Área de Odontologia Social



Baixar 416.18 Kb.
Página1/6
Encontro24.10.2017
Tamanho416.18 Kb.
  1   2   3   4   5   6

Área de Odontologia Social
Metodologia Científica

1. Introdução do curso. Objetivos.


2. A pesquisa como produção de conhecimento ou de respostas, através de procedimentos sistematizados.
3. Noções e importância do método.
4. Considerações sobre a elaboração e comunicação do conhecimento científico. Relação da produção do conhecimento científico e o contexto histórico.
5. A pesquisa. Noções gerais. Conceito. Etapas do processo de pesquisa.
6. Tipos de pesquisa.
7. Importância da delimitação e formulação do problema de pesquisa.
8. Importância do planejamento.
9. A definição de hipóteses.
10. Estudo das variáveis.
11. A coleta de dados.
12. Apresentação dos dados.
13. Análise dos dados.
14. Tratamento estatístico dos dados coletados.
15. Interpretação dos dados.
16. A divulgação da pesquisa.
17. Organização, funcionamento e uso da biblioteca.
18. Levantamento bibliográfico - fichamento bibliográfico.
19. O relatório de pesquisa - seções do relatório de pesquisa.
20. A pesquisa teórica X pesquisa empírica.
21. A determinação histórica na produção do conhecimento.
22. A neutralidade científica.
23. O papel da ciência na sociedade atual.
24. A Universidade e a pesquisa
25. A pesquisa na Odontologia




1. ASH, V.A. - Metodologia da investigação científica. Edit. Globo, 1973.
2. CAJAL, S.R.Y. - Regras e Conselhos sobre investigação científica. Ed. Zelio Valverde e Edit. Científica. Rio de Janeiro, s/data.
3. CERVO, A.L. & BERVIAN, P.A. - Metodologia Científica. McGraw-Hill do Brasil Ltda, 1976.
4. GOODE, W.S. & HATT, P.K. - Métodos em pesquisa social. Edit. Nacional, 1972.
5. HUISMAN, D. & VERGEZ, A. - Curso moderno de Filosofia Freitas Bastos, 1974.
6. NOGUEIRA, O. - Pesquisa social. Edit Nacional, 1973.
7. NOVAH MORAES, J. & CORREA NETO, A. - Metodização da pesquisa científica. Graf. e Edit. Edigraf, 1970.
8. PIERSON, D. - Teoria e pesquisa em Sociologia. São Paulo. Edit. Melhoramentos, 12ª. ed, 1970.
9. POURCHET CAMPOS, M.A. - A docência e a investigação científica. São Paulo, 1963.
10. REY, L. - Como redigir trabalhos científicos. Edit. USP., 1972. 124p.
11. RUSSEL, B. - A perspectiva científica. São Paulo, Edit. Nacional, 8ª edição, 1969.
12. LAVAND, L.J. - Linguagem e Ética - Ensaios. Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Ed. Universitária (Educa).
13. SILVA, M.R. - A Evolução do pensamento científico Hacitec, São Paulo, 1972.
14. C. SELLTIZ e outros - Métodos de pesquisa nas relações sociais. Editora Herder, São Paulo, 1972, Trad.
15. CARRARA, S.R. - Regras e conceptos sobre la investigacion científica.
16. REY, L. - Como redigir trabalhos científicos para publicação em revistas médicas e biológicas. Editora da USP, Buicher, 1972, 128p.
17. FERRAZ, T.A. - Pesquisa bibliográfica em ciências biológicas. São Paulo, 1972, 90p.
18. Associação Brasileira de Normas Técnicas, normalização da documentação no Brasil. Ed. atualizada pela Comissão de Estudos de Documentação CB-14. Rio de Janeiro, 1978, v.I.





