Universidade federal da grande dourados


EMENTA DA ÁREA MATEMÁTICA



Baixar 1.16 Mb.
Página17/24
Encontro02.07.2019
Tamanho1.16 Mb.
1   ...   13   14   15   16   17   18   19   20   ...   24



13.1 EMENTA DA ÁREA MATEMÁTICA



  1. A Educação Intercultural e Matemática devem considerar a situação de contato entre os diferentes povos e a sociedade brasileira, as diferentes maneiras de contar, medir, por em ordem e classificar o mundo. Pautar por situações de aprendizagem centradas na construção de significados, na elaboração de estratégias e na resolução de problemas. A Matemática, encontrada em várias práticas dos indígenas, como: construção das casas, produção de redes, esteiras, cestos, balaios, produção de alimentos, entre outros. O conhecimento matemático também é uma das bases para a construção de outros conhecimentos curriculares relacionados às áreas de Historia, Geografia, Línguas Indígenas e Português e Ciências. A Matemática também está presente no estudo das línguas indígenas que apresentam modos diferenciados de expressar quantidades, números, medidas, formas e relações geométricas.


13.2 OBJETIVO GERAL DA ÁREA MATEMATICA



  1. Formar professores indígenas com competências pedagógicas e antropológicas em relação ao papel da Matemática como forma de explicação e atuação sobre a realidade. Ao lado das demais formas de linguagem, a matemática também se constitui num importante campo simbólico que serve de base para a comunicação humana e para a compreensão do mundo.


13.3 COMPONENTES CURRICULARES/ MÓDULOS - ÁREA MATEMÁTICA
Os Módulos que compõem a Área Matemática estão compostos por Módulos Específicos e Comuns:


MODULOS ESPECIFICOS/MATEMÁTICA

MODULOS COMUNS ás 4 Áreas


1. Álgebra Elementar e Educação Intercultural

10. Gestão Territorial e Escolar no Contexto Guarani e Kaiowá (Módulo Comum)

2. Análise de Dados e Tratamento da Informação

11. Introdução aos Estudos dos Estados Nacionais e Povos Indígenas (Módulo Comum/Pólo)

3. Pré-Cálculo e Educação Intercultural

12. Ciências Tecnológicas, Sociedade, Ambiente e Cultura (Módulo Comum/Pólo)

4. Cálculo Diferencial e Integral e Educação Intercultural

13. Trabalho de Conclusão de Curso TCC (Módulo Comum/Pólo)

5. Álgebra Linear e Educação Intercultural

14. Novas Tecnologias e Educação Intercultural (Módulo Comum/Pólo)

6. Geometria e Medidas e Educação Intercultural

15. Mitologia Guarani e Kaiowá (Módulo Comum/Pólo)

7. Tecnologia e Educação Intercultural Matemática




8. Epistemologia da Matemática e da Educação




9. Pesquisa em Educação Matemática e Trabalho Conclusão de Curso (TCC)



TOTAL DE MODULOS


15


13.4 EMENTAS DOS COMPONENTES CURRICULARES/MÓDULO DA ÁREA MATEMATICA
MÓDULO 1. Álgebra Elementar e Educação Intercultural

Aspectos históricos, sociológicos, culturais, tecnológicos e didático-pedagógicos dos tópicos. Sistemas de Numeração, Números (Naturais e Racionais) e Operações. Números (Inteiros, Irracionais e Reais). Equações e Inequações. Funções. Variações de Grandeza e Trigonometria. Números Complexos.


MÓDULO 2. Análise de Dados e Tratamento da Informação

Matemática financeira. Contagem. Probabilidade. Estatística aplicada.


MÓDULO 3. Pré-Cálculo e Educação Intercultural

Aspectos históricos, sociológicos, culturais, tecnológicos e didático-pedagógicos dos tópicos: Funções. Noção de Limites e continuidade. Séries e seqüências.


MÓDULO 4. Cálculo Diferencial e Integral e Educação Intercultural

Aspectos históricos, sociológicos, culturais, tecnológicos e didático-pedagógicos dos tópicos: Noção de Derivadas e Integrais. Aplicação de Integral e Derivada.


