Universidade federal de santa catarina ufsc centro de ciências da educaçÃo ced



Baixar 290.21 Kb.
Encontro08.10.2019
Tamanho290.21 Kb.




UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA UFSC

CENTRO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO CED

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO – CIN

CAMPUS UNIVERSITÁRIO – TRINDADE – CAIXA POSTAL 476

CEP 88.010-970 – FLORIANÓPOLIS – SANTA CATARINA

Telefone: (0XX48) 3721-4075 – E-mail: cin@contato.ufsc.br




PLANO DE ENSINO – SEMESTRE 2017.1


1 IDENTIFICAÇÃO
Disciplina: CIN7138 Introdução à Ciência da Informação

Carga Horária: 72H, 2H/aula, 4 créditos (2 teóricos e 2 prácticos)

Oferta: 1ª Fase do Curso de Graduação em Ciência da Informação

Horário: 3ª feira das 9:10h às 11h, 5ª feira 8:20h às 10h.

Professor: Enrique Muriel-Torrado

E-mail: enrique.muriel@ufsc.br (indicar no assunto: CIN7138 e o motivo da consulta)
EMENTA

Busca identificar a perspectiva histórico/social da Ciência da Informação no mundo e no Brasil. Compreender os aportes teóricos e seus pioneiros. Inserção da Ciência da Informação nas Ciências Sociais Aplicadas segundo seu objeto de estudo, suas teorias e sua interdisciplinaridade.
2 OBJETIVOS
2.1 Objetivo Geral

Compreender o contexto histórico/social do campo de estudo e de aplicação da Ciência da Informação (Arquivologia, Biblioteconomia e Museologia).
2.2 Objetivos Específicos

2.2.1 Estudar as influências do contexto global e nacional nas áreas que fundamentam

a Ciência da Informação;

2.2.2 Discutir seus aportes teóricos e seus pioneiros;

2.2.3 Identificar o campo de estudo e suas especificidades;

2.2.4 Caracterizar a sua função na sociedade da informação e do conhecimento;

2.2.5 Identificar o papel e a função dos profissionais da Ciência da Informação na

sociedade;

2.2.6 Analisar produtos, serviços, ferramentas informacionais e tecnológicas.

2.2.5 Habilitar os estudantes para aplicação das normas da ABNT na apresentação de trabalhos acadêmicos;

2.2.6 Orientar os estudantes na apresentação de um relatório final de pesquisa.
3 CONTEÚDO PROGRAMÁTICO
3.1 A informação

3.1.1 O contexto histórico, social e contemporâneo da informação e do conhecimento

3.1.2 A ciência na modernidade e pós-modernidade

3.1.3 Inter, Trans e Multidisciplinaridade

3.1.4 Uma ciência pós-moderna nas Ciências Sociais Aplicadas
3.2 Aspectos históricos

3.2.1 Ciências e técnicas que fundamentam a Ciência da Informação

3.2.2 Arquivologia, Biblioteconomia, Museologia e áreas afins3.2.3 Teóricos e Pioneiros

3.2.4 A informação como eixo central
3.3 Aspectos Teóricos

3.3.1 Teoria Informacional da Comunicação e Recuperação da Informação

3.3.2 Teorias de Representações do conhecimento e seus Paradigmas

3.3.3 Teoria Sistêmica

3.3.4 Produção e Comunicação Científica

3.3.5 Estudo de Usuário

3.3.6 Gestão Documental
3.4 Processos

3.4.1 Fluxos, sistemas e redes

3.4.2 Sistemas de Comunicação

3.4.3 A tecnologia nas ações em Ciência da Informação

3.4.4 Serviços eletrônicos de informação
4 METODOLOGIA
Aulas expositivas com discuso em classe dos tópicos apresentados. Atividades de sala e/ou em casa , em grupo e/ou individuais. Seminários, apresentações e atividades.
5 AVALIAÇÃO
O aluno será avaliado pelo desempenho individual e coletivo, interação e participação em sala de aula, nas atividades individuais e/ou em equipes e provas.

Estão previstos como instrumentos de avaliação as atividades, com os seguintes pesos:

a) provas: 50%;

b) participação nas aulas e atividades/seminários: 20%;

c) projeto final: 30%.
media final = (a*0,5)+(b*0,2)+(c*0,3)


Conforme a Resolução do Conselho Universirio 017/Cun/97, de 30/09/97:

v A frequência mínima obrigatória é de 75% das aulas.

v Em caso de falta no dia da avaliação (prova, apresentação de trabalho ou seminário), encaminhar justificativa e pedido formal à Chefia do Departamento de Ciência da Informação (CIN), no prazo de três (3) dias úteis.

v O aluno que obtiver nota final entre 3,0 e 5,5 e frequência suficiente poderá, ao final do semestre realizar uma prova de recuperação de todo o conteúdo.

v A nota final será calculada a partir da média aritmética simples entre a nota final obtida durante o semestre e a nota obtida na prova de recuperação.

