Projeto: 2ª Missão de Solidariedade à Palestina



Baixar 21.84 Kb.
Encontro18.09.2019
Tamanho21.84 Kb.

Projeto: 2ª Missão de Solidariedade à Palestina
1. Título: 2ª Missão de Solidariedade ao Povo Palestino
2. Organização: Comitê de Apoio ao Estado da palestina – CEP
3. Apoio: Fepal – Federação das Entidades Árabe-Palestinas do Brasil e Fearab – Federação das Entidades Árabes do Brasil.
4. Período: 11 de abril (quinta) até 22 de abril (segunda)
5. Objetivo: São os seguintes os objetivos gerais: 1. Prestar Solidariedade ao povo palestino; 2. Levar representantes da sociedade civil brasileira para conhecer a realidade da ocupação sionista das terras palestinas; 3. Trazer informações sobre a palestina, repercutindo nos meios de comunicação de massa alternativa no Brasil.
6. Custo da viagem: Para hospedagem em apartamento duplo, o custo por pessoa ficará em US$3,565.00 e em apartamento individual o preço será de US$3,915.00, podendo ser pago com cartões de crédito internacional e parcelados em até seis vezes sem juros.
Nesses custos estão inclusos: Assistência nos aeroporto de Guarulhos e Amã; Assistência nas fronteiras de Jordânia e Israel; Traslado aeroporto em Amã / Ramallah/ Aeroporto de Amã; seis noites de hotel quatro estrelas em Ramallah com café da manhã; uma noite na cidade de Petra em hotel quatro estrelas com café da manhã; uma noite em Amã em hotel quatro estrelas com café da manhã; transporte a disposição em Ramallah, sem guia turístico; tour para Jerusalém e Belém com guia em espanhol; tour a Jerash; tour com pernoite em Petra; seguro viagem; taxas aeroportuárias; taxa de visto para a Jordânia e uma bolsa de viagem Lynden.
Não estão inclusos nos preços: despesas de ordem pessoal tais como telefonemas, fax, lavanderia, bebidas de qualquer natureza e tudo que não consta como incluso no roteiro.
7. Operadora de turismo: A cargo da empresa Lynden – fones: 11-3313-1150 e 5589-8724. Responsável: Khaled Mahassen – correio eletrônico: khaled@lynden.com.br – Página na Internet: www.lynden.com.br – Endereço: Avenida Ipiranga, nº 1.147 – 6º andar – sala 61 – CEP: 01039-000 – São Paulo – SP.
8. Companhia Aerea: Emirates (www.emirates.com/br).
9. Cobertura jornalística: o projeto prevê o envio de uma equipe de filmagens (cinegrafista e auxiliar) e um jornalista e mais um fotógrafo.
10. Número de participantes: fica estabelecido um máximo de 40 integrantes da Missão.
11. Roteiro de viagem: Saindo de São Paulo – aeroporto internacional de Guarulhos com destino à capital dos Emirados Árabes Unidos, Dubai. Troca de aeronave e seguindo para Amã, na Jordânia. Viagem à Ramalláh, Palestina por ônibus, atravessando a fronteira jordaniana na ponte Allenby. O retorno da mesma forma, de ônibus de Ramalláh para Amã com dois pernoites e seguindo novamente para Dubai, com um pernoite e retornando à São Paulo.

12. Detalhamento da Viagem:


1º Dia – 16 de abril – terça-feira – Apresentação às 21h no Aeroporto Internacional de Guarulhos, São Paulo.
2º Dia – 17 de abril – quarta-feira – Embarque para Dubai pela Emirates, no voo EK 262 de 1h25 com chegada prevista para 23h (hora local em Dubai). Pernoite em Hotel nessa cidade por conta da Cia Aérea.
3º Dia – 18 de abril – quinta-feira – Saída às 6h para o aeroporto de Dubai. Embarque às 7h25 no voo EK 901 com destino à Amã, Jordânia. Chegada prevista em Amã às 9h50 (hora local). Ônibus especial estará aguardando a delegação brasileira no aeroporto com apoio de operadores de turismo local conveniados com a Lynden. Rumaremos direto para a fronteira jordaniana com a Palestina, para atravessar a ponte Allenby e nos apresentarmos à imigração de Israel. Previsão de chegar ao hotel em Ramalláh por volta das 14h pelo menos. Almoçaremos no Hotel.
Dias 4º ao 8º – 19/4 – sexta-feira até 23/4 – terça-feira – Detalhamento da programação ficará ao encargo da Embaixada da Palestina no Brasil. Estão previstas as seguintes atividades:
· Visitas às aldeias de Nabih Saleh e Bil’in, com participação de demonstrações locais;
· Visita a escolas e hospitais;
· Encontro com Comitês dos presos políticos e dos refugiados;
· Visita ao Museu de Mahmoud Darwish;
· Visita ao Mausoléu Yasser Arafat;
· Encontro com o presidente da Palestina Mahmoud Abbas;
· Vista às cidades históricas de Belém e Jerusalém;
· Encontro com entidades de mulheres e centrais sindicais;
· Encontro com a embaixadora brasileira em Ramalláh;
· Conhecer o Muro da Vergonha.