MÓDULO 5. Álgebra Linear e Educação Intercultural

Aspectos históricos, sociológicos, culturais, tecnológicos e didático-pedagógicos dos tópicos: Matrizes, determinantes e Sistemas de equações lineares. Espaço vetorial. Aplicações.


MÓDULO 6. Geometria e Medidas e Educação Intercultural

Aspectos históricos, sociológicos, culturais, tecnológicos e didático-pedagógicos dos tópicos: Noções de geometria Euclidiana e não Euclidiana. Geometria espacial de posição e métrica. Geometria analítica.


MÓDULO 7. Tecnologia e Educação Intercultural

Da sociedade agrícola à era informal. A economia digital. O computador e suas modalidades como recurso didático. Sistemas Operacionais e aplicativos.. O uso educacional da Internet. Elaboração e aplicação dos recursos audiovisuais em situações de ensino-aprendizagem. Comunicação via Internet: texto e vídeo.


MÓDULO 8. Epistemologia da Matemática e da Educação Matemática

A Natureza da Matemática. A Natureza da Educação Matemática. História da Matemática. Matemática, Cultura e Poder. Matemática, Bilingüismo e Educação. Matemática e Imperialismo Cultural


MÓDULO 9. Pesquisa em Educação Matemática e Trabalho Conclusão de Curso (TCC)

Lógicas e métodos de produção do conhecimento tradicional, do conhecimento científico ocidental em Educação Matemática e Educação Intercultural. Metodologias de pesquisa. Normas da ABNT.


13.5 OBJETIVOS ESPECÍFICOS DA ÁREA MATEMATICA


  1. Entender o mundo local e também o mais amplo;

  2. Compreender as diferentes maneiras de contar, medir, pôr em ordem e classificar o mundo/pré-requisito para o desenvolvimento de atividades administrativas, de proteção ambiental e territorial e atenção à saúde.


13.6 TEMAS E BIBLIOGRAFIA DA ÁREA MATEMATICA
MÓDULO 1. Álgebra Elementar e Educação Intercultural

TEMAS:

  1. Álgebra Elementar e Educação Intercultural I – introdução;

  2. Álgebra Elementar e Educação Intercultural II– aprofundar;

  3. Álgebra Elementar e Educação Intercultural III– aprofundar;




  1. BITTAR, M. e FREITAS, J. L. M. Fundamentos e Metodologia de Matemática para os ciclos iniciais do ensino fundamental. Campo Grande: Editora UFGD, 2005.

  2. Brasília: MEC/ SEF. Parâmetros Curriculares Nacionais (5ª a 8ª série): matemática/Secretaria de Educação. Educação Fundamental. Brasília: MEC/ SEF,1997.

  3. BRASÍLIA: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica. Ciências da natureza, matemática e suas tecnologias / Secretaria de Educação Básica. –, 2006. 135 p. (Orientações curriculares para o ensino médio; volume 2).

  4. BRASÍLIA: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica. Parâmetros Curriculares Nacionais (Ensino Médio): Parte III - Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias. Secretaria de Educação Básica. 1998.

  5. FERREIRA, M. K. Madikauku.Os dez dedos da mão. Matemática e Povos Indígenas no Brasil. Brasília, MEC/SEF, 1998.

  6. FIENP. Telecurso 2000 - Ensino Médio - Matemática 2. Editora: POSIGRAF

  7. FIENP. Telecurso 2000 - Ensino Medio – Matemática 3. Editora: POSIGRAF

  8. IFRHA, Georges Os números - a historia de uma grande invenção. Editora Globo.

  9. IFRHA, Georges. Historia universal dos algarismos - a inteligência dos homens contada pelos números.TOMO1 Ed. Nova Fronteira.

  10. TOLEDO, Mauro; TOLEDO Marília. Didática da Matemática: como dois e dois. A construção da matemática .São Paulo: FTD, 1995.



