Semiologia e semiotécnica I



Baixar 26.59 Kb.
Encontro02.01.2018
Tamanho26.59 Kb.




Semiologia e semiotécnica I

Unidade IV – INSPEÇÃO GERAL

Profª Théia Maria Forny Wanderley Castellões

EXAME FISICO – objetivos:

  • Conhecer as principais alterações no exame físico do paciente (normal e patológico);

  • Identificar situações de risco à integridade do paciente;


SUGESTÕES:

    • Falar apenas o necessário;

    • Evitar interrompê-lo;

    • Dar respostas claras e adequadas;

    • Evitar o uso de apelidos ou títulos;

    • Evitar termos técnicos;

    • Evitar perguntas repetitivas;

    • Nosso comportamento influencia o paciente.



Diagnóstico: anamnese, exame físico e exames complementares.

  • Hipótese diagnostica:

    • Anamnese – 56%

    • Anamnese + exame físico – 73%

  • Barreiras: defesas e valores pessoais.


Anamnese Completa


  • Data;




  • Dados de identificação;







  • Fonte da anamnese ;




  • Queixas principais;




  • História da doença atual (HDA):

    • Localização;

    • Qualidade e intensidade;

    • Tempo (inicio, duração e freqüência);

    • Circunstância em que ocorre;

    • Fatores que agravam e aliviam;

    • Manifestações associadas.



  • Historia patológica pregressa (HPP):

    • Historia geral de saúde – percepção do paciente

    • Doenças da vida adulta

    • Doenças psiquiátrica

    • Cirurgias

    • Hospitalizações

    • Alergias

    • Tabagismo, etilismo

    • Medicações, tipo dieta, padrões de sono




  • Historia familiar (DM, HAS, asma, CA, cardiopatia)



Resumo de seqüência sugerida, posicionamento para sua realização, regiões do corpo
SENTADO

  1. Inspeção geral

  2. Sinais vitais

  3. Pele: dorso superior, anterior e posterior

  4. Cabeça e pescoço: inclusive tireóide e gânglios linfáticos

  5. Sistema nervoso: função mental, força e tono motor da extremidade superior, função cerebelar

  6. Tórax e pulmões

DE PÉ


  1. Musculoesquelético: marcha

DECÚBITO DORSAL, COM CABECEIRA DO LEITO ELEVADA A 30° GRAUS



  1. Cardiovascular

DECÙBITO DORSAL



  1. Mamas e axilas

  2. Abdome

  3. Vascular periférico

  4. Sistema nervoso: força e tono motor da extremidade inferior, reflexos, sinal de Babinski

POSIÇÃO DE LITOTOMIA



  1. Mulheres: exame pélvico e retal

DECÚBITO LATERAL ESQUERDO



  1. Homens: exame da próstata e reto

Inspeção geral
O exame começa com a inspeção do aspecto geral do paciente e medidas de peso e altura.
Os sintomas em relação à inspeção que devem ser registrados:

Doença aguda ou crônica, frágil, enfraquecido, robusto ou vigoroso.

    • Estado geral bom

    • Estado geral regular

    • Estado geral ruim


Indica até que ponto a doença atingiu o organismo visto como um todo


  • Sinais de desconforto / expressões faciais

Alegria, surpresa, interesse, aprovação, vergonha, dúvida, desprezo, desinteresse, nojo, raiva, medo, tristeza, ansiedade, dor.


  • Altura, postura e Biotipo

Se possível meça o paciente sem sapatos.

  • Postura

    • Boa postura

    • Postura sofrível

    • Má postura

    • Cifose

    • Lordose

    • Escoliose CURVATURA LATERAL DA COLUNA





la lordose cervicale (1),

la cyphose dorsale (2),

la lordose lombaire (3).


  • Biotipo ou tipo morfológico

    • Brevilíneo

    • Mediolíneo

    • Longilíneo





  • Mudanças de peso:

Ganho de peso ( edema )

Perda ponderal ( várias causas: diminuição do consumo, vômitos, melhora do edema)

Sinais de desnutrição
Atualmente utiliza-se o cálculo do IMC (Índice de Massa Corporal) que incorpora medidas estimadas de gordura corporal mais acuradas que o peso isolado.

Cálculo do IMC


Para fazer o cálculo do IMC basta dividir seu peso em quilogramas pela altura ao quadrado (em metros). O número que será gerado deve ser comparado aos valores da tabela IMC para se saber se você está abaixo, em seu peso ideal ou acima do peso.Por exemplo, se você pesa 60Kg e mede 1,67m, você deve utilizar a seguinte fórmula para calcular o IMC:

IMC = 60 ÷ 1,67²
IMC = 60 ÷ 2,78
IMC = 21,5

Tabela IMC


Cálculo IMC

Situação

Abaixo de 18,5

Você está abaixo do peso ideal

Entre 18,5 e 24,9

Parabéns — você está em seu peso normal!

Entre 25,0 e 29,9

Você está acima de seu peso (sobrepeso)

Entre 30,0 e 34,9

Obesidade grau I

Entre 35,0 e 39,9

Obesidade grau II

40,0 e acima

Obesidade grau III

  • Vestuário, cuidados de higiene pessoal

Apropriado, roupa limpa

  • Odores corporais e Hálito

Hálito cetônico, alcoólico


  • Postura

Atitude e decúbitos preferidos no leito


    • Atitudes voluntárias e involuntárias

    • Ortopnéicas

    • Genupeitoral

    • Cócoras

    • Parkinsoniana

    • DLD, DLE, DD, DV

Equilíbrio e confiança, claudica e demonstra desconforto, transtorno de movimento, medo de cair.



Atividade involuntária.






©aneste.org 2017
enviar mensagem

    Página principal