Questões assunto 1



Baixar 115.05 Kb.
Encontro02.07.2019
Tamanho115.05 Kb.

Questões assunto 1

1) (ANAMT, 06/2008) Considerando o Nível de Ação como a metade da dose considerada como Limite de Tolerância para determinado agente. Indique qual o Nível de Ação para o Ruído:


a) 85 dB;

b) 42,5 dB;



c) 80 dB;

d) 65 dB;

e) 82 dB.

2) (ANAMT, 06/2008) De acordo com a NR-31 – Trabalho na Agricultura, Pecuária, Silvicultura, Exploração Florestal e Aquicultura:


a) É obrigatório disponibilizar instalações sanitárias para as frentes de trabalho na proporção de um conjunto para cada grupo de 200 trabalhadores;

b) O transporte de pessoas sobre máquinas e equipamentos motorizados somente é permitido se o veículo estiver trafegando em baixa velocidade;



c) O assento do ônibus que transporta os trabalhadores rurais deve ter revestimento de espuma e cinto de segurança;

d) Nos alojamentos pode haver beliches, porém deve-se dispor de um espaço livre de meio metro acima do colchão;

e) A CIPATR – Comissão Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho Rural é obrigatória sempre que o número de trabalhadores na safra for superior a 100 trabalhadores.
3) (ANAMT, 06/2008) De acordo com o Anexo II da NR-7, Portaria 19 de 09/04/1998 do Ministério do Trabalho e Emprego, considera-se que uma Audiometria sequencial é sugestiva de desencadeamento, em relação à Audiometria de Referência, quando:
a) Há uma perda isolada igual a 10 dB em 4000 Hz;

b) Há uma perda isolada importante em 6000 Hz;

c) Há uma perda em altas frequências superior a 40 dB(NA);

d) Há uma perda condutiva em persistente em 3, 4 e 6 KHz;



e) A média entre 3, 4 e 6 KHz é igual ou superior a 10 dB(NA).

4) (ANAMT, 06/2008) O gerente de uma empresa vai dar uma festa em sua residência e manda um dos empregados sair da empresa e comprar flores para decoração. Ao retornar da floricultura, o trabalhador sofre um atropelamento. O Médico do Trabalho da Empresa é questionado se deve ser considerado como Acidente de Trabalho. Indique a alternativa CORRETA:


a) Não é Acidente de Trabalho, pois o trabalhador não prestou atenção;

b) É Acidente de Trabalho somente se o afastamento for inferior a 15 dias;

c) É Acidente de Trabalho somente se o afastamento foi superior a 15 dias;

d) É Acidente de Trabalho independentemente de haver afastamento ou não;

e) Não se considera Acidente de Trabalho aqueles ocorridos em Via Pública.

5) (ANAMT, 06/2008) De acordo com a NR-32 – Segurança e Saúde no Trabalho em Serviços de Saúde;
a) O uso de luvas substitui a lavagem das mãos;

b) A todo trabalhador dos Serviços de Saúde deve ser fornecido vacinação contra tétano, difteria, hepatite B e os estabelecidos pelo PCMSO;

c) A reutilização das embalagens de produtos químicos somente é permitida nos casos em que há a possibilidade de esterilizar previamente a embalagem;

d) O Trabalhador que realize atividades em áreas onde existam fontes de radiações ionizantes deve ter uma pausa de 10 minutos para cada 50 minutos trabalhados, sem ônus para o Trabalhador;

e) O Prontuário Clínico individual previsto pela NR-7, para Trabalhadores que exercem suas funções em instalações radioativa, deve ser mantido atualizado e conservado por vinte anos após o término de sua ocupação.


6) (ANAMT, 06/2008) Estabelece a NR-4, do MTE - ítem 4.2.3, que:

A empresa poderá constituir Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho – SESMT, centralizado, para atender a um conjunto de estabelecimentos pertencentes a ela, desde que à distância entre o SESMT e os estabelecimentos, não ultrapasse a:


a) 120 km;

b) 15 km;



c) 5 km;

d) 25 km;

e) 10 km.
7) (ANAMT, 06/2008) A PAIRO, decorre de uma diminuição gradual da acuidade auditiva, tendo como principal causa à exposição contínua a:
a) Ruídos de até 85 dB em 8 horas de trabalho;

b) Ruído de qualquer natureza;



c) Ruído ocupacional acima dos Limites de Tolerância legais fixados na NR-15, sem uso de proteção auditiva;

d) Exposição a ruído acima de 130 dB;

e) Ruídos intensos de duração menor a um segundo.

