Prova escrita de cirurgia buco-maxilo-facial



Baixar 61.38 Kb.
Encontro24.10.2017
Tamanho61.38 Kb.








COMANDO DA AERONÁUTICA

DEPARTAMENTO DE ENSINO

CENTRO DE INSTRUÇÃO E ADAPTAÇÃO DA AERONÁUTICA

CONCURSO DE ADMISSÃO AO CAMAR/CADAR/CAFAR 2004

PROVA ESCRITA DE

CIRURGIA BUCO-MAXILO-FACIAL

VERSÃO "A"

CÓDIGO DE ESPECIALIDADE (CBM): 57

DATA DE APLICAÇÃO: 16 DE NOVEMBRO DE 2003.

ATENÇÃO! ABRA ESTA PROVA SOMENTE APÓS RECEBER AUTORIZAÇÃO.

PREENCHA OS DADOS ABAIXO.

NOME DO CANDIDATO:

__________________________________________________________________________________________

INSCRIÇÃO Nº:

__________________________________________________________________________________________


LEIA COM ATENÇÃO:





  1. Este caderno contém a prova escrita do Exame de Conhecimentos Especializados, composta de 30 (trinta) questões objetivas. Confira se todas as questões estão impressas e se são perfeitamente legíveis;

  2. Preencha correta e completamente o cartão-resposta com caneta de tinta azul ou preta. Não se esqueça de assiná-lo;

  3. Confira a "versão de prova" e preencha os campos "versão", no seu cartão-resposta;

  4. Não se esqueça de preencher os campos "Esp", relativos ao código da especialidade à qual você concorre;

  5. A prova terá duração de 02 (duas) horas, acrescidas de mais 10 (dez) minutos para preenchimento do cartão-resposta; e

  6. Somente será permitido retirar-se do local de prova a partir da metade do tempo previsto à resolução dela: 01 (uma) hora.



BOA PROVA!



  1. A osteotomia vertical intrabucal do ramo mandibular tem as seguintes vantagens:



  1. procedimento de fácil execução, utilização de bloqueio maxilomandibular, fácil acomodação condilar.

  2. procedimento com curto tempo de internação, realizável com instrumental básico, alterações neurossensoriais reduzidas.

  3. procedimento de fácil execução, não utilização de sínteses ósseas, alterações neurossensoriais reduzidas, ausência de cicatrizes cutâneas.

  4. procedimento de médio grau de complexidade, utilização de bloqueio maxilomandibular, baixo custo operacional.



  1. A osteotomia sagital do ramo mandibular é utilizada nos seguintes casos, em ordem decrescente de indicação:



  1. avanço mandibular, assimetrias mandibulares, recuo mandibular.

  2. avanço mandibular, recuo mandibular, assimetrias mandibulares.

  3. recuo mandibular, correção de defeitos verticais, avanço mandibular.

  4. avanço mandibular, recuo mandibular, correção de defeitos verticais.



  1. O cirurgião buco-maxilo-facial, diante de um quadro de desconforto toráxico (Angina Péctoris) durante cirurgia oral, sob anestesia local, deve parar o tratamento, colocar o paciente em posição semi-reclinada, administrar O2, checar pulso e PA, e administrar:



  1. nitroglicerina 0,3mg a 0,4mg a cada 5 min, observando-se eventual hipotensão.

  2. nitroglicerina 0,6mg a 0,8mg a cada 5 min, observando-se eventual hipertensão.

  3. nitroglicerina 0,6mg a 0,8mg a cada 3 min, observando-se eventual hipotensão.

  4. nitroglicerina 0,3mg a 0,4mg a cada 3 min, observando-se eventual hipertensão.



  1. Na avaliação pré-operatória de paciente em uso crônico de ácido acetil-salicílico, por indicação cardiológica, poder-se-á observar alterações que contra-indiquem o ato operatório nos seguintes exames:



  1. tempo de coagulação e contagem de plaquetas.

  2. tempo de coagulação e hematócrito.

  3. tempo de sangramento e tempo de protrombina.

  4. tempo de protrombina e tempo de tromboplastina parcial.