MÓDULO 2. Análise de Dados e Tratamento da Informação

TEMAS:

  1. Matemática financeira.

  2. Contagem;

  3. Probabilidade;

  4. Estatística aplicada;




  1. MORGADO A. C., E., SHEILA C. Z. Progressões e Matemática Financeira. Rio de Janeiro. SBM, 2001.

  2. TROTTA, fernado, IMENES, L.M.P e JAKUBOVIC, J. Matemática Aplicada: vl.2., 2º Grau. São Paulo: Ed. Moderna, 1979.

  3. DOWNING, D. E CLARK, J. Estatística Aplicada. São Paulo: Saraiva, 2002.

  4. MOORE, David S. A Estatística Básica e sua Prática. São Paulo: LTC, 2005.

  5. MORGADO, A. C. de O. Análise combinatória e probabilidade. Rio de Janeiro: SBM, 2004.

MÓDULO 3. Pré-Cálculo e Educação Intercultural

TEMAS:

  1. Funções;

  2. Noção de Limites e continuidade;

  3. Séries e seqüências.




  1. TROTTA, F., IMENES, L.M.P e JAKUBOVIC, J. Matemática Aplicada: 1., 2º Grau. São Paulo: Ed. Moderna, 1979.

  2. TROTTA, F. , IMENES, L.M.P e JAKUBOVIC, J. Matemática Aplicada: 3., 2º Grau. São Paulo: Ed. Moderna, 1979.

  3. BIEMBEGUT, M. S.; HEIN, N. Modelagem Matemática no Ensino. São Paulo: Contexto, 2000, 127 p.

  4. CARAÇA, B. J. Conceitos Fundamentais da Matemática. 1. ed. Lisboa: Editora Gradiva, 1988. (Coleção Ciência Aberta).

  5. GLEASON, A. M; HUGHES-HALLET, D.; FLATH, D. E.; LOCK, P. F. Cálculo e Aplicações. 1 ed. São Paulo: Edgar Blucher, 1999.


MÓDULO 4. Cálculo Diferencial e Integral e Educação Intercultural

TEMAS:


  1. Aplicação de Integral

  2. Aplicação de Derivada.




  1. RICIERI, Agnaldo Prandini. Cálculo sem limite. São Paulo: Prandiano, 1992.

  2. RICIERI, Agnaldo Prandini. Assim nasceu o cálculo. São Paulo: Prandiano, 1992.

  3. GLEASON, A. M; HUGHES-HALLET, D.; FLATH, D. E.; LOCK, P. F. Cálculo e Aplicações. 1 ed. São Paulo: Edgar Blucher, 1999.

  4. CARAÇA, B. J. Conceitos Fundamentais da Matemática. 1. ed. Lisboa: Editora Gradiva, 1988. (Coleção Ciência Aberta).

  5. BRASÍLIA: MEC/ SEF. Orientações Educacionais Complementares aos Parâmetros Curriculares Nacionais: Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias, 2002.


MÓDULO 5. Álgebra Linear e Educação Intercultural

TEMAS:

  1. Matrizes, determinantes e Sistemas de equações lineares.

  2. Espaço vetorial. Aplicações.




  1. TROTTA, fernado, IMENES, L.M.P e JAKUBOVIC, J. Matemática Aplicada: 2., 2º Grau. São Paulo: Ed. Moderna, 1979.

  2. BOLDRINI, José Luiz et al. Álgebra Linear. Herper & Row do Brasil.São Paulo.l978.

  3. BRASÍLIA: MEC/ SEF. Orientações Educacionais Complementares aos Parâmetros Curriculares Nacionais: Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias, 2002.

  4. BRASÍLIA: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica. Ciências da natureza, matemática e suas tecnologias / Secretaria de Educação Básica. –, 2006. 135 p. (Orientações curriculares para o ensino médio ; volume 2).