 

Promoção de saúde

Introdução à Odontologia


Vivência : observação da sociedade
Sistema Único de saúde
Processo saúde – doença – cuidado
Promoção da saúde
Postura Profissional
Humanização e acolhimento
Educação em Saúde
BOTAZZO, C. Da arte dentária. São Paulo, Hucitec, 2000.
BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, CG-Senado Federal, 1988.
KRIGER, L. (org). Promoção de saúde bucal. São Paulo, Artes Médicas, 2003.
NARVAI, P. C. Odontologia e saúde bucal coletiva. São Paulo, Hucitec, 2001.
ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE. Levantamentos básicos em saúde bucal. 4a ed. São Paulo, OMS - Santos, 1999.
PINTO, V. G. A odontologia no município. Porto Alegre, RGO, 1996.
PINTO, V. G. Saúde bucal coletiva. São Paulo, Santos, 2000.
ROUQUAYROL, M. Z. Epidemiologia e Saúde, Rio de Janeiro, Medise, 1994.
Ciências Sociais em Saúde

1) Introdução ao curso. Exposição de seus objetivos.


2) Campo de intersecção entre saúde e sociedade
· Dimensão social dos agravos e dos serviços de saúde
· Políticas de saúde
· Dimensão cultural das doenças
3) Paradigmas.teóricos das Ciências Sociais.
· Antropologia Cultural, Sociologia e Ciência Política
· Envolucionismo, funcionalismo, análise compreensiva e materialismo histórico
· Pesquisas aplicadas dirigidas pelos diferentes modelos teóricos
4) Mudanças sociais e comportamentais como metas em saúde.
· Determinantes sócio-culturais do comportamento
· Determinante sócio-econômicos dos agravos à saúde
· Determinantes sociais da programação em saúde
· A crítica social aos modelos dominantes de intervenção em saúde
5) Odontologia e sociedade.
· Dimensão social dos agravos e dos serviços em saúde bucal
· Aspectos históricos da profissionalização da Odontologia no Brasil
· Contexto social da Odontologia: campo de aplicação para pesquisas
1. Emile Durkheim - As Regras do Método Sociológico, da Divisão do Trabalho Social, O Suicídio. SP, Col. Os Pensadores.
2. Max Weber - "A 'objetividade' do conhecimento na Ciência Social e na Ciência Política".- In Metodologia das Ciências Sociais, vol. 1. SP, Cortez, 1993.
3. Karl Marx & F. Engels - Manifesto Comunista.
4. H. Marcuse - Marx Y el trabajo alienado. Buenos Aires, Perez, 1969.
5. Amélia Cohn & Paulo Elias - Saúde no Brasil: políticas e organização de serviços. SP, Cortez /CEDEC, 1996.
6. Catalina Eibenschutz (org) - Políticas de Saúde: o público e o privado. R.J. FIOCRUZ, 1995.
7. Susan Sontag - A doença como metáfora. R.J. Graal, 1984.
8. Mário de Andrade - Namoros com a medicina, B.H, Itatiaia 1980.
9. Reinaldo Guimarães & Ricardo Tavares - Saúde e Sociedade no Brasil: anos 80. Rj, ABRASCO, 1994
10. Aracy W.P. Spínola (org)- Pesquisa social em saúde SP, Cortez, 1992.
11. Ana Maria Canesqui (org.) - Ciências Sociais e Saúde. SP HUCITEC ABRASCO, 1997.
12. Jacques Le Goff (org) - As doenças têm história. Lisboa, Terramar, 1985.
13. Michel Foucault - "O nascimento da medicina social" In Microfísica do Poder R.J., Graal, 1996.
14. Volnei Garrafa (Coord.) - Íntegra do Relatório Final da 1ª Conferência Nacional de Saúde Bucal. Brasil. Ministério da Saúde, 8ªConferência Nacional de Saúde, 1986.
15. Conselho Federal de Odontologia - Relatório Final da II Conferência Nacional de Saúde Bucal. Brasília, 1993.
16. Paulo Capel Narvai - Odontologia e Saúde Bucal Coletiva SP, HUCITEC, 1994.
17. Marcos de Souza Queiroz - Representações sobre Saúde e doença: agentes de cura e pacientes no contexto do SUDS.Campinas, UNICAMP, 1991.
18. Peter Davis - The social context of dentistry. London Biddles, 1980
19. Peter Davis - Introduction to the Sociology of dentistry: a comparative perpective. Dunedin, University of Ontago Press, 1987.
20. N. David Richards & Lois K. Cohen (ed.) - Social Sciences and dentístry: a critical bibliography. Brighton. University of Sussex. 1973.

