Título: Energy Files nyc duração: 4: 05 minutos Energy Files nyc transcript



Baixar 11.37 Kb.
Encontro04.11.2017
Tamanho11.37 Kb.

Título: Energy Files NYC


Duração: 4:05 minutos

Energy Files NYC Transcript

[Título]


Texto na tela: Wired Promotions apresenta The Energy Files
[Vídeo]

Cena de um queimador de fogão.

Paisagem urbana da Cidade de Nova York.
[Jonathan Cedar]

Em uma cidade como Nova York há energia por todo o lado. Há gás saindo pelas paredes das cozinhas, eletricidade para acender luzes e carregar telefones. Não é nem um pouco difícil achar. Mas para metade do planeta, encontrar energia é incrivelmente difícil.

[Vídeo]

Várias cenas de Nova York.



[Radha Muthiah]
A magnitude do número de pessoas que dependem de combustível sólido para cozinhar vem crescendo; na verdade, existem hoje 3 milhões de pessoas que dependem de matéria sólida para cozinhar. Hoje mais de 4 milhões de pessoas morrem por ano por causa da exposição à fumaça dos fogões improvisados.

[Vídeo]


Mulheres cozinhando em fogueiras.

Close-up de fogueira.

[Texto na tela]

Voz de Radha Muthiah, Diretora-executiva – Global Alliance for Clean Cookstoves.


[Radha Muthiah]
A ideia é poder, primeiro: conscientizar as pessoas a respeito desse problema; segundo: resolvendo o problema poderemos ver resultados positivos na saúde, meio ambiente, para as mulheres e benefícios diretos também nos meios de subsistência.

[Texto na tela]

Jonathan Cedar, Diretor-executivo – BioLite
[Vídeo]

Jonathan Cedar sendo entrevistado.

Close-ups em fogões.

Cenas urbanas de Nova York.


[Jonathan Cedar]

Biolite é uma empresa de energia de escala pessoal. Concentramos nosso trabalho primeiramente nas 3 milhões de pessoas no mundo que vivem sem energia, sem acesso a combustíveis limpos nem fogões para cozinhar, sem eletricidade para carregar celulares e iluminar as casas.

[Radha Muthiah]
A Global Alliance for Cookstoves foi fundada em 2010, tivemos 19 parceiros fundadores e estamos muito felizes de também contarmos com a Shell Foundation, uma ONG independente.

[Jonathan Cedar]

Percebemos que metade do planeta ainda cozinhava em fogueiras improvisadas, então a Biolite usa tecnologias avançadas que empurram o ar para dentro do fogo, de forma que as partículas de fumaça sejam queimadas de novo dentro da câmara de combustão. E para alimentar essas ventoinhas, pegamos "emprestada" uma pequena fração da energia térmica do fogo e convertemos em eletricidade usando a tecnologia termoelétrica, que são dispositivos semicondutores em estado sólido. Sempre comparo isso aos painéis solares, só que para calor em vez de luz. Essa energia acumulada pode acionar as ventoinhas, que reduzem as emissões.

[Radha Muthiah]


Vimos que precisávamos criar o Spark Fund para podermos levantar capital para ampliar o escopo dessas empresas e também usar parte desse fundo para fortalecer iniciativas individuais.

Não fiquei surpresa quando a Shell disse: "Isso é algo em que realmente acreditamos, serve para apoiar as empresas e a capacidade de ampliar essas empresas e de oferecer escolha aos consumidores".

O que fazemos é tentar facilitar a escolha para o usuário final, apoiando diferentes empresas e organizações para que possam produzir fogões e combustíveis em escala suficiente para atender às necessidades da população.

[Jonathan Cedar]

Por meio da Global Alliance e do apoio que ela tem da Shell, a Biolite ganhou o prêmio Spark Fund, e foi através de incentivos como o Spark Fund que pudemos refinar o modelo que usamos para levar produtos aos nossos clientes finais.

[Jonathan Cedar]



Achamos que há uma tremenda sinergia entre essas várias formas de energia, dê só uma olhada nos nossos fogareiros, certo? Eles podem converter a energia química potencial da madeira em calor e eletricidade. E essa energia toda está lá, só precisamos das ferramentas certas para torná-la útil nos formatos que precisamos. E isso vale para todo o espectro de energia, seja para cozinhar, carregar aparelhos, iluminar, refrigerar, limpar a água – isso tudo é habilitado por energia. Sempre que começamos a trabalhar com uma nova comunidade, queremos ter a certeza de que estaremos presentes a longo prazo, não basta só entregar o produto. É um processo muito gratificante transformar essas ideias e engenharia em produtos para pessoas que nunca tiveram acesso a isso.




©aneste.org 2017
enviar mensagem

    Página principal