Universidade federal do pará



Baixar 36.14 Kb.
Encontro28.11.2017
Tamanho36.14 Kb.

grupo 14grupo 12




UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO DIRETORIA DE PESQUISA
PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA – PIBIC : CNPq, CNPq/AF, UFPA, UFPA/AF, PIBIC/INTERIOR, PRODOUTOR, PIBIT E FAPESPA


RELATÓRIO TÉCNICO - CIENTÍFICO





Período : Julho /2016 a Julho/2017

(X) PARCIAL

( ) FINAL

IDENTIFICAÇÃO DO PROJETO
Título do Projeto de Pesquisa (ao qual está vinculado o Plano de Trabalho): Avaliação da erosão dental em pacientes com refluxo gastroesofágico após cirurgia bariátrica

Nome do Orientador: Jesuina Lamartine Nogueira Araújo

Titulação do orientador: Doutorado

Faculdade: Faculdade de Odontologia da Universidade Federal do Pará - UFPA

Instituto/Núcleo: Instituto de Ciências da Saúde – ICS

Laboratório: _

Título do plano de trabalho: Avaliação da erosão dental em pacientes com refluxo gastroesofágico após cirurgia bariátrica

Nome do bolsista: Gabriele de Oliveira Rodrigues



Tipo de Bolsa :
( ) PIBIC/ CNPq

( ) PIBIC/CNPq – AF

( ) PIBIC /CNPq- Cota do pesquisador (X ) PIBIC/UFPA

( ) PIBIC/UFPA – AF ( ) PIBIC/ INTERIOR

( ) PIBIC/PRODOUTOR

( ) PIBIC/PE-INTERDISCIPLINAR ( ) PIBIC/FAPESPA



( ) PIBIC/PIBIT

Introdução


Atualmente, é perceptível um aumento da prevalência de desgaste dental, sobretudo em decorrência de erosão¹ ². A erosão dentária pode ser definida como a perda de estrutura do dente por meio de um processo físico- químico de dissolução de tecido dental duro em conexão com a acidificação do ambiente na cavidade oral, sem a presença de atividade bacteriana ³. Apresenta etiologia multifatorial, no entanto, é constantemente associada ao refluxo gastroesofágico.

Com o estilo de vida das atuais populações, condicionadas ao capitalismo e ao processo de globalização, percebe-se uma modificação relacionado ao padrão nutricional que tem levado a muitos problemas desta natureza. Dentre esses problemas, a obesidade tem sido considerada a mais importante desordem nutricional devido ao aumento da sua incidência 4, e uma alternativa encontrada para solucionar esta condição vem sendo encontrada na cirurgia bariátrica que tem se mostrado eficaz por diminuir a mortalidade global e morbidade dos pacientes 5 . No entanto, esse tipo de cirurgia também têm efeitos indesejados sobre o esôfago, particularmente em termos de doença do refluxo gastroesofágico.6-7

Desta forma, com o aumento da frequência e da persistência do refluxo gastroesofágico causando danos irreversíveis às estruturas dentárias, é de extrema importância conhecer as características dessas lesões e a sua relação com pacientes submetidos a este tipo de cirurgia, e assim, prevenir danos às estruturas dentárias e evitar outros problemas que esta condição pode causar, garantido o bem estar e qualidade de vida desses pacientes.

Justificativa


A erosão dentária em decorrência de refluxo gastroesofágico tem se tornado cada vez mais frequente na população, levando a um desgaste excessivo das estruturas dentárias e consequentemente, comprometendo a funcionalidade e a estética dos dentes. Embora essa condição seja conhecida, poucos trabalhos avaliam a erosão causada por refluxo gastroesofágico em pacientes que tenham sido submetidos à cirurgia bariátrica.

A avaliação e o estudo a respeito dessa condição são de fundamental importância para compreender este processo, permitir a busca por tratamentos e evitar a perda dentária desses pacientes, bem como a garantia de qualidade de vida.
Objetivos
O projeto tem como objetivo geral avaliar a erosão dentária em pacientes com refluxo gastroesofágico submetidos à cirurgia gástrica, e tem como objetivos específicos analisar a frequência de refluxo nos pacientes, analisar as características das lesões ocasionadas por refluxo nestes pacientes, correlacionar o refluxo gastroesofágico de pacientes com cirurgia gástrica e o surgimento da erosão dentária para que por fim seja possível orientar os pacientes sobre como prevenir estas lesões.
Materiais e Métodos

Atualmente existem três tipos de cirurgia bariátrica: tipo A, que utiliza uma banda gástrica, adaptada via laparoscópica; Tipo B, que realiza a gastrectomia, ou seja, retirada de uma parte do estômago; e Tipo C que produz um Y em Roux, que representa um desvio do trânsito intestinal para uma região superior ao estômago, com a intenção de reduzir a absorção do alimento e com isso produzir o emagrecimento. Alguns trabalhos mostram que a banda gástrica (tipo A) é inferior ao tipo B e C, com relação à perda de peso, ao número de complicações a longo prazo e necessidade de cirurgia de correção no pós-operatório. Porém o tipo C tem mostrado superioridade com relação à melhora do refluxo, quando comparado com A e B.