Saúde Coletiva

- Conceitos básicos:- processo saúde-doença, saúde coletiva, saúde pública e odontologia em saúde coletiva; - Problemas de saúde bucal na população; - Diagnóstico precoce e plano de tratamento; - Diagnóstico de saúde bucal; - Depósitos dentários; - Índices de placa bacteriana; - Doença periodontal; - Controle mecânico e químico da placa bacteriana; - Cárie dentária; - Dieta e nutrição; - Avaliação e orientação da dieta alimentar; - Preditores de risco para cárie dentária; - Usos tópicos do flúor; - Usos sistêmicos do flúor: - água, sal, comprimido, gotas; - Vigilância sanitária do flúor:- água, dentifrício, colutório; - Métodos de prevenção da cárie dentária em indivíduos;- Métodos de prevenção da cárie dentária em populações; - Fluorose dentária; - Oclusopatias; - Níveis de prevenção, níveis de aplicação e níveis de atenção; - Epidemiologia:- principais problemas de saúde bucal; - Metas da Organização Mundial de Saúde para a área de saúde e de saúde bucal; - Saúde bucal em populações: levantamentos epidemiológicos; - Saúde: bem público ou privado? - Evolução histórica da prática odontológica; - Equipe de saúde bucal; - Sistemas de trabalho em saúde bucal; - Sistemas de atendimento odontológico; - Promoção e educação em saúde bucal; - Promoção de saúde bucal em escolas; - Sistemas de prevenção em saúde bucal; - Evolução histórica e social das políticas públicas no Brasil; - Sistema de saúde brasileiro atual; - Saúde bucal no sistema de saúde brasileiro.


1. BOTAZZO, C. Da arte dentária. São Paulo: Hucitec, 2000.
2. BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, CG_Senado Federal, 1988.
3. BRASIL. Lei 8080,de 19 de setembro de 1990. Dispõe sobre as condições para a promoção, proteção e recuperação da saúde, a organização e o funcionamento dos serviços correspondentes, e dá outras providências. Diário Oficial [da República Federativa do Brasil], Brasília, set. 1990. Seção 1 pt 1, p 18055.
4. BRASIL. Lei 8142, de 28 de dezembro de 1990. Dispõe sobre a participação da comunidade na gestão do Sistema Único de Saúde - SUS e sobre as transferências intergovernamentais de recursos financeiros na área da saúde e dá outras providências. Diário Oficial [da República Federativa do Brasil], Brasília, de 29 dez. 1990. Seção 1, pt. 1. p 25694.
5. BRASIL. Ministério da saúde, Divisão Nacional de Saúde Bucal. Levantamento epidemiológico em saúde bucal: Brasil, zona urbana, 1986. Brasília, CD-MS, 1988.
6. CHAVES, Mário M. Odontologia Social. 3ª ed. Rio de Janeiro, Artes Médicas, 1986.
7. GLASS, R.L. et al The First International Conference on the Declining Prevalence of Dental Caries. J.dent.Res., 61, sp Issue, 1982.
8. KRASSE,B. Risco de cárie. São Paulo, Quintessence, 1986.
9. MURRAY, John J. Uso correto de fluoretos na saúde pública. São Paulo, OMS-Santos, 1992.
10. MURRAY,J.J. Bases para a prevenção de doenças bucais. São Paulo, OMS-Santos, 1992.
11. NARVAI, P.C. Odontologia e saúde bucal coletiva. São Paulo, Hucitec, 1994.
12. NEWBRUN, E. Cariologia. 2ª ed. São Paulo, santos 1988.
13. ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DE SAÚDE. Levantamento epidemiológico básico de saúde bucal: Manual de Instruções. 3ª ed. São Paulo, OMS-Santos, 1991.
14. PINTO, Vitor Gomes. Saúde bucal coletiva. São Paulo, Santos, 2000.
15. THYLSTRUP A. & FEJERSKOV, O. Tratado de cariologia. Rio de Janeiro, Cultura Médica, 1988.
Deontologia