8) (ANAMT, 06/2008) É incorreto afirmar:


a) O Exame Médico Admissional deverá ser realizado imediatamente após o trabalhador assumir as suas atividades;

b) Bissinose é uma doença pulmonar, decorrente da exposição à poeira de algodão;

c) Saturnismo é uma doença ocupacional decorrente da exposição ao chumbo e seus compostos;

d) Pneumoconioses são doenças crônicas incuráveis, provocando alterações nos tecidos pulmonares, decorrentes da inalação de poeiras;

e) O ASO deverá ser arquivado no local do trabalho, à disposição da fiscalização e uma via, entregue ao trabalhador mediante recibo.

9) (ANAMT, 06/2008) Assinale falsa(F) ou verdadeira(V) as alternativas abaixo:


- O FAP poderá alterar as alíquotas do SAT das empresas para metade ou dobrá-la em função do número de afastamentos por doença ocupacional.

- A Síndrome de BURN-OUT é caracterizada pela “tendência ao isolamento”, desgaste emocional e Síndrome de esgotamento profissional.

- A atividade de coleta e industrialização de lixo urbano caracteriza-se como insalubre em grau médio (NR 15 – Anexo 14).

- O câncer de pele decorrente da exposição do trabalhador à radiação solar à céu aberto, sem adequada proteção, foi reconhecido como doença ocupacional pela Lei 1008/03, aprovada pela Comissão de Seguridade Social e Familiar.

- A perfuração do septo-nasal é comum em trabalhadores expostos ao cromo.
a) VVFFV

b) VVFVV


c) VFVVV

d) FVVVV


e) VVVVV

10) (ANAMT, 06/2008) O que estabelece o PCMAT?


a) Segurança do Trabalho em atividades Rurais;

b) Segurança do Trabalho em atividades Aquaviárias;

c) Segurança do Trabalho em Hospitais;

d) Segurança do Trabalho na Construção Civil;



e) Condições e Meio Ambiente do Trabalho na Indústria da Construção.

11) (ANAMT, 06/2008) Com relação ao trabalho em ambientes quentes NÃO se pode dizer que:


a) é imprescindível a aclimatização do trabalhador;

b) pode causar doenças de pele, desidratação e hiponatremia, além de hipertermia;



c) em indivíduos aclimatizados, a eliminação do sódio através do suor está reduzida;

d) é contra-indicado o trabalho de pessoas obesas;

e) limite de idade é de 50 anos.
12) (ANAMT, 06/2008) Com relação ao trabalho em turnos NÃO É CORRETO afirmar-se que:
a) ocorre diminuição da duração do principal período de sono;

b) é preferível manter-se turnos fixos noturnos do que turnos rodiziantes;

c) preferencialmente os rodízios de turnos devem ser no sentido horário;

d) cochilos no trabalho devem ser permitidos à noite, pois diminuem a sensação de fadiga;

e) o sistema de turnos deve ter poucas noites sucessivas de trabalho.

13) (ANAMT, 11/2008) O ASO (Atestado de Saúde Ocupacional) deverá conter no mínimo, os seguintes

dados, EXCETO:


a) Riscos Físicos, Químicos, Biológicos, Ergonômicos e Mecânicos, de acordo com a atividade do trabalhador;

b) indicação dos procedimentos médicos a que foi submetido o trabalhador, incluindo os exames complementares, o diagnóstico de todas as alterações de saúde diagnosticadas e a data em que esses exames foram realizados;

c) indicação de apto ou inapto para a função específica que irá exercer, estiver exercendo ou exerceu;

d) nome do médico encarregado do exame e endereço;

e) data e assinatura do médico encarregado do exame e carimbo contendo seu número de inscrição no CRM.

14) (ANAMT, 11/2008) O Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO) tem as seguintes diretrizes, EXCETO:
a) é parte integrante do conjunto amplo de iniciativa da empresa no campo da Saúde Ocupacional, devendo estar articulado com o disposto nas demais NRS;

b) deverá considerar as questões incidentes sobre o indivíduo e a comunidade privilegiando o instrumental clínico-epidemiológico na abordagem da relação entre saúde e trabalho;

c) deverá ter caráter de prevenção, rastreamento e diagnóstico precoce dos agravos à saúde relacionados ao trabalho, inclusive de natureza subclínica além da constatação de existência de doenças profissionais ou danos irreversíveis a saúde dos trabalhadores;

d) deverá considerar como exigência básica o estudos das alterações à Saúde dos trabalhadores, de natureza não profissional mas que futuramente, possam levar ao aparecimento de modificações do sistema neuro-vegetativo;

e) deverá ser planejado e implantado com base nos riscos à saúde dos trabalhadores, especialmente os identificados nas avaliações previstas nas demais NRs.


15) (ANAMT, 11/2008) O que são “Radiofármacos” mencionados na NR 32?
a) Isótopo instável de um elemento;

b) Substância radioativa;

c) Partícula ou radiação eletromagnética;

d) Partículas protéicas infecciosas;

e) Microorganismos.


