Revisão dos casos de gastrosquise e onfalocele internados em uti neonatal do hu-furg



Baixar 28.06 Kb.
Encontro18.09.2019
Tamanho28.06 Kb.





REVISÃO DOS CASOS DE GASTROSQUISE E ONFALOCELE INTERNADOS EM UTI NEONATAL DO HU-FURG
LEILANE DROPPA APPEL, Bianca Astrogildo de Freitas, Alessandro Menezes de Oliveira, Marilice Magroski Gomes da Costa, Milene Pinto Costa.

Área do Conhecimento: Saúde.

Palavras Chave: Gastrosquise, Malformação congênita, Onfalocele.

Resumo
Introdução: Gastrosquise e Onfalocele são anomalias congênitas caracterizadas por um defeito na parede abdominal anterior, pelo qual ocorre a extrusão de vísceras abdominais. A prevalência combinada é de 1:2.000 a 3.000. Objetivo: Revisar os casos de Gastrosquise e Onfalocele da UTI Neonatal do Hospital Universitário Dr. Miguel Riet Correa Jr. no período de 2004 a 2012. Metodologia: Foram revisados os prontuários de pacientes com diagnóstico de Gastrosquise e Onfalocele internados na UTI neonatal do HU. Resultados: Dos 24 casos registrados, 20 foram de Gastrosquise e o restante de Onfalocele. A idade materna média foi de 19,35 anos nos casos de Gastrosquise e 26,6 anos nos de Onfalocele. Não teve predominância de sexo. O diagnóstico pré-natal de defeito da parede abdominal foi obtido em 47,8% dos casos. Nove casos de Gastrosquise e um de Onfalocele nasceram com menos de 37 semanas. Todos os casos de Onfalocele e 55% dos de Gastrosquise nasceram de parto cesáreo. Peso médio ao nascer 2.158g na Gastrosquise e 3.070g na Onfalocele. Em 65,2% dos casos o tratamento cirúrgico foi iniciado com menos de 6h de vida. Em 47,8% dos casos todo o conteúdo exteriorizado foi reduzido em uma única abordagem, no restante foi feito tratamento estagiado. Ventilação mecânica pós-operatória foi usada em 86,9% dos pacientes, com uma média de 7,4 dias. A NPT foi usada em média por 13,1 dias. O tempo de hospitalização em UTI neonatal durou em média 17,2 dias. A sobrevida foi de 60,8%, sendo, sendo a sepse a principal causa de óbito. Conclusão: Ao revisar os casos de Gastrosquise e Onfalocele atendidos no HU-FURG, foi possível avaliar o atendimento e a evolução destes pacientes, para que se possa melhorar a sobrevida em casos futuros.

De 22 a 26 de outubro de 2012.

FURG - Campus Carreiros







©aneste.org 2017
enviar mensagem

    Página principal