1. Introdução ao estudo da Deontologia


2. Moral geral
3. Moral profissional
4. Código de Ética Odontológica
5. Noções sobre legislação
6. A legislação Odontológica no contexto do ordenamento jurídico brasileiro
7. Legislação odontológica
8. Exercício lícito e ilícito da Odontologia
9. A lei que regulamenta o exercício da Odontologia no Brasil
10. Os contratos de prestação de serviços odontológicos
11. Responsabilidade profissional
12. Segredo profissional
13. Documentos odontológicos: aspectos éticos e legais
14. Noções sobre Direito do Trabalho
15. As profissões auxiliares da Odontologia
1. ALCANTARA, H.R. Responsabilidade médica.Rio de Janeiro, José Konfino, 1971.
2. ARBENZ, G.O. Introdução à Odontologia Legal, São Paulo, ed. do autor, 1959
3. ARBENZ, G.O. Medicina Legal e antropologia forense, Rio de Janeiro - São Paulo, Liv. Atheneu, 1988
4. CARDOSO JUNIOR, M O exercício legal da Medicina e os honorários médicos, Rio de Janeiro, Forense, 1955.
5. COSTA, A.A.L. da Direito das profissões sanitárias: direito profissional do cirurgião-dentista. São Paulo, Liv. Acadêmica, 1928.
6. Código Civil Brasileiro
7. Código de Processo Civil
8. Código Penal Brasileiro
9. Código de Processo Penal
10. Código de Ética Odontológica
11. Consolidação das Leis do Trabalho
12. Constituição da República Federativa do Brasil
13. DARUGE, E., MASSINI, N. Direitos profissionais na Odontologia, São Paulo, Saraiva, 1978
14. DIAS, J.A. Da responsabilidade civil. v.1, 7ª. ed, Rio de Janeiro, Forense, 1983.
15. FÁVERO, F. Medicina Legal. v.3, 6ª. ed., São Paulo, Liv. Martins Ed., 1958
16. GRAÇA LEITE, V. Odontologia Legal, Bahia, Nova Era, 1962.
17. JOLIVET, R. Curso de Filosofia. 5ª. ed., Rio de Janeiro, Agir Ed., 1961.
18. Lei das Contravenções Penais.
19. LIMA, E. Direitos e deveres do médico, Rio de Janeiro, Ed. Guanabara - Waisman Koogan.
20. MARITAIN, J. A filosofia Moral, Rio de Janeiro, Agir Ed., 1964.
21. PANASCO, W.L. A responsalidade civil, penal e ética dos médicos, Rio de Janeiro, Forense, 1984.
22. SILVA, M. & CALVIELLI, I.T.P. Aspectos éticos e legais do exercício da Odontologia. In: PAIVA, J.G. & ANTONIAZZI, J.H. Endodontia: bases para a prática clínica. 2ª. ed., São Paulo, Artes Médicas, 1988.
23. SIMAS ALVES, E. Medicina Legal e Deontologia. Curitiba, Ed. do autor, 1965.
24. VELOSO DE FRANÇA, G. Direito Médico São Paulo, Fundo editorial Byk-Procienx, 1975.
25. VIEIRA, S. & HOSSNE, W.S. Experimentação com seres humanos. São Paulo, Ed. Moderna, 1987