16) (ANAMT, 11/2008) Sem uso de proteção auditiva, o Limite de Tolerância para exposição a ruído contínuo de 90 dB(A), em uma jornada diária de 8 horas de trabalho é de:
a) 2 horas;

b) 6 horas;

c) 8 horas;

d) 4 horas;

e) 3 horas.


17) (ANAMT, 11/2008) De acordo com o que estabelece a NR 17, do MTE, o nível de ruído aceitável para atividades que exigem atenção constante e solicitação intelectual é de:
a) 30 dB(A);

b) 65 dB(A);

c) 85 dB(A);

d) 70 dB(A);

e) 80 dB(A).
18) (ANAMT, 11/2008) Sobre a vacina contra Influenza, ou vacina da gripe, é incorreto dizer que:
a) Deve ser administrada a todas as pessoas, independente de idade ou profissão;

b) Confere proteção contra as complicações da gripe (hospitalizações);

c) A imunidade adquirida dura, aproximadamente, 12 meses;

d) A composição da vacina acompanha os tipos de vírus mais comuns que circularam no ano anterior;

e) Deve ser administrada a pessoas com alto risco de complicações e pessoas que podem transmitir a doença para outras pessoas de alto risco.
19) (ANAMT, 11/2008) O que estabelece a Norma Regulamentadora nº 33, do Ministério do trabalho e Emprego?
a) Trabalho Aquaviário;

b) Trabalho Portuário;

c) Resíduos Industriais;

d) Trabalho em espaços confinados;

e) Mineração.


20) (ANAMT, 11/2008) Uma Técnica de Enfermagem que trabalha num hospital sofre ferimento com agulha após aplicar medicamento por via intra-muscular em paciente e no mesmo dia colhe amostra de sangue para exame laboratorial, o qual indica ser a trabalhadora portadora de Hepatite B Crônica. Assinale a alternativa CORRETA:
a) Não emitir a CAT, pois a Hepatite B Crônica é anterior ao Acidente;

b) Não emitir a CAT, pois esta situação não está prevista na NR-32;

c) A emissão de CAT depende do afastamento da Trabalhadora;

d) Emitir a CAT independente da Hepatite ser Crônica ou não;

e) Emitir a CAT se houver afastamento da Trabalhadora.


21) (ANAMT, 10/2009) Considerando o disposto na Norma Regulamentadora 31 (NR-31), assinale a alternativa INCORRETA.
a) A instância nacional encarregada das questões de segurança e saúde no trabalho rural, estabelecidas nesta Norma Regulamentadora será a Comissão Permanente Nacional Rural - CPNR, instituída pela Portaria SIT/MTE nº 18, de 30 de maio de 2001;

b) Sempre que no estabelecimento rural houver dez ou mais trabalhadores o material necessário à prestação de primeiros socorros ficará sob cuidado da pessoa treinada para esse fim;



c) De acordo com a NR-31, fica expressamente vedado o atendimento aos trabalhadores através de Serviços Especializados de Saúde e Segurança do Trabalho Rural Externo ou Coletivo (SESTR Externo ou ESTR Coletivo);

d) Deve ser possibilitado o acesso dos trabalhadores aos órgãos de saúde com fins a prevenção e a profilaxia de doenças endêmicas, bem como a aplicação de vacina antitetânica;

e) É vedada a manipulação de quaisquer agrotóxicos, adjuvantes e produtos afins que não estejam registrados e autorizados pelos órgãos governamentais competentes.
22) (ANAMT, 10/2009) Conforme a Portaria 939 de 18 de novembro de 2008, publicada pelo Ministério do Trabalho e Emprego, os empregadores devem promover a substituição dos materiais perfurocortantes por outros com dispositivo de segurança, aprovando e acrescentando os subitens 32.2.4.16.1 e 32.2.4.16.2 à NR-32, concedendo o prazo máximo de:
a) 06 (seis) meses para a substituição. Obrigatória a capacitação e treinamento dos trabalhadores;

b) 12 (doze) meses para a substituição. Obrigatória a capacitação e treinamento dos trabalhadores;

c) 18 (dezoito) meses para a substituição. Obrigatória a capacitação e treinamento dos trabalhadores;

d) 24 (vinte e quatro) meses para a substituição. Obrigatória a capacitação e treinamento dos trabalhadores;

e) 05 (cinco) anos para a substituição. Obrigatória a capacitação e treinamento dos

trabalhadores.
23) (ANAMT, 10/2009) Conforme determina a NR 7, o EXAME MÉDICO DEMISSIONAL deve ser realizado até a data da homologação:
a) em todos os casos;