MÓDULO 6. Geometria e Medidas e Educação Intercultural

TEMAS:


  1. Noções de geometria Euclidiana e não Euclidiana.

  2. Geometria espacial de posição e métrica.

  3. Geometria analítica.




  1. TROTTA, Fernando, IMENES, L.M.P e JAKUBOVIC, J. Matemática Aplicada: 3., 2º Grau. São Paulo: Ed. Moderna, 1979.

  2. FONSECA, Maria Da Conceição F. R. O Ensino De Geometria Na Escola Fundamental - Três Questões Para A Formação Do Professor Dos Ciclos Iniciais, Ed. Autentica

  3. KNIJNIK, Gelsa. Educação Matemática, Culturas e Conhecimento
    na Luta Pela Terra. Porto Alegre: EDUNISC, 2006.

  4. GARCIA, A. C. A; CASTILHO, J. C. A. Matemática Sem Mistérios – Geometria Plana e Espacial. 1 ed. São Paulo: Editora Ciência Moderna, 2006.

  5. PAIS, Luiz Carlos. Ensinar e Aprender Matemática. Belo Horizonte: AUTENTICA, 2006.
    ROSA NETO, ERNESTO. Geometria na Amazônia . São Paulo: ATICA, 2002.


MÓDULO 7. Tecnologia e Educação Intercultural

TEMAS:

  1. Sistemas Operacionais e aplicativos.

  2. O uso educacional da Internet




  1. BRITO, Glaucia da Silva, PURIFICAÇAO, Ivonélia da. Educação e Novas Tecnologias. IBPEX, 2008.

  2. KAWAMURA, L. Novas tecnologias e educação. São Paulo: ATICA, 1990.

  3. Silva, Mozart Linhares / Kopp, Rudinei / Leivas, Marta. Novas Tecnologias - Educaçao e Sociedade. Belo Horizonte: AUTENTICA 2001.

  4. PAIS, L. C. Novas Tecnologias - Educação e Sociedade. Belo Horizonte:
    AUTENTICA, 2001

  5. BORBA, M. de C., PENTEADO, M.. A Informática em Ação. Belo Horizonte: Autentica, 2000.


MÓDULO 8. Epistemologia da Matemática e da Educação Matemática

TEMAS:

  1. Natureza da Matemática;

  2. Natureza da Educação Matemática;

  3. Natureza da História da Matemática;

  4. A Matemática e a Cultura;




  1. MIGUEL, Antonio E MIORIM, Maria Ângela
    História na educação matemática - propostas e desafios. Ed. AUTENTICA

  2. RIBEIRO, José Pedro Machado; DOMITE, Maria do Carmo; FERREIRA, Rogério (Org). Etno Matemática e Papel, Valor e Significado Editora: ZOUK, 2006.

  3. COSTA, Marisa Vorraber ( org.). O currículo nos limiares do contemporâneo. Rio de Janeiro: DP&A, 2001.

  4. KNIJNIK Gelsa; VANDERER, Fernanda & OLIVEIRA, Cláudio José de, (Org) Etnomatemática: currículo e formação de professores. EDUSC, 2004


MÓDULO 9. Pesquisa em Educação Matemática e Trabalho Conclusão de Curso (TCC)

TEMAS:

  1. Educação Matemática e Educação Intercultural.

  2. Metodologias de pesquisa




  1. BORBA, M. C. / ARAUJO, J. L. Pesquisa Qualitativa em Educação Matemática. Belo Horizonte: Autentica, 2004.

  2. BICUDO, M. Pesquisa em Educação Matemática: Concepções & Perspectivas. Editora Unesp, 1999.

  3. MIGUEL, Antonio E MIORIM, Maria Ângela. História na educação matemática - propostas e desafios. Ed. AUTENTICA

  4. Maria José Corancini (Org.). Interpretação, Autoria e Legitimação do Livro Didático. Pontes Editora.

  5. BICUDO, Maria Ap.Viggiani; BORBA, Marcelo de Carvalho. Educação Matemática - Pesquisa Em Movimento. São Paulo: CORTEZ, 2004.



14.7 BIBLIOGRAFIA MÓDULOS COMUNS ÀS 4 HABILITAÇÕES
14.7.1 Gestão Territorial e Escolar no Contexto Guarani e Kaiowá (Módulo Comum)


  1. MOREIRA, Antonio Flávio Barbosa e CANDAU, Vera Maria. Indagações sobre Currículo: currículo, conhecimento e cultura. Org. Jeanete Beauchamp, Sandre Denise Pagel, Ariécelia Ribeiro do nascimento. Brasília: Ministério da Educação, Secretaria da Educação Básica, 2007.

