Quadro 1 Escala de fragilidade proposta pelo Cardiovascular Health Study



Baixar 7.19 Kb.
Encontro21.12.2018
Tamanho7.19 Kb.

Quadro 1 – Escala de fragilidade proposta pelo Cardiovascular Health Study: definições dos casos

Item

Medida

Perda de peso

Para verificação de perda de peso, foram considerados como positivos aqueles com autorrelato de perda não intencional de mais de 4,5kg no ano. No acompanhamento, foi mensurado o índice de massa corporal (IMC) e quando o resultado comparativo ao ano precedente para o peso era ≥ 0,05 pela fórmula abaixo, sem relato de perda intencional, era também considerado positivo para perda de peso. (Peso no ano anterior – Peso Atual/ Peso no ano anterior).

Força muscular

Para mensuração da força muscular, foi utilizado um dinamômetro manual no membro superior dominante, solicitando ao participante que, por três vezes, exercesse a maior força possível. Aqueles, no primeiro quintil, após ajuste do resultado para sexo e índice de massa corporal, foram considerados positivos para o quesito Fraqueza muscular.

Sensação de exaustão

Para verificação da sensação de exaustão, foram utilizadas duas perguntas do CES-D (Center of Epidemiological Study Center Scale), itens sete e 20. “Eu me sinto cansado em tudo que faço” e “Não posso continuar desta forma”. Aqueles que responderam sim para qualquer das duas perguntas foram considerados positivos para o quesito Sensação de exaustão.

Lentificação da marcha

Para verificação da lentificação da marcha, foi avaliado o tempo gasto para caminhar um percurso de 4,6m em linha reta e, após ajuste para altura e sexo, foram considerados positivos para o quesito Lentificação da marcha aqueles do primeiro quintil.

Diminuição da atividade física

Para verificação de diminuição da atividade física, foi utilizado o questionário Minessota Leisure Time Activities (MLTA) e para cada atividade exercida pelo idoso foi calculado o gasto calórico semanal. Foram considerados positivos para o quesito diminuição da atividade física aqueles do primeiro quintil.





©aneste.org 2017
enviar mensagem

    Página principal