b) desde que o último exame periódico tenha sido realizado há mais de 180 dias para empresa de risco empresa de risco I e II;



c) desde que o último exame periódico tenha sido realizado há mais de 90 dias para empresa de risco III e IV;

d) apenas para trabalhadores em atividades insalubres;

e) não sendo possível alterar para mais ou para menos este prazo.
24) (ANAMT, 10/2009) Com relação à NR-24, assinale a alternativa INCORRETA:
a) As áreas destinadas aos sanitários deverão atender às dimensões mínimas essenciais. O órgão regional competente em Segurança e Medicina do Trabalho poderá, à vista de perícia local, exigir alterações de metragem que atendam ao mínimo de conforto exigível. É considerada satisfatória a metragem de 1,00m2 (um metro quadrado), para cada sanitário, por 30 (trinta) operários em atividade;

b) Os locais onde se encontrarem instalações sanitárias deverão ser submetidos a processo permanente de higienização, de sorte que sejam mantidos limpos e desprovidos de quaisquer odores, durante toda a jornada de trabalho;

c) Será exigido 1 (um) chuveiro para cada 10 (dez) trabalhadores nas atividades ou operações insalubres, ou nos trabalhos com exposição a substâncias tóxicas, irritantes, infectantes, alergizantes, poeiras ou substâncias que provoquem sujidade, e nos casos em que estejam expostos a calor intenso;

d) Nos estabelecimentos em que trabalhem mais de 300 (trezentos) operários, é obrigatória a existência de refeitório, não sendo permitido aos trabalhadores tomarem suas refeições em outro local do estabelecimento;

e) Em todos os locais de trabalho deverá ser fornecida aos trabalhadores água potável, em condições higiênicas, sendo proibido o uso de recipientes coletivos. Onde houver rede de abastecimento de água, deverão existir bebedouros de jato inclinado e guarda protetora, proibida sua instalação em pias ou lavatórios, e na proporção de 1 (um) bebedouro para cada 50 (cinqüenta) empregados.
25) (ANAMT, 10/2009) A antecipação referida na NR-9 – PPRA:
a) É o reconhecimento de riscos à saúde já instalados;

b) É a identificação de riscos à saúde, antes de estarem instalados;

c) É a avaliação do risco à saúde;

d) É a terceira etapa do trabalho em higiene ocupacional;

e) Não pode ser considerado uma atividade de higiene ocupacional.


26) (ANAMT, 10/2009) Num ambiente interno, foram encontrados os seguintes valores de temperatura. O IBUTG será de: (Tbs = 26,3º C; Tbn = 22,6º C e Tg = 42,3º C)
a) 28,3;

b) 30,5;


c) 27,0;

d) 26,3;


e) 42,3.
27) (ANAMT, 10/2009) Um trabalhador deve entrar em um tanque onde ficará estocado sulfeto de carbono, mas que no momento encontra-se vazio. Não se conhecendo a qualidade do ar no interior do tanque, o trabalhador deverá receber, como equipamento de proteção individual:
a) Máscara com filtro químico, contendo carvão ativado;

b) Máscara com filtro químico, contendo cartuxo de uso universal;



c) Máscara abastecida com ar puro do exterior;

d) Máscara com catalisador químico;

e) Máscara com filtro químico contendo carvão ativado e catalisador químico.
28) (ANAMT, 10/2009) Os TLV – Ceilling, Teto, são concentrações ambientais que:
a) Podem ser ultrapassadas apenas por 10 minutos em uma jornada de trabalho;

b) Podem ser ultrapassadas em 15 minutos a cada hora;

c) Podem ser ultrapassadas em metade da jornada de trabalho;

d) Podem ser ultrapassadas por 1 5 minutos 3 vezes ao dia;

e) Não podem ser ultrapassadas em momento algum da jornada de trabalho, devendo ser introduzidas medidas de controle imediatas que evitem essa exposição.


29) (ANAMT, 10/2009) Nível l de Ação (NA) é o valor acima do qual devem ser iniciadas ações preventivas de forma a minimizar a probabilidade de qual as exposições a agentes ambientais ultrapassem os limites de exposição. Considerando a exposição ao tolueno, com Limite de Exposição de 78 ppm, qual o valor encontrado no ambiente de trabalho que é considerado o nível de ação (NA):
a) abaixo de 78 ppm;

b) abaixo de 70 ppm;

c) 50 ppm;

d) 39 ppm;

e) acima de 80 ppm.