6 BIBLIOGRAFIA
6.1 Bibliografia Básica

ARAÚJO, Carlos Alberto Ávila. Arquivologia, Biblioteconomia, Museologia e Ciência da Informação. São Paulo: Briquet de Lemos, 2014. (6 exemplares na Biblioteca Setorial do CED:02 A663a)


BORKO, Harold. Information science: what is it? American Documentation, v.19, n. 1, p. 3-5, 1968, Disponível em: <http://cdigital.uv.mx/bitstream/123456789/6699/2/Borko.pdf >. Texto com tradução livre em: <http://disciplinas.stoa.usp.br/pluginfile.php/164799/mod_resource/content/1/BORKO_Information%20science%20what%20is%20it%20.pdf >. Acesso em: 18 fev. 2016.
BUSCH, V. As we may think. Atlantic Monthly, v.176, 1, p.101-108, 1945. Disponível em: < http://www.theatlantic.com/magazine/archive/1945/07/as-we-may-think/303881/>. Texto com tradução livre em:
BRAGA, G. M.; PINHEIRO, L. V. R. (Org.). Desafios do impresso ao digital: questões contemporâneas de informação e conhecimento. Brasília: Unesco/IBICT, 2009.
BURKE, P. Uma história social do conhecimento: de Gutenberg a Diderot. Rio de Janeiro: Zahar, 2003.
CASTELLS, M. A sociedade em rede. São Paulo: Paz e Terra, 1999. v.1. (8 exemplares na Biblioteca Central e na Setorial do CED: 659.2 C348s)
CUNHA, Murilo Bastos da; CAVALCANTI, Cordélia R. Dicionário de biblioteconomia e arquivologia. Brasília, DF: Briquet de Lemos, 2008. (7 exemplares na Biblioteca Setprial do CED: 030.2:02 C972d)
LE COADIC, Y. F. A ciência da informação. 2. ed. rev. atual. Brasília: Briquet de Lemos/Livros, 2004. (25 exemplares na Bibioteca Setorial do CED: 02 L433c)
MATTELART, Armand; MATTELART; Michéle. História das teorias da comunicação. 6. ed. São Paulo: Loyola, 2003.
PINHEIRO, L. V. R.; GONZÁLEZ DE GOMEZ, M. N. Interdiscursos da Ciência da Informação: arte, museu e imagem. Rio de Janeiro: IBICT, 2000.
ROBREDO, Jaime. Da ciência da informação revisitada aos sistemas humanos de informação. Brasília, DF: Thesaurus Editora: SSRR Informações Consultoria e Projetos Ltda, 2003. (6 exemplares na Biblioteca Setorial do CED: 02 R666d)
SARACEVIC, T. Interdisciplinarity nature of Information Science. Ciência da Informação, Brasília, v.24, n.1, p.36-41, 1995. Tradução livre de Durval de Lara Filho. Disponível em: < http://www.uff.br/ppgci/editais/saracevicnatureza.pdf >.  Acesso em: 18 fev. 2016.
SMIT, Johanna W., TÁLAMO, Maria de Fátima G. M., KOBASHI, Nair Yumiko. A determinação do campo científico da Ciência da Informação: uma abordagem terminológica. DataGramaZero – Revista de Ciência da Informação, v. 5, n. 1, fev. 2004. Disponível em: <http://www.dgz.org.br/fev04/Art_03.htm >. Acesso em 18 fev. 2016.
6.2 Bibliografia Complementar
AQUINO, Mirian (Org.). O campo da ciência da informação: gênese, conexões e especificidades. João Pessoa: Ed. Universitária, 2002.
BAPTISTA, S. G.; MÜELLER, S. P. M. (Org.). Profissional da informação: o espaço de trabalho. Brasília: Thesaurus, 2004.
CAMPELLO, B. S.; CENDÓN, B. V.; KREMER, J. M. (Org.). Fontes de informação para pesquisadores e profissionais. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 2000.

DE MASI, D. A sociedade pós-industrial. São Paulo: SENAC, 1999.


DRUCKER, P. Sociedade pós-capitalista. São Paulo: Pioneira, 1997.
FONSECA, Maria Odila. Arquivologia e ciência da informação. Rio de Janeiro: FGV, 2005.
FUJITA, M.S.; MARTELETO, R.M.; LARA, M.G. (Org.). A dimensão epistemológica da ciência da informação. São Paulo: Cultura Acadêmica; Marília: Fundepe, 2008.
GOMES, Henriette Ferreira; BOTTENTUIT, Aldinar; OLIVEIRA, Maria Odaisa Espinheiro de. A ética na sociedade, na área da informação e da atuação profissional: o olhar da filosofia, da sociologia, da ciência da informação e da formação e do exercício profissional do bibliotecário no Brasil. Brasília, DF: Conselho Federal de Biblioteconomia, 2009.
GUINCHAT, C.; MENOU, M. Introdução às ciências e técnicas de informação e documentação. Brasília: IBICT, 1994.
LEVY, P. As tecnologias da inteligência. Rio de Janeiro: Ed. 34, 1993.
LOJKINE, J. A revolução informacional. São Paulo: Cortez, 1999.
McGARRY, K. O contexto dinâmico da informação. Brasília: Briquet de Lemos/Livros, 1999.
MOSTAFA, Solange Puntel. Filosofia da diferença e a Ciência da Informação. Rio de Janeiro: e-papers, 2013. (4 exemplares na Biblioteca Setorial do CED: 02 M915f)
MUELLER, Suzana Machado Pinheiro; BRAGA, Kátia Soares. Métodos para a pesquisa em Ciência da Informação. Brasília, DF: Thesaurus, 2007. 