  2. BRAND, Antônio Jacó. O impacto da perda da terra sobre a tradição Kaiowá/Guarani: os dificeis caminhos da palavra. Porto Alegre: 190 f, 1997. (Tese de doutoramento)

  3. GOMES, Mércio Pereira. O índio na história: o povo tenetehara em busca da liberdade. Petrópolis, RJ: Vozes, 2002.

  4. NASCIMENTO, Adir Casaro. Escola indígena: palco das diferenças. Campo Grande: UCDB, 2004.

  5. BRASIL, Constituição (1988). Constituição 1988: Texto Constitucional de 5 de outubro de 1988 com as alterações adotadas pelas Emendas Constitucionais nºs 1 1/92 a 26/00 e Emendas Constitucionais de Revisão nºs 1 a 6/94. – Ed. Atual. Em 2000. – Brasília: Senado Federal, Subsecretaria de Edições Técnicas, 2000.

  6. SHADEN, E. Aspectos fundamentais da cultura Guarani. São Paulo: EDUSP, 1974.



14.7.2 Introdução aos Estudos dos Estados Nacionais e os Povos Indígenas (Módulo Comum/Pólo)


  1. CORRÊA FILHO, Virgilio. À sombra dos hervais mato-grossenses. São Paulo: Ed. São Paulo LTDA, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, 1925. 105 p.

  2. HALL, Stuart. A identidade cultural na pós-modernidade.Rio de Janeiro, DP&A, 1997.

  3. VASCONCELOS, Cláudio A. de. A questão indígena na província de Mato Grosso: conflito, trama e continuidade. Campo Grande: Ed da UFMS, 1999. 159 p.


14.7.3 Ciências Tecnológicas, Sociedade, Ambiente e Cultura (Módulo Comum/Pólo)


  1. DEMO, P. Pesquisa: princípio científico e educativo. São Paulo: Cortez, 1996.

  2. DUPAS, G. Ética e poder na sociedade da informação. São Paulo: Ed. UNESP, 2001.

  3. BOURDIEU, P. O campo científico. In: Ortiz, R. (Org.); FERNANDES, F. (Coord.). Pierre Bourdieu: Sociologia. São Paulo: Atica, 1983, p. 122-155

  4. KUHN, T. A estrutura das Revoluções Científicas. 5. Ed. São Paulo: Perspectiva, 1998.

  5. PEREZ, D. G. et al. Para uma imagem não deformada do trabalho científico. Ciência & Educação, Bauru, v. 7, n. 2, p. 125-153, 2001.

  6. ALMEIDA, A. Filosofia e ciências da natureza: alguns elementos históricos. Criticanarede.com, set. 2004. Disponível em: http://criticanarede.com/filos_fileciencia.html.

  7. FONSECA, M. J. Sobre o conceito de ciência. Millenium, n.6, mar., 1997. Disponível em: http://www.ipv.pt/millenium/arq6_1.htm.

  8. BERNAL, J. D. Historia social de la ciencia 1: La ciencia em la historia. Barcelona: Ediciones Península, 1989.


14.7.4. Trabalho de Conclusão de Curso TCC (Módulo Comum/Pólo)


  1. ANDRADE, Luiza. Planejar é preciso. A importância dos registros. In Revista Nova Escola. São Paulo: Ed. Abril, jan/fev.2009, p. 74.