Odontologia Legal

1. Introdução


2. Conceito. Noções históricas. Importância.
3. Documentos Odonto-Legais
4. Conceito de Perícias. Peritos.
5. Laudo de reconhecimento dos dentes.
6. Identificação policial ou judiciária. Dactiloscopia.
7. Tomada de impressão.
8. Identificação antropológica ou médico-legal. Antropologia forense aplicada.
9. Método de Carrea.
10. Biotipologia aplicada.
11. Pontos craniométricos.
12. Identificação pelos dentes: elementos gerais e rugoscopia palatina
13. Importância da ficha Odonto-legal
14. Preenchimento da ficha.
15. Técnica pericial utilizada pelo Odonto-perito.
16. Estimativa da idade em adultos.
17. Laudo de arbitramento de honorários.
18. Estimativa da idade em crianças.
19. Interpretação de radiografia panorâmica com finalidade de estimativa de idade em crianças
20. Traumatologia Forense: etiologia (energias de interesse odontológico).
21. Traumatologia. Forence: sede, quantidade e qualidade do dano (aplicação nos traumatismos maxilo-faciais).
22. Tanatologia. Conceito de morte; tanatologia; cronotanatognosia
23. Infortunística.
24. Estudo de manchas.

 

1. ARBENZ, G.O. - Medicina legal e antropologia forense. São Paulo: Atheneu, 1988.


2. CAMERON, J.M.; SIMS, B.G. Forensic dentistry. Edinburg: Churchill Livingstone, 1974.
3. CARDOZO, H.F. Avaliação do dano nas seqüelas faciais traumáticas em vítimas de acidentes de trânsito. São Paulo, 1993. 270p. Tese (Doutorado) Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo.
4. FÁVERO, F. Medicina legal. 7.ed. São Paulo: Martins, 1962
5. GONÇALVES, A.C.S. Estimativa da idade em crianças baseada nos estágios de mineralização dos dentes permanentes, com finalidade odontolegal. São Paulo, 1998. 100p. Dissertação (Mestrado em Deontologia e Odontologia Legal) Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo.
6. HARVEY, W. Dental identification and forensic odontology. London: Henry Kinpton, 1976.
7. LUNTZ, L.L. Handbook for dental identification. Philadelphia: J.B. Lippicott, 1973
8. RAMOS, D.G. Contribuição para o estudo jurídico das lesões corporais que incidem sobre o complexo maxilo-mandibular. São Paulo, 1998. 122p. Dissertação (Mestrado em Deontologia e Odontologia Legal) Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo.
9. SILVA, M. Compêndio de odontologia legal. São Paulo: Medsi, 1997.
10. TRAVASSOS, D.V. Métodos de estimativa de idade baseados nos critérios de Gustafson: é válida a sua utilização em brasileiros? São Paulo, 1998. 106p. Dissertação (Mestrado em Deontologia e Odontologia Legal) Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo.
11. VAN DER LINDEN, F.P.G.M. Development of the human dentition. Maryland: Harper & Row Publs., 1976.





Gestão e Planejamento em Odontologia

Gestão e Planejamento em Odontologia e a Análise Conjuntural do Mundo Contemporâneo:


