Universidade federal da grande dourados


Trabalho de Conclusão de Curso 89



Baixar 1.16 Mb.
Página2/24
Encontro02.07.2019
Tamanho1.16 Mb.
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   24

14.5. Trabalho de Conclusão de Curso 89

15. SISTEMAS DE AVALIAÇÃO 90

15.1. Avaliação da Aprendizagem 90

15.2. Avaliação do Curso 94

16. RECURSOS HUMANOS 94

16.1. Instâncias Político-Administrativas 94


16.2. Instâncias Pedagógicas 95

1- Docentes; 2- Mestres Tradicionais; 3- Equipe Pedagógica 95

4- Comissão de Avaliação; Consultores 96

16.3. Corpo Técnico Administrativo – parcerias e convênios 96
17. RECURSOS E INSTALAÇÕES 98

18. REFERÊNCIAS _____________________________________________________99

ANEXOS___________________________________________________________ 101


  1. Modelos de Fichas

  2. Enfoques Conceituais

  3. Pólos com Temas Comuns

  4. Legislação Básica

  5. Regulamento do Estagio Supervisionado

  6. Regulamento do TCC

  7. Regulamento das Atividades Complementares


1. INTRODUÇÃO
1.1 HISTÓRICO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS
A Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) teve sua origem em um conjunto de medidas relativas ao ensino superior editadas pelo Governo do Estado de Mato Grosso, entre 1969 e 1970, e pelo governo federal em 1979, 2005 e 2006. No ano de 1969, a Lei Estadual nº 2.947, de 16/9/1969, criou a Universidade Estadual de Mato Grosso (UEMT) e no ano seguinte, 1970, a Lei Estadual nº 2.972, de 2/1/1970, determinou a criação de Centros Pedagógicos nas cidades de Corumbá, Dourados e Três Lagoas e a criação, em Dourados, de um curso de Agronomia.

O Centro Pedagógico de Dourados (CPD) foi inaugurado em dezembro de 1970 e incorporado à recém-criada Universidade Estadual de Mato Grosso (UEMT) instalada oficialmente em novembro de 1970, com sede em Campo Grande/MS. Em abril de 1971, tiveram início as aulas dos primeiros cursos do CPD: Letras e Estudos Sociais (ambos de licenciatura curta); em 1973 os cursos de Letras e de História passaram a funcionar com Licenciatura Plena. Em 1975, foi criado o Curso de Licenciatura Curta em Ciências Físicas e Biológicas. Vale lembrar que o CPD foi, até o final da década de 1970, o único Centro de Ensino Superior existente na região da Grande Dourados.

Em 1978, foi implantado o curso de Agronomia. Com sua implantação houve necessidade de construção de novas instalações, edificadas em uma gleba de 90 hectares situada na zona rural, afastada 12 km do centro da cidade de Dourados. Nesse local passou a funcionar em 1981 o curso de Agronomia, ligado ao Núcleo Experimental de Ciências Agrárias.

Com a divisão do Estado de Mato Grosso foi federalizada a UEMT que passou a denominar-se Fundação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), pela Lei Federal nº 6.674, de 5/7/1979. Com a transformação da UEMT em UFMS, os Centros Pedagógicos passaram a ser denominados Centros Universitários; surgindo assim o Centro Universitário de Dourados (CEUD). A partir de janeiro de 2000 a UFMS alterou as denominações de suas unidades situadas fora da Capital do Estado, adotando a designação Campus em lugar de Centro Universitário.

Os cursos do CEUD criados a partir de 1979 são os seguintes: Pedagogia/Licenciatura Plena, como extensão do curso de Pedagogia do Centro Universitário de Corumbá (1979) e a sua desvinculação do Curso de Corumbá em 1982; Geografia/Licenciatura Curta (1979); Geografia/Licenciatura Plena (1983); Ciências Contábeis (1986); Matemática/Licenciatura Plena (1987), com a extinção do Curso de Ciências; Geografia/Bacharelado (1990); Análise de Sistemas (1996); Administração (1999); Ciências Biológicas/Bacharelado (1999); Direito (1999); Letras/Bacharelado /Habilitação em Secretário Bilíngüe com opções em Língua Espanhola e Língua Inglesa (1999); Letras/Bacharelado/Habilitação em Tradutor-Intérprete, com opções em Língua Espanhola e Língua Inglesa (1999) e Medicina (1999).

O aumento do número de cursos provocou a necessidade de ampliação de instalações no CEUD, portanto teve início a construção de uma proposta que deu a Dourados o status de Cidade Universitária. Nesse sentido cabe sublinhar a importância da instalação da sede da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) no espaço onde funcionava o Núcleo de Ciências Agrárias ligado ao CEUD/UFMS. A convivência entre as duas Instituições Públicas num mesmo espaço físico contribui para o encaminhamento do projeto Cidade Universitária.

Cumpre observar que a partir de 1994 passaram a funcionar na, então, Unidade II do Campus de Dourados - local onde estava situado o Núcleo Experimental de Ciências Agrárias/Curso de Agronomia - os cursos de Ciências Biológicas (1994) Matemática (1994), Análise de Sistemas (1977), Ciências Contábeis (1997), Letras (1999), Medicina (2000), Direito (2000), Administração (2000). Na Unidade I do Campus funcionavam os cursos de graduação em História, Geografia e Pedagogia e os de pós-graduação (nível de Mestrado) em História e em Geografia.

O Campus de Dourados (CPDO) – pela Lei Nº 11.153, de 29/7/2005, publicada no DOU de 1/8/2005 – tornou-se Universidade Federal da Grande Dourados, por desmembramento da UFMS, tendo sua implantação definitiva em 6/1/2006. Em quatro de fevereiro de 2006 foram criados sete novos cursos na UFGD: Ciências Sociais, Zootecnia, Engenharia de Produção, Engenharia de Alimentos, Química, Gestão Ambiental e Licenciatura Indígena para formação de professores das etnias Guarani e Kaiowá.

Em 2007, com a adesão da UFGD ao Programa de Reestruturação e Expansão da Universidade (REUNI), o Conselho Universitário da UFGD aprovou a criação de nove cursos novos a serem implantados a partir do ano de 2009: Artes Cênicas, Biotecnologia, Economia, Educação Física, Engenharia Agrícola, Engenharia de Energia, Nutrição, Psicologia e Relações Internacionais.

O presente projeto pedagógico trata do Curso de Licenciatura Indígena iniciado no ano de 2006.






Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   24


©aneste.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
universidade federal
terapia intensiva
Excelentíssimo senhor
minas gerais
união acórdãos
Universidade estadual
prefeitura municipal
pregão presencial
reunião ordinária
educaçÃo universidade
público federal
outras providências
ensino superior
ensino fundamental
federal rural
Palavras chave
Colégio pedro
ministério público
senhor doutor
Dispõe sobre
Serviço público
Ministério público
língua portuguesa
Relatório técnico
conselho nacional
técnico científico
Concurso público
educaçÃo física
pregão eletrônico
consentimento informado
recursos humanos
ensino médio
concurso público
Curriculum vitae
Atividade física
sujeito passivo
ciências biológicas
científico período
Sociedade brasileira
desenvolvimento rural
catarina centro
física adaptada
Conselho nacional
espírito santo
direitos humanos
Memorial descritivo
conselho municipal
campina grande