  2. BATI5TA, Enoque. Fazendo pesquisa com meu povo. REVISTA Tellus, ano 6, n. 10, 2006.

  3. CARDOSO DE OLIVEIRA, Roberto. 1998. O Trabalho do Antropólogo. Brasília/ São Paulo: Paralelo Quinze/Editora da Unesp. 220

  4. GONSALVES, Elisa Pereira. Da Ciência e de Outros Saberes: Trilhas da Investigação Científica na Pós-Moernidade. SP: Alínea, 2004

  5. SANTOS, A.R. dos. Metodologia Científica: a construção do Conhecimento. RJ: DP&A, 2002.


14.7.5. Novas Tecnologias e Educação Intercultural (Módulo Comum/Pólo)


  1. BRITO, Glaucia da Silva, PURIFICAÇAO, Ivonélia da. Educação e Novas Tecnologias. IBPEX, 2008.

  2. KAWAMURA, L. Novas tecnologias e educação. São Paulo: ATICA, 1990.

  3. Silva, Mozart Linhares / Kopp, Rudinei / Leivas, Marta. Novas Tecnologias - Educação e Sociedade. Belo Horizonte: AUTENTICA 2001.

  4. PAIS, L. C. Novas Tecnologias - Educação e Sociedade. Belo Horizonte, AUTENTICA, 2001

  5. BORBA, M. de C., PENTEADO, M.. A Informática em Ação. Belo Horizonte: Autentica, 2000.


14.7.6. Mitologia Guarani e Kaiowá (Módulo Comum/Pólo)


  1. PERRONE-MOISÉS, B. Mitos ameríndios e o princípio da diferença. In: Adauto Novaes. (Org.). Oito Visões da América Latina. São Paulo: SENAC, 2006, p. 241-257.

  2. LATOUR, Bruno. Reflexões sobre o Culto Moderno aos Fe(i)tiches. Santa Catarina: EDUSC, 2002.

  3. VIVEIROS DE CASTRO, Eduardo. A inconstância da alma selvagem. (e outros ensaios de antropologia). SP: Cosac&Naify, 2002.

  4. PERRONE-MOISÉS, B. Discurso do chefe Tupinambá Momboré-Uaçu. In: Instituto Socioambiental. (Org.). Povos Indígenas no Brasil 1996/2000. São Paulo, 2001.

  5. CHAMORRO. Graciela. Terra Madura. Yvy Araguyje: Fundamento da palavra Guarani. A Mitologia Heróica das Tribos Indígenas do Brasil. Rio de Janeiro: 2010.



15. BIBLIOGRAFIA. ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO (bibliografias específicas de cada habilitação serão indicadas no decorrer do curso)


  1. ANDRADE, Luiza. Planejar é preciso. A importância dos registros. In Revista Nova Escola. São Paulo: Ed. Abril, jan/fev.2009, p. 74.

  2. ANTUNES, Celso. Como desenvolver as competências em sala de aula. 5ª edição. Petrópolis, RJ: Vozes, 2001.

  3. MAHER, T. M. A criança Indígena: do Falar Materno ao Falar ‘Emprestado’. In A.L.G. de Faria e S.A. Mello (orgs.). Campinas: Editora Autores Associados, 2005.

  4. MELIA, Bartomeu. Educação indígena e alfabetização. São Paulo: Loyola, 1979.

  5. PIMENTA, Selma Garrido. Estágio e Docência. Cortez Editora e Livraria Ltda., 2004

  6. PIMENTA, Selma Garrido. O Estágio na Formação de professores - unidade teoria e prática. Cortez Editora e Livraria Ltda., 2005



Compartilhe com seus amigos:
1   ...   13   14   15   16   17   18   19   20   ...   24


©aneste.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
universidade federal
terapia intensiva
Excelentíssimo senhor
minas gerais
união acórdãos
Universidade estadual
prefeitura municipal
pregão presencial
reunião ordinária
educaçÃo universidade
público federal
outras providências
ensino superior
ensino fundamental
federal rural
Palavras chave
Colégio pedro
ministério público
senhor doutor
Dispõe sobre
Serviço público
Ministério público
língua portuguesa
Relatório técnico
conselho nacional
técnico científico
Concurso público
educaçÃo física
pregão eletrônico
consentimento informado
recursos humanos
ensino médio
concurso público
Curriculum vitae
Atividade física
sujeito passivo
ciências biológicas
científico período
Sociedade brasileira
desenvolvimento rural
catarina centro
física adaptada
Conselho nacional
espírito santo
direitos humanos
Memorial descritivo
conselho municipal
campina grande