Síndrome da queda de postura



Baixar 14.9 Kb.
Encontro22.02.2018
Tamanho14.9 Kb.

SÍNDROME DA QUEDA DE POSTURA

Daniel de Almeida Balthazar


Universidade Castelo Branco
Introdução

-Também chamada de EDS (Egg Drop Sindrome);

-Sua introdução na avicultura pode ter sido através de uma vacina contaminada;

-Inicialmente teve origem no pato;

-Em 1975 foram observados sinais clínicos em matrizes na Europa;

-Em 1976, na Irlanda do Norte, obteve-se os primeiros provas sorológicas;

-na América do Sul, a doença se espalhou de forma vertical através de uma linhagem de avós contaminada;

-Em 1976, foi detectado sorologicamente a presença de um lote de galinhas infectadas no Rio Grande do Sul;

-Este lote havia recebido vacina contra doença de Marek, produzida em fibroblastos de embrião de pato;

-Novo surto em 1993.


Etiologia:

-Adenovírus (EDS-76)

-Possui 76-80 nm de diâmetro

-Capacidade de hemaglutinar hemácias de galinhas, patos, gansos, perus, pombos e marrecos

-Aves silvestres, principalmente as aquáticas, podem ser reservatórios naturais.

-Aves aquáticas são reservatórios naturais;

-Severa diarréia e queda de postura em patos domésticos;

-Sinais clínicos em codornas;

-Perus e faisões infectados experimentalmente;

-Galinha D´angola infecção natural sem sinais clínicos.


Transmissão:

-Principal forma é a vertical

-Forma horizontal é lenta

-Transmissão via excrementos do oviduto e fezes, de modo direto ou indireto


Patogenia:

-Replicação ocorre 3-4dias após infecção em tecidos linfóides, pâncreas e infundíbulo;

-De 7-20 dias após infecção aparece uma camada de massa viral no oviduto, gerando uma reação inflamatória;

-Não há replicação no intestino


Sinais clínicos:

-Queda de produção de 10-30% durante 6-8 semanas

-Ausência do pico de postura em matrizes pesadas

-Queda de postura de 19-43% em poedeiras comerciais

-Diarréia severa durante a fase de crescimento (15-25 semanas)

-Apatia


-Anorexia

-Ovos deformados, sem casca, casca fina ou despigmentados

-Ausência de mortalidade.

Necropsia e histopatologia:

-Não são notadas alterações macroscopicamente visíveis em infecções naturais;

-Atrofia de oviduto, ovário inativo e edema de útero (difícil observação)

-Microscopicamente podem ser observados corpúsculos de inclusão, sete dias após a infecção, nó núcleo das células epiteliais da glândula formadora da casca.

-Reação inflamatória envolvendo macrófagos, linfócitos e heterófilos na lâmina própria do epitélio.


Diagnóstico:

-Isolamento viral em ovos de patos e gansos ou culturas celulares.

-Sorologia

Mais indicado é o teste da inibição da hemaglutinação.

•Diagnóstico diferencial:

-Bronquite infecciosa (ELISA)


-Doença de New Castle (hemaglutinação)
Tratamento

-Não há tratamento


Profilaxia

-Eliminação de reprodutoras primárias

-Vacinação

-Desinfecção com formol e soluções de iodo



-Hipoclorito de sódio (3ppm) na água de bebida




©aneste.org 2017
enviar mensagem

    Página principal