  1. O exame laboratorial sangüíneo que indica a normalidade do número (quantitativa) e da função (qualitativa) das plaquetas é:



  1. Tempo de Sangramento.

  2. Contagem de Plaquetas.

  3. Tempo de Tromboplastina Parcial.

  4. Tempo de Protrombina.



  1. A análise facial frontal divide a face em terços, determinados por pontos craniométricos. Assinale a alternativa que apresenta a seqüência correta dos pontos limitantes dos terços, no sentido súpero-inferior.



  1. Pro-nasale (Prn)

  2. Pogonion (Pg)

  3. Nasion (N)

  4. Trichion (Tr)

  5. Subnasale (Sn)

  6. Glabela (G)

  7. Gnation (Gn)



  1. 6, 3, 2

  2. 4, 6, 7

  3. 4, 5, 7

  4. 6, 1, 7



  1. Os objetivos da ortodontia pré-cirúrgica são:



  1. ajustar a discrepância dentária, alinhar a inclinação dos dentes chave de oclusão, criar espaço para os terceiros molares.

  2. alinhar e nivelar dentes superiores e inferiores, coordenar os arcos, estabelecer inclinações axiais adequadas.

  3. alinhar e nivelar os dentes de ambas as arcadas, estabelecer uma Classe I no pré-operatório imediato, ajustar inclinações.

  4. criar espaços para erupção de dentes retidos, ajustar inclinações axiais, coordenar arcos.



  1. O traçado predictivo apresenta as seguintes limitações de emprego:



  1. dificuldade de emprego em assimetrias faciais e discrepâncias verticais.

  2. impossibilidade de planejamento em movimentos transversos e discrepâncias ântero-posteriores.

  3. impossibilidade de planejamento em movimentos transversos e assimétricos de maxila.

  4. dificuldade de planejamento em discrepâncias verticais e transversais.



  1. Em um paciente com fraturas múltiplas de face, o cirurgião tem que reconstruir a face com base em estruturas ósseas do esqueleto facial, que ofereçam suporte primário nos sentidos vertical e ântero-posterior. Marque a alternativa que indica os três pilares que formam o suporte vertical primário da face.



  1. Naso-maxilar, Ptérigo-maxilar e Zigomático.

  2. Naso-maxilar, Zigomático e Maxilar.

  3. Frontal, Maxilar e Mandibular.

  4. Zigomático, Ptérigo-maxilar e Frontal.



  1. Em traumatismo alvéolo-dentário, com avulsão, sem lesão dos tecidos adjacentes, reimplantado em até 30 minutos, é indicada a contenção do dente pelo tempo médio de:



  1. 2 a 3 meses.

  2. 3 a 4 semanas.

  3. 7 a 10 dias.

  4. 6 meses.



  1. Paciente hígido, 28 anos de idade, comparece à clínica de cirurgia buco-maxilo-facial com queixa de aumento de volume em região de terceiro molar superior direito, com evolução de 6 meses. Ao exame clínico, dentes sem alteração, aumento de volume no fundo de vestíbulo, coloração da mucosa normal, indolor à palpação. Ao exame radiográfico, apresenta imagem de lesão radiolúcida, com aproximadamente 2 cm de diâmetro, com margens bem definidas. Com base nos dados descritos, qual a primeira conduta diagnóstica indicada?



  1. Enucleação associada à curetagem.

  2. Marsupialização e envio a exame histopatológico.

  3. Biópsia por aspiração.

  4. Biópsia excisional e envio a exame histopatológico.



  1. Indique a seqüência que apresenta as fraturas mandibulares em ordem decrescente de incidência percentual.

    1 – Corpo

    2 – Sínfise

    3 – Côndilo

    4 – Ramo

    5 – Coronóide





  1. 3, 2, 4, 1, 5.

  2. 3, 2, 1, 4, 5.

  3. 1, 3, 2, 5, 4.

  4. 3, 2, 1, 5, 4.



  1. A fusão da articulação temporomandibular que conduz à redução da abertura mandibular e varia desde uma redução parcial da função até a imobilidade completa da mandíbula denomina-se:



  1. anquilose intracapsular.