Serão avaliados pacientes que foram submetidos à cirurgia bariátrica nos últimos 5 anos, no Hospital Porto Dias, Belém-Pará. As fichas destes pacientes serão analisadas para a observação de qual técnica foi empregada. Estes pacientes receberão exame clínico, orientação de técnicas de remineralização e moldagem dos arcos superior e inferior para observação do desgaste ocorrido nos elementos dentais. De acordo com o grau de desgaste presente, estes pacientes receberão um plano de tratamento com as opções de reabilitação, que deverão ser escolhidas a critério de cada paciente, sem comprometimento deste Projeto.

Resultados


Os resultados serão desenvolvidos nos próximos meses, juntamente com a discussão e a conclusão do trabalho.

ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS NOS PRÓXIMOS MESES



RESULTADOS, DISCUSSÃO E CONCLUSÃO


REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
McGuire J, Szabo A, Jackson S, Bradley TG, Okunseri C. Erosive tooth wear among children in the United States: relationship to race/ethnicity and obesity. Int J Paediatr Dent 2009; 19(2):91-8

Bartlett DW (2005) The role of erosion in tooth wear: Aetiology, prevention and management International Dental Journal 55(4 Supplement 1) 277-284.

Mair LH: Wear in the mouth: the tribological dimension. In: Tooth wear and sensitivity. Eds.: Addy M, Edgar WM, Embery G, Orchardson R. London. Martin Dunitz, Mair (L.H.) 2000, 181–188.

1. World Health Organization. Obesity: Preventing and managing the global epidemic. Report of a WHO Consultation on Obesity. Geneva: WHO; 1998.

Sjöström L, Lindroos AK, Peltonen M, et al; Swedish Obese Subjects Study Scientific Group. Lifestyle, diabetes, and cardiovascular risk factors 10 years after bariatric surgery. N Engl J Med. 2004;351(26):2683-2693.

Jarvinen VK, Rytomaa H, Heinonen OP: Risk factors in dental erosion. J Dental Res 1991, 70, 942–947.

Picos, A, Chisnoiu A, Dumiitrascu, D. Dental erosion in patients with gastroesofageal reflux disease. Adv clin exp med 2013, 22, 3, 303-307.

Moretto G, Pupo YM, Bueno ALN, Araújo FO, Pupo YM. Prosthetic Rehabilitation of a Patient With Gastroesophageal Reflux Disease: Five-Year Follow-up. Operative Dentistry, 2016, 41-2, 132.



DIFICULDADES - Relacionar os principais fatores negativos que interferiram na execução do projeto.


PARECER DO ORIENTADOR: projeto em andamento, tudo correndo dentro da normalidade
DATA : 14/ 02/2017



grupo 19

ASSINATURA DO ORIENTADOR



grupo 16

ASSINATURA DO ALUNO

INFORMAÇÕES ADICIONAIS: a aluno cursa o 9º semestre do curso de odontologia da UFPa, devendo formar-se no final de 2017.


FICHA DE AVALIAÇÃO DE RELATÓRIO DE BOLSA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA



O AVALIADOR DEVE COMENTAR, DE FORMA RESUMIDA, OS SEGUINTES ASPECTOS DO RELATÓRIO :


  1. O projeto vem se desenvolvendo segundo a proposta aprovada? Se ocorreram mudanças significativas, elas foram justificadas?

O projeto vem se desenvolvendo de acordo com o planejado



  1. A metodologia está de acordo com o Plano de Trabalho?

Sim


  1. Os resultados obtidos até o presente são relevantes e estão de acordo com os objetivos propostos?

Ainda não temos resultados, pois estamos aguardando a liberação do CEP, que será no próximo mês a reunião, para que possamos examinar os pacientes.



  1. O plano de atividades originou publicações com a participação do bolsista? Comentar sobre a qualidade e a quantidade da publicação. Caso não tenha sido gerada nenhuma, os resultados obtidos são recomendados para publicação? Em que tipo de veículo?

Pretendemos publicar os resultados em revista científica impressa, de Qualis mínimo B2





  1. Comente outros aspectos que considera relevantes no relatório

O projeto tem interesse em outras áreas da saúde como cirurgia gástrica, nutrição, por isso pretende-se apresentar os resultados em congressos de outras áreas, além dos congressos de Odontologia.



  1. Parecer final

Aprovado ( x)

Aprovado com restrições ( ) (especificar se não mandatórias ou recomendações)

Reprovado ( )


  1. Qualidade do relatório apresentado: (nota 0 a 5) : 5,0

Atribuir conceito ao relatório do bolsista considerando a proposta de plano, o desenvolvimento das atividades, os resultados obtidos e a apresentação do relatório.

Data :14/02/2017.





grupo 28

Assinatura do(a) Avaliador(a)











©aneste.org 2017
enviar mensagem

    Página principal