

9 - Modificações físico-quimicas das vitaminas no preparo de alimentos.

10 – Fisiologia da Lactação e composição do Leite Humano

11 – Crescimento e desenvolvimento infantil.

12 – Alimentação complementar.

13 – Fisiologia e Alimentação na Gestação.

14–Edemas: conceito, classificação, etiopatogenia, significação clinica, tipos principais.

15 – Neoplasias: definição, características, nomenclatura, classificação e denominação dos tumores.

16 – Distúrbios do Sistema Imune.

17 – Fisiopatologia nas Enfermidades do Sistema Urinário.

18 – Fisiopatologia nas Enfermidades das Glândulas Metabólicas.

19 – Proteínas: qualidade química e biológica.



20 – Elaboração de Cardápios.


REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS



ACCIOLY, E.; SAUNDERS, C; LACERDA, E. M. A. Nutrição em Obstetrícia e Pediatria. Cultura Médica: Rio de Janeiro, 2002.

ANGELIS, R. C. Importância De Alimentos Vegetais Na Proteção Da Saúde: fisiologia da nutrição protetora e preventiva de enfermidades degenerativas. Atheneu: São Paulo. 2001.

ANGELIS, R. C. Fome Oculta: bases fisiológicas para reduzir riscos através da alimentação saudável. Atheneu: São Paulo. 2001.

AQUARONE, E.; BORZANI, W.; SCHMIDELL W.; LIMA, U.A. BIOTECNOLOGIA INDUSTRIAL. São Paulo; edgard bilucher. 2001. v.4.

BRASIL, Ministério da Saúde. Secretaria de Política da Saúde. Organização Pan Americana da Saúde. Guia alimentar para crianças menores de dois anos. Brasília: Ministério da Saúde, 2002.

BRASIL, A. L. D.; LOPES, F. A. Nutrição e Dietética em Clínica Pediátrica. Ed.Atheneu: São Paulo. 2003.

BRASIL. AGÊNCIA NACIONAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA. RDC 221. Regulamento Técnico referente a Chupetas, Bicos, Mamadeiras e Protetores de Mamilo. Brasília, 05/08/2002.

BRASIL. ANVISA. RDC 222. Regulamento Técnico referente a Promoção Comercial de Alimentos para Lactentes e Crianças de Primeira Infância. BSB, 22/08/2202.

BRASIL. MINISTÉRIO DA SAÚDE. PORTARIA 2.051. Norma Brasileira de Comercialização de Alimentos para Lactentes e Crianças de Primeira Infância, Bicos Chupetas e Mamadeiras. Brasília, 08/11/2001.

CALIA, J. D. Coleção Vencendo a Desnutrição: livro de receitas. Ed. Salus Paulista: São Paulo. 2002.

CHAMPE, Pámela C. ; HARVEY, Richard A. Bioquímica Ilustrada. 2ª ed. (7ª reimpressão) Porto Alegre: Artes Médicas, 2002.

CARVALHO, H.H. ALIMENTOS: métodos físicos e químicos de análise. Heloísa Helena Carvalho e Erna Vogt de Jong (coords), Ricardo Maiteli Belló, Roberval Bottencourt de Souza e Mariângela Flores Terra. Porto Alegre: Ed Universidade/UFRGS. 2002.

COENDERS, A. QUIMICA CULINÁRIA: ESTUDIO DE LO QUE LES SUCEDE A LOS ALIMENTOS ANTES, DURANTE E DESPUÉS DE COCINADOS. ACRIBIA, 2001.

DOUGLAS, C.R. Tratado de Fisiologia Aplicada á Nutrição. São Paulo. Robe Editorial. 2002.

EUCLYDES, M. P. Nutrição do Lactente: Base Científica para uma Alimentação Adequada. 2.ed.ver.atual. Ed...... Viçosa, MG. 2000.

FRANK, A. A; SOARES, E.A. Nutrição no Envelhecer. São Paulo. Atheneu. 2002.