30) (ANAMT, 10/2009) Com relação ao Anexo II da Norma Regulamentadora (NR-17), Trabalho Teleatendimento/ Teleatendimento, é INCORRETO afirmar:
a) o monitor de vídeo e o teclado devem estar apoiados em superfícies com mecanismos de regulagem independentes;

b) Níveis de ruído aceitável para nível de conforto, é de até 65 dB(A);

c) observando o nível de ruído aceitável para efeito de conforto de até 65 dB(A) e a curva de avaliação de ruído (NC) de valor não superior a 60 dB;

d) Para prevenir sobrecarga psíquica, muscular estática de pescoço, ombros, dorso e membros superiores, as empresas devem permitir a fruição de pausas de descanso e intervalos para repouso e alimentação aos trabalhadores;



e) O intervalo para repouso e alimentação para a atividade de teleatendimento/telemarketing deve ser de 05 (cinco) minutos.
31) (ANAMT, 10/2009) Além de assegurar acesso físico aos locais de trabalho, as empresas no Brasil devem dispor de, pelo menos:
a) 10 % de suas vagas, a partir de 1.000 empregados, para reabilitados;

b) 8 % de suas vagas, a partir de 500 empregados, para deficientes;

c) 7 % de suas vagas, a partir de 1.500 empregados, para reabilitados;

d) 6 % de suas vagas, a partir de 600 empregados, para deficientes;



e) 2 % de suas vagas, a partir de 100 empregados, para deficientes.
32) (ANAMT, 10/2009) Com relação ao Limite de doses de radiações ionizantes estabelecidos pela legislação brasileira, é CORRETO afirmar que:
a) Os limites de doses no Brasil são estabelecidos pelo Ministério do Trabalho;

b) Os limites de doses ocupacionais visam reduzir a possibilidade de efeitos estocásticos ao mínimo;



c) No caso de contaminação radiológica interna o trabalhador deveria ser avaliado através de filmes dosimétricos ou dosimetros termoluminescentes;

d) Os limites de dose são acompanhados por monitoração coletiva;

e) Os efeitos determinísticos são aqueles para os quais não se conhece limites de dose.

33) (ANAMT, 05/2010) O Médico do Trabalho de uma indústria analisa uma Audiometria Seqüencial com o seguinte resultado:


OD: 10 – 10 – 05 – 10 – 15 – 20 – 20 – 10 / OE: 10 – 05 – 10 – 15 – 20 – 20 – 15 – 10
E compara com a Audiometria de Referência deste trabalhador:

OD: 10 – 05 – 05 – 00 – 00 – 00 – 05 – 10 / OE: 05 – 05 – 05 – 10 – 00 – 05 – 10 – 10




Pode-se concluir que a Audiometria Seqüencial é:
a) Sugestiva de Agravamento de Perda Auditiva Induzida por Ruído;

b) Sugestiva de Desencadeamento de Perda Auditiva Induzida por Ruído;

c) Indicativa de Perda Auditiva Induzida por Ruído Ocupacional;

d) Indicativa de Perda Auditiva Induzida por Ruído Não Ocupacional;

e) Não tem relação com Perda Auditiva Induzida por Ruído.


34) (ANAMT, 05/2010) O que é Genotoxicidade?
a) Solução que contém anticorpos contra um ou mais agentes biológicos;

b) Capacidade que alguns agentes possuem de causar dano ao DNA de organismos a eles expostos. Quando são induzidas mutações, os agentes são chamados de mutagênicos;

c) Processo de eliminação ou destruição de microorganismos na forma vegetativa, independente de serem patogênicos;

d) Operação desenvolvida com o objetivo de reduzir ou eliminar um contaminante

biológico;

e) Evento súbito que interfere na penetração do agente biológico afastando a possibilidade de causar doença.
35) (ANAMT, 05/2010) Considerando o disposto na NR-17 - Ergonomia, é correto afirmar que:

a) Ao retornar ao trabalho após qualquer tipo de afastamento igual ou superior a 15 dias, a exigência de produção em relação ao número de toques será sempre inferior ao máximo estabelecido na norma;

b) As pausas serão deduzidas da jornada de trabalho normal;

c) O tempo efetivo de trabalho de entrada de dados é de 06 (seis) horas;

d) Não é permitido ao trabalhador exercer outras atividades semelhantes após sua jornada de trabalho;

e) O empregador pode calcular o salário do trabalhador em função do número de toques.
36) (ANAMT, 05/2010) Uma enfermeira que se acidentou com material perfurocortante, durante um procedimento com paciente portador do HIV, deve se submeter imediatamente ao teste anti-HIV com o objetivo de:
a) Definir se a CAT - Comunicação de Acidente de Trabalho deve ser emitida ou não;

b) Verificar se a trabalhadora foi contaminada pelo acidente sofrido;



c) Verificar se a trabalhadora já era portadora do vírus;

d) Definir o tempo de afastamento do trabalho;

e) Orientá-la sobre os riscos e as medidas preventivas.
37) (ANAMT, 05/2010) O TVL-STEL (Threshold Value, Short Term Exposure Level da ACGIH):
a) representa a concentração mínima de exposição durante a jornada de trabalho;