Introdução à administração, planejamento e gestão dos serviços de saúde;
Situação sócio-econômica e relações de trabalho;
Políticas de saúde, mercado de trabalho, inserção profissional e especialidades odontológicas.
Planejamento Estratégico em Odontologia:
Planejamento estratégico;
O uso da epidemiologia no planejamento;
Diagnóstico situacional e sistema de informação.
Gestão de Propaganda e Marketing em Odontologia:
Conceito, definição de metas e estratégias;
Análises e tendências do mercado, parcerias e concorrência;
Negociação de serviços, propaganda e publicidade.
Planejamento Organizacional:
Serviços oferecidos e controle das ações clínicas;
Acolhimento do paciente, gerenciamento de filas e agendamento;
Fluxograma dos estabelecimentos de saúde, referência e contra-referência;
Serviços Gerais: manutenção, limpeza; transporte, prontuários e informatização.
Planejamento das decisões preventivas, terapêuticas e clínicas:
Odontologia baseada em evidencias;
Tipos de estudos;
Revisão Sistemática e Metanálise.
Gestão de Pessoal e os Serviços de Saúde Odontológicos:
Recursos humanos em saúde, recrutamento, seleção e capacitação de pessoal;
Legislações Trabalhistas, direitos e deveres do trabalhador, Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT);
Previdência Social, Instituto Nacional de Seguridade Social e Previdência Privada.
Gestão Financeira na Área da Saúde:
Gestão de custos e formação de preço na área da saúde;
Custos fixos e variáveis no consultório;
Custo clínico e formação de preço;
Tributos devidos pelos cirurgiões dentistas, imposto de renda e outras taxas.
Gestão e Planejamento em Saúde do Trabalhador:
Introdução à saúde do trabalhador;
Segurança e Higiene do Trabalho, Infortunística;
Introdução à Odontologia do Trabalho.
Tópicos Avançados em Odontologia do Trabalho:
Programa de Controle Odontológico de Saúde Ocupacional (PCOSO);
Exames adicionais, exames periódicos;
Doenças ocupacionais.
Planejamento da Montagem dos Estabelecimentos Odontológicos:
Local para implementação do consultório odontológico;
Tipos de imóveis, zoneamento urbano,condições dos imóveis, equipamentos necessários;
Legislação Sanitária e Vigilância Sanitária;
Tipos de documentação para a abertura de estabelecimentos de saúde.
Planejamento Ergonômico:
Introdução aos conceitos ergonômicos, ergonomia de produção, de produto e de correção;
Dimensionamento da sala de atendimento e equipamentos necessários;
Turno de trabalho, cor e música, ventilação e iluminação;
Trabalho a 4 mãos e ginástica laboral.
Gestão de Convênios e Credenciamentos:
Tipos de gestão;
Cuidados de credenciamentos e questões éticas.
Planejamento da Educação Continuada e Capacitação Profissional:
Cursos de capacitação e atualização;
Especialização, Mestrado e Doutorado;
Cursos no Brasil, Cursos do Exterior.
Planejamento e Avaliação em Odontologia:
Avaliação em gestão de serviços de saúde;
Indicadores de avaliação;
O marco lógico; elaboração, gestão e avaliação de Projetos.
Responsabilidades Social, Ética e Legal da Gestão dos Serviços Odontológicos:
Alocação de Recursos, Entidades de Classe, Código de Ética Odontológica;
Assistentes técnicos, Exercício Ilegal;
Inscrição Provisória e Definitiva, Lei 5081/66.
Andrade SM, Soares DA, Júnior LC. Bases da Saúde Coletiva. Londrina: Editora UEL; 2001.
Antunes JLF, Peres MA. O método epidemiológico de investigação e sua contribuição para a saúde bucal. In: Antunes JLF, Peres MA. Fundamentos de Odontologia: Epidemiologia da Saúde Bucal. Rio de Janeiro: Guanabara-Koogan; 2006. p. 3-17.