FILHO, I. A., DI GIOVANNI R. COZINHA BRASILEIRA: com recheio de história. Rio de Janeiro: Revan, 2000.

FLANDRIN, JEAN-LOUIS; MONTANARI, M. HISTÓRIA DA ALIMENTAÇÃO. São Paulo: Estação Liberdade, 2001.

FAO/WHO/UNU Expert Consultation. Report on Human Energy Requirements Interim Report. Roma: FAO; 2004.

FOOD and Nutrition Board/Institute of Medicine. Dietary Reference Intakes (DRI) and Recommended Dietary Allowances (RDA) for energy, carbohydrate, fiber, fats fatty acids, cholesterol, proteins and amino acids. Institute of Medicine of the National Academies Washington DC. The Nacional Academy Press, 2002. [em línea] Jan 2003 [fecha de acceso 20 de mayo de 2004]. URL disponilbe en; http://www.nal.usda.gov./fnic/etext/000105.html.

FOOD and Nutrition Board/ Institute of Medicine. Dietary Reference Intakes (DRI) for Calclium, Phosphorus, Madnesieum, Vitamin D and Fluoride. Institute of Medine of the National Academies. Washington DC. The Nacional Academy Press, 2002. [em línea] enero 2003 [fecha de aceso 20 de mayo de 2004]. URL disponilbe en: http://www.nap.edu/openbook/030906360/html.

FOOD and Nutrition Board/ Institute of Medicine. Dietary Reference Intakes (DRI) for Thiamin, Riboflavin, Niacin, Vitamin B6, Folate, Vitamin B12, Pantothenic acid Biotin, and Choline (1999), Institute of Medicine of the National Academies. Washington DC. The Nacional Academy Press, 2002. [em línea] enero 2003 [fecha de acceso 20 de mayo de 2004]. URL disponilbe en: http://www.nap.edu/openbook/0309065542/html.

FOOD and Nutrition Board/ Institute of Medicine. Dietary Reference Intakes (DRI) for Vitamin C, Vitamin E, Selenium and Carotenoids. Institute of Medicine of the National Academies. Washington DC. The Nacional Academy Press, 2002. [en línea] enero 2003[fecha de acceso 20 de mayo de 2004]. URL disponilbe en: http://www.nap.edu/openbook/030906935/html.

FOOD and Nutrition Board/ Institute of Medicine. Dietary Reference Intakes (DRI) for Vitamin A, Vitamin K, Arsenic, Boron, Chromiun, Copper, Iodine, Iron, Manganese, Molybdenum, Nickel, Silicon, and, VanDIUM. Institute of Medicine of the National Academies. Washington DC. The Nacional Acedemy Press, 2002. [en línea] enero 2003 [fecha de acceso 20 de mayo de 2004]. URL disponilbe en: http://www.nap.edu/openbook/0309062794/html.

GARNSEY, P. ALIMENTAÇÃO E SOCIEDADE NA ANTIGUIDADE CLÁSSICA; aspectos materiais e simbólicos dos alimentos. Lisboa: Factos, 2002.

LAJOLO, F.M.; NUTTI, M.R. TRASNGÊNCIOS: bases científica da sua segurança.São Paulo: SBAN. 2003.

LOPES, F. A; SIGULEM, D. M. e TADDEI, J. A de AC. Fundamentos da Terapia Nutricional em Pediatria. Ed. Sarvier: São Paulo, 2002.

LUNA, N.M.M.; GOMES, W.P. TÉCNICA DIETÉTICA: nova tabela de alimentos equivalentes. Cuiabá: Editora Defani, 2001.

OMS/OPAS.Conocimentos Actuales sobre Nutrición.Washington:PublicaiónCientífica n.565,2003

PHILIPPI, S. T. Nutrição e Técnica Dietética. Ed. Manole: Barueri, SP, 2003.

TIRAPEGUI, J. Nutrição: Fundamentos e Aspectos Atuais. Ed. Atheneu: São Paulo, 2000.

