Protocolo Técnico Estudo Paramétrico da Próstata



Baixar 16.51 Kb.
Encontro10.12.2017
Tamanho16.51 Kb.

Protocolo Técnico HSA
Objectivo:

Bobine: Head Coil

Preparação do Doente: Acesso venoso periférico de calibre suficiente para um fluxo de 4ms/s, de preferência ante-cubital.
Protocolo de Aquisição:

  1. Localizador T2

  2. Sagital T1 MPR (para fundir com DTI)

  3. Axial DP/T2

  4. Axial Flair

  5. Axial T2*

  6. Axial Difusão (20 direcções para tractografia)

  7. Espetroscopia Multivoxel

  8. Perfusão


Tempo Total de Aquisição: 21min05seg (pode variar no estudo de LCR)


  1. Espectroscopia - Multivoxel)




  1. PERFUSÃO

Objectivo: Obter informação quantitativa (relativa) e qualitativa da circulação cerebral.

Bobine: Head matrix coil.

Preparação: Punção de veia antecubital (ou veia de calibre semelhante, de forma a possibilitar uma injecção de contraste adequada). Preparação do injector.
Protocolo de Aquisição:

  1. Planear a sequência de perfusão, com orientação axial;

  2. Iniciar a aquisição da sequência;

  3. Iniciar a injecção de gadolínio 8 segundos após o início da sequência;


Protocolo Injector:




Volume

Fluxo

Contraste

25 ml

4.0 ml/s

Soro

15 ml

2.0 ml/s


Protocolo de Pós- Processamento:

Produção de Mapas de Perfusão:

  1. Passar a sequência de aquisição da perfusão para a aplicação Perfusion;

  2. Localizar a artéria cerebral média;

  3. Activar o AIF definition e posicioná-lo no segmento M1 da ACM contralateral á zona lesionada;

  4. Escolher no mínimo 3 curvas de perfusão;

  5. Estabelecer os limites de tempo, colocando o 1º cursor no início da injecção, o 2º no final da baseline, e o 3º no início da baseline da segunda passagem do contraste;

  6. Confirmar os tempos estabelecidos;

  7. Clicar no ícone de produção dos mapas de perfusão;

  8. Salvar os 4 mapas (TTP, MTT, CBV e CBF)

  9. Fotografar os mapas em papel (1 mapa por folha A4)

  10. Para enviar para o PACS é necessário gravar estas sequências como RGB.




      1. posicionamento igual às sequências axiais anteriores para a próstata;

      2. utilizar injector

      3. Iniciar aquisição sem contraste.

      4. Após a 2ª aquisição, o exame pausa para administração do contraste (apenas na 3ª aquisição), num total de 20 medições.


Protocolo de Pós-Processamento- Curvas Dinâmicas:


  1. Avaliar qual a subtracção mais relevante (maior hipersinal em possíveis lesões)

  2. Enviar todas as sequências de aquisição dinâmicas sem subtracção para o 1º quadrante do Mean Curve;

  3. Enviar a melhor subtracção para o 2º quadrante do Mean Curve;

  4. Desenhar os ROIs necessários e executar a curva

    1. Eixo dos Xs em Normal Time;

    2. Percentagem

  5. Gravar a curva

  6. Gravar a curva em RGB

  7. Repetir o processo o número de vezes necessário e eventualmente em mais do que uma subtracção (neste caso é necessário fechar o paciente no Mean Curve e reiniciar o processo).



Compartilhe com seus amigos:


©aneste.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
universidade federal
terapia intensiva
Excelentíssimo senhor
minas gerais
Universidade estadual
união acórdãos
prefeitura municipal
pregão presencial
reunião ordinária
educaçÃo universidade
público federal
outras providências
ensino superior
ensino fundamental
federal rural
Palavras chave
Colégio pedro
ministério público
senhor doutor
Dispõe sobre
Serviço público
Ministério público
língua portuguesa
Relatório técnico
conselho nacional
técnico científico
Concurso público
educaçÃo física
pregão eletrônico
consentimento informado
recursos humanos
ensino médio
concurso público
Curriculum vitae
Atividade física
sujeito passivo
ciências biológicas
científico período
Sociedade brasileira
desenvolvimento rural
catarina centro
física adaptada
Conselho nacional
espírito santo
direitos humanos
Memorial descritivo
conselho municipal
campina grande