Questões cin-vest geo-regional



Baixar 1.53 Mb.
Página2/9
Encontro08.10.2019
Tamanho1.53 Mb.
1   2   3   4   5   6   7   8   9

24 Horas News - 16/04/2005


O município de Peixoto de Azevedo, no Norte de Mato Grosso, é apontado como a cidade brasileira com o mais grave índice de poluição do ar por metais pesados em todo o Brasil. A informação consta da pesquisa realizada pelo professor Élvio Schelle, da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), em tese de doutoramento denominada “Análise Multielemental de Cascas de Árvores com Referência Especial à Mensuração e Mapeamento de Poluição do Ar”. A pesquisa, apresentada em abril do ano passado, está despertando interesse latente da comunidade internacional.

A pesquisa de Schelle apontou índices alarmantes de poluição do ar por metais pesados em Peixoto de Azevedo. “Em uma mangueira próxima a uma dessas lojas foram detectados 10.9 microgramas por grama de mercúrio, quando o tolerável é 0.05 micrograma por metro cúbico” – conta o pesquisador. Ele explicou que nas regiões urbanas de São Paulo o valor máximo de mecúrio encontrado foi 1.7 de micrograma por grama e, em Poconé, esse valor foi 6.1.

Baseados nos dados da reportagem, conhecendo as características dos dois municípios mato-grossenses citados e o elemento poluente, podemos afirmar que nessas áreas do estado de Mato Grosso, entre as principais atividades econômicas que são ou já foram praticadas, está o(a):




  1. Queima da madeira para produção de carvão vegetal.

  2. Atividade garimpeira aurífera.

  3. Desmatamento de áreas de florestas tropicais.

  4. Agricultura comercial em larga escala, com grandes quantidades de áreas queimadas para o preparo do solo para o plantio.

  5. Curtimento do couro para fabricação de calçados.

09) Processo de reestruturação da Ferronorte pode levar até quatro anos

24HorasNews
O plano de reestruturação da Brasil Ferrovias, holding que reúne três empresas do setor, deverá ser concluído nas próximas semanas, informou o presidente do Fundo de Pensão da Caixa Econômica Federal (Funcef), Guilherme Lacerda. O investimento estimado é superior a 1 bilhão de reais.

Junto com a Previ (fundo de pensão dos funcionários do Banco do Brasil) a Funcef capitalizará as ferrovias em 400 milhões de reais. O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) participará com outros 400 milhões de reais, como sócio, e ainda financiará cerca de 300 milhões de reais para melhorias na Ferronorte, Ferroban e Novoeste, que passam por São Paulo, Mato Grosso do Sul e Mato Grosso.

No caso da Novoeste, depois da reestruturação da Brasil Ferrovias os fundos pretendem investir 1,5 bilhão de reais, aumentando sua extensão em 262 quilômetros, do município no qual ela entra em Mato Grosso, ________________ até _______________, no mesmo estado, em obra de dois anos. O montante inclui verba para a compra de 50 locomotivas e mais de 2 mil vagões.

A Brasil Ferrovias tem entre seus acionistas, além dos fundos de pensão, JP Morgan, Constran, Laif e Bradesco. Só vão participar da capitalização das ferrovias Funcef, Previ e BNDES.

Sobre o tema exposto acima, assinale a alternativa correta:


  1. A conclusão da ferrovia possibilitará uma nova modalidade de escoamento da produção agropecuária mato-grossense, através da malha ferroviária de São Paulo, até o porto de Santos (SP), abastecendo o mercado externo.

  2. O nome do município por onde os trilhos da ferrovia entram em Mato Grosso é Alto Araguaia.

  3. Percebe-se que o aporte de capital a ser feito na Brasil Ferrovias, citado na matéria, será de responsabilidade principalmente da iniciativa privada, o que demonstra que a privatização da malha ferroviária é plenamente justificada e as empresas concessionárias têm capacidade própria de investimento, sem a necessidade de ajuda estatal.

  4. Conhecendo o estado de Mato Grosso e o traçado da ferrovia em nosso território, provavelmente o traçado de 262 quilômetros descrito no texto levará a ferrovia do município no qual ela entra em MT até o município de Barra do Garças, nome que deve preencher a segunda lacuna.

