Projeto de lei nº 555, de 2016



Baixar 8.91 Kb.
Encontro22.01.2018
Tamanho8.91 Kb.

PROJETO DE LEI Nº 555, DE 2016
Declara de utilidade pública a Comunidade Kolping da Aldeia de Carapicuíba.



A ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE SÃO PAULO DECRETA:
Artigo 1º - É declarada de utilidade pública a Comunidade Kolping da Aldeia de Carapicuíba, com sede em Carapicuíba.
Artigo 2º - Esta lei entra em vigor na data de sua publicação.


JUSTIFICATIVA

A Comunidade Kolping da Aldeia de Carapicuíba, inscrito no CNPJ sob nº 50.527.316/0001-04, fundada em 04/02/1982, com sede no município de Carapicuíba, à Rua do Cabo, n.º 20, bairro Jardim Leonor, CEP 06340-050, é pessoa jurídica sem fins lucrativos, que tem por missão contribuir para a promoção da pessoa nas diversas dimensões da vida, mediante a formação de grupos solidários de autoajuda, visando a construção de uma sociedade mais justa e fraterna.

É um movimento social popular de católicos, de caráter familiar que, por meio da formação e ação, visa a promoção integral da pessoa humana, principalmente do trabalhador e de sua família.

A entidade busca a promoção integral da pessoa humana, ou seja, quer ser uma “escola de vida” que inclui os aspectos religioso, profissional, recreativo, familiar, social e a transformação das realidades sociais em que vive o homem através da formação e ação social.

Tal ação social pode dar-se no campo laboral, assistencial, recreativo, cultural, organizativo, ambiental e não tem caráter paternalista, ao contrário, trabalha com o princípio de ajuda para a autoajuda.

A Comunidade Kolping da Aldeia de Carapicuíba se destina a pessoas de todas as classes sociais, ocupando-se, principalmente, do jovem trabalhador.

Todo o trabalho da Comunidade Kolping da Aldeia de Carapicuíba se assenta na vida comunitária de seus membros. Nos grupos Kolping, é cultivado o relacionamento amigo, o clima familiar, a participação comunitária, o espírito democrático.

O trabalho desenvolvido é da responsabilidade dos leigos que a constituem, e são auxiliados, neste trabalho, pela orientação dos assistentes religiosos, que podem ser padres, religiosos ou, na sua falta, até mesmo leigos.

Visando a promoção integral da pessoa humana, a Comunidade Kolping da Aldeia de Carapicuíba escolheu os seguintes campos de atuação para seus programas de formação e ação social: Religião e Igreja; Trabalho e Profissão; Recreação e Cultura; Família e Comunidade; Sociedade e Política.

A Comunidade Kolping da Aldeia de Carapicuíba se propõe a trabalhar com outras organizações que também visam o bem comum: entidades civis e religiosas, públicas ou privadas e procura entrosar seu trabalho com os planos da Igreja no Brasil.

Com os órgãos estatais e entidades particulares, procura tornar-se parceira de projetos concretos, não adotando, porém, sistemas ou ideologias que porventura representem.

Ante o exposto, solicitamos o concurso dos Nobres Pares para a aprovação do presente Projeto de lei.





Sala das Sessões, em 29/6/2016.
a) Gilmaci Santos - PRB




Compartilhe com seus amigos:


©aneste.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
universidade federal
terapia intensiva
Excelentíssimo senhor
minas gerais
união acórdãos
Universidade estadual
prefeitura municipal
pregão presencial
reunião ordinária
educaçÃo universidade
público federal
outras providências
ensino superior
ensino fundamental
federal rural
Palavras chave
Colégio pedro
ministério público
senhor doutor
Dispõe sobre
Serviço público
Ministério público
língua portuguesa
Relatório técnico
conselho nacional
técnico científico
Concurso público
educaçÃo física
pregão eletrônico
consentimento informado
recursos humanos
ensino médio
concurso público
Curriculum vitae
Atividade física
sujeito passivo
ciências biológicas
científico período
Sociedade brasileira
desenvolvimento rural
catarina centro
física adaptada
Conselho nacional
espírito santo
direitos humanos
Memorial descritivo
conselho municipal
campina grande