OLIVEIRA, Marlene de; CENDON, Beatriz Valadares. Ciência da informação e biblioteconomia: novos conteúdos e espaços de atuação. Belo Horizonte: UFMG, 2005.


OLIVEIRA, Marlene de (Coord.). Ciência da Informação e Biblioteconomia: novos conteúdos e espaços de atuação. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2005.

RUSSO, Mariza. Fundamentos em biblioteconomia e ciência da informação. Rio de Janeiro: e-papers, 2010. (2 exemplares na Biblioteca Setorial do CED: 02 R969f)


SHANNON, Claude; WEAVER, Warren. Teoria matemática da comunicação. São Paulo: Difel, 1975.
SHERA, Jesse H. Sobre Biblioteconomia, Documentação e Ciência da Informação. In: Gomes, Hagar. E. (Org.). Ciência da informação ou informática?. Rio de Janeiro: Calunga, 1980. p. 91-105.
SILVA, Armando Malheiro. Arquivística: teoria e prática de uma ciência da informação. 3. ed. Porto: Afrontamento, 2009.
SILVA, Armando Malheiro. A informação: da compreensão do fenômeno e construção do objeto científico. Porto: Afrontamento, 2006.
SILVA, Armando Malheiro; RIBEIRO, Fernanda. Paradigmas, serviços e mediações em ciência da informação. Recife: Néctar, 2011.
TAKAHASHI, T. (Org.). Sociedade da Informação no Brasil: Livro Verde. Brasília: Ministério da Ciência e Tecnologia, 2000.
TOUTAIN, Lídia (Org.). Para entender a ciência da informação. Salvador: Edufba, 2007.
VALENTIM, M. L. (Org.). Atuação profissional na área de informação. São Paulo: Polis, 2004.

7 CRONOGRAMA (Previsão)


1

07/03/17

Apresentação da disciplina e da turma. Informação e Ciência

2

09/03/17

Informação e Ciência

3

14/03/17

O contexto histórico, social e contemporâneo da informação e do conhecimento

4

16/03/17

O contexto histórico, social e contemporâneo da informação e do conhecimento

5

21/03/17

A ciência na modernidade e pós-modernidade

6

23/03/17

Feriado. EaD. A ciência na modernidade e pós-modernidade

7

28/03/17

A ciência na modernidade e pós-modernidade

8

30/03/17

Inter, Trans e Multidisciplinaridade Uma ciência pós-moderna nas Ciências Sociais Aplicadas

9

04/04/17

Inter, Trans e Multidisciplinaridade Uma ciência pós-moderna nas Ciências Sociais Aplicadas

10

06/04/17

Ciências e técnicas que fundamentam a Ciência da Informação. A informação como eixo central

11

11/04/17

Ciências e técnicas que fundamentam a Ciência da Informação. A informação como eixo central

12

13/04/17

Arquivologia, Biblioteconomia, Museologia e áreas afins

13

18/04/17

PROVA 1

14

20/04/17

Teóricos e Pioneiros Teoria Informacional da Comunicação e Recuperação da Informação

15

25/04/15

Teóricos e Pioneiros Teoria Informacional da Comunicação e Recuperação da Informação

16

27/04/17

Teorias de Representações do conhecimento e seus Paradigmas

17

02/05/17

Teorias de Representações do conhecimento e seus Paradigmas

18

04/05/17

Teoria Sistêmica

19

09/05/17

Gestão Documental

20

11/05/17

FERIADO. Atividade EaD

21

16/05/17

Produção e Comunicação Científica.

22

18/05/17

Produção e Comunicação Científica.

23

23/05/17

Estudos de Usuário

24

25/05/17

Fluxos, sistemas e redes Sistemas de Comunicação

25

30/05/17

PROVA 2

26

01/06/17

A tecnologia nas ações em Ciência da Informação, Serviços eletrônicos de informação. Elaboração do projeto final

27

06/06/17

Elaboração do projeto final

28

08/06/17

Elaboração do projeto final

29

13/06/17

Elaboração do projeto final

30

15/06/17

Feriado. EaD. Elaboração do projeto final

31

20/06/17

Elaboração do projeto final

32

22/06/17

Apresentação projeto final

33

27/06/17

Apresentação projeto final

34

29/06/17

Devolução dos projetos finais e discussão

35

04/07/17

Prova de recuperação

36

06/07/17

Entrega notas e revisão.


A previsão pode mudar durante o semestre.






©aneste.org 2017
enviar mensagem

    Página principal