b) refere-se a exposições de 8 horas por dia, 40 horas por semana;



c) é a concentração que nunca deve ser atingida por ser perigoso à saúde e à vida;

d) pode ser excedida durante a jornada de trabalho;

e) pode ser atingida até 4 vezes, durante a jornada de trabalho, obedecida a duração máxima de 15 minutos de cada vez e com intervalos de uma hora.
38) (ANAMT, 05/2010) Numa cabine de pintura a revólver, utiliza-se como solvente, a mistura de três substâncias que tem os seguintes limites permissíveis de exposição: A = 5mg/m3; B = 10mg/m3 e C = 8mg/m3. Foram encontradas, CB = 3mg/m3 e CC = 2mg/m3. Em relação à exposição dos trabalhadores, pode-se dizer que:
a) não há necessidade de monitoramento biológico;

b) o limite de tolerância está ultrapassado;

c) a exposição dos trabalhadores está abaixo do limite de tolerância, em nível confortável para os responsáveis pela saúde ocupacional;

d) a exposição dos trabalhadores está abaixo do limite de tolerância, porém os trabalhadores devem ser informados quanto aos riscos da exposição;

e) com os dados fornecidos, é precipitado concluir.


39) (ANAMT, 05/2010) Conforme determina a NR 7, o EXAME MÉDICO DEMISSIONAL deve ser realizado até a data da homologação:
a) em todos os casos;

b) desde que o último exame periódico tenha sido realizado há mais de 180 dias para empresa de risco empresa de risco I e II;



c) desde que o último exame periódico tenha sido realizado há mais de 90 dias para empresa de risco III e IV;

d) apenas para trabalhadores em atividades insalubres;

e) não sendo possível alterar para mais ou para menos este prazo.
40) (ANAMT, 05/2010) Em avaliações periódicas de saúde, que exames complementares devem ser solicitados pelo Médico do Trabalho, visando monitorização biológica de trabalhadores expostos a pressões anormais (condições hiperbáricas), de acordo com o que preceitua o Quadro II, da NR 7, do MTE?
a) Espirometria e hemograma completo;

b) Audiometria;



c) Radiografia das articulações coxo-femurais e escápulo-umerais;

d) Telerradiografia do tórax;

e) Cálcio no sangue.
41) (ANAMT, 05/2010) De acordo com a NR-32:
I. A vacinação deve ser registrada no prontuário clínico individual do trabalhador;

II. A todo trabalhador dos serviços de saúde deve ser fornecido, gratuitamente, programa de imunização ativa contra tétano, difteria, hepatite B e os estabelecidos no PCMSO;

III. A sala de preparo dos quimioterápicos deve ser dotada de Cabine de Segurança Biológica Classe II B2, estar em funcionamento no mínimo por 30 minutos antes do início do trabalho de manipulação e permanecer ligada por 30 minutos após a conclusão do trabalho;

IV. os Equipamentos de Proteção Individual - EPI devem ser avaliados diariamente quanto ao estado de conservação e segurança.


São corretas as afirmativas:

a) I, II, III e IV;

b) Somente I, II e III;

c) Somente I, II e IV;

d) Somente I, III e IV;

e) Somente I, II e III;
42) (ANAMT, 05/2010) Com relação ao uso de materiais perfurocortantes com dispositivo de segurança nos Serviços de Saúde:
a) Trata-se de uma medida preventiva opcional;

b) Trata-se de uma medida obrigatória somente para hospitais com mais de 500 leitos;



c) Necessária a capacitação dos trabalhadores para a correta utilização;

d) É de uso obrigatório apenas em Serviços de Urgência e Emergência;

e) Seu uso deve ser restrito aos Centros Cirurgicos.
43) (ANAMT, 05/2010) Considerando as seguintes afirmativas referentes a trabalhos em espaços confinados:
I. Cabe ao empregador garantir a capacitação continuada dos trabalhadores sobre os riscos, as medidas de controle, de emergência e salvamento;

II. Para uma boa ventilação o ideal é utilizar oxigênio puro;

III. A Permissão de Entrada e Trabalho para os trabalhadores treinados e capacitados é válida durante o período de um ano;

IV. Quanto às Medidas Pessoais, é vedada a realização de qualquer trabalho em espaços

confinados de forma individual ou isolada.
Estão corretas as alternativas:

a) I, II e IV;

b) I, III e IV;

c) II, III e IV;

d) I e III;

e) I e IV.