  2. anquilose extracapsular.

  3. doença articular degenerativa.

  4. osteoartrite.



  1. Sobre a bupivacaína, é INCORRETO afirmar que



  1. sua toxicidade é cerca de quatro vezes maior que a da lidocaína e da mepivacaína.

  2. é metabolizada por amidases no fígado.

  3. é excretada pelo rim.

  4. a potência é cerca de quatro vezes maior que a da lidocaína e prilocaína.



  1. Dentre os vasoconstrictores utilizados em odontologia, determina vasoconstricção periférica intensa a



  1. Levonordefrina.

  2. Octapressina.

  3. Noradrenalina.

  4. Adrenalina.



  1. Bloqueio de terceira divisão e bloqueio de V são outros nomes para a técnica de bloqueio anestésico do nervo



  1. maxilar.

  2. infraorbitário.

  3. mandibular.

  4. mentoniano.



  1. Durante um procedimento de exodontia de terceiros molares, pode ser necessário que o cirurgião repita a injeção de anestésico local, caso o paciente queixe-se de dor. A duração, a intensidade e a propagação da anestesia diminuem muito com a reinjeção do anestésico local. Qual o nome do processo no qual o cirurgião readministra anestésico local e não ocorre um controle efetivo da dor?



  1. Neuropraxia.

  2. Taquifilaxia.

  3. Neurotimese.

  4. Axonotimese.



  1. Assinale a alternativa que preenche correta e respectivamente as lacunas abaixo.

    Segundo Malamed, para um paciente hígido de 70Kg, as doses máximas recomendadas de substâncias componentes de uma solução anestésica local com vasoconstrictor são: mepivacaína 2%, ______ mg; lidocaína 2%, ______ mg; bupivacaína 0,5%, ______ mg.





  1. 300 / 280 / 84

  2. 400 / 600 / 90

  3. 330 / 220 / 140

  4. 300 / 462 / 90



  1. A etiologia do carcinoma de células escamosas está associada aos seguintes fatores:



  1. extrínsecos (tabagismo, desnutrição, sífilis) e intrínsecos (anemia ferropriva, hereditariedade, HPV).

  2. extrínsecos (etilismo, sífilis, radiação UV) e intrínsecos (imunossupressão, tabaco sem fumaça, deficiência de vitamina A).

  3. extrínsecos (etilismo, tabagismo, radiação UV) e intrínsecos (desnutrição, deficiência de ferro, imunossupressão).

  4. extrínsecos (tabagismo, inflamação crônica, radiação UV) e intrínsecos (desnutrição, sífilis, imunossupressão).



  1. A associação de amoxicilina com ácido clavulâmico tem por objetivo:



  1. estimular a produção, pelas bactérias, de enzimas beta-lactamases.

  2. ativar o antimicrobiano sobre microorganismos que tornaram-se resistentes às penicilinas.

  3. incrementar a absorção do antimicrobiano por via oral.

  4. diminuir a toxicidade e as reações alérgicas às penicilinas.



  1. Quanto ao agente antimicrobiano amoxicilina, assinale a alternativa INCORRETA.



  1. É considerada uma penicilina de espectro estreito como a penicilina V.

  2. Alcança concentrações que persistem por mais tempo que uma dose equivalente de penicilina V.

  3. A adição de ácido clavulâmico torna a amoxicilina mais eficaz contra bactérias que se tornaram resistentes a este antibiótico.

  4. É a droga de 1ª escolha para a prevenção de endocardite bacteriana em pacientes portadores de válvulas cardíacas.



  1. Quanto ao uso de medicamentos no controle da dor pós-operatória, marque (V) para as afirmativas verdadeiras e (F) para as falsas.



  1. A administração pré-operatória de antiinflamatórios não esteróides retarda o início da dor pós-operatória e diminui sua intensidade.

  2. Qualquer esquema analgésico deve incluir uma droga não-opióide, mesmo quando necessária a utilização de analgésico opióide para controle da dor.

  3. Os analgésicos opióides agonistas puros, como a codeína e a oxicodona, não devem ser utilizados em associação com antiinflamatórios não esteróides.