Armani D. Como elaborar projetos?: Guia prático para a elaboração e gestão de projetos sociais. Porto Alegre: Tomo; 2003.
Belardinelli VH, Rangel AO. Odontologia sem máscaras: uma nova face da interação profissional-paciente. São Paulo: Santos; 1999.
Costa EMA, Carbone MH. Saúde da família: Uma abordagem interdisciplinar. Rio de Janeiro: Rubio; 2004.
Crosato E, Mazzilli LEN, Michel-Crosato E, Biazevic MGH, Crosato IR. Odontologia do Trabalho: novo mercado de trabalho. Rev XXV de Janeiro. 2005; 38(1):26-27.
Dever AGE. A epidemiologia na administração dos serviços de saúde. São Paulo: Pioneira; 1988.
Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio. Administração. Rio de Janeiro: Fiocruz; 2001.
Gil CRR, Silva AMR, Campos JJB, Babuy RS. Avaliação em saúde. In: Andrade SM, Soares DA, Júnior LC. Bases da Saúde Coletiva. Londrina: Editora UEL; 2001. p. 125-132.
Godri D. Marketing de Ação. 9ª ed. Blumenau: Eko; 1997.
Gordis L. Epidemiologia. 2ª ed. Rio de Janeiro: Revinter; 2004.
Junior MF. Saúde no trabalho: Temas básicos para os profissionais que cuida da saúde dos trabalhadores. São Paulo. ROCA; 2000.
Lobas CFS, Duarte S. Princípios Ergonômicos na Clínica Odontológica. In: Lobas CFS, Rita MM, Duarte S, Romero M, Ortega KL. THD e ACD: Odontologia de Qualidade. São Paulo: Santos; 2005. p. 159-174.
Manfredini MA. Planejamento em Saúde Bucal. In: Prereira AC. Odontologia em Saúde Coletiva: Planejamento ações e promovendo Saúde. São Paulo: Atmed; 2003. p. 50 63.
Marinho V. Revisões Sistemáticas e Metanálise. In: Antunes JLF, Peres MA. Fundamentos de Odontologia: Epidemiologia da Saúde Bucal. Rio de Janeiro: Guanabara-Koogan; 2006. p. 422-433.
Mazzilli LEN. Odontologia do Trabalho. São Paulo: Santos; 2003.
Minayo MCS, Assis SG, Souza ER. Avaliação por triangulação de métodos: Abordagem de Programas Sociais. Rio de Janeiro: Editora Fiocruz; 2005.
Narvai PC. Recursos Humanas para a promoção de saúde bucal: um olhar no início do século XXI. In: Kriger L. Promoção de Saúde Bucal. São Paulo Artes Médicas; 2003. p. 475-494.
Pattussi MP, Costa JSD, Tomita NE. O uso da epidemiologia nos Serviços de Atenção a Saúde Bucal. In: Antunes JLF, Peres MA. Fundamentos de Odontologia: Epidemiologia da Saúde Bucal. Rio de Janeiro:Guanabara-Koogan; 2006. p. 3-17.
Peres AS, Peres SHCS. Marketing em odontologia de saúde pública. In: Prereira AC. Odontologia em Saúde Coletiva: Planejamento ações e promovendo Saúde. São Paulo: Atmed; 2003. p. 182-192.
Queluz DP. Recursos Humanos na Área da Saúde. Planejamento em Saúde Bucal. In: Prereira AC. Odontologia em Saúde Coletiva: Planejamento ações e promovendo Saúde.. São Paulo: Atmed; 2003. p. 140- 159
Reis MC, Mandetta R. Marketing: princípios e aplicações. Campinas:Alínea; 2003.
Rio RP, Pires L. Ergonomia: Fundamentos da Prática Ergonômica. 2ª ed. Belo Horizonte: Editora Health; 1999.
Sackatt DL, Straus SE, Richardson WS. Rosenberg W, Haynes RB. Medicina Baseada em Evidências: Prática e ensino. 2ª ed. Porto Alegre: Artmed; 2003
Sakai MH, Nunes EFPA, Matins VL, Almeida MJ, Baduy RS. Recursos Humanos em Saúde. In: Andrade SM, Soares DA, Júnior LC. Bases da Saúde Coletiva. Londrina: UEL; 2001. p. 111-124.
Silva M. Compêndio de Odontologia Legal, 1a ed. Rio de Janeiro: Medsi; 1999.
Wood Jr T. Gestão Empresarial: o fator humano. São Paulo: Atlas; 2002.


  1   2   3   4   5   6


©aneste.org 2017
enviar mensagem

    Página principal