44) (ANAMT, 11/2011) Em relação à exposição a radiações ionizantes, NÃO se pode afirmar em relação a princípios de proteção radiológica:


a) Nenhuma prática de trabalho envolvendo exposição a radiações ionizntes deve ser adotada, a menos que produza benefício, aos indivíduos expostos ou à sociedade, que sejam suficientes e capazes de exceder o dano que causam;

b) Todas as exposições a radiações ionizantes devem ser mantidas tão baixas quanto sejam razoávelmente exequíveis, levando em conta os fatores sociais e exonômico;



c) O princípio ALARA (As Low As Reasonably Achievable) não se aplica a todos os trabalhadores, somente a certos tipos de exposição a radiações ionizantes;

d) A dose de radiação de todas as fontes relevantes não devem exceder um nível de risco maior do que aproximadamente 10-3 ao ano, relativo à indução de câncer fatal, durante a existência dos indivíduos expostos;

e) As radiações ionizantes incluem radiação corpuscular e radiação eletromagnética, com energia superior a 12,4 eletrons-volt.
45) (ANAMT, 11/2011) Trabalhadores de uma indústria química utilizam um thinner em cuja composição registrou-se 30% de Tolueno, 33% de Xileno, 33% de Estireno e 4% de impurezas. O Quadro I da NR 7, do MTE, determina que o controle biológico de exposição para os agentes químicos mencionados, deverá ser, respectivamente, através dos ácidos:
a) delta-aminolevulínico, hipúrico e acético;

b) hipúrico, metil hipúrico e mandélico;

c) úrico, hipúrico e metil hipúrico;

d) glioxílico, carboxílico e exálico;

e) metil hipúrico, vanil mandélico e oxálico.


46) (ANAMT, 11/2011) O que são “Radiofármacos” mencionados na NR 32, do MTE?
a) Partículas protéicas infecciosas;

b) Microorganismos;

c) Partículas ou radiação eletromagnética;

d) Isótopos instáveis de um elemento;



e) Substâncias radioativas.
47) (ANAMT, 11/2011) Estabelece a NR 17, do MTE, que o nível de ruído aceitável para atividades que exigem atenção constante e solicitação intelectual é de:
a) 85 dB(A);

b) 70 dB(A);

c) 80 dB(A);

d) 50 dB(A);



e) 65 dB(A).
48) (ANAMT, 11/2011) De acordo com o que estabelece a NR 15, do MTE, o que se entende por Limite de Tolerância – LT?
a) A concentração máxima a um agente;

b) A concentração ou intensidade máxima ou mínima, relacionada com a natureza e o tempo de exposição ao agente, que não causará dano à saúde do trabalhador;

c) A intensidade mínima, relacionada com a natureza de exposição ao agente ambiental, que não causará dano ao trabalhador;

d) A concentração mínima que não causará dano ao trabalhador;

e) É o grau mais elevado da concentração de agentes ambientais, capaz de provocar dano ao trabalhador.


49) (ANAMT, 11/2011) O Ministério do Trabalho e Emprego publicou a Portaria 1.748, de 30 de Agosto de 2011, instituindo o Anexo III da Norma Regulamentadora Nº 32, Plano de Prevenção de Riscos de Acidentes com Materiais Perfurocortantes, indicando que:
a) O empregador deve constituir uma Comissão Gestora constituída por médicos, que tenham o interesse em reduzir os riscos de acidentes com materiais perfurocortantes;

b) O Plano de Prevenção deve ter por objetivo eliminar Materiais Perfurocortantes do ambiente de trabalho;



c) A Comissão Gestora deve analisar as informações existentes no PPRA e no PCMSO, além das referentes aos acidentes do trabalho ocorridos com materiais perfurocortantes, análises dos acidentes de trabalho ocorridos e possíveis situações de risco;

d) A Comissão Gestora deve vistoriar mensalmente os ambientes de trabalho para proceder às suas próprias análises dos acidentes do trabalho ocorridos, atos inseguros e situações de risco com materiais perfurocortantes;

e) O plano deve ser avaliado a cada três anos, no mínimo, e sempre que se produza uma

mudança nas condições de trabalho e quando a análise das situações de risco e dos acidentes assim o determinar.


50) (ANAMT, 11/2011) Indique qual dos seguintes agravos à saúde está relacionado às atividades desenvolvidas em condições hiperbáricas:
a) Narcose por Nitrogênio;

b) Asfixia por falta de Oxigênio;

c) Osteonecrose Séptica;

d) Osteoartrose;

e) Intoxicações por Vapores Orgânicos.
51) (ANAMT, 11/2011) Em uma avaliação da exposição de trabalhadores à ação do calor, foram obtidos os seguintes dados:
- temperatura de termômetro de globo: 60 graus C;

- temperatura do ar: 26 graus C;

- temperatura de bulbo úmido: 23 graus C;

- velocidade do ar: 100 pés/min;

- A atividade desenvolvida no local é moderada.
A principal medida de controle a ser adotada deverá visar:
a) O aumento da velocidade do ar;

b) Diminuir a umidade relativa do ar;



c) Reduzir a incidência do calor radiante;

d) Insuflar ar fresco do ambiente externo;

e) Reduzir a temperatura de bulbo seco.
52) (ANAMT, 11/2011) A antecipação referida na NR-9 – PPRA:
a) É o reconhecimento de riscos à saúde já instalados;

b) É a identificação de riscos à saúde, antes de estarem instalados;

c) É a avaliação do risco à saúde;

d) É a terceira etapa do trabalho em higiene ocupacional;

e) Não pode ser considerada uma atividade de higiene ocupacional.