PENTEADO, M.V.C. Vitaminas: Aspectos Nutricionais, Bioquímicos, Clínicos e Analíticos. São Paulo. Manole. 2003.



SHILS, M.; OLSON, J: SHIKE, M.; ROSSE, A.C. Tratado de Nutrição Moderna na Saúde e na Doença. Manole: São Paulo. 2003. 2 volume.

KRAUSE, Marie V. ; MAHAN, Kathleen. Alimentos, Nutrição & Dietoterapia. Tradução : Alícia Regina de Almeida ...et al. 10 ed. São Paulo: Roca, 2002.

ROSS, Catharine A. ; OLSON, James A. ; SHILS, Maurice E. et al. Tratado de Nutrição Moderna na Saúde e na Doença. 9ª ed. São Paulo: Manole, 2002.

SIZER, Francês ; WHITNEY, Eleanor. (Tradução: Nelson Gomes Oliveira ... et al.) Nutrição – conceitos e controvérsias. 8ª ed. São Paulo: Manole, 2003.

Second National Health and Nutrition Examination Survey (NHANES II). National Center for Health Statistics, Center for Disease Control and Prevention, USA [en línea] enero 2003[fecha de acceso 10 de julio de 2004]. URL disponilbe en: http:// www.cdc.gov/nchs/products/elec-products/subject/nhanesii.html.

VIEIRA, Enio, Cardillo ; GAZZINELLI, Giovanni ; MARES-GUIA, Marcos. Bioquímica Celular e Biologia Molecular. 2ª ed. São Paulo: Atheneu, 2002.

V. ATIVIDADES A SEREM EXERCIDAS PELO DOCENTE

Atividades Didáticas: aulas teóricas e práticas para as disciplinas que compõem a Matéria CIÊNCIAS DA NUTRIÇÃO E ALIMENTAÇÃO da Faculdade de Nutrição envolvendo graduação e pós-graduação.

Atividades de Extensão/Assistência

Atividades de Pesquisa

Atividades Administrativas


VI. CRITÉRIOS PARA SELEÇÃO DOS CANDIDATOS

A Seleção será realizada através de Provas de Títulos, Provas Escrita e Provas Didática conforme segue:

1. Prova de Títulos: Analise do Curriculum Vitae.

2. Prova Escrita: Dissertação sobre um dos temas do Programa de Concurso, sorteado no ato da realização da mesma, com duração máxima de 04 horas, seguida da leitura da prova escrita.



  • A duração da prova escrita será de até 4 (quatro) horas;

  • O julgamento e a leitura da prova escrita serão realizados em até 48 (quarenta e oito) horas, após a realização da mesma;

  • É obrigatória a presença do candidato no ato da leitura da prova escrita;

  • O sorteio do tema da prova didática ocorrerá 24 horas antes do início da prova;

3. Prova Didática: aula proferida sobre um dos temas do programa de concurso, em tempo de 50 a 60 minutos. O assunto será sorteado com 24 horas de antecedência.

4. Prova Prática: A prova prática não será realizada por ser inexeqüível para este concurso.
VII. AVALIAÇÃO DE TÍTULOS

De conformidade com os Art.233 a 236 do Regimento Geral da UFPA.


VIII. PONDERAÇÃO DE TÍTULOS



TÍTULOS DECORRENTES DE ATIVIDADES

PESO

01

Didáticas

4

02

Cientificas

2

03

Acadêmicas

3

04

Profissionais

1




  • As pontuações estão anexadas

  • O candidato que apresentar a titulação compatível com o perfil a que se refere o concurso obterá pelo menos, a pontuação mínima exigida nessa prova.


IX- RESULTADO FINAL

O resultado final do concurso será divulgado em até 7 (sete) dias após a última prova, vedada a divulgação parcial, salvo da prova de títulos e homologação das inscrições.




©aneste.org 2017
enviar mensagem

    Página principal