Projeto de lei nº 677, de 2010



Baixar 9.69 Kb.
Encontro26.05.2018
Tamanho9.69 Kb.


PROJETO DE LEI Nº 677, DE 2010
Dá a denominação de Mario Paludeto ao viaduto sobre a Rodovia SP - 351, no Município de Catanduva.



A ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE SÃO PAULO DECRETA:

Artigo 1º - Passa a denominar-se “Mario Paludeto” o viaduto localizado no km 216+000 da Rodovia SP - 351, no Município de Catanduva.
Artigo 2º - Esta lei entra em vigor na data de sua publicação.



JUSTIFICATIVA


Mario Paludeto nasceu no dia 06 de maio de 1915 na cidade de Franca, São Paulo.


Passou a infância e adolescência toda cercado por sua família, que sempre foi peça fundamental na formação de seus valores. Quando se tornou homem transformou-se em um exímio sapateiro, profissão esta que foi aprimorando até se tornar um modelista respeitado.
Casou-se com Izoldina Freitas Paludeto, carinhosamente chamada de Dona Zizi, e desse casamento nasceram quatro filhas, Marlene, Maria Amália, Marilza e Elizabete.
Aproveitava os dias como sapateiro e as noites como modelista, tornando-se rapidamente um profissional da fabricação de calçados no pólo calçadista de Franca. Em 1960, aos 45 anos de idade enfrentou o maior desafio profissional da sua vida, adquiriu a Curtidora Catanduva S/A, mudando-se para Catanduva e se fazendo um dos empresários de maior

sucesso dessa cidade, contribuindo para o crescimento da economia e geração de empregos.


O senhor Mario, como era respeitosamente chamado, não deixou que a ascensão de sua vida profissional ficasse apenas no seu reduto familiar, mas aproveitou de forma ativa o seu sucesso profissional e financeiro afim daqueles que realmente necessitavam do seu trabalho.
A sua benemerência não era feita apenas a instituições ou pessoas com doações financeiras, e sim com trabalho edificante e estruturado, a fim de que se perpetuassem tais atividades, dentre elas as batalhas em prol da APAE, instituição essa que ele realmente tinha um amor intenso.
Como ele mesmo dizia: “o que eterniza um homem não é nada mais que a continuidade de seus valores, através da manutenção de seu trabalho de benemerência.”
O senhor Mario faleceu aos 23 de agosto de 2003 terminando seu trabalho por aqui com grandiosidade, deixando muitas saudades entre os seus familiares, amigos e munícipes de Catanduva.
Diante do exposto, não restam dúvidas de que a homenagem pretendida é mais do que justa, por isso contamos com o apoio dos nobres pares para a aprovação do presente projeto de lei.

Sala das Sessões, em 31/8/2010



a) Roberto Massafera - PSDB




Compartilhe com seus amigos:


©aneste.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
universidade federal
terapia intensiva
Excelentíssimo senhor
minas gerais
união acórdãos
Universidade estadual
prefeitura municipal
pregão presencial
reunião ordinária
educaçÃo universidade
público federal
outras providências
ensino superior
ensino fundamental
federal rural
Palavras chave
Colégio pedro
ministério público
senhor doutor
Dispõe sobre
Serviço público
Ministério público
língua portuguesa
Relatório técnico
conselho nacional
técnico científico
Concurso público
educaçÃo física
pregão eletrônico
consentimento informado
recursos humanos
ensino médio
concurso público
Curriculum vitae
Atividade física
sujeito passivo
ciências biológicas
científico período
Sociedade brasileira
desenvolvimento rural
catarina centro
física adaptada
Conselho nacional
espírito santo
direitos humanos
Memorial descritivo
conselho municipal
campina grande