Programação Seminário internacional



Baixar 19.73 Kb.
Encontro12.10.2019
Tamanho19.73 Kb.


Programação Seminário internacional

Políticas culturais, intervenção urbana e patrimônio edificado: perspectivas para as metrópoles contemporâneas


24/05- 3.feira
Políticas culturais e intervenção urbana

em áreas antigas: um balanço
Tendo em vista discutir as políticas culturais associadas à requalificação de áreas antigas, o primeiro dia de debate pretende fazer um balanço sobre a pertinência e os resultados das ações que vêm sendo realizadas no centro de São Paulo (particularmente a região da Luz/Santa Ifigênia) nos últimos 30 anos. Assim, pretende-se a avaliar em que medida o incentivo à algumas manifestações culturais contribuíram, ou não, para a “revitalização” da área, não só do ponto de vista do mercado imobiliário, mas principalmente para os diversos segmentos sociais que moram, trabalham, e circulam pela região.
10:30hs: Palestra: Profa dra Regina Meyer (Faculdade de Arquitetura e Urbanismo-USP)
12:00hs: Debate:

-Prof dr José Tavares de Lira (Faculdade de Arquitetura e Urbanismo e Centro de Patrimônio Cultural-USP)

-Prof dr José Teixeira Coelho Neto (Escola de Comunicação e Arte-USP e Museu de Arte de São Paulo)

- Prof dr Carlos Augusto Calil (Secretaria Municipal de Cultura-PMSP)


13:00hs: Almoço
O projeto “Nova Luz”
Nesta mesa pretende-se discutir os fundamentos e as propostas de intervenção urbana que fundamentam o projeto “Nova Luz”, a ser apresentado por representantes das empresas que formam o consórcio vencedor do concurso organizado pela Prefeitura Municipal de São Paulo. Cabe ainda neste debate avaliar os possíveis desdobramentos da aplicação do projeto em diversas escalas (local, regional, nacional, internacional), tendo em conta os diferentes segmentos sociais envolvidos.
14:30hs: Palestra: Lourenço Gimenes (FGMF Arquitetos) e José Bicudo (Cia City)
15:30hs: Intervalo

16:00hs: Debate:

-Prof. dr. Fernando de Mello Franco (Universidade Mackenzie e MMBB)

-Dra. Rovena Negreiros (Emplasa)

-Dr. Jorge Wilheim (Jorge Wilheim Consultores Associados)
18:30hs: Exibição de “Soberano” Ana Paula Orlandi e Kiko Mollica, 15 min (2005) e “O Bandido da Luz Vermelha” (1968) 92 min Rogério Sganzerla

20:30: Alfredo Sternheim (Cineasta)


25/05- 4.feira
Experiências nacionais e internacionais: modelos e alternativas
Considerando que outras cidades brasileiras e internacionais têm passado também por experiências de intervenções urbanas em áreas antigas, serão discutidos nesta mesa os pressupostos e os desdobramentos que estas intervenções tiveram nas referidas cidades. Pretende-se assim ampliar os horizontes e as referências locais, possibilitando avaliar a pertinência das propostas feitas para a metrópole paulistana
10:30hs: Palestra: Prof dr Josep Maria Montaner (Universitat Politecnica de Catalunya- Espanha)
12:00hs: Debate:

-Arq. Marcelo Ferraz (Brasil Arquitetura)

- Prof. dr. Rogério Proença Leite (Universidade Federal de Sergipe)

-Prof . Hector Vigliecca (Univ. Mackenzie e Vigliecca & Associados)


13:00hs: Almoço
A atuação dos órgãos preservacionistas
Por ser a Luz/ Santa Efigênia uma área dotada de patrimônio edificado de grande valor, ela tem sido alvo de sucessivas políticas culturais, o que nos permite avaliar as possibilidades, mecanismos e recursos utilizados pelos órgãos preservacionistas diante das pressões exercidas pelos diversos atores sociais que atuam na metrópole. Cabe ainda discutir e comparar os instrumentos de preservação utilizados em outras cidades brasileiras, particularmente no Rio de Janeiro.
14:30hs: Palestra: Prof. dr. José Eduardo de Assis Lefèvre (Faculdade de Arquitetura e Urbanismo-USP e Conselho de Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental de São Paulo)

15:30hs: Intervalo

16:00hs: Debate:

-Profa dra Herta Franco (curadora)

- Dra. Marly Rodrigues (Memórias Assessoria e Projetos)

- Dr. Roberto Anderson Magalhães (Instituto Estadual do Patrimônio Cultural-RJ)


18:30hs: Exibição de “Madame Satã” (2002) 105 min. Karim Ainouz

20:30hs: Debate: Profa. dra. Beatriz Kushnir (Arquivo Geral da Cidade do Rio de Janeiro)




26/05 5.feira
Tema: Requalificação urbana em áreas de interesse cultural: entre a sustentabilidade e o enobrecimento
O objetivo desta mesa é discutir em que medida as intervenções urbanas promotoras de “revitalização urbana” têm se mostrado capazes de promover a permanência da população residente; a integração social; a produção de renda para moradores; e a utilização racional dos recursos ambientais, como muitas vezes propagam os defensores deste tipo de intervenção. Ou se, ao contrário, têm garantido apenas a reprodução capitalista contemporânea, criando “cenários urbanos” fictícios que favorecem a inserção de determinadas áreas urbanas aos critérios das chamadas “cidades globais”, resultando em enobrecimento urbano.
10:30hs: Profa. Dra. Silvana Rubino (Chefe do Departamento de História- Unicamp)
12:00hs: Debate:

Profa dra Beatriz Kara-José (Universidade Paulista e SENAC)

Prof. dr. Paulo Sandroni (Fundação Getúlio Vargas-SP)

Paula Ribas (pres. Assoc. de Moradores do bairro da Luz e Santa Ifigênia)


13:00hs: Almoço
Cultura, diversidade e urbanidade: um horizonte possível
Com as políticas culturais implementadas nos últimos anos na região da Luz- Santa Ifigênia, ao qual se somam a implementação do projeto “Nova Luz”, começa-se a consolidar uma nova espacialidade da cidade, em uma área voltada também para o consumo cultural. Cabe perguntar se este espaço, com grande potencial de geração de novos negócios, dada a infra-estrutura urbana existente, vai ser capaz também de gerar cidadania e urbanidade, ao assegurar a permanência e o convívio de grupos sociais de origens étnicas, valores culturais e poder aquisitivo distintos, tornando-o um espaço de pleno exercício da diversidade cultural e social.
14:30hs: Palestra: Dr Olivier Mongin (Revue Esprit- França)

15:30hs: Intervalo

16:00hs: Debate:

-Antônio Carlos de Moraes Sartini- (Museu da Língua Portuguesa)

-Dr. Luiz Kohara (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo/Faculdade de Arquitetura e Urbanismo-USP e Centro Gaspar Garcia de Direitos Humanos)

-Arq. Kazuo Nakano (Instituto Pólis)


18:30hs: Exibição de “Cidade baixa” (2005) 93min- Sérgio Machado

20:00hs: Sérgio Machado (Cineasta)




©aneste.org 2017
enviar mensagem

    Página principal