U niversidade federal de santa catarina



Baixar 21.32 Kb.
Encontro21.01.2018
Tamanho21.32 Kb.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA

CENTRO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS

DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA



PLANO DE ENSINO

I – IDENTIFICAÇÃO



Curso: Psicologia

Semestre: 2016/2

Turma:

Disciplina: PSI 7406 – Psicologia Histórico-Cultural

Horas/aula semanais: 04 horas/aula

Horário:

Professora: Marcella Oliveira Araujo

E-mail: marce.o.araujo@gmail.com




Horas de PCC: 18 horas-aula

Sala: CFH 310





II – EMENTA

Fundamentos filosóficos e históricos da Psicologia Histórico-Cultural. A constituição do sujeito. Aspectos conceituais e metodológicos. Contribuições para a pesquisa e intervenção na psicologia.


III – TEMAS DE ESTUDO

Materialismo histórico-dialético. A relação natureza e cultura na teoria histórico-cultural. Lei genética geral do desenvolvimento cultural. Mediação semiótica do psiquismo humano. Signo, significado, sentido e significação. Psique, consciência, inconsciente. Funções Psicológicas Superiores e o conceito de sistemas psicológicos. A relação desenvolvimento e aprendizagem. Análise microgenética. Imaginação, processos criativos e constituição do sujeito. Contemporaneidade e subjetivação.


IV – OBJETIVOS

1. Conhecer a estrutura da obra publicada de Vigotski, do ponto de vista conceitual e cronológico;

2. Conhecer os principais pressupostos e conceitos da Psicologia Histórico-Cultural;

3. Compreender o psiquismo humano como um processo semioticamente mediado;

4. Avaliar implicações e aplicações e da Psicologia Histórico-Cultural na prática e na pesquisa em Psicologia.


V - REFERÊNCIAS BÁSICAS
LEONTIEV, Alexei Nikolaevich. Artigo de introdução sobre o trabalho criativo de L. S. Vigotski. Em Lev Semenovitch Vigotski. Teoria e método em Psicologia. São Paulo: Martins Fontes, 2004, p. 425-470.

LEONTIEV, Alexis Nikolaevich. O homem e a Cultura. Em: O desenvolvimento do psiquismo. São Paulo: Centauro, 2004, 2 ed., p. 279-302.

TOASSA, G. Capítulo 6. Em Emoções e vivências em Vigotski: investigação para uma perspectiva histórico-cultural. Tese (Doutorado – Programa de Pós-Graduação em Psicologia. São Paulo: IP-USP, 2009.

VIGOTSKI, Lev S. O significado Histórico da Crise da Psicologia. Uma investigação metodológica. Teoria e método em Psicologia. São Paulo: Martins Fontes, 2004.



VIGOTSKI, Lev S. Manuscrito de 1929. Em Educação e Sociedade. São Paulo: CEDES, n. 71, p. 21-44, jul/2000.

(disponível em http://www.scielo.br/pdf/es/v21n71/a02v2171.pdf)

VIGOTSKI, Lev S. Pensamento e Palavra. Em Lev Semenovitch Vigotski. A construção do Pensamento e da Linguagem. São Paulo: Martins Fontes, 2004, p. 395-486.

VIGOTSKI, Lev S. El problema de la edad. Em Obras escogidas (Vol, pp. 251-273). Madrid: Visor Distribuiciones (Texto original de 1932-1934).

ARAUJO, M. O. O cotidiano de crianças de 0 a 3 anos de uma comunidade rural assentada: significações e práticas familiares. Mestrado, Ribeirão Preto, FFCLRP-USP, 2013.


VI – REFERÊNCIAS COMPLEMENTARES
ALBERTO, M. F. SANTOS, D. P. (2011) Trabalho infantil e desenvolvimento: reflexões a luz de Vigotski. Psicol. Estud. [online]., vol.16, n.2, pp. 209-218. Issn 1413-7372.

CLOT, Y. (2006) Vygotski: para além da Psicologia Cognitiva. Pró-posições. v. 17, n. 2 (50). p. 19-30.

FREITAS, M. T. A. (2004). O pensamento de Vygotsky nas reuniões da ANPEd (1998-2003). Educação e Pesquisa, 1 (1), 109-138.

LIMA, D. M. A. BOMFIM. Z. A. C. e PASCUAL, J.G. (2009) Emoção nas veredas da psicologia social: Reminiscências na filosofia e psicologia histórico-cultural. Psicologia Argumento27(58). p. 231-240

MALAGODI, Edgard (1989). O que é materialismo dialético. 2a ed. São Paulo: Brasiliense, 1989.

PINO, A.. (2005) As marcas do humano: as origens da constituição cultural da criança na perspectiva de Lev S. Vigotski. São Paulo: Cortez.

ROMANELLI, N. (2011) A questão metodológica na produção Vigotskiana e a dialética marxista. Psicologia em Estudo. vol.16, n.2, p. 199-208

SIRGADO, A. P (1993). As categorias de público e privado na análise do processo de internalização. Educação e Sociedade, 42, 315-327.

SIRGADO, A. P. (1991). O conceito de mediação semiótica em Vigotski e seu papel na explicação do psiquismo humano. Cadernos CEDES, 24, 32-43.

SIRGADO, A. P. (2000). O social e o cultural na obra de Vigotski. Educ. Soc. [online] vol.21, n.71, pp. 45-78

VERESOV, N. (2005) Marxist and non-Marxist aspects of the cultural-historical psychology of L. S. Vygotsky. Critical Social studies, 7, № 1, 31-50

VIGOTSKI, L.S. (2004). Teoria e Método em psicologia. São Paulo: Martins Fontes.

VIGOTSKI, L.S. (1998). Psicologia da arte. São Paulo: Martins Fontes.

VIGOTSKI, L.S. (1992). Las emociones y su desarollo en la edad infantil. Em: Obras Escogidas II (pp. 403-422). Madrid: Visor Distribuiciones

VIGOTSKI, L.S. (2004). Pensamiento y palabra. Em: Obras Escogidas II (pp. 287-348). Madrid: Visor Distribuiciones.

VIGOTSKI, L.S. (1996). Obras Escogidas IV. Madrid: Visor.

VIGOTSKI. L. S. (1995). Génesis de las funciones psíquicas superiores. In L.S.Vygotski (Ed.), ) Obras Escogidas III Problemas del desarrollo de la psique (pp. 139-168). Madrid: Visor.

ZANELLA, A. V. (2004). Atividade, significação e constituição do sujeito: considerações à luz da psicologia histórico-cultural. Psicologia em estudo, 1, 127-135.






Compartilhe com seus amigos:


©aneste.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
universidade federal
terapia intensiva
Excelentíssimo senhor
minas gerais
Universidade estadual
união acórdãos
prefeitura municipal
pregão presencial
reunião ordinária
educaçÃo universidade
público federal
outras providências
ensino superior
ensino fundamental
federal rural
Palavras chave
Colégio pedro
ministério público
senhor doutor
Dispõe sobre
Serviço público
Ministério público
língua portuguesa
Relatório técnico
conselho nacional
técnico científico
Concurso público
educaçÃo física
pregão eletrônico
consentimento informado
recursos humanos
ensino médio
concurso público
Curriculum vitae
Atividade física
sujeito passivo
ciências biológicas
científico período
Sociedade brasileira
desenvolvimento rural
catarina centro
física adaptada
Conselho nacional
espírito santo
direitos humanos
Memorial descritivo
conselho municipal
campina grande