  5. A construção da ferrovia está atrelada à gênese do projeto industrial brasileiro, pois esta foi a modalidade de transporte priorizada nos últimos cinqüenta anos, com a finalidade de atrair indústrias estrangeiras do setor pesado para o Brasil.

10) Desmatados 26 mil Km² de florestas. Quase a metade em MT



19/05/2005 - Reuters

O desmatamento na Amazônia chegou a 26.130 mil quilômetros quadrados entre agosto de 2003 e agosto de 2004, segunda maior taxa desde 1995, quando foi registrado o recorde de 29.050 mil quilômetros quadrados. Os dados foram anunciados nesta quarta-feira pelo Ministério do Meio Ambiente.

As análises foram obtidas a partir de análises feitas pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). A área é pouco menor que a do Estado de Alagoas. Com isso, 17,3% da cobertura florestal da Amazônia brasileira já foi destruída. Parte do potencial florestal brasileiro corre, portanto, o risco de desaparecer antes mesmo de se tornar conhecido.

Quase a metade (48,1%) do total desmatado na Amazônia Legal ocorreu no Estado do Mato Grosso, governado pelo maior produtor individual de soja do mundo, Blairo Maggi. Segundo o Greenpeace, dos 12.576 mil quilômetros quadrados desmatados no Estado, apenas 4.176 mil foram feitos de forma legal.


Sobre o tema acima, assinale a alternativa incorreta:


  1. Como resposta ao desmatamento recorde no estado de Mato Grosso foi deflagrada a Operação Currupira, visando combater um esquema de retirada ilegal de madeira e falsificação de ATPF’s (Autorização para Transporte de Produto Florestal), que culminou com a prisão de funcionários públicos estaduais e federais, empresários e despachantes.

  2. O desmatamento tem conseqüências funestas para o ecossistema amazônico, principalmente no tocante á perda de biodiversidade e ao empobrecimento do solo.

  3. A visão desenvolvimentista de expansão da fronteira agrícola e a defesa na realização de obras de infra-estrutura, como a pavimentação da BR-163, são apontados como causadores da ampliação do arco do desmatamento amazônico.

  4. Embora a floresta amazônica não seja a cobertura vegetal predominante no estado de Mato Grosso, foi aqui que se verificou o maior percentual de desmatamento da floresta, sendo que parte da imprensa internacional usou o Governador de Mato Grosso, Blairo Maggi, como “bode expiatório” para o problema, por ser o maior produtor individual de soja do mundo.

  5. Uma das medidas adotadas para resolver o problema foi a criação do sistema SIVAM, que monitorará em tempo real o desmatamento na região amazônica, permitindo um controle/fiscalização mais eficiente por parte dos órgãos ligados ao ministério do Meio Ambiente.

11) Informalidade domina os pequenos



24 Horas News – 19/05/2005.
Das 141,133 mil pequenas empresas (com até cinco funcionários) existentes em Mato Grosso, 96% ou 135,523 mil estavam na informalidade, como mostra a pesquisa do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) realizada na Ecinf 2003 (Economia Informal Urbana), publicada quinta-feira (19) pelo órgão. No Brasil mais de 10,3 milhões de empresas estão no setor informal, cerca de 98% das existentes, conforme informações do IBGE. Em relação à pesquisa anterior, em 1997, o setor informal avançou 9% no país.

No Estado, as empresas informais estão concentradas principalmente no comércio e reparação – são 40.602, ou 30% do total. As demais se distribuem nos setores de indústrias de transformação (22.411), construção civil (25.271) e serviço de alojamento e alimentação (10.354). De acordo com a pesquisa, a maioria – 55.488 dessas empresas, equivalente a 41% – fatura menos de R$ 2.000 por mês. São 31.674 estabelecimentos recebendo entre R$ 501 e R$ 1.000, 23.814 entre R$ 1.000 e R$ 2.000, e apenas 19.570 com renda até R$ 5.000.

O termo que melhor se ajustaria para descrever a situação apresentada no texto quanto à economia mato-grossense é:


  1. Macrocefalia urbana

  2. Desemprego estrutural

  3. Hipertrofia do setor terciário

  4. Terceirização de serviços

  5. Industrialização tardia/retardatária

12) Indústria de MT altera seu perfil





1   2   3   4   5   6   7   8   9


©aneste.org 2017
enviar mensagem

    Página principal