  4. No controle da dor pós-cirúrgica intensa, a via oral de administração para analgésicos opióides e não-opióides é contra-indicada.

  5. Os analgésicos opióides agonistas puros são as drogas de 1ª escolha em casos de dor que não respondem adequadamente a agentes não-opióides.

    A seqüência correta é





  1. V-V-V-F-V

  2. F-V-V-V-F

  3. V-V-F-F-V

  4. F-V-V-F-V



  1. O cistoadenoma papilífero linfomatoso afeta quase que exclusivamente a glândula



  1. sublingual.

  2. submandibular.

  3. parótida.

  4. tireóide.



  1. O cisto globulomaxilar ocorre:



  1. no ápice de um dente não vital com tratamento endodôntico.

  2. na região de um pré-molar extraído para fins ortodônticos.

  3. entre o incisivo lateral superior e o canino superior, causando deslocamento radicular.

  4. em associação com o terceiro molar retido, com expansão de cortical.



  1. A candidíase bucal é causada pela Candida albicans, podendo assumir diversos aspectos clínicos, a saber:



  1. placas brancas destacáveis, máculas eritematosas, placas brancas não destacáveis, áreas eritematosas com atrofia epitelial.

  2. placas brancas destacáveis, áreas eritematosas associadas a placas brancas, úlceras com bordas elevadas ou com aspecto de morango.

  3. placas brancas, máculas eritematosas com ou sem atrofia epitelial, áreas com elevações xantocrômicas, úlceras múltiplas com quadro álgico.

  4. máculas eritematosas com úlcera central, placas brancas destacáveis com odor fétido, úlceras com aspecto maligno.



  1. A mucocele é uma lesão oral que apresenta um



  1. corpo estranho instalado no interior da mucosa.

  2. aumento de volume papilomatoso.

  3. ducto dilatado de uma glândula salivar menor.

  4. cisto de retenção, localizado no lábio ou bochecha, preferencialmente.



  1. O paciente portador de síndrome da imunodeficiência adquirida pode apresentar as seguintes manifestações orais e maxilofaciais:



  1. sarcoma de Kaposi, líquen plano, GUNA, leucoplasia pilosa.

  2. sarcoma de Kaposi, leucoplasia pilosa, lesões herpéticas atípicas, GUNA.

  3. sarcoma de Kaposi, GUNA, linfoadenopatia generalizada, glossite atrófica.

  4. sarcoma de Kaposi, candidíase, GUNA, petéquias.



  1. A administração intravascular acidental de um anestésico local, associado com adrenalina a 1:100.000, poderá causar efeitos colaterais indesejáveis.

    Dos itens abaixo, assinale aqueles que são considerados como tais:





  1. maior duração do efeito do anestésico;

  2. aumento da freqüência cardíaca;

  3. elevação da pressão sistólica;

  4. redução do fluxo sangüíneo para o local da injeção;

  5. eventuais arritmias como extra-sístoles ventriculares.



  1. II – III – IV

  2. II – III – V

  3. I – II – III – V

  4. I – II – III – IV – V



  1. O líquen plano na mucosa oral apresenta-se sob duas formas clínicas:



  1. reticular, mais freqüente e sintomático; e erosivo, menos freqüente e assintomático.

  2. reticular, mais freqüente e assintomático; e erosivo, menos freqüente e sintomático.

  3. reticular, menos freqüente e assintomático; e erosivo, mais freqüente e sintomático.

  4. reticular, menos freqüente e sintomático; e erosivo, mais freqüente e assintomático.



  1. Qual grupo reúne os sinais e sintomas mais associados ao carcinoma de células escamosas?



  1. Evolução rápida, curta duração, febre, dor.

  2. Paciente adulto, localização labial, úlcera única evoluída a partir de vesícula.

  3. Paciente acima de 40 anos, ulceração de evolução lenta, localização em lábio, língua ou assoalho bucal.

  4. Manchas múltiplas em mucosa, coloração acinzentada, depressão na superfície mucosa.









©aneste.org 2017
enviar mensagem

    Página principal