9º Dia – 24/4 – quarta-feira – Saída do Hotel às 9h rumo à fronteira na Ponte Allenby. Apresentação à imigração israelense. Seguiremos direto para a cidade histórica de Jerash. Almoçaremos no caminho. Depois seguiremos para a histórica cidade de Petra. Pernoitaremos na cidade.

10º Dia – 25/4 – quinta-feira – Faremos uma visitação geral da cidade de Petra, patrimônio Cultural da humanidade. De volta a Amã, faremos uma breve parada no Mar Morto. Noite livre.
11º Dia – 26/4 – sexta-feira – Faremos uma visitação geral da histórica cidade de Amã. Esta prevista uma reunião coma esquerda patriótica jordaniana durante o dia. Teremos guia turístico especializado falando em português. Noite livre.
12º Dia – 27/4 – sábado – Saída do Hotel às 8h em direção ao aeroporto de Amã. Embarque no voo EK 902 com destino à Dubai às 11h10. Chegada prevista em Dubai por volta das 15h. Ida ao Hotel e instalação nos quartos. Faremos uma volta na cidade, com guia especializado em turismo falando em português. Noite livre na cidade;
13º dia – 28/4 – domingo – Saída do Hotel em Dubai às 6h para o aeroporto. Embarque pela Emirates em voo direto EK 261 para o Brasil, com previsão de chegada em São Paulo, no Aeroporto Internacional de Guarulhos, Cumbica às 16h30, hora local. Fim das atividades da 2ª Missão.
13. Apoio da Emirates – Pelo fato da conexão para Amã não ser imediata, a empresa Emirates oferece aos seus passageiros, sem nenhum custo adicional: 1. Visto de turismo para estada no país e 2. Pernoite na ida e na volta em hotel cinco estrelas com direito a um jantar;
14. Prazos – As confirmações dos nomes dos participantes devem ser feita com a operadora de turismo até o prazo limite de 10 de março, sendo efetuado o pagamento com a conversão do valor do dólar turismo do dia do embarque.
16. Documentos – É preciso ter passaporte com validade; visto de turismo para a Jordânia (a empresa de turismo obtém com preenchimento de formulário especial e pagamento de cem dólares) e mais carteira internacional de vacinação (pode ser obtida em posto da Anvisa nos aeroportos internacionais);
17. Hoteis: em Dubai, ficaremos no Hotel Milenium (http://www.millenniumhotels.ae/millenniumdubai/); em Ramallah, ficaremos no Hotel Best Eastern (http://www.besteasternhotels.com/); em Amã ficaremos no Hotel Cham Palace (http://www.ammanchamhotel.com/) e em Petra ficaremos no Guest House (http://www.besteasternhotels.com/).
18. Recomendações – Como todas as despesas de traslado, taxas aeroportuárias, seguro internacional, passagem aérea, city tour, hoteis e refeições estão inclusas no pacote, recomendamos que se levem em mãos em torno de 500 dólares e cartão de crédito internacional. Assim que confirmar a participação enviar o passaporte imediatamente para a operadora de turismo para a emissão do visto da Jordânia.
18. Ministério das Relações Exteriores do Brasil – A lista oficial dos nomes dos integrantes, com os números de seus respectivos passaportes será oficialmente informada ao Itamaraty para que possamos ter apoio e suporte na chegada em Amã e traslado para a Palestina, quanto na chegada em Ramalláh.

São Paulo, 18 de fevereiro de 2013.


Comitê pelo Estado da Palestina Já!




©aneste.org 2017
enviar mensagem

    Página principal