Universidade federal do piauí



Baixar 20.13 Kb.
Encontro11.06.2018
Tamanho20.13 Kb.


MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO


UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ

CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE

Coordenação do PROGRAMA de Pós-Graduação em cIÊNCIAS fARMACÊUTICAS
ANEXO 1
PROGRAMA E BIBLIOGRAFIA RECOMENDADA PARA A PROVA ESCRITA DE CONHECIMENTO ESPECÍFICO DE MESTRADO EM CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS


  1. DELINEAMENTO DE FÓRMULAS FARMACÊUTICAS e NANOTECNOLOGIA

1.1 - GARNIER, J. P. Reconstituindo o mecanismo de P&D em grandes empresas farmacêuticas. Harvard Business Review, maio, 2008. Disponível em: <http://hbr.harvardbusiness.org/2008/05/rebuilding-the-rd-engine-in-big-pharma/es> Acesso em: 08/2009.


1.2 - PIMENTEL L. f.; JÁCOME-JÚNIOR, A. T.; MOSQUEIRA, V. C. F.; SANTOS-MAGALHÃES, N. s. Nanotecnologia farmacêutica aplicada ao tratamento da malária. Rev. Bras. Ciênc. Farm., 43(4): 503-514,2007.
1.3 - rediguieri, c. f. study on the development of nanotechnology in advanced countries and in Brazil. Braz. J. Pharm. Sci., 45(2):189-200, 2009.



  1. FITOQUÍMICA e QUÍMICA MEDICINAL

2.1 - SIMÕES, C. M. O; SCHENKEL, E. P.; GOSMANN, G.; MELLO, J. C. P.; MENTZ, L. A.; PETRVICK, P. R. Farmacognosia: da planta ao medicamento. Porto Alegre/Florianópolis, 5. ed., Editora da UFRGS/Editora da UFSC, 2003. Capítulo 10 - Introdução à análise fitoquímica) e Capítulo 16 - Metabolismo básico e origem dos metabólitos secundários.
2.2 - HOSTETTMANN, K.; QUEIROZ, E. F.; VIEIRA, P. C. Princípios ativos de plantas superiores. São Carlos, EDUFSCAR, 2003. Capitulo 1 - A importância das plantas medicinais e Capítulo 2 - A procura dos princípios ativos.
2.3 - BARREIRO, E. J.; FRAGA, C. A. M. Química Medicinal: as Bases Moleculares da Ação dos Fármacos. São Paulo, Artmed, 2001. Capitulo 1 - Aspectos gerais da ação dos fármacos e Capítulo 2 - A origem dos fármacos.



  1. PROPRIEDADE INTELECTUAL E TRANSFERÊNCIA DE TECNOLOGIA


3.1 - moreira, a. c.; antunes, a. m. s.; pereira-júnior, n. patentes extratos de plantas e derivados - Verdades e mentiras sobre a patenteabilidade no Brasil. Rev. Biotech. Ciência & Des., 33:62-71,2004.
3.2 - vieira, v. m. m.; ohayon, p. Inovação em fármacos e medicamentos: estado da arte no Brasil e políticas de P&D. Rev. Econ. & Gestão, 6(13),2006.
3.3 - CYSNE, f. p. transferência de tecnologia entre a universidade e a indústria. Enc. BIBLI: R. eletrônica de Bibl. Ci. Inform., Florianópolis, 20, 2005.


  1. TOXICOLOGIA/FARMACOLOGIA


4.1 - Wassom, J.S.; Malling, H.V.; Sankaranarayanan, K.; Po-Yung Lu. Perspective reflections on theorigins and evolution of genetic toxicology and the environmentalmutagen society. Environmental snd Molecular Mutagenesis v. 51, p. 746-760, 2010.
4.2 - Krystona, T.B.; Georgieva, A.B.; Pissisb, P.; Georgakilas, A.G. Role of oxidative stress and dna damage in human carcinogenesis. Mutation Research/Fundamental and Molecular Mechanisms of Mutagenesis v. 711, p. 193–201, 711, 2011.
4.3. - FUCHS, F. D.; WANNMACHER, L.; FERREIRA, M. B. C. Farmacologia Clínica: fundamentos da terapêutica racional. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan. Unidades 1 e 2.

CORPO DOCENTE

ORIENTADORES

ÁREAS

Alexandre Araújo de Souza

QUÍMICA MEDICINAL

DELINEAMENTO DE FÓRMULAS FARMACÊUTICAS



Ana Amélia de C. Melo de Cavalcante

TOXICOLOGIA/FARMACOLOGIA

Antônia Maria das Graças Lopes Citó

FITOQUÍMICA

QUÍMICA MEDICINAL



Chistiane Mendes Feitosa

FITOQUÍMICA

QUÍMICA MEDICINAL



Cleide Maria da Silva Leite

DELINEAMENTO DE FÓRMULAS FARMACÊUTICAS

Hercília Maria Lins Rolim Santos

NANOTECNOLOGIA

José Arimatéia Dantas Lopes

QUÍMICA MEDICINAL

José Lamartine Soares Sobrinho

DELINEAMENTO DE FÓRMULAS FARMACÊUTICAS

PROPRIEDADE INTELECTUAL E TRANSFERÊNCIA DE TECNOLOGIA



Livio Cesar Cunha Nunes

DELINEAMENTO DE FÓRMULAS FARMACÊUTICAS

PROPRIEDADE INTELECTUAL E TRANSFERÊNCIA DE TECNOLOGIA



Monica Felts de La Roca Soares

TECNOLOGIA FARMACÊUTICA E COSMÉTICA

CONTROLE DE QUALIDADE

ESTUDO DE ESTABILIDADE


Rivelilson Mendes de Freitas

TOXICOLOGIA/FARMACOLOGIA

Roseli Farias Melo de Barros

FITOQUÍMICA

Sidney Gonçalo de Lima

FITOQUÍMICA

QUÍMICA MEDICINAL







©aneste.org 2017
enviar mensagem

    Página principal