53) (ANAMT, 11/2011) Conforme determina a NR 7, o EXAME MÉDICO DEMISSIONAL deve ser realizado até a data da homologação:
a) em todos os casos;

b) desde que o último exame periódico tenha sido realizado há mais de 180 dias para empresa de risco empresa de risco I e II;



c) desde que o último exame periódico tenha sido realizado há mais de 90 dias para empresa de risco III e IV;

d) apenas para trabalhadores em atividades insalubres;

e) não sendo possível alterar para mais ou para menos este prazo.
54) (ANAMT, 11/2011) Em relação à exposição ao calor, o médico do trabalho pode diagnosticar sobrecarga térmica na seguinte situação:
a) Quando houver sudorese intensa eventual durante a realização do trabalho;

b) Quando a freqüência cardíaca se mantiver acima de 180 bpm menos a idade do trabalhador em anos para a pessoa com desempenho cardíaco normal;

c) Quando o trabalhador estiver com sede;

d) Quando não houver práticas de gerenciamento de sobrecarga térmica;

e) Quando a temperatura do núcleo do corpo estiver acima de 37 graus centígrados em trabalhadores não aclimatados ou não selecionados.


55) (ANAMT, 11/2011) Com relação aos Fatores de Risco presentes nos diferentes Ambientes de Trabalho, assinale a alternativa CORRETA:
a) São agentes físicos: vibrações; gases asfixiantes, barulho, raios ultravioletas e ultra-som;

b) São agentes químicos: gases, neblinas, raios X, poeira de amianto, hélio e amônia;

c) São agentes biológicos: vírus, bactérias, fungos, cães e ratos;

d) São agentes ergonômicos: má postura, repetição de movimentos, má iluminação, excesso de ruído e carregamento de peso excessivo;

e) São asfixiantes simples: o oxigênio, o gás carbônico, cianeto e monóxido de carbono.




QUESTÃO 1 (ANAMT, 11/2008)
A atividade dos trabalhadores de Call Centers (Centrais de atendimento telefônico e/ou Centrais de Relacionamento com Clientes) é conduzida via telefone e/ou rádio com utilização simultânea de terminais de computador. Caracterize os Fatores de Riscos desta atividade profissional e as possíveis repercussões na Saúde dos trabalhadores.
QUESTÃO 2 (ANAMT, 11/2008)
O inciso (a) do Item 31.5.1.1 da Norma Regulamentadora 31 (NR 31) indica que as Ações de Segurança e Saúde devem contemplar a melhoria das condições e do meio ambiente de trabalho. Considerando ser freqüente as Usinas de Álcool contratarem Trabalhadores Rurais para o Corte Manual de Cana que são procedentes de regiões afastadas da empresa, inclusive de outros Estados, quais recomendações são importantes no desenvolvimento da Gestão da Segurança, Saúde e Meio Ambiente de Trabalho Rural, para o cumprimento da NR 31 referentes a:
b) Áreas de Vivência:

c) Transporte de Trabalhadores:

d) Locais para Refeições:

e) Capacitação:



QUESTÃO 3 (ANAMT, 11/2011)
Os organofosforados incluem-se no grupo de agrotóxicos responsáveis pelo maior número de intoxicações e mortes no país. Substâncias altamente solúveis em lipídios, os organofosforados podem ser absorvidos pela pele, por ingestão ou inalação, armazenando-se no tecido adiposo, atravessando as barreiras hematoencefálicas, metabolizando-se no fígado, inibindo a colinesterase, cujos efeitos são sentidos principalmente no sistema nervoso central (SNC), sistema nervoso periférico (SNP), pulmões, hemácias e outros órgãos e ainda, efeitos tardios como neuropatia periférica, edema pulmonar e lesões renais entre outros.
1. Indique como proceder para o diagnóstico clínico ocupacional e quais os exames laboratoriais e toxicológicos de rotina que nos indica a NR-07, da Portaria 3.214/78 do MTE;

2. Indique e comente 03 (três) sinais clínicos da intoxicação;




©aneste.org 2017
enviar mensagem

    Página principal